Há alguma maneira de ir estudar para o Reino Unido ou Estados Unidos de graça ou de custo baixo?

Trafalgar

Membro Caloiro
Matrícula
17 Março 2018
Mensagens
2
Gostos
0
#1
Bom dia , há muito que desejo ir estudar para o estrangeiro e sei que consigo ter notas para entrar numa faculdade , o verdadeiro problema é que são bastante caras , especialmente para uma pessoa que vem de fora e tambem não me apetece muito recorrer ao Ok!Estudante que supostamente me paga a faculdade mas mais tarde fico em divida para com eles. Obrigado!
 

a fish

livin' the german life
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,249
Gostos
5,198
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
#2
Bom dia , há muito que desejo ir estudar para o estrangeiro e sei que consigo ter notas para entrar numa faculdade , o verdadeiro problema é que são bastante caras , especialmente para uma pessoa que vem de fora e tambem não me apetece muito recorrer ao Ok!Estudante que supostamente me paga a faculdade mas mais tarde fico em divida para com eles. Obrigado!
se pagam e ficas em dívida, chama-se empréstimo e uns quantos bancos dão-te ;)

há uma maneira: para a Escócia (não no resto do UK) não há propinas para alunos da UE, o que de certeza já ajuda :) se outros países forem opção, por exemplo Alemanha (creio) e Áustria não têm propinas. Aliás, muitos países (pelo menos europeus :p) apoiam muito os seus estudantes universitários, como estrangeiros caídos de paraquedas é que não sei bem que direitos temos...
 
Matrícula
6 Maio 2018
Mensagens
23
Gostos
25
#3
Nos EUA é onde é mais caro, mas há também algumas scholarships para alunos internacionais e se já tens um undergraduate degree podes-te propor a posições de assistantship nas quais basicamente podes trabalhar para a universidade auxiliando algum professor a dar aulas ou trabalhando num laboratório de investigação e em troca pagam-te as propinas ou dão-te um stipend mensal.
É um grande trabalho de pesquisa porque os EUA são gigantes. Tens unvis que dão financiamento total, outras que dão financiamento parcial e ainda tens bolsas de entidades privadas às quais te podes candidatar. Com visto de estudante estás limitado a trabalhar 20h/semanais (de forma legal) em território americano. As universidades americanas importam-se muito com rankings, por isso tens que te saber vender como um aluno que vai chegar lá, tirar óptimas notas, arranjar um bom emprego no fim e subir-lhes o ranking para que depois elas possam usar essa posição mais elevada no ranking para captar novos alunos.
Fui a uma mostra de universidades organizada pela Fullbright e conheci o Vice Reitor da University of Michigan que é português. Muito acessível e simpático, gostei.

Não sei se a Europa te interessa mas na Europa do Norte e em particular Escandinávia, como cidadão europeu, estás isento de pagar propinas e em alguns países podes ter apoios estatais (não em todos). O problema é teres dinheiro para pagar alojamento. Penso que poderás arranjar alguns trabalhos em que só com inglês te safes em zonas mais turísticas.

Talvez esta empresa te possa ajudar: Reino Unido - INFORMATION PLANET
É uma empresa que organiza viagens, estágios ou estudos no estrangeiro. Provavelmente tens que pagar uma taxa qualquer e eles tratam de tudo.
 

Wraak

Membro Dux
Matrícula
5 Dezembro 2015
Mensagens
855
Gostos
2,223
Curso
Engenharia Informática e de Computadores
Instituição
IST
#4
Hey,

I come a little bit late mas acho que vale a pena clarificar para caso alguém veja esta thread mais tarde.

A OK Estudante apenas facilita o processo de inscrição e matrícula nas universidades. A dívida que ficas com "eles" na verdade é uma dívida que ficas com o governo do Reino Unido. Qualquer aluno do Reino Unido ou da UE pode candidatar-se a um empréstimo que é no valor das propinas. A partir de certa altura, quando atinges um certo ganho anual, começas a saldar a tua dívida com eles. Se quiseres mais informação podes checkar aqui: Student finance.

Dentro do Reino Unido, como a @a fish mencionou, a Escócia paga o valor das propinas para estudantes da UE, o que é uma boa oportunidade. Para além disto, as únicas formas de financiamento são através de bolsas. Há várias bolsas, dependendo das universidades em que fores aceite e da tua média. Lembro-me que a Imperial College London tinha uma no valor de 5000 libras, o que é muito fixe. Devo dizer, no entanto, que deves garantir a tua sustentabilidades antes de confirmares a tua ida para a faculdade, no caso de não ganhares nenhuma das bolsas a que te candidates.

Uma dica: fala com a tua junta de freguesia ou câmara municipal, normalmente eles têm apoios para estudantes que estudam fora. Lembro-me que quando candidatei-me ao Reino Unido, podia candidatar-me a uma bolsa que ia até 750€ + 180€ por mês, o que é um valor fixe (mas não suficiente para o custo de vida em Londres...). Isto é na madeira, fyi.

Ultimamente, maior parte das universidades oferecem cursos a part-time. Ou seja, podes estudar e trabalhar ao mesmo tempo.

Abraço