(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

As 11 instituições públicas mais desejadas na 1.ª fase de 2016

Conhecidos os resultados da 1.ª fase de candidaturas do concurso nacional de acesso de 2016, analisamos quais são as 11 instituições públicas mais procuradas nesta fase, com base nos dados da DGES fornecidos relativamente ao número de candidatos em 1.ª opção e o número de vagas iniciais.

Assim, as 11 instituições públicas mais procuradas, que constituem todas as que tiveram mais candidatos em 1.ª opção do que vagas, divididas entre ensino universitário (liderado pela Universidade do Porto) e ensino politécnico (liderado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto):

Ensino Superior Público Universitário

Universidade do Porto

Vagas iniciais 4160
Candidatos em 1.ª opção 7736
% candidatos/vagas 186%
  ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa  Vagas iniciais 1102
 Candidatos em 1.ª opção 1900
 % candidatos/vagas 172%
 Universidade Nova de Lisboa  Vagas iniciais  2706
 Candidatos em 1.ª opção 4455
% candidatos/vagas 165%
Universidade do Minho

Vagas iniciais 2728
Candidatos em 1.ª opção 3385
% candidatos/vagas 124%
Universidade de Lisboa

Vagas iniciais 7651
Candidatos em 1.ª opção 9088
% candidatos/vagas 119%
Universidade de Coimbra

Vagas iniciais 3189
Candidatos em 1.ª opção 3324
% candidatos/vagas 104%
Universidade de Aveiro

Vagas iniciais 2089
Candidatos em 1.ª opção 2108
% candidatos/vagas 101%

 

Ensino Superior Público Politécnico

Escola Superior de Enfermagem do Porto

 

Vagas iniciais 270
Candidatos em 1.ª opção 399
% candidatos/vagas 148%
Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

Vagas iniciais 430
Candidatos em 1.ª opção 589
% candidatos/vagas 137%
Escola Superior de Enfermagem de Lisboa

Vagas iniciais 300
Candidatos em 1.ª opção 406
candidatos/vagas 135%
Instituto Politécnico do Porto

Vagas iniciais 2989
Candidatos em 1.ª opção 3399
candidatos/vagas 114%