5 coisas que podes ou deves tratar antes das colocações

Foto de stockasso | Depositphotos.com

Faltam 20 dias para se saber os resultados da 1ª fase do concurso nacional de acesso, que mudará a vida a milhares de estudantes. Os dias que sucedem à saída dos resultados das colocações são de grande azáfama, especialmente para os estudantes deslocados. Para te facilitar a vida, deixamos aqui algumas coisas que podes já tratar nestes próximos dias enquanto esperas pelos resultados. 

1. Vai à procura do Boletim de Vacinas

Nem todas as instituições de ensino superior pedem o boletim de vacinas nas matrículas, mas costuma ser dos documentos requeridos mais comuns. Provavelmente já não te lembras onde é que o meteste, pelo que esta será uma boa altura para o procurar. Quando o encontrares, aproveita para validar se tens todas as vacinas em dia, especialmente a do tétano.

Se não o encontrares é possível pedir uma segunda via deste documento no teu centro de saúde. Pelo sim, pelo não, trata já disso. É um daqueles stresses de última hora que não precisas de ter no fim deste mês.

2. Faz o pedido da Chave Móvel Digital

Algumas instituições de ensino superior, como o Instituto Superior Técnico, exigem que o aluno tenha a Chave Móvel Digital para fazer a matrícula. Outras também exigem este requisito para fazer o cartão de estudante, como acontece na Universidade de Lisboa.

A Chave Móvel Digital é um meio de autenticação e assinatura digital certificado pelo Estado português que permite ao utilizador aceder a vários portais públicos ou privados, e assinar documentos digitais, com um único login. Este mecanismo associa um número de telemóvel ao número de identificação civil para um cidadão português, e o número de passaporte ou título/cartão de residência para um cidadão estrangeiro. A ativação da chave móvel digital está disponível em www.autenticacao.gov.pt/a-chave-movel-digital.

Se não tiveres um leitor de cartões de cidadão o processo é mais demorado, sendo necessário esperar um PIN que é enviado por carta, que pode demorar 5 dias úteis a ser enviado. Considerando que 5 dias úteis é o tempo que tens para fazer a matrícula, na altura este método já não será possível, e a única solução será tratares disto presencialmente num balcão de atendimento. Se tiveres leitor de cartões o processo é mais imediato, mas como não é propriamente comum quem o tenha, fica aqui o vídeo do passo a passo de como tratares disto agora, sem sair de casa, através do portal das finanças:

.

3. Começa a procurar alojamento

Se já tens um certo grau de confiança que entras na tua primeira opção, esta altura pode ser a melhor para começar a procurar alojamento. A oferta que existe agora ainda é considerável, mas esse cenário muda rapidamente nos primeiros dias após as colocações, especialmente nas cidades mais procuradas pelos estudantes como Lisboa, Porto e Coimbra. Dois portais de alojamento que dispõem, por agora, de uma larga oferta nestas três cidades são a Inlife e a Spotahome. Aproveita para usares os nossos códigos promocionais e obtém descontos nas tuas reservas. 

O Uniarea é também parceiro de algumas residências de estudantes que recomendamos por serem soluções de confiança, legais, com qualidade de serviço, em excelentes localizações e onde te sentirás seguro: 

Também podes passar pela seção de alojamento do fórum para procurar ou colocar alguma oferta de quarto que tenhas.

4. Trata dos Pré-Requisitos

Existem vários cursos que pedem pré-requisitos que podem ser de dois tipos. Por um lado tens os Pré-requisitos que exigem a realização de provas de aptidão física, funcional ou vocacional cuja comprovação é realizada através da Ficha Pré-requisitos 2021 (C, H, I, K, M, R, S e Z) que tinham uma senha que inseriste na candidatura. Estes já ficaram tratados.

Do outro lado tens os Pré-requisitos que não exigem provas de aptidão física, funcional ou vocacional e que são de comprovação meramente documental (A, B, D, E, F e Q), que são entregues pelos candidatos no ato da matrícula e inscrição no ensino superior. Se tiveres algum dos que seja necessário uma validação externa, como é o caso do tipo A e B, que têm de ser validados por um médico, é recomendável que trates disso nestes dias, se ainda não o fizeste. A matrícula só pode ser realizada com a entrega desse documento.

5. Submete a candidatura à bolsa de estudos

A candidatura à bolsa de estudos pode ser submetida até o dia 30 de setembro, ou até 20 dias após a inscrição na instituição de ensino superior. Considerando o calendário deste ano, anormalmente tardio, faz sentido considerares apenas o segundo prazo. 

No entanto, não precisas de saber onde é que foste colocado para submeter a tua candidatura. Se estás a pensar concorrer, aproveita estes dias para recolher todos os documentos necessários, validar a informação necessária com os teus pais e/ou as pessoas que constituem o teu agregado familiar, e submeter a candidatura. 

A candidatura que submeteres agora à bolsa de estudos mantém-se válida para todas as fases de candidaturas. Ou seja, se depois acabares por concorrer à 2ª ou 3ª fases de candidaturas, a candidatura da bolsa de estudos mantém-se ativa para a colocação seguinte.