Já te tínhamos contado como afinal ainda não é este ano que Educação Física conta para a média de acesso ao superior. O secretário anunciou que a disciplina passaria a contar apenas a partir de 2017/2018, tudo indica para alunos que ingressarem  no 10º ano. Esperamos até ao fim deste ano letivo uma alteração oficial nesse sentido.

No entanto, segundo o blog Com Regras, esta não será a única disciplina a contar para a média de acesso ao ensino superior. Há uma nova disciplina que está a ser lecionada nas escolas que fazem parte do projeto de Flexibilização Curricular que se poderá juntar nesta alteração. Educação para a Cidadania e Desenvolvimento Pessoal, é assim o nome da nova disciplina que terá uma avaliação quantitativa.



Nesta nova disciplina cabem variadas temáticas ligadas à sociedade, tais como: educação para os direitos humanos; educação ambiental/desenvolvimento sustentável; educação rodoviária; educação financeira; educação do consumidor; educação para o empreendedorismo; educação para a igualdade de género; educação intercultural; educação para o desenvolvimento; educação para a defesa e a segurança/educação para a paz; voluntariado; educação para os media; dimensão europeia da educação; educação para a saúde e a sexualidade.

Mas como muitos se poderão lembrar, não será a primeira vez que uma disciplina extra deste tipo é incluída na média do secundário. Até o ano lectivo 2010/2011 tivemos a disciplina “Área de Projecto”, onde os alunos deveriam desenvolver um projecto em todas as suas fases de concretização e avaliação do mesmo. Uma das primeiras medidas do anterior ministro Nuno Crato foi acabar com a disciplina.

Fica a incerteza do impacto que uma disciplina como esta poderá ter no impacto das médias de acesso para o ensino superior, juntamente com a já esperada alteração com a inclusão da Educação Física.