Direito

Matrícula
1 Maio 2018
Mensagens
14
Gostos
8
Olá! Gostava de me candidatar à clássica e a minha media vai variar entre os 15,5 r os 16 com os exames, acham que consigo entrar?
 

CarolinaDR

Membro Caloiro
Matrícula
12 Maio 2018
Mensagens
4
Gostos
1
Curso
Línguas e Humanidades
Eu encontro-me no mesmo dilema de muitos. Pretendo seguir direito e estou indecisa entre a Universidade Clássica de Lisboa e a Universidade Nova de Lisboa.

Sou aluna do 11° de Línguas e Humanidades e tenho uma média de 17,5, sendo a minha melhor disciplina História A com 19 valores. Sou a melhor aluna da área da minha escola (ESJGF) apesar da média não ser nada de especial por alguns professores acharem que a média de testes de 17 com 19 é 16. Deverei ter média para entrar em qualquer uma se se mantiverem assim.

No entanto, a possibilidade de escolha deixa-me divida apesar de tanta pesquisa que fiz.

Não tenho certezas acerca de nada em termos de que mestrado tirar em seguida, mas encontro-me virada para a área do Direito Internacional pela pesquisa que fiz. Claro que apenas saberei após estudar.

O que gosto na Clássica é o facto de ser uma escola de prestígio, bem planificada ao longo do tempo e de ter várias figuras conhecidas ligadas à área de Direito que de lá se licenciaram. Vejo que na maioria das empresas de Direito de renome, os funcionários estão licenciados através desta universidade. O plano de estudos até me parece bom. O que mais me incomoda nesta universidade é sem dúvida as notas miseráveis de grande porção dos alunos, com os professores com fama de forreta na hora de avaliar (extremamente frustrante para mim).

Em relação à Nova, o plano de estudos atrai-me bastante. Gosto da inovação e do sentido prático da universidade apesar de ter sempre sido uma aluna que tinha melhores resultados em disciplinas teóricas. As estatísticas desta universidade parecem-me bastante mais promissoras em termos de avaliação com alguns alunos a atingir grandes médias e grandes resultados a nível nacional (percentil 75). Quando penso nesta universidade a palavra promissora é a primeira coisa que me vem à cabeça. Uma universidade extremamente ativa. Os estudantes que conheci desta universidade em feiras de recrutamento definitivamente parecem mais carismáticos e seguros em relação ao curso do que da universidade clássica.

Se eu prosseguir mesmo a área de estudos que tenho virada para o estudo de Direito Internacional e estudos relacionados gostava de saber qual seria a mais apropriada. O aspeto da internacionalização da universidade e dos estudos é bastante importante para mim pelo que pretendo uma carreira com flexibilidade em termos de localização.

Para terem uma melhor ideia da minha lista de interesses em relação a cursos alternativos (que estão de alguma maneira relacionados com a linha de estudos que prefiro) aqui está: Relações Internacionais, Ciência Política, Psicologia.

Tendo em conta tudo isto, agradeço antecipadamente toda ajuda, opiniões e conselhos especialmente se forem estudantes de alguma destas universidades.
 

Diogo505

Membro Veterano
Matrícula
22 Junho 2015
Mensagens
154
Gostos
394
Curso
Engenharia Informática
Eu encontro-me no mesmo dilema de muitos. Pretendo seguir direito e estou indecisa entre a Universidade Clássica de Lisboa e a Universidade Nova de Lisboa.

Sou aluna do 11° de Línguas e Humanidades e tenho uma média de 17,5, sendo a minha melhor disciplina História A com 19 valores. Sou a melhor aluna da área da minha escola (ESJGF) apesar da média não ser nada de especial por alguns professores acharem que a média de testes de 17 com 19 é 16. Deverei ter média para entrar em qualquer uma se se mantiverem assim.

No entanto, a possibilidade de escolha deixa-me divida apesar de tanta pesquisa que fiz.

Não tenho certezas acerca de nada em termos de que mestrado tirar em seguida, mas encontro-me virada para a área do Direito Internacional pela pesquisa que fiz. Claro que apenas saberei após estudar.

O que gosto na Clássica é o facto de ser uma escola de prestígio, bem planificada ao longo do tempo e de ter várias figuras conhecidas ligadas à área de Direito que de lá se licenciaram. Vejo que na maioria das empresas de Direito de renome, os funcionários estão licenciados através desta universidade. O plano de estudos até me parece bom. O que mais me incomoda nesta universidade é sem dúvida as notas miseráveis de grande porção dos alunos, com os professores com fama de forreta na hora de avaliar (extremamente frustrante para mim).

Em relação à Nova, o plano de estudos atrai-me bastante. Gosto da inovação e do sentido prático da universidade apesar de ter sempre sido uma aluna que tinha melhores resultados em disciplinas teóricas. As estatísticas desta universidade parecem-me bastante mais promissoras em termos de avaliação com alguns alunos a atingir grandes médias e grandes resultados a nível nacional (percentil 75). Quando penso nesta universidade a palavra promissora é a primeira coisa que me vem à cabeça. Uma universidade extremamente ativa. Os estudantes que conheci desta universidade em feiras de recrutamento definitivamente parecem mais carismáticos e seguros em relação ao curso do que da universidade clássica.

Se eu prosseguir mesmo a área de estudos que tenho virada para o estudo de Direito Internacional e estudos relacionados gostava de saber qual seria a mais apropriada. O aspeto da internacionalização da universidade e dos estudos é bastante importante para mim pelo que pretendo uma carreira com flexibilidade em termos de localização.

Para terem uma melhor ideia da minha lista de interesses em relação a cursos alternativos (que estão de alguma maneira relacionados com a linha de estudos que prefiro) aqui está: Relações Internacionais, Ciência Política, Psicologia.

Tendo em conta tudo isto, agradeço antecipadamente toda ajuda, opiniões e conselhos especialmente se forem estudantes de alguma destas universidades.
Dado o ênfase que deste à internacionalização, a Nova é, sem dúvida, a que mais aposta nesse aspeto, tentando contornar a inevitabilidade da entrada forçada no mercado sobrelotado português. Tenho amigos (e familiares) de ambas, a minha Tia (advogada há 30 anos), tirou na clássica e exerce em Almada, tenho um amigo que acabou com 16 na clássica(!) e arranjou logo trabalho numa firma, conheço pessoal que acabou com 18-19 na Nova e agora é juíz ou até investigador em Harvard; isto para te dizer que ficas bem servida com qualquer uma, o que interessa são as tuas capacidades e (muito mais) o teu trabalho, escolhe aquela cujo percurso (em função do ambiente e do ensino) te parecer mais aprazível...
 
Gostos: CarolinaDR

FranciscoG.

Membro Caloiro
Matrícula
28 Outubro 2017
Mensagens
5
Gostos
3
Curso
Ciências e Tecnologias (10ºano)
Boa noite, Francisco!
Estou no segundo semestre do meu primeiro ano em Direito na Fduc, pelo que, creio poder ajudar-te através da partilha da minha experiência! A Academia é conhecida pelo seu prestígio na área do Direito, no entanto, devo avisar-te que o método de ensino é um tanto antiquado e excessivamente teórico - Direito em si é um curso teórico e não podes querer exercer sem saber minimamente bem a teoria. isso não invalida a crítica anterior, porque sou da opinião que há mudanças que devem ocorrer no método de ensino -, ademais os professores são bastante exigentes e as avaliações são feitas maioritariamente por exame (no primeiro ano tens a hipótese de fazer duas unidades curriculares por frequência por semestre, contudo, pelos testemunhos de colegas mais velhos, sei que no segundo ano e nos restantes anos apenas podemos fazer uma cadeira por frequência em cada semestre). No primeiro ano tens cadeiras como Introdução ao Direito, Direito Internacional Público, Direito Constitucional, Direito Romano, Economia Política e História do Direito Português (pelo que as minhas preferidas são DIP e DR). As leituras são um tanto densas e contrariam a minha tendência para divagações líricas, são textos veemente áridos em sua maioria, embora não deixem de ter a sua beleza (não me refiro aos códigos mas sim à bibliografia per se). Acho que é um curso interessante, porque acabas por perceber um bocadinho mais do que te rodeia (como em todos os cursos, creio). No meu caso, tive algumas perguntas de infância respondidas através da unidade curricular de Introdução ao Direito I, que tem uma vertente filosófica bastante vincada (na minha opinião): sempre fui uma pessoa que questionou bastante o status quo, pelo que gostei ler textos que justificavam a existência de uma ordem jurídica, afirmando que esta advém da nossa própria condição e da mundivivência (do facto de partilharmos o mundo uns com os outros e der termos de conciliar as nossas liberdades com as liberdades alheias).
Considero de igual modo referir que em Coimbra és tu que fazes o teu próprio horário (as aulas teóricas são fixas mas tens vários horários para as aulas práticas, pelo que podes escolher os que mais te derem jeito) e que não há faltas a não ser às unidades curriculares às quais te inscreveste em frequência e nem sempre.
Eu tinha média para entrar na instituição que eu quisesse mas escolhi Coimbra pelo prestígio. Ainda não estou aqui há tempo o suficiente para saber ao certo se fiz uma boa decisão, we'll find out soon enough!
Peço desculpa desde já pelo discurso fragmentado e incoeso, ando cansada e a queima aproxima-se!
Qualquer dúvida que tenhas sente-te livre para enviar mensagem!
Carolina.
Caríssima Carolina!
Muito obrigado pela sua resposta! A sua abordagem foi assaz elucidativa e, claramente, que me convenceu!
Obrigado ainda pela disponibilidade!
Cumprimentos.
 
Gostos: _ac0nitum_
Matrícula
12 Maio 2018
Mensagens
4
Gostos
1
Curso
Línguas e Humanidades
Dado o ênfase que deste à internacionalização, a Nova é, sem dúvida, a que mais aposta nesse aspeto, tentando contornar a inevitabilidade da entrada forçada no mercado sobrelotado português. Tenho amigos (e familiares) de ambas, a minha Tia (advogada há 30 anos), tirou na clássica e exerce em Almada, tenho um amigo que acabou com 16 na clássica(!) e arranjou logo trabalho numa firma, conheço pessoal que acabou com 18-19 na Nova e agora é juíz ou até investigador em Harvard; isto para te dizer que ficas bem servida com qualquer uma, o que interessa são as tuas capacidades e (muito mais) o teu trabalho, escolhe aquela cujo percurso (em função do ambiente e do ensino) te parecer mais aprazível...
Muito obrigada pelo conselho ✌🏻
 
Gostos: Diogo505