Artes Plásticas

Luís _Pereira

Membro Caloiro
Matrícula
30 Janeiro 2018
Mensagens
1
Gostos
0
#1
Olá!
Vou candidatar-me a universidade este ano, estou muito indeciso confesso até, um pouco perdido porque não sei bem para que curso/faculdade devo ir, agradecia imenso saber a vossa ajuda!
Sinto que estou mais direccionado para um curso de Artes Plásticas (Escultura) porque sempre gostei de trabalhar com os materiais tais como o barro, gesso, etc.
Fascina me bastante a cerâmica porem em contrapartida também gosto bastante de fotografia e cinema/animação.
Sempre desejei ir para as belas artes porque achava que era o único e melhor sitio para aprender e ver mais de perto o ambiente artístico que admirava, cheguei a ficar obcecado com isto e a criar uma ideia utópica da FBAUP/ FBAUL ingenuamente... Tive a oportunidade de conversar com uma escultora que andou na FBAUP e ela mesmo me confessou que também passou pelo mesmo e que as belas artes são uma desilusão/ilusão em vários aspectos como por exemplo no facto de não prepararem as pessoas para o mercado de trabalho...
Com tudo, não tenho média suficiente para entrar lá pois sou aluno razoável ás disciplinas gerais já as especificas tenho 17 a Desenho A, Materiais e Tecnologias e a Oficina de artes.
Obviamente que há outros caminhos a seguir para chegar ao mesmo sitio ou talvez mais longe.
Já me falaram bem das Artes Plásticas na ESAD e no politécnico de Viana do Castelo mas de resto não tenho conhecimento. Gostava de saber o feedback do pessoal destes cursos pois não sei como chegar até eles. Só mesmo por aqui suponho. O que me aconselham?
 
Última edição:

TMiranda

Membro Caloiro
Matrícula
29 Agosto 2018
Mensagens
3
Gostos
0
#3
Boas,
É verdade, confirmo o que a tua colega diz sobre as Belas Artes (neste caso no Porto), são uma desilusão, não preparam em nada para o mercado de trabalho e a aprendizagem em 4 anos é muito escassa, do meu ponto de vista. Para os docentes, é mais importante que sejas "conceptual" do que saibas propriamente fazer e executar as coisas. Mesmo na vertente da Escultura (que já frequentei e posteriormente mudei para Pintura, porque não estava a aprender praticamente nada), os professores deixam-te à tua mercê, são os técnicos das oficinas que, a deitar fumo das orelhas, te vão ajudando a trabalhar com os materiais e te dão a aprendizagem técnica. Isto para não falar nas condições desumanas dos edifícios, em que chove por cima das tomadas, em que tens de pagar grande parte do material (e gastas à vontade umas belas centenas de euros), etc. Não compensa. Se gostas de escultura e de trabalhar com barro e cerâmica, vai vendo workshops em ateliers e inscreve-te, aprendes mais. O CENCAL, apesar de estar direccionado para uma vertente profissional e não académica, é muito bom para quem quer aprender a trabalhar com cerâmica. Belas Artes só te compensa se quiseres seguir a carreira de docente, ou se quiseres um canudo que te represente como "artista plástico" cá fora, porque em termos de aprendizagem, a partir do 1º/2º ano, é uma perda de tempo. Quanto aos outros cursos, não posso opinar porque já não sei, mas sei que Belas Artes em Lisboa não é melhor, pelo feedback que costumam dar.