A subida das deduções em IRS das rendas pagas pelos estudantes deslocados e a continuidade da suspensão do aumento das propinas no Ensino Superior são algumas das propostas de alteração apresentadas pelo PS ao Orçamento do Estado para 2018.

Os socialistas avançam com uma subida do limite para dedução das despesas com educação em IRS das rendas de estudantes do Ensino Superior, para um limite de 300 euros anuais. A versão original era de apenas 200 euros.

A proposta do PS esclarece agora que são considerados estudantes deslocados os que vivam a mais de 50 quilómetros da residência da família.

Ainda no Ensino Superior, no ano lectivo 2018/2019 é suspensa a aplicação do regime de actualização das propinas, como tinha acontecido em anos anteriores.

Em 2018, o Governo também vai promover um reforço do alojamento para estudantes do Ensino Superior, através da criação de uma linha de financiamento para melhoria e construção de novas residências para estudantes. Trata-se de uma bolsa de habitação a custos controlados, destinada para alojamento de estudantes do ensino superior.