Ciencias Biomédicas vs. Bioquimica

Matrícula
3 Novembro 2015
Mensagens
12
Gostos
3
#21
Eu pretendo seguir investigação na área da saúde e gostava muito de entrar em ciências biomédicas. No entanto, moro em Lisboa e esse curso não existe aqui, apesar de ter a disponibilidade de ir estudar para outra cidade só o queria fazer se não houvesse nenhuma outra opção. Por isso, decidi pesquisar cursos relacionados ou parecidos e o unico que encontrei foi ciências da saúde, será equivalente ou há outros mais indicados?
Obrigada :)
 

Snarky_Puppy

Membro Veterano
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#22
De nada! Tirei ciências biomédicas e mestrado em biomedicina farmacêutico (virado para a investigação clínica, já não existe) na Universidade de Aveiro.
 

Snarky_Puppy

Membro Veterano
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#23
Sobre ciências da saúde, apesar de não conhecer o curso nem licenciados nessa área, como é uma licenciatura de 3 anos também na área da saúde, estaria disposto a assumir que os objetivos são semelhantes... No entanto ouvi que este curso permite a entrada de alguns alunos em medicina, dentária ou algo assim (o que não acontece com biomédicas) por isso não sei até que ponto os objetivos e conteúdos são assim tão parecidos...
 

Iria Nunes

Membro Caloiro
Matrícula
22 Julho 2017
Mensagens
10
Gostos
6
#24
Olá!
Este ano vou para a faculdade e estou a ter dificuldades em escolher o curso. Estou indecisa entre Bioquímica em Coimbra e ciências Biomédicas em Aveiro. Em termos de cidade acho que preferiria Coimbra a Aveiro mas em termos de curso acho que preferiria ciências biomedicas. No entanto, não tenho certezas de nada. Sei que para estes dois cursos e dependendo do mestrado, as saídas podem ser as mesmas, mas gostava de saber também se vou gostar do curso e se vou conseguir estar motivada se for para bioquímica. Alguém me pode explicar bem a diferença entre os dois cursos, por favor?
Obrigada,
Iria
 

Snarky_Puppy

Membro Veterano
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#25
Olá!
Este ano vou para a faculdade e estou a ter dificuldades em escolher o curso. Estou indecisa entre Bioquímica em Coimbra e ciências Biomédicas em Aveiro. Em termos de cidade acho que preferiria Coimbra a Aveiro mas em termos de curso acho que preferiria ciências biomedicas. No entanto, não tenho certezas de nada. Sei que para estes dois cursos e dependendo do mestrado, as saídas podem ser as mesmas, mas gostava de saber também se vou gostar do curso e se vou conseguir estar motivada se for para bioquímica. Alguém me pode explicar bem a diferença entre os dois cursos, por favor?
Obrigada,
Iria
Olá. CBM em Aveiro tem um maior foco em tópicos de saúde, dando bases em biologia/bioquímica humana, patologia, farmacologia e técnicas laboratoriais associadas a investigação médica. Bioquímica diria que se foca em tópicos bioquímicos, mas abrange não só o ser humano como também com outras áreas, ex: aplicações industriais etc.

Tens razão que depende muito da formação pós-graduada que seguires, portanto eu diria para veres qual o plano de estudo que te agrada mais.
 

Íris Torres

Membro Caloiro
Matrícula
13 Janeiro 2018
Mensagens
1
Gostos
0
#26
Olá! Eu estou super indecisa. Sou aluna de Ciências e Tecnologia do 11°ano. Alguém me pode explicar a diferença entre Ciências Biomédicas e Ciências Biomédicas Laboratoriais? E qual deles é melhor para a área de investigação?
 

Snarky_Puppy

Membro Veterano
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#27
Olá! Eu estou super indecisa. Sou aluna de Ciências e Tecnologia do 11°ano. Alguém me pode explicar a diferença entre Ciências Biomédicas e Ciências Biomédicas Laboratoriais? E qual deles é melhor para a área de investigação?
Olá! Deixo-te um link para outro tópico onde falo disso

Ciencias Biomédicas
 

Nuno54

Membro Caloiro
Matrícula
16 Março 2017
Mensagens
7
Gostos
2
#28
Olá!!
Sou do Porto, estou no 12ºano em ciências e tecnologias e prevejo acabar com media de 16,7. Queria entrar em Medicina mas obviamente não tenho média, portanto estou há procura de uma outra área, parecida. Estou bastante indeciso entre CIÊNCIAS BIOMÉDICAS na UAveiro e BIOQUÍMICA na UPorto.

Ambas as áreas me interessam, tendo uma especial paixão por Biologia (gosto de tudo o que tem a ver com doenças, o ser humano e tratamentos).

Se fosse para Ciências Biomédicas, iria completar com o mestrado em Biologia Celular e Molecular (penso que é possível e que seja a opção mais acertada) acho que seria o curso que mais gostaria, no entanto sei que esta "especialidade" é unicamente virada para investigação, algo que não estou muito há vontade devido ao facto de ser algo muito inconstante, stressante e com pouca remuneração.

Quanto a Bioquímica, sei que se trata da biologia do ser humano, mas não sei das possibilidades de pós-graduação.

Estava, portanto, à procura de um curso em que esteja presente biologia, ligado ao diagnóstico, mas que tenha mercado de trabalho e alguma remuneração.
Ajudem-me, por favor, a esclarecer as diferenças entre os 2 cursos e qual acham o mais indicado, tendo em conta as minhas preferencias.
 
Gostos: Maria Dâmaso
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#29
Olá!!
Sou do Porto, estou no 12ºano em ciências e tecnologias e prevejo acabar com media de 16,7. Queria entrar em Medicina mas obviamente não tenho média, portanto estou há procura de uma outra área, parecida. Estou bastante indeciso entre CIÊNCIAS BIOMÉDICAS na UAveiro e BIOQUÍMICA na UPorto.

Ambas as áreas me interessam, tendo uma especial paixão por Biologia (gosto de tudo o que tem a ver com doenças, o ser humano e tratamentos).

Se fosse para Ciências Biomédicas, iria completar com o mestrado em Biologia Celular e Molecular (penso que é possível e que seja a opção mais acertada) acho que seria o curso que mais gostaria, no entanto sei que esta "especialidade" é unicamente virada para investigação, algo que não estou muito há vontade devido ao facto de ser algo muito inconstante, stressante e com pouca remuneração.

Quanto a Bioquímica, sei que se trata da biologia do ser humano, mas não sei das possibilidades de pós-graduação.

Estava, portanto, à procura de um curso em que esteja presente biologia, ligado ao diagnóstico, mas que tenha mercado de trabalho e alguma remuneração.
Ajudem-me, por favor, a esclarecer as diferenças entre os 2 cursos e qual acham o mais indicado, tendo em conta as minhas preferencias.
No que respeita à área da saúde humana, penso que as principais saídas de ciências biomédicas e bioquímica sejam semelhantes: investigação básica e aplicada e serviços associados. Portanto, acredito que os cursos darão acesso a mestrados semelhantes. A principal diferença encontra-se no plano de estudos e nas bases que cada licenciatura oferece, cabendo ao estudante escolher qual prefere. Ciências biomédicas centra-se no ser humano e bioquímica parece-me mais generalista.

O que queres dizer com “diagnóstico”? Diagnosticar doenças é trabalho exclusivo do médico. Existem é outros profissionais (técnicos de diagnóstico e terapêutica) que conduzem os testes necessários para o médico depois poder diagnosticar (ex: licenciaturas em imagem médica e radioterapia, ciências biomédicas laboratoriais, ou fisiologia clínica)
 

Pires18

Membro Caloiro
Matrícula
25 Junho 2018
Mensagens
1
Gostos
0
#30
Boa tarde a todos,
Estou atualmente a terminar o 12ºAno no curso de Ciências e Tecnologias e pretendia seguir para o Ensino Superior, mas não me consigo decidir entre Ciências Biomédicas no P.Porto, ou Bioquímica na U.Porto. No futuro gostava de trabalhar em investigação ligado a áreas como oncologia ou até área forense; ou até mesmo algo relacionado com análises, no entanto não sei que curso optar. Com a média que tenho, consigo entrar em qualquer um dos dois, mas não sei qual será o que se melhor adapta aos meus gostos.
Alguém me pode ajudar e dar
 

Juliana Reis

Membro Caloiro
Matrícula
3 Abril 2016
Mensagens
7
Gostos
0
#31
Boa tarde a todos,
Estou atualmente a terminar o 12ºAno no curso de Ciências e Tecnologias e pretendia seguir para o Ensino Superior, mas não me consigo decidir entre Ciências Biomédicas no P.Porto, ou Bioquímica na U.Porto. No futuro gostava de trabalhar em investigação ligado a áreas como oncologia ou até área forense; ou até mesmo algo relacionado com análises, no entanto não sei que curso optar. Com a média que tenho, consigo entrar em qualquer um dos dois, mas não sei qual será o que se melhor adapta aos meus gostos.
Alguém me pode ajudar e dar
Que eu saiba Ciências Biomédicas só há em 3 universidades publicas, sendo elas: Aveiro, Covilhã e Algarve. Sendo que nas outras Universidades é Ciências Biomédicas Laboratoriais sendo que os dois cursos são muito diferentes no que toca a plano curricular e saídas profissionais.
 

leasleal

Membro Caloiro
Matrícula
4 Junho 2016
Mensagens
3
Gostos
8
#32
Boa tarde a todos,
Estou atualmente a terminar o 12ºAno no curso de Ciências e Tecnologias e pretendia seguir para o Ensino Superior, mas não me consigo decidir entre Ciências Biomédicas no P.Porto, ou Bioquímica na U.Porto. No futuro gostava de trabalhar em investigação ligado a áreas como oncologia ou até área forense; ou até mesmo algo relacionado com análises, no entanto não sei que curso optar. Com a média que tenho, consigo entrar em qualquer um dos dois, mas não sei qual será o que se melhor adapta aos meus gostos.
Alguém me pode ajudar e dar
Olá! Já pensaste em Ciências Farmacêuticas? Pelo que disseste, talvez seja uma boa opção uma vez que entre as várias saídas profissionais estão precisamente investigação e análises clínicas.
 
Matrícula
13 Julho 2018
Mensagens
4
Gostos
1
#33
Boa noite!
Sempre quis ser investigador e descobrir curas para doenças, o que acho que é algo relacionado com saúde.
Um dos cursos em que pondero ingressar é bioquímica mas o problema é que já li inúmeras vezes que não é tão ligada à saúde como ciências Biomédicas.
Tenho média para entrar em Bioquímica na UM (localização boa pois moro em Braga) mas não tenho média suficiente para ingressar em Ciências Biomédicas em Aveiro, que acho que para este curso é a universidade mais prestigiosa.
Tenho média, no entanto, para ingressar em Ciências Biomédicas na UBI (Beira Interior)
Daí surge a minha questão:
Será melhor ingressar em CBM na UBI uma vez que deverá representar melhor o que quero e não ligar ao prestígio da universidade ou ligar ao prestígio da universidade e ingressar em Bioquímica?
 
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#34
Nesta área eu sinceramente não sei se há grande diferença entre universidades relativamente a vantagens na carreira, por isso não ligaria muito à questão do prestígio. Em vez disso sugiro que vejas bem os planos de estudos destes cursos (que são bem diferentes; como dizes, ciências biomédicas é muito focado em saúde, já bioquímica é mais abrangente, e biomédicas na UBI é muito diferente da UA em termos de conteúdos) e optes pelo que mais gostes. Não custa também ver a oferta pós-graduada nas universidades de interesse (apesar de poderes candidatar-te a mestrados de outras universidades, pode ser mais fácil se concorreres a um na tua universidade de origem)

Para investigação em saúde, qualquer um desses cursos permite seguir mestrados sobre investigação em saúde, tens de concorrer com os outros licenciados.

Outra hipótese, se te fizer sentido, é ciências farmacêuticas, que permite também investigação na área da saúde, além de ter uma vertente profissionalizante, pois nem toda a gente se dá bem/consegue uma carreira satisfatória em investigação médica.

Aconselho-te também a veres este tópico, onde a investigação em saúde é discutida Área da Investigação
 
Gostos: Bruno Freitas
Matrícula
13 Julho 2018
Mensagens
4
Gostos
1
#35
Nesta área eu sinceramente não sei se há grande diferença entre universidades relativamente a vantagens na carreira, por isso não ligaria muito à questão do prestígio. Em vez disso sugiro que vejas bem os planos de estudos destes cursos (que são bem diferentes; como dizes, ciências biomédicas é muito focado em saúde, já bioquímica é mais abrangente, e biomédicas na UBI é muito diferente da UA em termos de conteúdos) e optes pelo que mais gostes. Não custa também ver a oferta pós-graduada nas universidades de interesse (apesar de poderes candidatar-te a mestrados de outras universidades, pode ser mais fácil se concorreres a um na tua universidade de origem)

Para investigação em saúde, qualquer um desses cursos permite seguir mestrados sobre investigação em saúde, tens de concorrer com os outros licenciados.

Outra hipótese, se te fizer sentido, é ciências farmacêuticas, que permite também investigação na área da saúde, além de ter uma vertente profissionalizante, pois nem toda a gente se dá bem/consegue uma carreira satisfatória em investigação médica.

Aconselho-te também a veres este tópico, onde a investigação em saúde é discutida Área da Investigação
Obrigado pela resposta!
Eu tinha lido que o prestígio das universidades é importante no que toca à publicação de artigos científicos, o que me deixa um bocado assustado pois gosto muito de elaborar esse tipo de coisas.
O meu plano é licenciar-me na UBI e depois fazer mestrado em Aveiro o que acho ser possível.
Pós doutoramento gostaria de dar aulas como professor universitário e se alguém aqui está no mesmo percurso ou é informado no assunto agradecia algum tipo de elucidação 👍
 
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#36
Obrigado pela resposta!
Eu tinha lido que o prestígio das universidades é importante no que toca à publicação de artigos científicos, o que me deixa um bocado assustado pois gosto muito de elaborar esse tipo de coisas.
O meu plano é licenciar-me na UBI e depois fazer mestrado em Aveiro o que acho ser possível.
Pós doutoramento gostaria de dar aulas como professor universitário e se alguém aqui está no mesmo percurso ou é informado no assunto agradecia algum tipo de elucidação 👍
Disclaimer: sou da área clínica e não segui doutoramento, mas tenho artigos publicados e participei na escrita e submissão de vários outros.

Existem mesmo muitas revistas científicas indexadas na medline, embase, scopus, etc, nacionais e internacionais, para todos os gostos, pelo que se o estudo for bom, publica-se porque há muito por onde optar. Ainda assim, qualquer autor venha de onde vier vai ter publicações rejeitadas. Faz parte, não acho que a universidade tenha grande influência nisso (até porque muita investigação é feita em parceria entre vários institutos e não só 1 universidade). Sobre potenciais vieses (a meu ver, mais associados a autores particulares do que a instituições), cada vez mais revistas estão a adoptar o "blind review", ou seja os revisores têm acesso aos conteúdos, mas não ao nome e origem dos autores.

Aveiro é mesmo um exemplo de que isso do prestígio é muito relativo. Repara que a licenciatura em ciências biomédicas foi criada em 2006. É muito jovem ainda, os primeiros doutorados só começaram a sair há uns 2 anos. A UA tem prestígio sim mas pouco em investigação biomédica, era tudo muito mais ligado a ciências mais puras (química, matemática, física) e engenharias. Partindo um bocado do zero, tem conseguido excelentes resultados na área da saúde nos últimos anos, com várias publicações e prémios.

Da minha experiência, as rejeições são naturais, e excessivas rejeições estão provavelmente associadas a uma má estratégia na seleção das revistas-alvo e a um mau desenho/condução do estudo. Arranja uma universidade com um plano de estudo e linhas de investigação que te interessem, isso é o mais importante.
 
Matrícula
13 Julho 2018
Mensagens
4
Gostos
1
#37
Disclaimer: sou da área clínica e não segui doutoramento, mas tenho artigos publicados e participei na escrita e submissão de vários outros.

Existem mesmo muitas revistas científicas indexadas na medline, embase, scopus, etc, nacionais e internacionais, para todos os gostos, pelo que se o estudo for bom, publica-se porque há muito por onde optar. Ainda assim, qualquer autor venha de onde vier vai ter publicações rejeitadas. Faz parte, não acho que a universidade tenha grande influência nisso (até porque muita investigação é feita em parceria entre vários institutos e não só 1 universidade). Sobre potenciais vieses (a meu ver, mais associados a autores particulares do que a instituições), cada vez mais revistas estão a adoptar o "blind review", ou seja os revisores têm acesso aos conteúdos, mas não ao nome e origem dos autores.

Aveiro é mesmo um exemplo de que isso do prestígio é muito relativo. Repara que a licenciatura em ciências biomédicas foi criada em 2006. É muito jovem ainda, os primeiros doutorados só começaram a sair há uns 2 anos. A UA tem prestígio sim mas pouco em investigação biomédica, era tudo muito mais ligado a ciências mais puras (química, matemática, física) e engenharias. Partindo um bocado do zero, tem conseguido excelentes resultados na área da saúde nos últimos anos, com várias publicações e prémios.

Da minha experiência, as rejeições são naturais, e excessivas rejeições estão provavelmente associadas a uma má estratégia na seleção das revistas-alvo e a um mau desenho/condução do estudo. Arranja uma universidade com um plano de estudo e linhas de investigação que te interessem, isso é o mais importante.
Então mais importante que o prestígio são as revistas com quem trabalhamos e, sobretudo, a qualidade do trabalho!
Percebido, obrigado!
 
Matrícula
29 Junho 2015
Mensagens
190
Gostos
206
Curso
Ciências Biomédicas
Instituição
Universidade de Aveiro
#38
Não trabalhas propriamente com uma revista. Se uma não aceita, vês as críticas dos revisores e o que podes mudar para melhorar no artigo, passas para outra e pronto. A qualidade é sempre importante sem dúvida, e também a sorte, tenho vários colegas que no doutoramento fizeram tudo direitinho, bons racionais, bons métodos, mas tiveram dificuldades em publicar porque os resultados simplesmente não eram apelativos, e isto acontece quando estás a fazer doutoramento. Revistas procuram publicar coisas "positivas" e com impacto, o que nem sempre é uma coisa boa (o chamado viés de publicação). Se seguires a via de investigação vais aprender tudo sobre essas coisas.
 
Gostos: Bruno Freitas
Matrícula
13 Julho 2018
Mensagens
4
Gostos
1
#39
Não trabalhas propriamente com uma revista. Se uma não aceita, vês as críticas dos revisores e o que podes mudar para melhorar no artigo, passas para outra e pronto. A qualidade é sempre importante sem dúvida, e também a sorte, tenho vários colegas que no doutoramento fizeram tudo direitinho, bons racionais, bons métodos, mas tiveram dificuldades em publicar porque os resultados simplesmente não eram apelativos, e isto acontece quando estás a fazer doutoramento. Revistas procuram publicar coisas "positivas" e com impacto, o que nem sempre é uma coisa boa (o chamado viés de publicação). Se seguires a via de investigação vais aprender tudo sobre essas coisas.
Sim claro, haverá sempre o lado da revista. Temos que ter em conta que eles querem vender sempre o máximo possível.
Práticamente já estou decidido a ingressar em CBM na UBI! 👍