Olá e mais uma vez obrigado por mais esta leitura. O tema que hoje te trago é bastante delicado, contudo tem estado muito em voga agora com a série “13 reasons why” e foi por isso que o decidi abordar. É certo que não é algo fácil de abordar, principalmente quando já passaste por isso mas acredito que a partilha da minha experiência poderá ajudar muitas pessoas. Tive uma fase muito obscura na minha vida em que o suicídio parecia ser o único caminho a seguir, era como se não existisse mais nenhum. Era algo que não me saía da cabeça, uma tristeza esmagadora invadia o meu corpo todos os dias, a pressão diária parecia não ter fim e a vontade de viver já não era nenhuma. Nada parecia ter mais interesse, não conseguia ver felicidade em absolutamente nada. Era como se tudo aquilo que eu gostava e considerava especial tivesse perdido o encanto e se tornado num aborrecimento que se traduzia em raiva e frustração. Na altura não compreendia bem o que me estava a acontecer e sempre que pensava no suicídio sentia apenas uma paz interior inexplicável. Não sentia medo, tristeza nem conseguia pensar nas pessoas que me amavam, apenas tinha na minha cabeça aquelas ideias fatais e o mais frustrante era sentir que nada daquilo que eu fizesse fosse ser eficaz, nem mesmo se me atirasse de um prédio de 20 andares. Era como se me sentisse presa a este mundo para sempre, como se nada fosse capaz de me fazer desaparecer dele. Era realmente angustiante. Se alguma vez sentiste estas coisas ou se estás a senti-las neste momento, não te sintas sozinho e sobretudo não cedas a nada daquilo que te possa passar pela cabeça. As nuvens negras que pairam nas nossas cabeças nestes momentos apagam tudo o resto e fazem-nos sentir vazios e parece que não existe mais nada para além destas ideias e planos mas acredita que quando a tempestade passar, e sim ela passa sempre, as coisas voltam a ganhar outra cor e outro encanto. Foram imensas as vezes que chorei, que me senti confusa e afogada nestas ideias e nesta frustração sem fim e posso dizer-te que apesar de tratamentos, medicações e mesmo terapias elas ainda não se apagaram da minha cabeça por completo. Existem sempre dias ou momentos que elas voltam e parecem fazer sentido, são as tais nuvens negras a tomarem conta de mim. O segredo é nunca cedermos a elas. Apesar de na altura não achar que fosse possível, já vivi momentos muito felizes e conheci pessoas muito especiais que hoje estão no meu coração e permanecerão nele para sempre e acredito que irei viver muitos mais. Não foi nada fácil, acredita em mim. Andava perdida, o curso que frequentava não fazia sentido algum, ir para as aulas era uma tortura diária sem qualquer sentido, o isolamento dos amigos e colegas era o mais confortável do meu dia, cheguei mesmo a estragar grandes amizades por causa do meu estado e pensei que já não havia solução para mais nada e que mais valia acabar com a minha vida ali, mas após várias sessões terapêuticas e infelizmente muita medicação percebi que só nós podemos mudar aquilo que somos e que queremos para nós e eu decidi mudar de vida, mudar a minha pessoa e apesar de ainda ter muitas recaídas posso dizer-te que se tivesse cometido o suicídio naqueles tempos teria sido o maior erro da minha vida. Não teria conseguido mudar a pessoa que era, não teria conhecido pessoas tão especiais, não teria vivenciado momentos felizes e não estaria onde estou hoje. Acredita que não é fácil e não me imaginava onde estou agora, sempre pensei que a minha vida seria aquela mágoa sem sentido e que nunca nada iria melhorar, que iria estar constantemente em conflito com as pessoas que gostava, com os meus pais que não compreendiam as minhas atitudes, sempre pensei nunca sair daquele poço sem fim mas agora que cheguei ao topo do poço e pude ver de novo o mundo sinto que vale a pena lutar e viver, mesmo quando me acontecem coisas más e que me deitam abaixo e sabes porquê? Porque o nosso propósito de vida deve ser lutarmos por nós, construirmos uma pessoa boa, humilde e pura, amar os outros de forma incondicional mesmo quando isso possa não ser recíproco porque no final de tudo o que irá contar és tu e as tuas atitudes, nada mais. Tudo o resto estará na consciência dos outros, não na tua. Liberta-te e luta por ti, tens de ser a pessoa mais importante da tua vida para poderes ter o coração aberto e pronto a receberes os outros. Desejo muita força a todos os que possam estar a passar por fases difíceis e acredita em mim, há sempre solução para tudo, absolutamente tudo. Pode não ser o caminho mais fácil, pode não ser aquele que queres mas há solução. Qualquer coisa também estarei aqui, pronta para te ouvir e abraçar. O meu coração está aberto para ti e pronto para te receber. Não te esqueças, nunca estarás sozinho. Estarei sempre aqui =)