Ciências Farmacêuticas

sheepy

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
20 Novembro 2014
Mensagens
918
Gostos
1,384
Curso
Medicina
Instituição
FMUP
Em relação ás turmas, de quantos alunos são? Existe algum professor que acompanhe mais de perto a turma?
* se continuarem como antigamente, as turmas são de 15 pessoas, mais ou menos
* os diretores de turma ficaram no secundário, ok? ;)
 

scnanook

Membro Caloiro
Matrícula
12 Setembro 2016
Mensagens
3
Gostos
1
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUL
Será que alguém me poderia esclarecer alguns aspetos acerca do curso de CF na FFUL? Em relação ás turmas, de quantos alunos são? Existe algum professor que acompanhe mais de perto a turma?
Em relação ás saídas profissionais, a maioria dos alunos acaba por seguir a vertente de farmácia comunitária?
Obrigada
Olá! Sou estudante do curso de Ciências Farmacêuticas na FFUL e qualquer dúvida que tenhas podes esclarecer comigo :blush:. Somos turmas de 16 alunos. Professores acompanhantes é coisa que não existe, tens professores específicos na parte teórica e prática da cadeira com os quais podes tirar quaisquer dúvidas e eventualmente falar sobre algum problema que tenhas.
Em relação às saídas é um bocadinho complicado de explicar porque este curso abre muitas portas (não só a nível de comunitária como hospitalar, ramo da investigação, análises clínicas, etc.) É um curso muito variado e que te guia para várias áreas e vertentes. Comunitária será talvez a área com mais vagas, mas não quer dizer de todo que não haja empregabilidade noutras, é uma questão de procurar na altura indicada e veres qual a área com que mais te identificas.
 

Abel Vale

Membro Caloiro
Matrícula
1 Maio 2018
Mensagens
2
Gostos
0
Boa tarde! Sou aluno do 12ano de ciências e tecnologias e ainda n sei mt bem q curso hei de seguir mas sinto me cada vez mais inclinado para ciências farmaceuticas e mais para a área da investigação do q propriamente a farmácia comunitária. No entanto tenho algumas duvida: pelo q tenho visto é um curso com muita quimica e este ano eu nas opcionais eu tive biologia e informática, será q isso me vai prejudicar ? Pra alem disso gostava de saber alguma opinião acerca da FFUP pois é aí q estou a pensar entrar e gostav de saber o q acham do ambiente, dos professores, e no geral o grau de exigência so curso e assim.
Obrigado ☺
 
Matrícula
1 Junho 2017
Mensagens
28
Gostos
16
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUP
Boa tarde! Sou aluno do 12ano de ciências e tecnologias e ainda n sei mt bem q curso hei de seguir mas sinto me cada vez mais inclinado para ciências farmaceuticas e mais para a área da investigação do q propriamente a farmácia comunitária. No entanto tenho algumas duvida: pelo q tenho visto é um curso com muita quimica e este ano eu nas opcionais eu tive biologia e informática, será q isso me vai prejudicar ? Pra alem disso gostava de saber alguma opinião acerca da FFUP pois é aí q estou a pensar entrar e gostav de saber o q acham do ambiente, dos professores, e no geral o grau de exigência so curso e assim.
Obrigado ☺
Olá! Respondendo às tuas perguntas: não acho que o facto de não teres química no 12 te vá prejudicar de alguma maneira, até porque eu tive e não acho que me tenha sido muito útil. Quanto à FFUP, o ambiente é fixe, os professores, no geral, são bons e estão sempre disponíveis para esclarecer qualquer dúvida que tenhas. Ainda estou no primeiro ano e por isso não te posso dar um feedback acerca da exigência do curso no seu todo, mas pelo que vejo o curso é exigente, mas se for mesmo isto que queres e te focares acho que não vais ter problemas.
Espero ter ajudado!! ;)
 

Abel Vale

Membro Caloiro
Matrícula
1 Maio 2018
Mensagens
2
Gostos
0
Olá! Respondendo às tuas perguntas: não acho que o facto de não teres química no 12 te vá prejudicar de alguma maneira, até porque eu tive e não acho que me tenha sido muito útil. Quanto à FFUP, o ambiente é fixe, os professores, no geral, são bons e estão sempre disponíveis para esclarecer qualquer dúvida que tenhas. Ainda estou no primeiro ano e por isso não te posso dar um feedback acerca da exigência do curso no seu todo, mas pelo que vejo o curso é exigente, mas se for mesmo isto que queres e te focares acho que não vais ter problemas.
Espero ter ajudado!! ;)
Mensagem fundida automaticamente:

Olá! Respondendo às tuas perguntas: não acho que o facto de não teres química no 12 te vá prejudicar de alguma maneira, até porque eu tive e não acho que me tenha sido muito útil. Quanto à FFUP, o ambiente é fixe, os professores, no geral, são bons e estão sempre disponíveis para esclarecer qualquer dúvida que tenhas. Ainda estou no primeiro ano e por isso não te posso dar um feedback acerca da exigência do curso no seu todo, mas pelo que vejo o curso é exigente, mas se for mesmo isto que queres e te focares acho que não vais ter problemas.
Espero ter ajudado!! ;)
Olá! Sim ajudas te e fiquei mais descansado em relação à Química. Mt obrigado.
O curso está a ser aquilo q esperavas? Há mt vertente prática no 1o ano aí no Porto?
 
Matrícula
1 Junho 2017
Mensagens
28
Gostos
16
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUP
Mensagem fundida automaticamente:




Olá! Sim ajudas te e fiquei mais descansado em relação à Química. Mt obrigado.
O curso está a ser aquilo q esperavas? Há mt vertente prática no 1o ano aí no Porto?
Por enquanto, sim, está a corresponder às minhas expectativas. Sim, há aulas laboratoriais a praticamente todas as cadeiras, das 10 cadeiras do 1 ano só a uma (Matemática e Bioestatística) é que não tive prática laboratorial, por isso podes contar com uma grande vertente laboratorial, o que é muito bom e que acaba por facilitar a compreensão da matéria das aulas teóricas :)
 
Matrícula
26 Fevereiro 2018
Mensagens
23
Gostos
6
Boa noite, em relação ao Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, alguem me poderia esclarecer sobre o sistema de avaliação na FFUL? Todas as cadeiras são feitas por exame? Ou tem outro sistema?
Obrigada!
 
Matrícula
6 Maio 2018
Mensagens
23
Gostos
25
Neste momento, a acabar o 12º ano, estou fortemente inclinada para o curso de Ciências Farmacêuticas. No entanto, não me vejo em farmácia comunitária para o resto da vida. Estou mais interessada na vertente mais "empresarial" como a industria. Sei que em farmácia hospitalar é complicado arranjar emprego e em relação à vertente mais industrial...?
Obrigada! :)

Se estás interessado em indústria tanto te recomendo Ciências Farmacêuticas como Engenharia Química ou Engenharia Biotecnologia/Biológica. Até te podia recomendar Engenharia e Gestão Industrial mas perdes a parte da biologia e química que deves querer ter.

Se optares por CF e quiseres indústria, e poderes, escolhe Coimbra ou Lisboa. Na UPorto não tens possibilidade de fazer estágio curricular em indústria, apenas te deixam fazer em comunitária e hospitalar. Se eu fosse tirar o curso de novo e tivesse disponibilidade financeira, teria ido para a ULisboa. Tendo pouca disponibilidade financeira, ficaria por Coimbra que é mais barata que Lisboa. Eu tirei no Porto porque tinha zero disponibilidade financeira e vivo perto, logo não tive custos de alojamento.

A indústria farmacêutica é gigante e só descobri isso quando acabei o curso e comecei a procurar emprego. Dizer que queres indústria não significa nada. Porque na "indústria" podes querer uma posição de Medical Affairs, Sales Representativa, Medical Liason, Regulatory Affairs & Pharmacovigilance Technician, tudo posições de escritório em que não trabalhas em indústria, trabalhas nas delegações administrativas de uma empresa farmacêutica. Se quiseres indústria no seu termo estrito, por cá tens poucas empresas. Tens a Bial no Norte, a Bluepharma, Basi e Labialfarma na zona de Coimbra e em Lisboa é onde tens mais.
Dentro de indústria, indústria, tens o sector da produção, tens o controlo de qualidade --> aqui aposta na química analítica e métodos instrumentais que é isso que eles precisam;
Se quiseres o sector de qualificação e validação de métodos e processos --> pedem muito engenheiros;
Sector de R&D é mais para quem segue investigação e pode ser R&D em diversos aspectos: pode ser para desenvolver um novo método analítico; optimizar um processo de produção; desenvolver um novo fármaco; desenvolver um novo método de síntese química; desenvolver uma nova forma farmacêutica. Nesse caso se calhar aconselhava CF, se bem que com eng química também chegarias lá.

Em termos hospitalares em Portugal, se tiveres uma cunha, pode ser que entres. Se tiveres sorte.
 
Matrícula
26 Fevereiro 2018
Mensagens
23
Gostos
6
Se estás interessado em indústria tanto te recomendo Ciências Farmacêuticas como Engenharia Química ou Engenharia Biotecnologia/Biológica. Até te podia recomendar Engenharia e Gestão Industrial mas perdes a parte da biologia e química que deves querer ter.

Se optares por CF e quiseres indústria, e poderes, escolhe Coimbra ou Lisboa. Na UPorto não tens possibilidade de fazer estágio curricular em indústria, apenas te deixam fazer em comunitária e hospitalar. Se eu fosse tirar o curso de novo e tivesse disponibilidade financeira, teria ido para a ULisboa. Tendo pouca disponibilidade financeira, ficaria por Coimbra que é mais barata que Lisboa. Eu tirei no Porto porque tinha zero disponibilidade financeira e vivo perto, logo não tive custos de alojamento.

A indústria farmacêutica é gigante e só descobri isso quando acabei o curso e comecei a procurar emprego. Dizer que queres indústria não significa nada. Porque na "indústria" podes querer uma posição de Medical Affairs, Sales Representativa, Medical Liason, Regulatory Affairs & Pharmacovigilance Technician, tudo posições de escritório em que não trabalhas em indústria, trabalhas nas delegações administrativas de uma empresa farmacêutica. Se quiseres indústria no seu termo estrito, por cá tens poucas empresas. Tens a Bial no Norte, a Bluepharma, Basi e Labialfarma na zona de Coimbra e em Lisboa é onde tens mais.
Dentro de indústria, indústria, tens o sector da produção, tens o controlo de qualidade --> aqui aposta na química analítica e métodos instrumentais que é isso que eles precisam;
Se quiseres o sector de qualificação e validação de métodos e processos --> pedem muito engenheiros;
Sector de R&D é mais para quem segue investigação e pode ser R&D em diversos aspectos: pode ser para desenvolver um novo método analítico; optimizar um processo de produção; desenvolver um novo fármaco; desenvolver um novo método de síntese química; desenvolver uma nova forma farmacêutica. Nesse caso se calhar aconselhava CF, se bem que com eng química também chegarias lá.

Em termos hospitalares em Portugal, se tiveres uma cunha, pode ser que entres. Se tiveres sorte.

Muito muito obrigada pela tua resposta!
Tocaste em bastantes assuntos que desconhecia. Atualmente ainda não sei muito bem o que significam todas essas definições, obviamente ,), mas realmente é uma área que me atrai e, sem dúvida, a que mais me atrai dentro das saídas do curso de CF. Se sempre me decidir a ir para CF será em Lisboa porque é o mais prático para mim, além de a ULisboa ter o seu prestigio associado. Em termos de arranjar emprego nessa área? Existe muita oferta ou a maioria dos alunos acaba por ser "direcionada" para comunitária? Se não for insiscrição, atualmente estás a trabalhar na àrea? Se sim, em que setor?

Obrigada! :))))
 
Matrícula
6 Maio 2018
Mensagens
23
Gostos
25
Muito muito obrigada pela tua resposta!
Tocaste em bastantes assuntos que desconhecia. Atualmente ainda não sei muito bem o que significam todas essas definições, obviamente ,), mas realmente é uma área que me atrai e, sem dúvida, a que mais me atrai dentro das saídas do curso de CF. Se sempre me decidir a ir para CF será em Lisboa porque é o mais prático para mim, além de a ULisboa ter o seu prestigio associado. Em termos de arranjar emprego nessa área? Existe muita oferta ou a maioria dos alunos acaba por ser "direcionada" para comunitária? Se não for insiscrição, atualmente estás a trabalhar na àrea? Se sim, em que setor?

Obrigada! :))))
A maioria das ofertas é para farmácia comunitária, penso que é o mais fácil de arranjar. No entanto, se procurares bem, e principalmente se já tiveres feito estágios ao longo do curso e se fizeres pós-graduações ou pequenos cursos a especializares-te na parte que queres, encontras algumas oportunidades em empresas de consultoria e indústrias farmacêuticas.

Eu neste momento estou à procura de emprego. Estagiei em farmácia comunitária e em farmácia hospitalar e já trabalhei em parafarmácia mas decidi que não quero fazer carreira naquilo. Entretanto trabalhei numa empresa de consultoria e o contrato terminou em Março. Estou neste momento a mandar currículos para indústrias e bolsas de investigação. Não estou a mandar para farmácias, tendo em conta a quantidade de anúncios que vejo para farmácias na zona de Lisboa, provavelmente se mandasse encontrava alguma coisa, mas não quero isso.

No entanto, eu nunca tive grande disponibilidade financeira para fazer esses cursos extra que te referi e acho que pessoalmente não tenho perfil nem me iria sentir bem funções tipo sales representative ou medical affairs. Sempre que concorro a essas posições, mesmo que seja chamada a entrevista, acabo por não ser seleccionada.

Tens uma grande vantagem em seres de Lisboa, porque há muitos programas de trainees para empresas farmacêuticas de renome aí que geralmente pagam mal inicialmente (porque dão formação inicial) para quem tem que se mudar para aí e pagar renda (pagam estágio de 730€). Tu vivendo já aí tens a oportunidade de participar nesses programas sem grandes custos o que te dá oportunidade de depois evoluíres para outras posições.

Não é das áreas com maior empregabilidade em Portugal, mas nenhuma é se formos a ver. A excepção são as engenharias, se quiseres mesmo ter propostas de emprego até dar com um pau então segue engenharia mecânica, electrotécnica, informática. No entanto, nem toda a gente gosta dessas áreas e se toda a gente fosse agora para isso, se calhar daqui por alguns anos já começavam a ter problemas de empregabilidade também.
 
Gostos: Ms. Angie

sheepy

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
20 Novembro 2014
Mensagens
918
Gostos
1,384
Curso
Medicina
Instituição
FMUP
eu não andei na FFUP (andei na FFUL) mas epah, acho que dizer "queres indústria vai para Coimbra ou Lisboa)" também não me parece a coisa mais correta. além disso é como dizes, no Porto há (pelo menos) a Bial, e do q colegas meus q andaram na FFUP me disseram, eles podiam fazer uma cadeira qualquer q tinha ligação à indústria e achei isso bem interessante.
e, por fim, sonho com o dia em que pessoas q trabalham em indústria (e tenho vários amigos lá, não é uma queixa isolada) falarão dos seus cargos de forma compreensível para leigos :tearsofjoy::tearsofjoy::tongueclosed:

PS - estava agora a pensar e uma coisa que se calhar ainda não sugeriram aqui, são os estágios(?) da associação nacional das farmácias, que também são uma boa porta de entrada para outras coisas mais interessantes (e melhor pagas, porque pelos vistos eles pagam mal que dói - pelo que lá está, compensa se uma pessoa viver na área metropolitana de Lisboa com os pais, de resto é só perder dinheiro pela possibilidade de mais tarde entrar em algo melhor pago).
 
Matrícula
6 Maio 2018
Mensagens
23
Gostos
25
eu não andei na FFUP (andei na FFUL) mas epah, acho que dizer "queres indústria vai para Coimbra ou Lisboa)" também não me parece a coisa mais correta. além disso é como dizes, no Porto há (pelo menos) a Bial, e do q colegas meus q andaram na FFUP me disseram, eles podiam fazer uma cadeira qualquer q tinha ligação à indústria e achei isso bem interessante.
e, por fim, sonho com o dia em que pessoas q trabalham em indústria (e tenho vários amigos lá, não é uma queixa isolada) falarão dos seus cargos de forma compreensível para leigos :tearsofjoy::tearsofjoy::tongueclosed:

PS - estava agora a pensar e uma coisa que se calhar ainda não sugeriram aqui, são os estágios(?) da associação nacional das farmácias, que também são uma boa porta de entrada para outras coisas mais interessantes (e melhor pagas, porque pelos vistos eles pagam mal que dói - pelo que lá está, compensa se uma pessoa viver na área metropolitana de Lisboa com os pais, de resto é só perder dinheiro pela possibilidade de mais tarde entrar em algo melhor pago).

A Bial fica completamente deslocada, não há transportes públicos, ou tens carro próprio ou não chegas lá. Eu por exemplo, só tive dinheiro para tirar carta depois de acabar o curso, quanto mais ter carro. Além disso, a Bial é só uma empresa, não tem capacidade de receber 80 ou 100 estagiários por ano. E o estágio curricular obrigatório para terminar o curso, na FFUP só pode ser em comunitária e hospitalar, não dão a possibilidade de ser em indústria ao passo que em Coimbra dão. Uma pessoa que estude em Lisboa ou Coimbra tem a opção de fazer estágio curricular em indústria ou pelo menos, estágios extracurriculares de 1 mês por exemplo durante as férias do Verão. Já têm casa na cidade por isso é possível.

Desconheço esses estágios da ANF. Sei que a ANF recruta pessoal em estágio profissional para diversas funções, o estágio profissional é pelo IEFP ou seja a ANF apenas paga uma percentagem baixa do valor e só tem duração de 9 meses, ao fim do qual podes ou não ser contratada. No entanto pelo que percebi só recrutam pessoal que andou em associação de estudantes. Cheguei a ir a entrevista e não fui seleccionada, colegas meus que não tinham uma média tão boa mas que tinham andado em associativismo foram.

Claro que não estou a dizer que quem tirou no Porto não se pode candidatar a indústria, só estou a dizer que devido à proximidade geográfica, estudar em Lisboa pode ser mais vantajoso para fazer estágios extracurriculares ou por exemplo estabelecer projectos de investigação em parceria com indústrias.
 

sheepy

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
20 Novembro 2014
Mensagens
918
Gostos
1,384
Curso
Medicina
Instituição
FMUP
A Bial fica completamente deslocada, não há transportes públicos, ou tens carro próprio ou não chegas lá. Eu por exemplo, só tive dinheiro para tirar carta depois de acabar o curso, quanto mais ter carro. Além disso, a Bial é só uma empresa, não tem capacidade de receber 80 ou 100 estagiários por ano. E o estágio curricular obrigatório para terminar o curso, na FFUP só pode ser em comunitária e hospitalar, não dão a possibilidade de ser em indústria ao passo que em Coimbra dão. Uma pessoa que estude em Lisboa ou Coimbra tem a opção de fazer estágio curricular em indústria ou pelo menos, estágios extracurriculares de 1 mês por exemplo durante as férias do Verão. Já têm casa na cidade por isso é possível.

Desconheço esses estágios da ANF. Sei que a ANF recruta pessoal em estágio profissional para diversas funções, o estágio profissional é pelo IEFP ou seja a ANF apenas paga uma percentagem baixa do valor e só tem duração de 9 meses, ao fim do qual podes ou não ser contratada. No entanto pelo que percebi só recrutam pessoal que andou em associação de estudantes. Cheguei a ir a entrevista e não fui seleccionada, colegas meus que não tinham uma média tão boa mas que tinham andado em associativismo foram.

Claro que não estou a dizer que quem tirou no Porto não se pode candidatar a indústria, só estou a dizer que devido à proximidade geográfica, estudar em Lisboa pode ser mais vantajoso para fazer estágios extracurriculares ou por exemplo estabelecer projectos de investigação em parceria com indústrias.
Sim, a Bial é no fim do mundo, concordo xD
Não acho que contratem apenas quem andou nas AEs porque conheço quem tenha feito esses estágios e nunca esteve em AE nenhuma :p mas claro que estas coisas nunca dependem só de ti, dependem de quem se candidatou ao mesmo tempo que pode ter um cv mais ou menos competitivo.
Eu também acho que estudar em Lisboa é extremamente vantajoso x) PS - estágios da APEF podem-se fazer em qualquer faculdade, que são esses extra curriculares. Conheço quem tenha feito estágio part-time em indústria a juntar a part-time comunitária, durante o estágio curricular, mas que eu saiba foi uma pessoa no meu ano, se vamos para uma faculdade a contar com uma possibilidade 1/300 estamos mal de probabilidades. No regulamento dos estágios não está nada (ou não estava quando lá andei, se já for diferente, props para a FFUL!) sobre estágios em indústria xD
 

scnanook

Membro Caloiro
Matrícula
12 Setembro 2016
Mensagens
3
Gostos
1
Curso
Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUL
Boa noite, em relação ao Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, alguem me poderia esclarecer sobre o sistema de avaliação na FFUL? Todas as cadeiras são feitas por exame? Ou tem outro sistema?
Obrigada!
Olá! Ainda não sei se alguém te respondeu, mas enquanto aluna da FFUL o que eu te posso dizer é o seguinte: Normalmente tens sempre mais cadeiras a serem feitas por exames, no entanto, há sempre 1 ou 2 cadeiras que são feitas por frequências (uma a meio do semestre e a outra na altura dos exames). :blush:
 
Gostos: Inês Poças

Carolina362

Membro Caloiro
Matrícula
13 Junho 2018
Mensagens
1
Gostos
0
Estou no 12º e estou interessada no curso de Ciências Farmacêuticas, no entanto não sei qual é a diferença entre ciências farmacêuticas e farmácia, já disseram que o curso de farmácia serve para ir trabalhar nos balcões de farmácia mas eu conheço uma pessoa com o curso de ciências farmacêuticas que está a trabalhar no balcão de uma farmácia (o seu objetivo era estar a trabalhar em laboratório).
 
Matrícula
22 Outubro 2016
Mensagens
25
Gostos
5
Olá! Estou no 12° ano e estou a ponderar escolher ou bioquímica ou ciências farmacêuticas. Há muita rivalidade entre os cursos, alguém pode me dar uma opinião sobre qual o melhor em termos de investigação? Contudo, também gostava de saber entre Porto, Coimbra e Lisboa qual o melhor sítio, em termos de futuro, tenho um pouco de medo se for para Coimbra devido a estar fora da área mais metropolitana. É já de agora, a área de investigação é muito complicado de conseguir? Toda a gente tem a ideia vais para ciências farmacêuticas acabas numa farmácia e não é de todo esse o meu objetivo!
 
Matrícula
20 Março 2016
Mensagens
20
Gostos
14
Curso
Mestrado Integrado Ciências Farmacêuticas
Instituição
FFUL
Estou no 12º e estou interessada no curso de Ciências Farmacêuticas, no entanto não sei qual é a diferença entre ciências farmacêuticas e farmácia, já disseram que o curso de farmácia serve para ir trabalhar nos balcões de farmácia mas eu conheço uma pessoa com o curso de ciências farmacêuticas que está a trabalhar no balcão de uma farmácia (o seu objetivo era estar a trabalhar em laboratório).
Olá! A grande diferença entre os cursos é o grau que eles conferem: o licenciado em Farmácia é tecnico de farmácia, o mestre em ciências farmacêuticas é farmacêutico; como tal, o segundo curso confere maior responsabilidade mas mais perspetivas de carreira, entre farmácia comunitária, hospital, análises clinicas, assuntos regulamentares, distribuição farmacêutica, industria farmacêutica e alimentar, ensino ou investigação. Assim, ambos os cursos podem trabalhar em farmácia comunitária, mas o farmacêutico normalmente assume cargos de maior importância que o técnico de farmácia.
Mensagem fundida automaticamente:

Olá! Estou no 12° ano e estou a ponderar escolher ou bioquímica ou ciências farmacêuticas. Há muita rivalidade entre os cursos, alguém pode me dar uma opinião sobre qual o melhor em termos de investigação? Contudo, também gostava de saber entre Porto, Coimbra e Lisboa qual o melhor sítio, em termos de futuro, tenho um pouco de medo se for para Coimbra devido a estar fora da área mais metropolitana. É já de agora, a área de investigação é muito complicado de conseguir? Toda a gente tem a ideia vais para ciências farmacêuticas acabas numa farmácia e não é de todo esse o meu objetivo!
Olá! Quando terminei o secundário também estive indecisa entre esses cursos; no entanto, acabei por seguir Ciências Farmacêuticas por ter maiores possiibilidades de carreira (farmácia comunitária, hospitalar, análises clinicas, assuntos regulamentares, distribuição farmacêutica, industria farmacêutica e alimentar, ensino ou investigação), enquanto que bioquimica está normalmente relacionado com investigação. Por outro lado, ciências farmacêuticas enquanto Mestrado Integrado permite uma progressão facilitada para o Mestrado, com as mesmas condições de propinas que as licenciaturas. Quanto à duvida de qual o melhor local, não te sei responder, estou na FFUL.
A sensação que tenho é que quem quer ingressar em investigação tem de ter boas notas e neste curso isso requer muito muito estudo. No entanto, na minha faculdade, alguns professores têm abertura suficiente para deixar os alunos participarem na sua investigação.
Qualquer que seja o curso que vais seguir, boa sorte :)
 
Última edição:
Matrícula
22 Outubro 2016
Mensagens
25
Gostos
5
Olá! A grande diferença entre os cursos é o grau que eles conferem: o licenciado em Farmácia é tecnico de farmácia, o mestre em ciências farmacêuticas é farmacêutico; como tal, o segundo curso confere maior responsabilidade mas mais perspetivas de carreira, entre farmácia comunitária, hospital, análises clinicas, assuntos regulamentares, distribuição farmacêutica, industria farmacêutica e alimentar, ensino ou investigação. Assim, ambos os cursos podem trabalhar em farmácia comunitária, mas o farmacêutico normalmente assume cargos de maior importância que o técnico de farmácia.
Mensagem fundida automaticamente:



Olá! Quando terminei o secundário também estive indecisa entre esses cursos; no entanto, acabei por seguir Ciências Farmacêuticas por ter maiores possiibilidades de carreira (farmácia comunitária, hospitalar, análises clinicas, assuntos regulamentares, distribuição farmacêutica, industria farmacêutica e alimentar, ensino ou investigação), enquanto que bioquimica está normalmente relacionado com investigação. Por outro lado, ciências farmacêuticas enquanto Mestrado Integrado permite uma progressão facilitada para o Mestrado, com as mesmas condições de propinas que as licenciaturas. Quanto à duvida de qual o melhor local, não te sei responder, estou na FFUL.
A sensação que tenho é que quem quer ingressar em investigação tem de ter boas notas e neste curso isso requer muito muito estudo. No entanto, na minha faculdade, alguns professores têm abertura suficiente para deixar os alunos participarem na sua investigação.
Qualquer que seja o curso que vais seguir, boa sorte :)
Podes me esclarecer mais uma dúvida? Em lisboa, o estágio é apenas em farmácia comunitária ou hospitalar?