A Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) celebrou um protocolo com a Universidade Alfonso X El Sabio, em Madrid, o que permitirá a 24 alunos licenciados em Ciências Biomédicas na CESPU que continuem os seus estudos nessa universidade, na área de medicina.

Estes alunos concorreram a 30 vagas existentes para frequentar o 4.º ano de medicina na referida universidade, devendo agora completar os 3 anos que faltam para concluírem o curso de medicina. Os estudantes foram seriados, tendo sido tomada em conta a média do curso e as provas de seriação (testes psicotécnicos, provas de língua espanhola e de conhecimentos de biomedicina),

A CESPU tem vindo a lutar, há vários anos, para poder juntar medicina à sua oferta curricular, que inclui outros cursos da área da saúde, embora não tenha tido sucesso nos seus objetivos. As tentativas da abertura de medicina no privado são contadas neste artigo. Desta forma, esta colaboração com a universidade privada de Madrid surgiu como forma de contornar esta situação, dando aos seus estudantes uma oportunidade de se formarem em medicina.

O presidente da CESPU afirmou que “o plano curricular da licenciatura em Ciências Biomédicas está desenhado para dotar os alunos de competências profissionais que os tornam altamente competitivos no processo de aprendizagem da medicina”.