Bolsa de Estudo - Dúvidas gerais

Ferreira_15

Membro Caloiro
Matrícula
21 Dezembro 2016
Mensagens
5
Gostos
1
Olá, minha dúvida é sobre quando é que tenho que me candidatar à bolsas de Estudos…
Candidatei-me agora à segunda fase, mas não sei se me candidato à bolsa antes de saírem os resultados, ou depois de saírem e me tiver matriculado.
 

fi94

Membro Dux
Matrícula
23 Janeiro 2017
Mensagens
570
Gostos
396
Curso
Engenharia Computacional
Instituição
Universidade de Aveiro
Olá, minha dúvida é sobre quando é que tenho que me candidatar à bolsas de Estudos…
Candidatei-me agora à segunda fase, mas não sei se me candidato à bolsa antes de saírem os resultados, ou depois de saírem e me tiver matriculado.
Informação no site da DGES:

"O requerimento de atribuição da bolsa de estudo para um ano letivo deve ser submetido:

  • Entre 25 de junho e 30 de setembro;
  • Nos 20 dias úteis subsequentes à inscrição, quando esta ocorra após 30 de setembro;
  • Nos 20 dias úteis subsequentes à emissão de comprovativo de início de estágio por parte da entidade que o faculta no caso de licenciados ou mestres que estejam a realizar estágio profissional.
Ocorrendo a inscrição antes de 30 de setembro o estudante dispõe sempre de um prazo de 20 dias úteis para submeter o requerimento, mesmo que esse prazo ultrapasse o dia 30 de setembro.

(...)

O requerimento pode ainda ser submetido entre 1 de outubro e 31 de maio, sendo, nesse caso, o valor da bolsa de estudo a atribuir proporcional ao valor calculado nos termos do presente regulamento, considerando o período que medeia entre o mês seguinte ao da submissão do requerimento e o fim do período letivo ou do estágio."
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
16,177
Gostos
19,390
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa

Diana934

Membro Caloiro
Matrícula
13 Outubro 2017
Mensagens
3
Gostos
0
Olá, alguém sabe quando começo a receber a bolsa este ano?

Este ano tive que pagar a primeira propina e a primeira parte da residencia e a matricula mesmo sendo bolseira o que me deixou muito á rasca em termos financeiros e a bolsa ia me ajudar bastante
 
Matrícula
3 Julho 2017
Mensagens
12
Gostos
1
Boa tarde, candidatei-me no ISCAP em Marketing (2º fase), gostaria de saber se - visto que ninguém do meu agregado familiar tem quaisquer rendimentos, se existe a possibilidade de eu receber esta bolsa, ponho esta questão porque suspeito que necessitem de provas genuínas que evidenciem a legitimidade da falta de rendimentos.

Obrigado pela disponibilidade!
 
Matrícula
29 Setembro 2016
Mensagens
45
Gostos
34
A quem tinha dúvidas acerca da mudancarda instituição curso, o SAS do IPS respondeu-me que é a DGES wue atualiza isso e caso não tenha sido alterado até ao final de Setembro, que devem comunicar com os serviços dos vossos institutos
 
Gostos: davis
Matrícula
29 Julho 2018
Mensagens
3
Gostos
0
Boa noite. Não sei se alguém se encontra na mesma situação que eu. A minha questão relaciona-se com o património imobiliário, pois o meu agregado familiar reside numa habitação que pertence a um familiar que vive connosco, tendo um rendimento próprio e independente do nosso, pois não consta no IRS do agregado familiar. Hoje desloquei-me ás finanças para ir buscar oa dados acerca do património imobiliário, mas, como não pertencia a nenhum elemento do agregado, foi-me dito para dizer que a casa era emprestada. Então, vou ter que colocar a opção "outra situação", pois a casa nem é arrendada nem pertence a nenhum membro do agregado, e depois como esclareço a situação?
Obrigado a quem ajudar, pois isto está complicado...
 

fi94

Membro Dux
Matrícula
23 Janeiro 2017
Mensagens
570
Gostos
396
Curso
Engenharia Computacional
Instituição
Universidade de Aveiro
Boa noite. Não sei se alguém se encontra na mesma situação que eu. A minha questão relaciona-se com o património imobiliário, pois o meu agregado familiar reside numa habitação que pertence a um familiar que vive connosco, tendo um rendimento próprio e independente do nosso, pois não consta no IRS do agregado familiar. Hoje desloquei-me ás finanças para ir buscar oa dados acerca do património imobiliário, mas, como não pertencia a nenhum elemento do agregado, foi-me dito para dizer que a casa era emprestada. Então, vou ter que colocar a opção "outra situação", pois a casa nem é arrendada nem pertence a nenhum membro do agregado, e depois como esclareço a situação?
Obrigado a quem ajudar, pois isto está complicado...
No final do formulário de candidatura à bolsa, aparece um local onde podes esclarecer, por escrito, essa situação.
 
Matrícula
29 Setembro 2016
Mensagens
45
Gostos
34
Boa noite. Não sei se alguém se encontra na mesma situação que eu. A minha questão relaciona-se com o património imobiliário, pois o meu agregado familiar reside numa habitação que pertence a um familiar que vive connosco, tendo um rendimento próprio e independente do nosso, pois não consta no IRS do agregado familiar. Hoje desloquei-me ás finanças para ir buscar oa dados acerca do património imobiliário, mas, como não pertencia a nenhum elemento do agregado, foi-me dito para dizer que a casa era emprestada. Então, vou ter que colocar a opção "outra situação", pois a casa nem é arrendada nem pertence a nenhum membro do agregado, e depois como esclareço a situação?
Obrigado a quem ajudar, pois isto está complicado...
O máximo que acho que podes fazer é esclareceres isso mesmo no campo final de observações (serve mesmo para isso). Chegas ali e explicas isso por escrito. Para estares seguro, contacta a SAS de onde te queres/te candidataste que eles explicam melhor.
 

fi94

Membro Dux
Matrícula
23 Janeiro 2017
Mensagens
570
Gostos
396
Curso
Engenharia Computacional
Instituição
Universidade de Aveiro
Concluí a candidatura online à Bolsa. Não preciso de fazer mais nada para já, correto? Só aguardar pelos resultados?
Sim. No entanto, pode ser que te peçam mais documentos durante a análise do processo... De qualquer forma, avisam-te se for o caso.
 
Gostos: Pedro25Alves

Deep Sea

Membro Caloiro
Matrícula
14 Setembro 2018
Mensagens
5
Gostos
1
Boa tarde. Este ano mudei de curso e inscrevi-me em todas as cadeiras do 1ºano(60 ects) do novo curso, no entanto queria pedir equivalencias a algumas cadeiras. Caso sejam aceites os ects dessas cadeiras irão contar para os 36 minimos necessários para a renovação da bolsa para o próximo ano?
 
Gostos: fi94

fi94

Membro Dux
Matrícula
23 Janeiro 2017
Mensagens
570
Gostos
396
Curso
Engenharia Computacional
Instituição
Universidade de Aveiro
Boa tarde. Este ano mudei de curso e inscrevi-me em todas as cadeiras do 1ºano(60 ects) do novo curso, no entanto queria pedir equivalencias a algumas cadeiras. Caso sejam aceites os ects dessas cadeiras irão contar para os 36 minimos necessários para a renovação da bolsa para o próximo ano?
Estive a ver melhor o regulamento, mas não sei até que ponto a obtenção de ECTS por equivalência é exatamente o mesmo que aprovação àquelas ECTS naquele ano. De qualquer forma, "ninguém" melhor do que a DGES para te esclarecer acerca disso... Contacta-os através do Balcão Eletrónico. :)
 
Matrícula
23 Julho 2018
Mensagens
1,128
Gostos
1,694
Olá pessoal . Só uma dúvidazinha , increvi-me mesmo agora na 2ª fase de candidaturas e pretendia saber se tenho de fazer novamente a inscrição à bolsa de estudo ou não ....
Obrigada desde já !
 
Matrícula
15 Setembro 2018
Mensagens
1
Gostos
0
Olá pessoal,

Eu tive 1 ano em licenciatura mas entretanto suspendi (isto á 3 anos atrás +/-) . Depois decidi realziar estágio profissinal numa empresa e posteriormente tive um contrato de trabalho de 2 anos onde estou atualmente ainda a desempenhar funções.

Se eu decidir voltar à universidade tenho direito a bolsa ou algum apoio mesmo estando a trabalhar?

Obrigado a todos.
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
16,177
Gostos
19,390
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @Deep Sea
Boa tarde. Este ano mudei de curso e inscrevi-me em todas as cadeiras do 1ºano(60 ects) do novo curso, no entanto queria pedir equivalencias a algumas cadeiras. Caso sejam aceites os ects dessas cadeiras irão contar para os 36 minimos necessários para a renovação da bolsa para o próximo ano?
Não contam, até porque já contaram para a renovação deste ano.

Olá @ricardoteixeira1
Se eu decidir voltar à universidade tenho direito a bolsa ou algum apoio mesmo estando a trabalhar?
Em primeiro lugar só tens direito a bolsa se na tua última matrícula tiveste o aproveitamento mínimo (36 ECTS concluídos). Cumprido este requisito, receberes ou não bolsa dependerá dos rendimentos do teu agregado familiar, onde entrarão os teus.
 
Matrícula
14 Junho 2017
Mensagens
12
Gostos
8
Curso
Enfermagem
Instituição
Universidade do Minho
Alguém me sabe dizer se eu ao trabalhar em part-time (recebendo à volta de 200€ por mês) tenho direito a bolsa? Ou devo despedir-me para não perder a oportunidade de ter bolsa? (Somos duas pessoas cá em casa a candidatar-se à bolsa e ambas recebemos à volta de 200€ por mês no part-time

É que comecei a trabalhar para ter aquela segurança caso não receba a bolsa mas até a receber posso perdê-la por estar num part-time
 

fi94

Membro Dux
Matrícula
23 Janeiro 2017
Mensagens
570
Gostos
396
Curso
Engenharia Computacional
Instituição
Universidade de Aveiro
Alguém me sabe dizer se eu ao trabalhar em part-time (recebendo à volta de 200€ por mês) tenho direito a bolsa? Ou devo despedir-me para não perder a oportunidade de ter bolsa? (Somos duas pessoas cá em casa a candidatar-se à bolsa e ambas recebemos à volta de 200€ por mês no part-time
É que comecei a trabalhar para ter aquela segurança caso não receba a bolsa mas até a receber posso perdê-la por estar num part-time
Este ano, penso que não terás qualquer problema, dado que apenas entram, no cálculo para a bolsa, rendimentos de 2017.

De resto, no próximo ano, dependerá do rendimento anual dos membros do agregado. Embora o simulador da DGES esteja desatualizado, podes sempre fazer uma simulação para ter uma ideia da situação em que ficas:
https://www.dges.gov.pt/simulador/
 
Última edição:
Gostos: davis