“Ter desafios é o que faz a vida interessante e superá-los é o que faz a vida ter sentido” (Joshua J. Marine). Ao longo da nossa vida, são inúmeros os desafios e dilemas com que nos deparamos. Regularmente somos confrontados com situações ou problemas aos quais temos de dar resposta. Todos os dias tomamos decisões. O que nos define enquanto pessoas, enquanto agentes e responsáveis pela nossa ação, enquanto seres em interação com os outros é sem dúvida a forma como lidamos com a adversidade, a forma como resolvemos problemas, a forma como tomamos decisões.

Quando pensamos na nossa rotina diária rapidamente nos apercebemos de que fazemos escolhas todos os dias. De manhã, quando acordamos, decidimos se nos levantamos ou não, se vamos ou não à luta (a mais um dia de trabalho), decidimos a roupa que iremos vestir, o que iremos almoçar, entre muitas outras decisões. Mas em que consiste então a tomada de decisão? Teremos nós consciência da forma como tomamos decisões?



A tomada de decisão consiste na seleção de uma opção de solução entre diferentes alternativas identificadas. Assim, entende-se que antes de uma decisão, terá obrigatoriamente de existir uma procura de soluções pois só após a procura de soluções para o problema é que podemos chegar a diferentes alternativas. A este processo de procura de soluções para os problemas dá-se o nome de resolução de problemas. Mas como resolver problemas?

O desafio apresentado na imagem abaixo poderá ajudar-nos a compreender melhor o processo. Então o nosso desafio/problema será descobrir o código que abre o cofre. Como deveremos proceder para descobrir? Como vemos temos algumas pistas que nos ajudarão. Devemos começar por analisar uma a uma, contudo, facilmente percebemos que apenas uma ou algumas das pistas não serão suficientes para descobrir o código. Isto é, só através da conjugação da informação de todas as pistas conseguiremos perceber quais os números que integram o código e as posições possíveis para cada um deles. Neste exemplo do código, assim como na vida, devemos ter em atenção todos os aspetos que a solução envolve para que possamos antecipar e lidar com as consequências que daí podem surgir.

A descoberta do código final, assim como os problemas com que nos deparamos no nosso dia-a-dia são situações desafiantes. No entanto, o processo, isto é, a procura ativa de diferentes soluções, a escolha da solução mais ajustada a cada momento e a cada pessoa, é o verdadeiro desafio que enfrentamos. Por que mais do que tomar uma decisão, é importante que tenhamos convicção de que efetivamente é a melhor decisão a tomar e que, sobretudo, resolve o nosso problema. É esta busca incessante de melhores formas de resolver (os mesmos ou diferentes) problemas que dá verdadeiro sentido ao nosso percurso. É, por isso, importante perceber como pensamos, como tomamos decisões, como resolvemos problemas. Fica então o desafio: Como podemos decifrar o código do nosso processo de decisão?