O programa Experiências Académicas, criado pela Gap Year Portugal, já vai na 3ª edição e oferece aos jovens portugueses a oportunidade de experimentar até 3 cursos universitários, durante 2 semanas cada. O objetivo é ajudar os estudantes a tomar uma decisão mais segura e consciente, eixos estes em que a associação trabalha e apoia.

“Acabei o 12.º ano e agora?” – esta é a pergunta que vários jovens fazem quando terminam o ensino secundário. Para muitos a resposta pode ser óbvia, mas para outros esse não é o caso e a taxa de desistência do curso prova-o: 29% desistem logo no 1.º ano, segundo um estudo da Direcção-Geral de Estatística da Educação e Ciência (DGEEC).



Francisco Silva, atualmente frequenta o curso de Direito, já participou no programa e afirma que a experiência o ajudou a tomar a decisão mais correta. “Acabei o secundário sem ter ideia de nada e acabei o meu gap year com a certeza do curso que queria seguir, e tudo isto porque pude passar aquelas semanas a viver como um estudante real e a explorar os cursos que mais me interessavam”. O programa pode ser o primeiro passo do gap year, sendo que se desenrola nos primeiros meses do ano letivo, entre setembro e novembro. A Gap Year Portugal tem parceria com várias universidades portuguesas e os jovens poderão escolher 3 dos mais de 100 cursos disponíveis. As pré-inscrições estão abertas até 31 de Agosto. A 1ª fase decorre de 1 Agosto até 12 Setembro e a 2ª fase de 13 Setembro até 30 Setembro. Todas as informações podem ser consultadas aqui.

A partir de agora, a geração mais nova já não tem que tomar uma decisão tão importantes com base em opiniões de terceiros. Através do Programa Experiências Académicas, têm a oportunidade de experimentar os cursos universitários que lhes suscitam interesse antes de tomarem uma decisão final.