Numa altura em que milhares de alunos estão a apresentar as candidaturas à primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, fomos à procura das novas licenciaturas que figuram pela primeira vez nos Guias da Candidatura. Caso estejas a concorrer podes encontrar todas as nossas dicas para a candidatura aqui.

Este artigo foi entretanto atualizado com os novos cursos do Guia da Candidatura para o Ensino Privado que foi só divulgado muito depois da publicação deste artigo.

As maiores novidades e tendências concentram-se em três áreas: as tecnologias da saúde, as engenharias e os jogos e web.

Vamos explorar ao detalhe cada um destes grupos e listar as novas licenciaturas e respetivas instituições de ensino.

 

1. Tecnologias da Saúde

Já tinha sido anunciada uma mudança nos cursos das tecnologias da saúde, mas este ano foram apenas duas escolas as que decidiram aplicar as mudanças e abrir já os novos cursos:

Na verdade, estes não são cursos novos e resultam da reorganização e fusão de cursos já existentes:

  • Ciências Biomédicas Laboratoriais = Análises Clínicas e de Saúde Pública + Anatomia Patológica, Citológica e Tanatológica.
  • Fisiologia Clínica = Cardiopneumologia + Neurofisiologia
  • Imagem Médica e Radioterapia = Radiologia + Radioterapia + Medicina Nuclear

Embora a maior parte das escolas tenha decidido não avançar com a fusão dos cursos este ano, espera-se que isso se venha a verificar já no próximo em todas as escolas.

 

2. Engenharias

Esta é uma tendência curiosa. Após em anos anteriores ter existido um grande aumento no número de engenharias nas diversas instituições de ensino e com os mais variados nomes, agora verifica-se uma tendência contrária. Provavelmente como uma forma de diferenciação com as tradicionais engenharias que já existem, as instituições deixam cair a palavra Engenharia nos nomes dos cursos.

Listamos alguns exemplos em baixo, destacando a abertura no Politécnico de Bragança do curso de Tecnologia Biomédica, deixando de abrir vagas para Engenharia Biomédica ou a abertura na UTAD do curso de Tecnologias de Apoio e Acessibilidade, deixando de abrir vagas para Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade Humanas.

Exceção aqui para este curso do Politécnico de Lisboa que apenas mudou de nome:

  • Engenharia Informática e Multimédia – Instituto Politécnico de Lisboa (resulta da mudança de nome do curso de Engenharia de Redes de Comunicação e Multimédia).

E para este novo curso:

 

3. Jogos e Web

Neste terceiro grupo incluímos outra tendência mais previsível: os jogos e a web.

O Politécnico de Leiria põe a concurso este ano uma licenciatura em Jogos Digitais e Multimédia, o que segue a tendência de instituições como o Politécnico de Cávado e Ave e da Lusófona que já tinham licenciaturas na área. Parece-me ser uma aposta interessante e até diferenciadora desta instituição.

E continuando com a diferenciação, mas passando para a Web, temos de destacar em primeiro lugar a licenciatura em Redes Sociais que o Politécnico de Santarém põe a concurso este ano. Foi amplamente noticiada por ser a primeira licenciatura deste tipo no nosso país, e segundo a instituição responde à uma das profissões da próxima década.

A Universidade da Beira Interior, a Universidade Europeia e o Politécnico do Porto também abriram cursos nesta área:

 

4. Outros Cursos

Finalmente, deixamos aqui outras novas licenciaturas noutras áreas:

Estas novas licenciaturas estão nas tuas opções? Deixa o teu comentário.