Um aluno do primeiro ano de desposto do Instituto Politécnico de Beja, ficou fechado dentro da biblioteca da instituição depois de ter sido esquecido pelos funcionários.

O aluno em causa teria ido à casa de banho quando os funcionários fecharam as portas. Voltou passado breves momentos e deparou-se sozinho naquele espaço.

Marcelo Santana, de 20 anos, acabou por saltar de uma janela de três metros de altura. “Já tinha passado da meia-noite e comecei a ficar nervoso. Achei melhor saltar”, disse o aluno, segundo noticia o Correio da Manhã, que não sofreu qualquer ferimento na sequência da queda.

O alarme da biblioteca foi acionado e as autoridades deslocaram ao local para averiguar a situação.

O instituto já referiu que a situação foi “rapidamente resolvida” e que o “protocolo previsto para este tipo de situação” foi seguido.