O Governo lançou nesta semana o Orçamento Participativo Jovem Portugal (OPJP), um processo de participação juvenil sem precedentes a nível mundial.

O OPJP é uma oportunidade para que os cidadãos jovens, entre os 14 e os 30 anos, possam apresentar e votar projetos de investimento público, em quatro áreas temáticas: Desporto Inclusivo, Educação para as Ciências, Inovação Social e Sustentabilidade Ambiental. O valor máximo por proposta é de 75 mil euros, num montante global de 300 mil euros.

Esta iniciativa reflete a forma como o Governo encara os cidadãos mais jovens: como parte determinante da sociedade portuguesa, incentivando a que estejam cada vez mais envolvidos nas decisões coletivas.

O objetivo do OPJP é contribuir para a melhoraria da democracia, através da inovação e reforço das formas de participação pública dos cidadãos jovens, apostando no seu espírito criativo e no seu potencial empreendedor.

Na terça-feira realizou-se, em Lisboa, a sessão pública de apresentação do Orçamento Participativo Jovem Portugal. Até ao final do mês de outubro decorrerão sessões de apresentação de projetos, por todo o país.

Na última semana do ano ficarão a conhecer-se os projetos vencedores. As candidaturas podem ser entregues através do sítio na internet www.opjovem.gov.pt (onde pode ser consultada toda a informação e o regulamento do OPJP) ou nos serviços distritais do Instituto Português do Desporto e da Juventude.