Estudar Medicina em Espanha

Matrícula
18 Junho 2016
Mensagens
852
Gostos
1,380
Curso
Medicina
Instituição
FMUL
Assim sendo, gostaria de saber se ao começar o curso de medicina em Espanha teria de o fazer todo lá ou se há alguma maneira de pedir transferência para Portugal ao fim de 1 ou 2 anos.
Segundo o que sei, não há qualquer maneira de pedires transferência do estrangeiro para uma faculdade de Medicina cá em Portugal (se não, imagina só a onda de portugueses que estão na República Checa, Espanha e outros países, a voltarem para "casa".. acredito eu que a maioria, se pudesse, voltava). Mesmo estando numa fac em Portugal, não dá pra pedires transferência para outra faculdade diferente durante o curso, exceto a UBI, que ainda aceita, dentro de certas condições. Por isso, ou fazes Erasmus e vens pra cá algum tempo, mas continuas a ser aluna da faculdade de origem obviamente, ou então só concorrendo pelos concursos de acesso nacionais (normal, licenciados, etc).
 

Margarida17

Membro Caloiro
Matrícula
16 Junho 2017
Mensagens
5
Gostos
2
Se concorreres a Espanha no próximo ano, podes utilizar qualquer exame que já tenhas feito (quer de 1º fase, quer de 2º fase). Não precisas de tirar acima de 14 em todas as provas (obrigatoriamente) para poderes concorrer a Espanha.
No processo de candidatura espanhola, a tua nota portuguesa (acreditación) é, no fundo, a média com que tu concorres a um curso em Portugal, convertida de 0 a 10. Por exemplo: Eu tinha 18 de média na ficha ENES e 19 no exame de matemática de 2º fase do ano passado. Escolhi o curso de biotecnologia medicinal, cujo exame valia 50%, e vi que concorria com 18,50. Desta forma, contactei a dges e pedi a acreditación para esse curso onde eles converteram o 18,50 a 9,25, de 0 a 10.
Relativamente ao exames de selectividad, não são um bicho de 7 cabeças. Eles dão os livros e também publicam as matrizes. O meu conselho é seguires, religiosamente, as matrizes (que, no fundo, são uma série de tópicos pormenorizados). Está ai tudo!! Eu, a partir das matrizes, fiz os meus próprios resumos (a partir de setembro) e consegui excelentes notas. Agora, tens é de trabalhar! Os exames espanhóis são mais justos que os nossos, mas abordam muito mais matéria.
Onde tiveste acesso a estas tais matrizes?