ISCSP Relações Internacionais - ISCSP

Matrícula
6 Fevereiro 2015
Mensagens
44
Gostos
26
#1
Malta do ISCSP eu gostava de saber se compensa mesmo tirar Relações Internacionais em regime pos laboral. Estou prestes a desistir pq sei q e perigoso estudar à noite, alem disso nao tem residencias perto da universidade e eu ACHO que a maioria dos estudantes são muito mais velhos que eu e nao me vou integrar como o resto do pessoal, mas preciso mesmo de uma opinião de alguém. É mesmo urgente, por favor alguém!
 
Matrícula
5 Fevereiro 2015
Mensagens
28
Gostos
9
Curso
Tradução
#2
Olá Inês. Eu estudei R.I. em pós-laboral no ISCSP algum tempo. Não sei bem o que queres dizer com 'se compensa'. Quando acabares o curso o teu diploma não vai dizer que és licenciada em R.I. pós-laboral, vai dizer que és licenciada em R.I. pelo ISCSP, como os teus colegas do regime diurno. Tens os mesmo direitos e deveres que os alunos do diurno. Perigo nunca senti ao redor da universidade, tens transportes frequentes quase à porta e há muita gente a sair à mesma hora. Eu por exemplo demorava menos tempo a chegar a casa quando vinha das aulas do que demorava quando ia para as aulas. Além disso alguns professores são 'solidários' e entendem que há pessoas que têm de apanhar transportes e deixam sair algum tempo mais cedo. Em relação à residência realmente não há muita coisa lá perto, mas se tiveres de alugar um quarto aconselho-te a zona de Benfica, tens autocarro directo para o ISCSP. Em relação aos colegas, não são todos mais velhos ou trabalham. Eu na altura não trabalhava e havia muitos como eu, como é um curso concorrido, há pessoas lá que acabaram de sair do secundário. Não sei como era no diurno, mas eu senti um grande apoio entre alunos mais velhos e mais novos, havia sempre alguém que disponibilizava os livros ou as fotocópias.

Enfim, não sei se fazes bem em ir ou não ir, a decisão é tua e não te quero tentar convencer, mas espero que tenha acalmado um pouco esses nervos. A mudança do secundário para a universidade, especialmente se for para uma cidade diferente, pode ser uma grande pressão, por isso deves ponderar muito bem se te sentes preparada.
 
Matrícula
1 Dezembro 2015
Mensagens
1
Gostos
0
#3
Também estava a pensar em escolher RI pós laboral no ISCSP, porque na verdade a média é mais baixa e tenho mais probabilidade de ser colocada apesar das poucas vagas. No entanto não sei ainda ao certo o que este curso aborda em geral e tenho medo de me arrepender depois, pela dificuldade ou até mesmo pelo simples facto de que vou ingressar e talvez não consiga arranjar emprego na minha área. Quanto aos quartos também tenho várias duvidas. Disseram-me para concorrer a residencial mas não sei onde fica e ainda para mais vou ter bastantes dificuldades em Lisboa porque sou do Norte, então irá ser com certeza uma experiência totalmente diferente e nova para mim.
 
Matrícula
24 Junho 2017
Mensagens
11
Gostos
2
#4
Olá, eu sou aluno de Ciências e Tecnologias de 12º ano. Como qualquer outro aluno de 12º, cheguei ao momento em que me questiono o que irei seguir. Confesso que, apesar de ser aluno de Ciências, não quero seguir nenhum curso relacionado com a área. Relações Internacionais foi um curso que me interessou. Mas surge-me uma dúvida: será que eu, aluno de ciências, conseguiria fazer um curso que tem mais a ver com o curso de Linguas e Humanidades? E outra pergunta - sei que tenho uma disciplina neste curso que será uma língua, mas qual? Sou eu que escolho, ou é a própria universidade que escolhe. Gostaria que alguém que esteja neste curso me conseguisse responder.
 
Última edição:
Matrícula
13 Fevereiro 2017
Mensagens
40
Gostos
29
#5
Olá @André Antunes!

Sou aluna de 1º ano de RI no ISCSP e vou tentar esclarecer as tuas dúvidas.
Tenho vários colegas que vieram de Ciências e outros de Economia e digo-te já que, em algumas cadeiras, isso até pode ser uma mais valia! Com empenho consegues fazer tudo, acredita. É normal que tenhas mais dificuldades em cadeiras de História e talvez Política, mas noutras como Análise de Dados e talvez Economia vais ter mais facilidade em entender as coisas (atenção, não estou muito a par das cadeiras de outros cursos de RI, estou a falar das do meu curso em específico).

Quanto às línguas, uma cadeira de línguas em cada semestre, podendo escolher entre francês, inglês ou alemão. O ISCSP tem 4 níveis disponíveis para cada língua e no princípio do ano letivo os alunos têm de fazer um teste de diagnóstico a cada uma delas para saberem em que nível se inserem antes mesmo de escolherem qual querem ter. Mas sim, pelo menos no ISCSP és tu que escolhes a língua que queres!
Qualquer dúvida, dispõe!
 
Gostos: André Antunes
Matrícula
24 Junho 2017
Mensagens
11
Gostos
2
#6
Olá @André Antunes!

Sou aluna de 1º ano de RI no ISCSP e vou tentar esclarecer as tuas dúvidas.
Tenho vários colegas que vieram de Ciências e outros de Economia e digo-te já que, em algumas cadeiras, isso até pode ser uma mais valia! Com empenho consegues fazer tudo, acredita. É normal que tenhas mais dificuldades em cadeiras de História e talvez Política, mas noutras como Análise de Dados e talvez Economia vais ter mais facilidade em entender as coisas (atenção, não estou muito a par das cadeiras de outros cursos de RI, estou a falar das do meu curso em específico).

Quanto às línguas, uma cadeira de línguas em cada semestre, podendo escolher entre francês, inglês ou alemão. O ISCSP tem 4 níveis disponíveis para cada língua e no princípio do ano letivo os alunos têm de fazer um teste de diagnóstico a cada uma delas para saberem em que nível se inserem antes mesmo de escolherem qual querem ter. Mas sim, pelo menos no ISCSP és tu que escolhes a língua que queres!
Qualquer dúvida, dispõe!
Obrigado pelo esclarecimento! :)
 
Matrícula
24 Junho 2017
Mensagens
11
Gostos
2
#7
Olá @André Antunes!

Sou aluna de 1º ano de RI no ISCSP e vou tentar esclarecer as tuas dúvidas.
Tenho vários colegas que vieram de Ciências e outros de Economia e digo-te já que, em algumas cadeiras, isso até pode ser uma mais valia! Com empenho consegues fazer tudo, acredita. É normal que tenhas mais dificuldades em cadeiras de História e talvez Política, mas noutras como Análise de Dados e talvez Economia vais ter mais facilidade em entender as coisas (atenção, não estou muito a par das cadeiras de outros cursos de RI, estou a falar das do meu curso em específico).

Quanto às línguas, uma cadeira de línguas em cada semestre, podendo escolher entre francês, inglês ou alemão. O ISCSP tem 4 níveis disponíveis para cada língua e no princípio do ano letivo os alunos têm de fazer um teste de diagnóstico a cada uma delas para saberem em que nível se inserem antes mesmo de escolherem qual querem ter. Mas sim, pelo menos no ISCSP és tu que escolhes a língua que queres!
Qualquer dúvida, dispõe!
Surgiu-me algo: o curso é muito puxado (muitos trabalhos,...)? E este é um daqueles cursos que a partir de uma certa nota, tem de se fazer um tipo “exame oral” para que os professores saibam que a nota dada na frequência é tua e que, por exemplo, não copiaste por ninguém (não sei se me fiz entender)?!
 
Matrícula
13 Fevereiro 2017
Mensagens
40
Gostos
29
#8
Surgiu-me algo: o curso é muito puxado (muitos trabalhos,...)? E este é um daqueles cursos que a partir de uma certa nota, tem de se fazer um tipo “exame oral” para que os professores saibam que a nota dada na frequência é tua e que, por exemplo, não copiaste por ninguém (não sei se me fiz entender)?!
No primeiro semestre não tive de fazer nenhum trabalho. Podia ter feito a Princípios Gerais de Direito, porque o professor dá a oportunidade de os alunos apresentarem certas matérias, mas acabei por não fazer. Neste semestre já tenho de fazer dois (sendo um opcional). Nos níveis mais avançados de línguas (normalmente de francês) também fazem trabalhos, mas nada assim muito complicado.
O principal "problema" do curso é que costuma ter imensos alunos (a minha turma tem para aí uns 80 e tal) por isso a maior parte dos professores decide fazer avaliação final (exame), o que é um bocado chato e mais puxado porque só tens 1 momento de avaliação (ou 2, se contares com o recurso), sendo que tinhas mais oportunidades de ter boa nota se fosses fazendo vários testes ao longo do semestre. Mas se não deixares acumular muita matéria e fores estudando um bocado todas as semanas consegues estudar tudo até aos exames, e também há sempre aqueles professores simpáticos que fazem um esforço para fazer testes ou trabalhos (algumas cadeiras são de avaliação mista, trabalho+exame).

No ISCSP os exames orais já acabaram há alguns anos (felizmente!!), e quando ainda havia só tinhas de ir a exame oral se tivesses entre 10 e 12 (acho eu). Agora se tiveres 10 à cadeira já estás despachado :)
 
Gostos: André Antunes
Matrícula
24 Junho 2017
Mensagens
11
Gostos
2
#9
No primeiro semestre não tive de fazer nenhum trabalho. Podia ter feito a Princípios Gerais de Direito, porque o professor dá a oportunidade de os alunos apresentarem certas matérias, mas acabei por não fazer. Neste semestre já tenho de fazer dois (sendo um opcional). Nos níveis mais avançados de línguas (normalmente de francês) também fazem trabalhos, mas nada assim muito complicado.
O principal "problema" do curso é que costuma ter imensos alunos (a minha turma tem para aí uns 80 e tal) por isso a maior parte dos professores decide fazer avaliação final (exame), o que é um bocado chato e mais puxado porque só tens 1 momento de avaliação (ou 2, se contares com o recurso), sendo que tinhas mais oportunidades de ter boa nota se fosses fazendo vários testes ao longo do semestre. Mas se não deixares acumular muita matéria e fores estudando um bocado todas as semanas consegues estudar tudo até aos exames, e também há sempre aqueles professores simpáticos que fazem um esforço para fazer testes ou trabalhos (algumas cadeiras são de avaliação mista, trabalho+exame).

No ISCSP os exames orais já acabaram há alguns anos (felizmente!!), e quando ainda havia só tinhas de ir a exame oral se tivesses entre 10 e 12 (acho eu). Agora se tiveres 10 à cadeira já estás despachado :)
Isso é bom! Obrigado pela ajuda. :)
 
Gostos: Joanafsm