UMinho Linguas e Culturas Orientais - UMinho

Matrícula
8 Setembro 2016
Mensagens
357
Gostos
371
Curso
Tradução e Interpretação: Português-Chinês
Instituição
IPLeiria
#21
Eu vou este ano para a Uni, talvez para a UM e pensei fazer Chinês ou Japonês como cadeira isolada, juntamente com o meu curso normal mas acho muito puxado :s
Não vais para Estudos Orientais? :rolleyes: Vais candidatar-te então para que curso?? É capaz de ser puxado, sim, mas com força de vontade tudo se consegue. :D;) Se gostas mesmo, siga!! :p:p
 
Gostos: simaooliveira
Matrícula
23 Julho 2017
Mensagens
15
Gostos
9
#23
Boa noite;
Tenho algumas dúvidas que gostaria de ver respondidas relativamente a licenciatura de Estudos Orientais:
1º Qual o grau de Inglês necessário ter para tirar esta licenciatura
2º Qual a média do curso (desculpem mas não encontrei)
3º Quais são as ofertas de emprego mais frequentes para alguém licenciado neste curso
4º Qual a possibilidade de se ser trabalhador estudante, isto é, há trabalhadores estudantes nesta licenciatura? É possível conciliar as duas coisas?
Desde já obrigada
 
S

simaooliveira

Guest
#24
Boa noite;
Tenho algumas dúvidas que gostaria de ver respondidas relativamente a licenciatura de Estudos Orientais:
1º Qual o grau de Inglês necessário ter para tirar esta licenciatura
2º Qual a média do curso (desculpem mas não encontrei)
3º Quais são as ofertas de emprego mais frequentes para alguém licenciado neste curso
4º Qual a possibilidade de se ser trabalhador estudante, isto é, há trabalhadores estudantes nesta licenciatura? É possível conciliar as duas coisas?
Desde já obrigada
Boas,

Este curso mudou de nome. Podes encontrar informação relativamente a ele aqui neste link: Guia da Candidatura 2017 - Detalhe de Curso.

Não te sei dizer muito porque não sou aluno interno do curso apenas desenvolvi um grande interesse por ele e pesquisei bastante sobre ele. Sei que a cadeira com mais destaque é Chinês e dão menor importância ao Japonês. Há uma estadia na China durante 1 ano no segundo ano do Mestrado. A nível de saídas são mais destacáveis as áreas da diplomacia como embaixadas e relações internacionais, mas também tradução e jornalismo.

Espero que te tenha esclarecido alguma coisa :)
 
Matrícula
8 Setembro 2016
Mensagens
357
Gostos
371
Curso
Tradução e Interpretação: Português-Chinês
Instituição
IPLeiria
#25
Boa noite;
Tenho algumas dúvidas que gostaria de ver respondidas relativamente a licenciatura de Estudos Orientais:
1º Qual o grau de Inglês necessário ter para tirar esta licenciatura
2º Qual a média do curso (desculpem mas não encontrei)
3º Quais são as ofertas de emprego mais frequentes para alguém licenciado neste curso
4º Qual a possibilidade de se ser trabalhador estudante, isto é, há trabalhadores estudantes nesta licenciatura? É possível conciliar as duas coisas?
Desde já obrigada
Olá :)
Aqui no forum infelizmente acho que não há ninguém que estude deste curso (penso eu :oops:), mas eu sei de alguém que estuda e terá muito gosto em esclarecer as todas as tuas duvidas sobre o curso. ;) Se quiseres, mando-te mp e falamos melhor. :D
 
Gostos: lauF
Matrícula
24 Julho 2017
Mensagens
18
Gostos
14
#26
Olá :)
Aqui no forum infelizmente acho que não há ninguém que estude deste curso (penso eu :oops:), mas eu sei de alguém que estuda e terá muito gosto em esclarecer as todas as tuas duvidas sobre o curso. ;) Se quiseres, mando-te mp e falamos melhor. :D
É a minha primeira intervenção aqui no fórum. Boa noite a todos.
Descobri hoje este curso e devo dizer que fiquei curioso.
Pelo que li, parece que ninguém aqui do fórum está no curso, mas gostava de saber mais informações, se conhecerem alguém talvez me possam ajudar, porque estou interessado.
Obrigado
 
Matrícula
8 Setembro 2016
Mensagens
357
Gostos
371
Curso
Tradução e Interpretação: Português-Chinês
Instituição
IPLeiria
#27
É a minha primeira intervenção aqui no fórum. Boa noite a todos.
Descobri hoje este curso e devo dizer que fiquei curioso.
Pelo que li, parece que ninguém aqui do fórum está no curso, mas gostava de saber mais informações, se conhecerem alguém talvez me possam ajudar, porque estou interessado.
Obrigado
Olá ;)
Sim, que eu me tenha apercebido ninguém aqui do forum estuda neste curso. :rolleyes: Mas sim, posso ajudar, já falamos :)
 
Gostos: Andr9_Co5ta
Matrícula
9 Setembro 2015
Mensagens
14
Gostos
11
Curso
Tradução Interpretação Português Chinês
Instituição
IPLeiria
#28
Boa noite;
Tenho algumas dúvidas que gostaria de ver respondidas relativamente a licenciatura de Estudos Orientais:
1º Qual o grau de Inglês necessário ter para tirar esta licenciatura
2º Qual a média do curso (desculpem mas não encontrei)
3º Quais são as ofertas de emprego mais frequentes para alguém licenciado neste curso
4º Qual a possibilidade de se ser trabalhador estudante, isto é, há trabalhadores estudantes nesta licenciatura? É possível conciliar as duas coisas?
Desde já obrigada
Bem, tarde mas sempre apareceu alguém do curso.
1º Há uma professora que só dá auals em Inglês, ou seja, convém saber Inglês num nível fluente.
2º A média do curso ficou nos 152.2 na primeira fase e 152 na segunda, salvo erro.
3º Em relação a ofertas de emprego não sei.. pelo que sei a maior parte dos alunos ingressa depois no mestrado.
4º Há alguns trabalhadores estudantes no curso, no entanto não é fácil conciliar as coisas, o curso é bastante puxado, principalmente no segundo ano, é o ano em que se tem as cadeiras de História é pelo que os outros alunos falam, é o ano mais complicado e puxado. No entanto se te aplicares consegues conciliar trabalho e estudo, mas é preciso bastante esforço.

Em geral o curso é bom, a meu ver tem falhas, todos os cursos têm, no entanto na minha opinião, na área de letras, atualmente tem as Línguas mais valorizadas e desejáveis para o mercado de trabalho.
Qualquer dúvida e pergunta estarei por aqui, às vezes. ;)
 
Matrícula
24 Julho 2017
Mensagens
18
Gostos
14
#30
Queria opiniões sobre este curso. Estão arrependidos, ou satisfeitos com a escolha? Falem um pouco sobre o curso por favor.
 
Matrícula
17 Junho 2016
Mensagens
20
Gostos
10
#31
Queria opiniões sobre este curso. Estão arrependidos, ou satisfeitos com a escolha? Falem um pouco sobre o curso por favor.
Ingressei no ano passado e estou bastante satisfeito com o curso.
Como disseram acima, é puxado para quem não está habituado. Em Setembro vou para o 2ºano e já nestas férias tenho que fazer uma preparação senão vou voltar em setembro sem me lembrar de muita coisa.

O estudo de 2 línguas asiáticas é duro como é esperado, mais pela barreira de como um chinês/japonês pensa.

Compreensão e domínio do Inglês é algo extremamente importante. Há um 2 professores que não falam português (Professora Kuniko Ukai e Professor Liu).
O professor Liu trata principalmente da escrita de chines (hanzi e pinyin) enquanto que a professora Ukai leciona as cadeiras de Geografia do Japão, História do Japão e níveis avançados de Japonês (Japonês Moderno V e VI).

Falando do curso em si, o método de avaliaçao é continuo e exhaustivo mas extremamente funcional. Há minitestes SEMANAIS às cadeiras de Japonês e Chinês, que forçam o estudo diário e contínuo porque é muito, muito difícil nestas cadeiras "estudar no dia anterior".

No primeiro ano decerto que irão questionar os métodos de ensino da Ukai-sensei. Ela faz testes de identificação de imagens 2 ou 3 vezes por semestre mas ela tem um sistema chamado "performance points". A participação na aula é extremamente importante e a resposta correcta á resposta delas irá conceder-vos 1 ponto. Neste ano, o mínimo de 10 pontos era necessário para passar á cadeira de geografia do japão. Ela pode mudar este sistema em diferentes anos.

Eu pessoalmente adoro este sistema, pois não há a "pressão" do exame final. Com uma boa e frequente participação, facilmente conseguem acima de 16/17 valores. Um amigo meu teve 29 pontos no final e como tal teve o 20 garantido, mesmo que falhasse nos testes de identificaçao de imagens todos.

A Ukai-sensei é extremamente restrita em termos de comportamento, conforme de acordo com o ensino tipico/tradicional japones. Não se pode beber água na aula. Nao se pode chegar atrasado, nem 1 segundo. Nao se pode mascar chiclete nem nada do género, quanto mais estar a falar com o colega do lado. Ela dá 10 minutos de descanso a meio da aula, mas na realidade convém apenas fazer 8 (já imaginam o que acontece se não voltarem á sala a tempo). Ela pessoalmente vai ralhar e expulsar-vos da sala de aula. O máximo respeito é imperativo.

Se nao forem extrovertidos, terao alguns problemas. Tenho colegas minhas com excelentes notas ás outras cadeiras mas com notas medíocres às cadeiras da professora Ukai porque ficam nervosas a falar. Inclusivé 1 aluna desistiu do curso por causa disso.

Mas quanto mais tempo ficam, mais se apercebem que a professora Ukai vai acabar por ser a melhor professora do curso. Ela se ficar "má" é porque tem motivo. Na aula dá para ver bem o lado divertido dela.

Quanto a Japones, há uma parte auditiva (Professora Tomoko Yaginuma) e uma parte escrita (Professor João Martins). Há os tais minitestes, um teste intermédio e o exame final.

A Chines é onde terão mais professores, dependendo do semestre. Principalmente terão Gramática (Professor João Martins), Audiçao (Professora Li Ling / Vera) e um "híbrido" dos dois com o Professor Liu. Também terão outras cadeiras com outros professores.

O Professor João Martins foi aluno deste mesmo curso há coisa de 4 anos atrás. Sendo o melhor aluno da turma, acabou a licenciatura com uma média fenomenal, fez um mestrado e agora mesmo enquanto ensina é aluno da uMinho em tese de Doutoramento. (suspeitamos em LEO que ele tem memória fotográfica! :p)

Resumindo, o curso é árduo mas acaba por ser divertido. No mercado de trabalho, este curso como imaginam tem imenso valor.

Os alunos do curso (pelo menos a minha turma) são extremamente sociais, até alguns introvertidos (e so que conheço dos anos seguintes, sao iguais também). Há cursos que se dividem logo mas como este curso é algo pequeno, todos conhecem todos e todos se ajudam mutuamente.

Frequentemente fazemos partidas de voleibol no campo desportivo da uMinho e este ano criamos algo que chamamos o "The Weeb Club" (clube de anime) onde na tarde de segunda-feira, nas 3 horas entre o convívio com os chineses e a cerimónia do chá, vamos para uma sala com um projector e vemos algum filme de animação japonesa. (seguido claro de debate/rating sobre o dito filme) Inclusivé alguns professores juntam-se a nós para ver filmes.

Eu pessoalmente não troco este curso por nada. Não podia estar mais satisfeito!

Quaisquer perguntas, é só dizer.
 
Última edição:
Gostos: Andr9_Co5ta
Matrícula
24 Julho 2017
Mensagens
18
Gostos
14
#32
Em primeiro lugar agradeço pelo teu espetacular testemunho, super detalhado, melhor era quase impossível.
Estive quase a candidatar-me ao curso no ano passado pelo que podiamos ter sido companheiros de turma xD. Estudei 3 anos Ciências do Desporto, mas sinto que quero estudar algo mais, antes de começar a trabalhar continuamente e sempre gostei das culturas do oriente, vejo anime e acho que aprender japonês e chinês seria incrível.
Havendo 2 professores que não falam português suponho que isso significa que também praticam bastante o inglês nessas aulas o que é bom.
Gostei quando disseste: "O estudo de 2 línguas asiáticas é duro como é esperado, mais pela barreira de como um chinês/japonês pensa." Recordou-me um diálogo do filme Arrival:

Ian Donnelly: If you immerse yourself into a foreign language, then you can actually rewire your brain.
Louise Banks: Yeah, the Sapir-Whorf hypothesis. It's the theory that the language you speak determines how you think and...
Ian Donnelly: Yeah, it affects how you see everything.

Ainda estou a pensar se devo candidatar, sendo que esse curso é umas das possibilidades, só o farei se estiver plenamente convicto. Sempre tive dúvidas na escolha do curso, mesmo quando escolhi Desporto. É ao mesmo tempo algo importantíssimo e irrelevante. Importante porque pode definir todo o nosso trajeto futuro em termos profissionais e simultaneamente irrevelante porque dentro de cada curso há uma pluralidade de caminhos que podemos seguir.
Vocês tem a possibilidade de durante algum semestre fazer Erasmus na China ou Japão?
Não moro na cidade de Braga, mas caso estude na Uminho no próximo ano a minha ideia era alugar casa perto da faculdade, dado que por experiência do curso que fiz no Porto anteriormente, considero que as viagens diárias de autocarro ou comboio são desgastantes e não permitem desfrutar do dia a dia na plenitude.
Queria saber a tua opinião sobre algo. Achas que estudar LCO e ter um part time é compatível? E se souberes, quanto se gastaria mensalmente em alojamento/ alimentação perto da Uminho.
Mais uma vez agradeço o teu testemunho. Boa sorte para o 2ano.
 
Matrícula
17 Junho 2016
Mensagens
20
Gostos
10
#33
Em primeiro lugar agradeço pelo teu espetacular testemunho, super detalhado, melhor era quase impossível.
Estive quase a candidatar-me ao curso no ano passado pelo que podiamos ter sido companheiros de turma xD. Estudei 3 anos Ciências do Desporto, mas sinto que quero estudar algo mais, antes de começar a trabalhar continuamente e sempre gostei das culturas do oriente, vejo anime e acho que aprender japonês e chinês seria incrível.
Havendo 2 professores que não falam português suponho que isso significa que também praticam bastante o inglês nessas aulas o que é bom.
Gostei quando disseste: "O estudo de 2 línguas asiáticas é duro como é esperado, mais pela barreira de como um chinês/japonês pensa." Recordou-me um diálogo do filme Arrival:

Ian Donnelly: If you immerse yourself into a foreign language, then you can actually rewire your brain.
Louise Banks: Yeah, the Sapir-Whorf hypothesis. It's the theory that the language you speak determines how you think and...
Ian Donnelly: Yeah, it affects how you see everything.

Ainda estou a pensar se devo candidatar, sendo que esse curso é umas das possibilidades, só o farei se estiver plenamente convicto. Sempre tive dúvidas na escolha do curso, mesmo quando escolhi Desporto. É ao mesmo tempo algo importantíssimo e irrelevante. Importante porque pode definir todo o nosso trajeto futuro em termos profissionais e simultaneamente irrevelante porque dentro de cada curso há uma pluralidade de caminhos que podemos seguir.
Vocês tem a possibilidade de durante algum semestre fazer Erasmus na China ou Japão?
Não moro na cidade de Braga, mas caso estude na Uminho no próximo ano a minha ideia era alugar casa perto da faculdade, dado que por experiência do curso que fiz no Porto anteriormente, considero que as viagens diárias de autocarro ou comboio são desgastantes e não permitem desfrutar do dia a dia na plenitude.
Queria saber a tua opinião sobre algo. Achas que estudar LCO e ter um part time é compatível? E se souberes, quanto se gastaria mensalmente em alojamento/ alimentação perto da Uminho.
Mais uma vez agradeço o teu testemunho. Boa sorte para o 2ano.
A maneira de pensar é algo influenciada sim, porque eles simplesmente não falam/escrevem frases da mesma maneira como nós. O inglês destes professores é médio, nao sao de todo fluentes.

Sim, há a possibilidade de estudar na China ou no Japao. Ambos requerem um exame penso ou algo assim. Nao estou muito dentro do assunto em termos de estudar lá fora, mas este ano alguns alunos do terceiro ano que foram no segundo ano para a china ou japão voltaram e contaram-nos as experiencias deles!

Trabalho part-time é compatível mas não é de todo recomendável. Os colegas meus que têm um part-time deixam algumas cadeiras para época especial/recurso. Inclusivé uma amiga minha trabalha aos fins de semana e tem excelentes notas, até melhores que de muita gente que nao tem trabalho part-time, mas ela foi forçada a deixar Geografia do Japão e Geografia da China para época especial porque simplesmente era demasiado. O valor do alojamento depende muito do sítio em si, há sítios baratos e lugares mais carotes.

É possível, mas muito muito difícil.
 
Última edição:
Matrícula
24 Julho 2017
Mensagens
18
Gostos
14
#34
Sendo este curso invulgar, quais as tuas motivações e dos teus colegas, para o terem escolhido. E que te imaginas a fazer pós licenciatura.
Falaste num campo desportivo, onde jogavam volei. Queria saber que equipamentos a universidade disponibiliza para quem quer praticar desporto e quais as modalidades que se pode praticar na Uminho.
 
Matrícula
17 Junho 2016
Mensagens
20
Gostos
10
#35
Sendo este curso invulgar, quais as tuas motivações e dos teus colegas, para o terem escolhido. E que te imaginas a fazer pós licenciatura.
Falaste num campo desportivo, onde jogavam volei. Queria saber que equipamentos a universidade disponibiliza para quem quer praticar desporto e quais as modalidades que se pode praticar na Uminho.
Principalmente, a percentagem de licenciados desempregados é baixíssima. Que há procura de interlocutores/tradutores há, daí a média ter explodido nos últimos anos de 12 valores para 16. Actualmente, Línguas Aplicadas e LEO são dos cursos mais procurados do Instituto de Letras e Ciencias Humanas da uMinho. Alguns escolheram o curso porque tinham interesse em chinês, outros porque sao weebs e adoram tudo o que é anime, e por nao saberem o que seguir na universidade pensaram "bota lá aprender japonês! Anime sem legendas woooot"

Pós licenciatura eu honestamente ainda não sei. A minha ideia era entrar num mestrado na própria uMinho. Se isso não for possível, o governo chinês oferece bolsas de estudo na china. O governo japonês também oferece essas regalias. Eu prefiro ficar em Portugal e ir á China/Japão apenas em negócios ou de férias. Nao queria de todo morar lá permanentemente.

O meu trabalho ideal pós-graduação era algo como "gestao empresarial", como se eu fosse a ponte entre investidores chineses e empresas portuguesas. Há inumeras oportunidades de emprego para licenciados. Também não me importava nada de ser guia turistico inicialmente, era uma excelente oportunidade para treinar melhor o meu dialecto e melhorar a minha fluência.

Apesar da licenciatura em si ter valor, os exames de japones e chines oficiais são o que vai valorizar o currículo. O JLPT e o HSK, respectivamente.
Naturalmente que terá de haver algum estudo fora do curso, no final do 2º ano facilmente se faz o HSK 3, a partir daí é preciso constantemente fazer estes exames conforme são válidos. Quando expirarem, é preciso fazê-los novamente. Pelo que sei, estes exames avaliam compreençao e escrita na sua forma mais básica, logo os relatos que tenho é que comparado com os exames normais das cadeiras de LEO, estes exames oficiais são semelhantes.

A minha professora Ukai diz que o nível de japones com que se acaba o curso é baixo demais para servir para algo, e infelizmente ela tem razao. Acaba-se o curso com JLPT3 e para poder começar o mestrado em língua japonesa na uMinho é preciso o JLPT2 no mínimo, daí muitos optarem por seguir em chinês. Idealmente um interlocutor precisa do JLPT 1, que é o grau máximo (completa fluência, escrita e audição).

Ainda nao fiz nenhum exame oficial porém. No final do próximo ano começo a inscrever-me para o JLPT 4 e HSK 3 e a partir daí é sempre a subir.

Assim que adquirires fluência, aqueles exames tornam-se mais um incómodo em termos de perda de tempo que um desafio.

Quanto ao desporto, não te consigo falar muito disso porque nao estou muito dentro do assunto. O que sei do campo desportivo é que frequentemente vamos jogar volei, e que eu por 70€ tive ginásio aberto durante todo o ano, sem contratos e sem nada, eu ia lá quando me apetecia. Procura pelo website da uminho sobre mais detalhes disso.
 
Última edição:

ar_condicionado

Membro Veterano
Matrícula
19 Julho 2015
Mensagens
186
Gostos
272
Curso
Engenharia Informática
Instituição
Universidade do Minho
#36
completando aqui o que o bro anterior disse, na UM podes praticar bue de modalidades mesmo.. basquete, fustal, vólei, natação, escalada (sim escalada) .. xD
um gajo do meu bloco até esteve a jogar league of legends pela UM
 
Gostos: Andr9_Co5ta
Matrícula
24 Julho 2017
Mensagens
18
Gostos
14
#37
Tenho algum receio quanto à empregabilidade deste curso e quanto à real evolução, nestes 3 anos, no estudo das duas línguas(chinês e japonês). Li que são dificuldade nível 5, ou seja, dificuldade máxima, sendo que português, inglês, francês são nível 1, a título de exemplo.
Estou com vontade de aprender, mas não sei se será o passo certo, até porque já estive noutro curso e quero tomar a decisão certa desta vez.
Pessoal dos concursos nacionais, alguém vai escolher este curso?
 

Jay123

Membro Caloiro
Matrícula
6 Setembro 2018
Mensagens
1
Gostos
0
#39
Boas, estou interessado nesta licenciatura mas tenho alguns receios. Já estive noutro curso e tenho medo de me arrepender numa nova escolha. O que me tem deixado mais com o pé atrás é o facto do ingles, que vi em algumas respostas. Eu domino o inglês mas não sou nenhum expert, sinto que sei só o minimo. vi em algumas respostas que há dois professores que dão as aulas em inglês, gostava de saber se os outros professores falam portugues e se acham que alguem com ingles razoavel consegue safar-se nas cadeiras dos dois professores