O SPEAK é um projecto de impacto social que liga migrantes, refugiados e locais, a viverem na mesma cidade, através de um intercâmbio de línguas e culturas. Qualquer pessoa se pode inscrever para aprender línguas de uma forma informal, ao mesmo tempo que conhece outras pessoas. Desta forma, os participantes não só derrubam barreiras linguísticas, como também criam uma rede de suporte informal entre eles.

Funciona através de um modelo “online2offline (O2O)”, ou seja, as incrições, organização e logística são tratadas online, enquanto a experiência de aprendizagem, ensino e partilha acontece offline, no mundo real.

E é na partilha que assenta esta comunidade multicultural, dado que podes não só inscrever-te para aprender ou praticar uma língua, como também para ensinar uma que domines aos outros. Tudo isto é tratado no site do projecto www.speak.social, onde obterás todas as indicações como o local ou os materiais necessários, bem como te permite ainda comunicar e tirar dúvidas para além do tempo de aula com os teus colegas.

 

Uma oportunidade de aprendizagem a baixo custo

O SPEAK oferece duas experiências aos seus participantes: aulas de línguas e eventos de integração. Os eventos são gratuitos para todos e as aulas têm um custo de 25€ por cada curso de 18 horas. No entanto, caso sejas professor no SPEAK, ou enfrentes dificuldades financeiras, tens acesso a todos os cursos que quiseres a custo zero.

Atualmente o projecto está presente em 6 cidades portuguesas: Braga, Cascais, Coimbra, Leiria, Lisboa e Porto, estando já a decorrer a expansão internacional do conceito para Itália. São mais de quatro mil as pessoas que fazem parte desta comunidade de mais de 100 países diferentes.

No que toca às línguas atualmente disponíveis, dependendo da cidade, tens desde o inglês ao espanhol, passando pelo japonês, francês, mandarim, árabe, italiano, alemão ou russo.

 

Uma experiência com impacto

Segundo a organização, esta é uma experiência que levando os participantes a conhecerem-se melhor, permite uma quebra de preconceitos, de barreiras linguísticas e culturais, começando a valorizar a diferença.

Também verificaram que ao longo do tempo a forma como os participantes evoluem lhes permite sentirem-se melhor integrados e ter amigos numa cidade que não é a sua, bem como aumentam a motivação para socializar com pessoas de diferentes países e culturas.

Num mundo com migração crescente, consideram este multilinguismo fundamental. Ao promover o multilinguismo desta forma inovadora, informal e democrática, o SPEAK considera ter impacto na compreensão intercultural, coesão, perspectivas de emprego e competitividade.

Faz a tua inscrição em www.speak.social e conhece algumas das histórias da comunidade neste vídeo:

Conteúdo patrocinado.