3 Áreas onde as universidades portuguesas se destacam segundo o ranking da Times Higher Education


Desde 2004 que a Times Higher Education tem vindo a fornecer rankings universitários de modo a avaliar o desempenho global das universidades. Estes rankings abrangem três áreas principais de atividade universitária: investigação, impacto e ensino, sendo uma importante referência académica e profissional e uma valiosa ferramenta de comparação entre universidades de diferentes países, permitindo observar a sua evolução ao longo do tempo.

O World University Ranking é composto por mais de 1500 universidades de cerca de 90 países. Para a sua elaboração foram dados e informações provenientes de fontes confiáveis, como publicações científicas, por exemplo. Esta análise auxilia os estudantes a tomar decisões informadas sobre o seu futuro académico. É ainda importante para as instituições de ensino e empresas identificarem parcerias estratégicas e oportunidades de colaboração com algumas das melhores universidades mundiais.

No panorama nacional, Portugal conta com cinco universidades presentes neste ranking mundial, distribuídas por três áreas: Artes e Humanidades, Direito e Educação. Abaixo podes encontrar uma pequena tabela, para cada uma das áreas, e a posição de cada universidade portuguesa no respetivo ranking.

Artes e Humanidades

Ranking 2024

Ranking 2023

Universidade

#151 – #175

#251 – #300

Universidade de Coimbra

#176 – #200

#201 – #250

Universidade de Lisboa

#176 – #200

#201 – #250

Universidade NOVA de Lisboa

Direito

Ranking 2024

Ranking 2024

Ranking 2024

#101 – #125

#176 – #200

Universidade de Coimbra

#176 – #200

#151 – #175

Universidade do Minho

#176 – #200

#201 – #250

Universidade NOVA de Lisboa

Educação

Ranking 2024

Ranking 2023

Universidade

#101 – #125

#201 – #250

Universidade do Porto

#126 – #150

#176 – #200

Universidade de Lisboa

#151 – #175

#201 – #250

Universidade do Minho

Apesar de ser notório a evolução das universidades portuguesas no ranking da Times Higher Education, relembramos que este não deve ser o único fator considerado na escolha de uma universidade. Deverás sempre analisar cada instituição de forma individual, pois elas possuem especializações e particularidades que podem ser mais adequadas aos objetivos individuais de cada pessoa.

Podes saber mais sobre os rankings da Times Higher Education, aqui.