Tiago Henriques é um emigrante português na Suíça que decidiu pelo segundo ano consecutivo atribuir uma bolsa de estudos a um aluno do nosso país. Inspirados pela sua iniciativa, dois amigos juntaram-se ao desafio e elevaram para 3 o número de bolsas a atribuir neste movimento gerado nas redes sociais.

Como no ano passado aqui vamos nós outra vez… vai ser Natal dentro de pouco tempo e, cada vez que penso nisso, penso também na sorte que tenho na minha vida, nos bons e maus momentos que passei e na sorte de ter uma mãe que sempre cuidou de mim e me apoiou em todos os meus projectos.

É assim que começa a publicação do Tiago que descobrimos no Facebook. Ao Uniarea reforça esta ideia de apoio da sua mãe nos seus estudos em Inglaterra durante a sua licenciatura e o mestrado. Encontra-se atualmente emigrado na Suíça onde fundou uma empresa e e acha que “era meu dever passar uma ajuda a outros também”.



Embora a primeira edição tenha contado apenas com 2 participantes, o Tiago espera que este ano o número seja maior. Dois dos seus amigos juntaram-se à iniciativa que conta, por agora, pagar as propinas a 3 estudantes.

As condições para te habilitares a estas bolsas de estudos passam por seres um aluno de uma licenciatura ou mestrado numa instituição de ensino superior pública em Portugal, num curso STEM. Este acrónimo refere-se aos cursos das áreas das Ciências, Tecnologias, Engenharias ou Matemáticas, que é onde o Tiago acha que o futuro está.

“O meu objectivo é conseguir que a pessoa estude à vontade e consiga um bom emprego quando sair da faculdade e que com isso essa pessoa decida ajudar outros e tentar criar uma cadeia de ajuda. De momento artes e humanidades são áreas complicadas para se ter emprego e iriam diminuir a probabilidade da cadeia de ajuda funcionar”, justifica o Tiago ao Uniarea.

Para concorrer tens de enviar um vídeo no qual mostras de alguma forma a paixão que tens pelo teu curso para balgan@ptcoresec.eu até dia 30 de Abril de 2016. Podes aceder à publicação e ao vídeo do vencedor do ano passado aqui:

 

Como no ano passado aqui vamos nós outra vez… vai ser Natal dentro de pouco tempo e, cada vez que penso nisso, penso…

Publicado por Tiago Alexandre Caetano Henriques em Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015