fO2nAIevfsM

“Vivida e sentida por muitos. Odiada e reprovada por outros tantos. Respondendo directamente ao documentário de Bruno Cabral “PRAXIS”, o PRAXIS 2.0 procura ir mais além e levantar o debate sobre um dos temas mais polémicos da actualidade portuguesa, partindo de testemunhos reais de jovens estudantes.” É assim que o Mauro Gomes define este trabalho que podes ver em cima.

Segundo contou ao Uniarea, esta reportagem, sob a forma de vídeo, foi realizada no âmbito da cadeira de Géneros Televisivos do 2º ano do curso de Ciências da Comunicação, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Dentro de um conjunto de trabalhos práticos da unidade curricular, pediu-se aos alunos a realização de uma reportagem sobre algum tema relacionado com aquilo que é a faculdade ou o meio académico.



“Eu decidi escolher “a Praxe” porque acredito que se constitui como um tema bastante pertinente e de uma certa preocupação geral por parte de todos aqueles que a defendem ou não e ainda relançar aquilo que deve ser o debate sobre a mesma e sobre os seus fundamentos”, justifica ao Uniarea. “Tudo isto com o intuito de responder ao documentário de Bruno Cabral intitulado “PRAXIS”, que na minha opinião traduz-se numa visão pobre, redutora e precipitada sobre aquilo que pode ser a praxe praticada em diversas instituições de Ensino Superior, isto porque após a visualização do mesmo ainda antes de entrar na faculdade, senti o receio de ser praxado e de integrar aquilo que poderia vir a ser a praxe do meu curso”, conclui.

“Tive oportunidade de conhecer uma diversidade de argumentos a favor e principalmente contra a realização da praxe que ajudaram questionar-me sobre alguns fundamentos que defendo e apoio sobre a mesma. Apercebi-me também da capacidade monstruosa dos media na formação da opinião pública sobre os assuntos principalmente controversos, e na importância da valorização do questionamento sobre as notícias veiculadas pelos mesmos”, referiu-nos o Mauro no que toca às principais aprendizagens com este trabalho.