Medicina - Equivalências e alternativas

Laura

Membro Caloiro
Matrícula
9 Março 2015
Mensagens
3
Gostos
3
#1
Boa tarde.
Podem-me informar ou aconselhar acerca de cursos com o maior nº de cadeiras equivalentes com medicina.
Isto é, caso não consiga entrar em medicina, que curso é favorável candidatar-me para mais tarde fazer transferência para medicina e de que maneira isto se processa(as transferências)?
Obrigada.
 

a fish

café, suor e lágrimas
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,023
Gostos
4,615
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
#2
Não há transferências/mudanças de curso para Medicina- a existirem, serão muitíssimas poucas vagas e provavelmente já com o candidato pré-selecionado, se é que me entendes. Não contes com esta opção ;)
O que muita, muita gente faz é voltar a candidatar-se no(s) ano(s) seguinte(s), repetindo ou não exames nacionais (e/ou fazendo melhorias de disciplinas do secundário).
De forma resumida, o curso que dá mais equivalências a Medicina é Medicina Dentária - no caso específico do ICBAS, Medicina Veterinária no ICBAS. De resto, Ciências Farmacêuticas ou Ciências da Nutrição (da FCNAUP) também são opções comuns :)
 
Gostos: BiaMafra

mya vicente

Membro Caloiro
Matrícula
4 Abril 2015
Mensagens
7
Gostos
0
#3
Boa tarde. Estou numa situação muito complicada. Acabei o secundário através de um curso profissional no qual tive 15 de nota final. mas o meu sonho era seguir medicina e por isso estou a frequentar agora uma escola particular apenas para me preparar para os exames nacionais. Tenho de fazer 4 exames: o português que é obrigatório (devido ao ensino profissional) a bio/geo, a fis./quim. e a matemática que optei pela B que é mais facilitada do que a A. De todas estas a que eu tenho mais dificuldade em na matemática e na parte da física. O problema é que eu não sei se irei conseguir ter um 18 que para mim é bastante, pois não tenho estas disciplinas hà mais de 4 anos.
Tive a ver alguns cursos que me podem dar acesso no 2º ciclo para ingressar para a medicina. o ciências da saúde e ciências biomédicas (não tenho certeza absoluta).
Peço a vossa opinião se acham que vale a pena manter o meu sonho ou ir por outro caminho por ser difícil mesmo para aqueles que sempre se presenciaram com estas disciplinas.
É que esta situação já me fez ter de me atrasar ate para fazer inscrição para os exames.
Agradeço assim resposta.
Obrigada
Mya
 

a fish

café, suor e lágrimas
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,023
Gostos
4,615
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
#4
Se não houver alterações (que em Portugal a legislação é muito volátil...), há 15% de vagas extra para Medicina apenas para pessoas que já são licenciadas - creio é que têm de ser licenciaturas na área da saúde (ou pelo menos é bastante mais difícil se for de outra área qualquer). Há muita gente que tirou cursos como Enfermagem, Fisioterapia, Ciências Biomédicas, os primeiros três anos de Ciências Farmacêuticas ou Medicina Dentária, Biologia/Biologia Humana, etc. já com este concurso especial de licenciados (CEL) em mente. Como disseram aqui, Ciências da Saúde, para além do CEL, oferece também a oportunidade de concorreres a 5 vagas de Medicina.
O maior problema disto (para além do problema de poderes não conseguir entrar por estes concursos) é que, apesar de ser verdade hoje, o CEL pode já não existir daqui a três ou quatro anos. É um risco...
O que eu te aconselhava era esforçares-te ao máximo para os exames deste ano. Depois logo se vê - podes entrar noutro curso e repetir exames para o ano (há tanta, mas tanta gente que entra à segunda ou à terceira tentativa!), podes entrar num curso e gostares tanto que nem voltas a pensar em Medicina... só tu poderás escolher.

Muito boa sorte! :)
 
Gostos: luna77
Matrícula
8 Abril 2015
Mensagens
36
Gostos
22
#5
Eu também não tenho a certeza, mas atenção porque para medicina acho que tens de optar sempre pela Matemática A, Matemática B daquilo que sei, ainda não é aceite para o ingresso em Medicina pelo Concurso Geral.
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
12,294
Gostos
14,109
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
#6
Eu também não tenho a certeza, mas atenção porque para medicina acho que tens de optar sempre pela Matemática A, Matemática B daquilo que sei, ainda não é aceite para o ingresso em Medicina pelo Concurso Geral.
Este ano Matemática B poderá ser utilizada como prova de ingresso para a Universidade do Minho e para a Universidade do Porto (Faculdade de Medicina e ICBAS).
 
Gostos: João Rosado
Matrícula
22 Janeiro 2015
Mensagens
58
Gostos
36
#7
Boa tarde!
Sou aluna do 12º ano no curso de ciências e tecnologias e sempre tive o sonho de entrar em medicina, desde pequenina. Custa-me imenso pensar que esse meu sonho pode ser travado por causa das minhas médias que não são muito altas. No ano passado acabei com média de 16.5 (incluindo já as notas dos exames, que me prejudicaram um pouco) e este ano, como média do 2º período, para já, tenho 17,8. Estou muito indecisa porque não sei que curso escolher. Todos os dias alguém me pergunta o que quero seguir e a pressão é cada vez maior. E eu estou com medo porque não tenho objectivos claros, dado que, o que gostaria de seguir era, sem dúvida, medicina. Por mais que pense, na verdade, nada mais me fascina. Embora saiba que por vezes a ideia que temos de um curso é errada.
Este ano vou repetir os exames do 11º ano e estou a esforçar-me para tentar subir, o que seria óptimo. Mas mesmo assim é algo que é sempre mais complicado. Se eu conseguisse subir, talvez conseguisse entrar na UBI mas, como disse, não é nada provável.
Dessa forma e agradeço desde já a vossa atenção, gostaria de saber o que me aconselhariam.
E gostaria também de saber quais os cursos que me permitiriam depois ter equivalência em algumas cadeiras para poder fazer medicina. (Não sei bem como funciona nada disto! )
Obrigada, uma vez mais, pela atenção.
Aguardo resposta! :)
 

a fish

café, suor e lágrimas
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,023
Gostos
4,615
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
#8
Olá Andreia! Estou no segundo ano de Medicina, e posso dizer-te que tive colegas que no 11.º tiveram notas tipo 14 nos exames, no 12.º melhoram-nas muito e entraram à primeira! E muitos, muitos colegas que, repetindo exames ou não, entraram à segunda ou à terceira tentativa... para além, claro, daqueles que até tiraram uma licenciatura (ou mesmo mestrado) antes de entrar em Medicina, via concurso especial de licenciados. Se Medicina é mesmo o que queres (embora estejas certa quando dizes que por vezes temos ideias erradas sobre um curso), hás de conseguir :)

As equivalências funcionam assim: entras num certo curso onde fazes certas cadeiras, e depois de entrares em Medicina, pedes equivalência a eventuais cadeiras de Medicina que são semelhantes a cadeiras que fizeste no tal curso anterior. É um processo algo caro, moroso (pelo menos na UC...), mas ter menos uma ou duas ou três cadeiras de um semestre dá jeito :p
O melhor curso para equivalências a Medicina é Medicina Dentária - à exceção do ICBAS, em que é Medicina Veterinária no ICBAS. Ciências Farmacêuticas ou Ciências da Nutrição (FCNAUP) também foram opções que já vi darem umas equivalências jeitosas :p
 
Matrícula
22 Janeiro 2015
Mensagens
58
Gostos
36
#9
Olá! Muito obrigada pela tua resposta que foi, sem dúvida, uma boa ajuda para esclarecer algumas dúvidas e obrigada também pela simpatia e pela atenção! Por vezes, não temos muitas informações sobre determinados assuntos e é sempre bom que alguém nos possa ajudar! :)
No meu 11º ano realmente as minhas notas foram essas nos exames, tanto a BG como a FQA, não passaram de 14. Por isso, eu vou lutar para que este ano as mesmas possam ser melhores e espero conseguir. Obrigada também pela motivação, há alturas em que, por vezes, me convenço que a minha entrada em Medicina é impossível, mas a verdade é que sei que tenho de lutar até ao fim. Depois logo se vê! :) Muito obrigada, mais uma vez, fiquei mais esclarecida em relação às equivalências! Tudo de bom! :)
 
Gostos: a fish
Matrícula
3 Junho 2015
Mensagens
1
Gostos
0
#10
Boas,
Termino este ano o meu secundário, a minha media não chega para tirar o meu curso de sonho (medicina). Eu gostava de fazer melhorias, so que eu passei a todas as disciplinas.... como e que eu posso fazer melhorias das minhas notas internas?

Muito obrigada.
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
12,294
Gostos
14,109
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
#11
como e que eu posso fazer melhorias das minhas notas internas?
Podes melhorar as disciplinas através dos exames nacionais nas disciplinas em que ele existe e nas restantes através dos exames de equivalência à frequência, que apenas podem ser realizados no ano seguinte à conclusão da disciplina.
 

Rodrigo

Membro Veterano
Matrícula
6 Junho 2015
Mensagens
322
Gostos
205
Curso
Enfermagem
Instituição
ESEL
#12
Boa tarde a todos!
Sou aluno do ensino recorrente, estive anteriormente em ciências, mas resolvi agora resolvi entrar em humanidades, sendo que tive equivalência à maior parte das disciplinas, estou apenas a fazer as três especificas (macs, história e geografia).
Sei que não estou na área de ciências, e vim para esta área para tentar um curso de gestão de recursos humanos. No entanto, o que sempre quis foi medicina, só que esta complicado para mim. Apesar e estar a ter notas de 18 a 20 nestas três disciplinas, nas restantes, tenho: 12,12,13,15,15 (cada valor pertence a uma disciplina), o que me esta a estragar a média...tentei inscrever-me de novo nessas disciplinas, mas não pude porque já tinham sido completadas (e no regime diurno). Outro problema são os exames, pois sei que são bastante difíceis, e estou receoso de tirar nota baixa (vou fazer os três exames para o ano que vem, e candidatar-me ao ensino superior). E como estou em humanidades, vou propor-me a fazer o exame de biologia e geologia (já tive antes e tenho boas bases).
Como não vou conseguir entrar em medicina, gostava de tentar uma licenciatura em outro curso na área da saúde que depois me desse a oportunidade de entrar em medicina, talvez enfermagem ou ciências da saúde...ou então gostava de saber se existe outra forma de entrar entrar em medicina. Em último caso vou para GRH, que não era bem o que queria, mas pronto...
 
Matrícula
2 Fevereiro 2015
Mensagens
13
Gostos
12
Curso
Medicina Dentária
Instituição
ISCS-N (CESPU)
#13
Boas,
Estou a acabar o 12º ano, e como o objetivo sempre foi medicina, decidi tentar também ingressar em Espanha, pelo que fiz os exames em Lisboa de Biologia e Química.
Como só decidi tentar Espanha 3 semanas antes dos exames, tive pouco tempo para estudar, e por isso o exame de Biologia correu bem mas o de química nem por isso.
Por esta razão, será á partida mais "fácil" entrar em Portugal, mas para isso, em exame tenho de tirar uma média de 17 nos três (BG, FQ e Matemática).
Põe-se a questão de (mesmo tendo estado o ano todo a estudar) não conseguir atingir esses resultados, e desta forma gostava de optar por um curso para "ocupar tempo" e ir avançando com uma licenciatura para que durante o próximo ano, enquanto me dedico aos exames portugueses e espanhóis, não ficar parado e assim em 3 anos ter um titulo de licenciado que me permita ingressar pelo contingente especial de Detentores de Grau de Licenciatura nas várias faculdades (incluindo a Algarve)
A dúvida surge na escolha desse curso, ao que pedia sugestões de uma licenciatura que (embora saiba que seja complicado) preencha algumas das seguintes características:

- Esteja ligado á saúde;
- Onde seja possível tirar notas razoáveis (nalgumas faculdades, a nota de licenciatura pesa no contingente dos licenciados);
- No Porto;
- Licenciatura e não mestrado integrado;

Sei que é quase impossível um curso reunir todos estes requisitos, mas por isso é que também lancei a dúvida - gostava de conhecer outras opções (de preferência excluindo enfermagem)!
 

Rodrigo

Membro Veterano
Matrícula
6 Junho 2015
Mensagens
322
Gostos
205
Curso
Enfermagem
Instituição
ESEL
#14
Boas,
Estou a acabar o 12º ano, e como o objetivo sempre foi medicina, decidi tentar também ingressar em Espanha, pelo que fiz os exames em Lisboa de Biologia e Química.
Como só decidi tentar Espanha 3 semanas antes dos exames, tive pouco tempo para estudar, e por isso o exame de Biologia correu bem mas o de química nem por isso.
Por esta razão, será á partida mais "fácil" entrar em Portugal, mas para isso, em exame tenho de tirar uma média de 17 nos três (BG, FQ e Matemática).
Põe-se a questão de (mesmo tendo estado o ano todo a estudar) não conseguir atingir esses resultados, e desta forma gostava de optar por um curso para "ocupar tempo" e ir avançando com uma licenciatura para que durante o próximo ano, enquanto me dedico aos exames portugueses e espanhóis, não ficar parado e assim em 3 anos ter um titulo de licenciado que me permita ingressar pelo contingente especial de Detentores de Grau de Licenciatura nas várias faculdades (incluindo a Algarve)
A dúvida surge na escolha desse curso, ao que pedia sugestões de uma licenciatura que (embora saiba que seja complicado) preencha algumas das seguintes características:

- Esteja ligado á saúde;
- Onde seja possível tirar notas razoáveis (nalgumas faculdades, a nota de licenciatura pesa no contingente dos licenciados);
- No Porto;
- Licenciatura e não mestrado integrado;

Sei que é quase impossível um curso reunir todos estes requisitos, mas por isso é que também lancei a dúvida - gostava de conhecer outras opções (de preferência excluindo enfermagem)!
Não faço ideia, só estou mesmo a ver enfermagem. Mas porque não queres enfermagem? Parece a melhor opção.
 

sheepy

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
20 Novembro 2014
Mensagens
884
Gostos
1,316
Curso
Medicina
Instituição
FMUP
#15
Cuidado, porque Enfermagem poderá não ser a melhor opção se o objectivo é ir tirando um curso que não dê muito trabalho e permita o estudo para os exames nacionais: o volume de trabalho em Enfermagem ao longo do ano é elevado.
 
Matrícula
13 Junho 2015
Mensagens
87
Gostos
80
Curso
Medicina
Instituição
FCS-UBI
#16
Boa tarde.
Estou nesta altura na época de exames para finalizar o secundário e quero ingressar em medicina.
Caso não consiga entrar, muita gente aconselhou-me a entrar em medicina dentária ou veterinária - que parece dar boas equivalências no ICBAS. No entanto, não é um desperdício de dinheiro fazer isto? Eu não sei se as coisas funcionam mesmo assim mas ao fazer o 1º ano num desses cursos, não consigo todas as equivalências para o 1º ano de medicina. Logo, em setembro de 2016, teria de voltar a concorrer para medicina e a fazer o primeiro ano, embora já tivesse algumas cadeiras feitas. Tecnicamente não vou gastar o dobro do dinheiro para fazer só o primeiro ano? Ou como já tenho algumas cadeiras feitas não pago tanto?
obrigada
 

a fish

café, suor e lágrimas
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,023
Gostos
4,615
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
#17
Olá, Marta!
Creio (sem certezas!) que se fizeres todas as cadeiras de Veterinária no ICBAS tens, caso entres em Med lá no ano seguinte, créditos suficientes para te inscrever no 2.º ano de Medicina no ICBAS (com algumas cadeiras- exemplo: Anatomia - para trás), pelo que, teoricamente, poderás acabar o curso em 6 anos (1 em Vet e 5 em Medicina), se fizeres o tal esforço extra de ir recuperando as cadeiras que deixaste para trás. Mas não tenho certezas, não te decidas apenas com base nisto! :p
Nas outras faculdades, venhas de Medicina Veterinária ou de Medicina Dentária, não passas logo para o 2.º ano de Medicina, por isso terás de pagar 6 anos de propinas em Medicina. Acho que não consegues ter "desconto" na propina por já teres cadeiras feitas, antes pelo contrário - normalmente tens de pagar para que as tuas equivalências sejam reconhecidas (na FMUC, são 10 euros/cadeira se tiver sido feita na UC, 20 euros se for extra-UC. E podes ter de reunir várias cadeiras do curso antigo para ter equivalência a uma de Medicina...)
Há muita gente que entra em Med depois de ter passado por outro curso qualquer, muitos de Dentária ou Veterinária. Pedem equivalências não para pouparem dinheiro, mas para pouparem trabalho durante o semestre - e durante a época de exames. Eu entrei em Medicina direitinha do 12.º e acredita que me roía de inveja dos meninos que vinham de Dentária e que só tinham uma cadeira a sério no primeiro semestre (mais duas daquelas de chacha) :p Estar um ano noutro curso também poderá ter outras vantagens: ganhar ritmo de estudo, ter uma alternativa para caso não se consiga entrar em Medicina, simplesmente fazer amigos... Também há quem fique um ano parado a melhorar notas, claro. É uma escolha que espero que não tenhas de fazer, porque isso queria dizer que tinhas entrado em Medicina! :)
Boa sorte :)

Tiago, cursos de saúde que eu conheça de licenciados que entraram, que penso que haja no Porto e que não sejam Enfermagem (que é o "clássico" do CEL :p): Fisioterapia, Ciências Biomédicas, Cardiopneumologia, CF, Medicina Nuclear, a licenciatura correspondente aos primeiros 3 anos de Medicina Dentária, Reabilitação Psicomotora, o ex-Anatomia Patológica Citológica e Tanatológica, Medicina Veterinária... há muitos, agora o ideal é que deve ser complicado de estabelecer.
Já agora, e perdoa-me a indiscrição - porquê tentares todas as formas de entrar ao mesmo tempo? Não seria melhor focares-te mais numa ou noutra? :)
 
Última edição:
Gostos: Droggy
Matrícula
13 Junho 2015
Mensagens
87
Gostos
80
Curso
Medicina
Instituição
FCS-UBI
#18
Olá, Marta!
Creio (sem certezas!) que se fizeres todas as cadeiras de Veterinária no ICBAS tens, caso entres em Med lá no ano seguinte, créditos suficientes para te inscrever no 2.º ano de Medicina no ICBAS (com algumas cadeiras- exemplo: Anatomia - para trás), pelo que, teoricamente, poderás acabar o curso em 6 anos (1 em Vet e 5 em Medicina), se fizeres o tal esforço extra de ir recuperando as cadeiras que deixaste para trás. Mas não tenho certezas, não te decidas apenas com base nisto! :p
Nas outras faculdades, venhas de Medicina Veterinária ou de Medicina Dentária, não passas logo para o 2.º ano de Medicina, por isso terás de pagar 6 anos de propinas em Medicina. Acho que não consegues ter "desconto" na propina por já teres cadeiras feitas, antes pelo contrário - normalmente tens de pagar para que as tuas equivalências sejam reconhecidas (na FMUC, são 10 euros/cadeira se tiver sido feita na UC, 20 euros se for extra-UC. E podes ter de reunir várias cadeiras do curso antigo para ter equivalência a uma de Medicina...)
Há muita gente que entra em Med depois de ter passado por outro curso qualquer, muitos de Dentária ou Veterinária. Pedem equivalências não para pouparem dinheiro, mas para pouparem trabalho durante o semestre - e durante a época de exames. Eu entrei em Medicina direitinha do 12.º e acredita que me roía de inveja dos meninos que vinham de Dentária e que só tinham uma cadeira a sério no primeiro semestre (mais duas daquelas de chacha) :p Estar um ano noutro curso também poderá ter outras vantagens: ganhar ritmo de estudo, ter uma alternativa para caso não se consiga entrar em Medicina, simplesmente fazer amigos... Também há quem fique um ano parado a melhorar notas, claro. É uma escolha que espero que não tenhas de fazer, porque isso queria dizer que tinhas entrado em Medicina! :)
Boa sorte :)

Tiago, cursos de saúde que eu conheça de licenciados que entraram, que penso que haja no Porto e que não sejam Enfermagem (que é o "clássico" do CEL :p): Fisioterapia, Ciências Biomédicas, Cardiopneumologia, CF, Medicina Nuclear, a licenciatura correspondente aos primeiros 3 anos de Medicina Dentária, Reabilitação Psicomotora, o ex-Anatomia Patológica Citológica e Tanatológica, Medicina Veterinária... há muitos, agora o ideal é que deve ser complicado de estabelecer.
Já agora, e perdoa-me a indiscrição - porquê tentares todas as formas de entrar ao mesmo tempo? Não seria melhor focares-te mais numa ou noutra? :)
Muito Obrigada pelo teu comentário! A verdade é que sou da zona do Porto, precisamente onde as médias são mais altas e os meus pais não estão com muita vontade de me deixar ir para longe o que é um estupidez na minha opinião. A minha média interna não é assim tão má pelo que não vejo necessidade de parar um ano a fazer melhoria de notas. Penso que se não entrar, vai ser uma questão de exames. A ideia de ficar parada um ano não me agrada mesmo nada. Quero ter um plano B. Talvez assim consiga ir mais descansada para os exames e as coisas corram bem porque, na verdade, o meu sonho é entrar na FMUP. Vamos ver. Sei que não desisto e, independentemente do sitio onde acabe, no fim somos todos médicos não é verdade?
Obrigada pela tua resposta! :)
 

a fish

café, suor e lágrimas
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
16 Janeiro 2015
Mensagens
2,023
Gostos
4,615
Curso
Medicina
Instituição
FMUC
#19
O que não falta são alunos do Porto e arredores que tiveram de migrar para Sul para estudar Medicina! A sério, são imensos :p Se calhar o melhor agora a fazer é mesmo falares calmamente com os teus pais para discutirem o porquê de eles não estarem com grande à vontade de te deixar candidatar para fora do Porto, abordar estas alternativas, os custos (estudar fora também não é muito barato...) e partir daí.
Podes arranjar planos B, C, D e por aí fora para te sentires mais calma (eu também sou assim :p). Boa sorte para os exames!
 

sheepy

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
20 Novembro 2014
Mensagens
884
Gostos
1,316
Curso
Medicina
Instituição
FMUP
#20
Eu compreendo o ponto de vista do Tiago! :p Eu este ano que passou pesquisei e ponderei em concurso nacional de acesso e concurso de licenciados em Portugal, exames de Espanha, exames de Itália, e por fim Europa de Leste, e só não tentei tudo ao mesmo tempo, naquela do "em algum hei-de entrar" porque não sou rica :confused: mas se não tivesse entrado agora na FMUP avançava na lista de hipóteses :)
Mas, tendo em conta que ainda estás no 12º, concordo com a a fish (fica esquisito, haha, parece que repete letras, mas adiante), talvez fosse melhor e mais fácil para ti focares-te mais num objectivo único do que propriamente em 3 conjuntos de exames ao mesmo tempo: nacionais, faculdade e Espanha. Isto porque convém não esquecer que a maioria das faculdades no concurso de licenciados atribui ponderação à média de licenciatura, e quanto mais elevada, melhor! ;) E existem faculdades (este ano foi só a do Minho, e no ICBAS não sei porque acho que ainda não abriu, mas o ano passado não pediam portanto..) que pedem como nota mínima de licenciatura 14 para poderes concorrer, logo também convém ter isso em conta.
Relativamente a Espanha a não ser que os critérios tenham mudado desde o que eu vi em Setembro, acho que quem reúne condições para entrar em Espanha é porque já as reuniu para entrar em Portugal, mas também podem ter mudado alguma coisa e já esteja mais fácil outra vez!
Apesar de ter sido mais ou menos o que eu fiz (e digo mais ou menos porque na altura a empregabilidade e remuneração esperada de CF não tem nada a ver com a de hoje), se fosse agora eu nunca me enfiaria num curso «para aquecer», para fazer cadeiras com vista a equivalências ou para me habituar à vida da faculdade. Tentaria ter esses factores em conta (se, digamos, culinária do queijo e controlo de qualidade das gomas tivessem o mesmo grau de empregabilidade e culinária do queijo tivesse mais equivalências, óbvio que seria essa, mas não seria o único factor na escolha), mas sempre atendendo ao facto de poder não entrar em Medicina e ter de seguir, pelo menos por uns tempos, essa opção de carreira (que foi o que acabou por me acontecer). Mas isto vai do poder económico e solidariedade parental de cada um :)
 
Gostos: a fish