(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A Associação Académica de Coimbra conquistou três dos quatro troféus para melhor do ano atribuídos na XII Gala do Desporto Universitário que decorreu esta noite no Espaço Vita, em Braga. Ana Dias, estudante e atleta na modalidade de futebol, foi eleita a melhor do ano, Alexandre Silva ganhou o prémio de treinador do ano e a equipa que liderou em 2018/2019, de futebol 7 feminino, conquistou o troféu de equipa do ano. Júlio Ferreira, do taekwondo da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM), ganhou o prémio de atleta masculino do ano.

Durante a cerimónia, a AAUM/Universidade do Minho recebeu o prémio prestígio, um reconhecimento que vem juntar-se à medalha de Honra ao Mérito Desportivo atribuída pelo governo português e ao prémio de universidade da década atribuído pela Associação Europeia do Desporto Universitário já em setembro deste ano. Daniel Monteiro, que presidiu à Federação Académica do Desporto Universitário (FADU) nos últimos quatro anos, foi homenageado com o prémio prestígio pelos anos de dedicação ao desporto universitário.



O prémio da ética no Desporto Universitário foi atribuído à equipa médica que acompanhou a comitiva portuguesa na missão ‘Ganhar Portugal’ de Universíada de Nápoles, um reconhecimento pelo ‘espírito de equipa no assegurar do bem-estar, saúde e integridade física e moral dos estudantes-atletas da delegação portuguesa, agentes desportivos e estudantes-atletas de outras delegações’, tal como referiu Carlos Magalhães, membro da comissão médica da FISU.

Para o presidente da FADU, André Reis, este foi ‘um momento de celebração e de reconhecimento dos estudantes-atletas, técnicos e dirigentes, que mais se destacaram ao longo da época desportiva 2018/2019’ que leva a fazer balanços e a traçar metas futuras. ‘É também, por excelência, um momento de reflexão e de reposicionamento do desporto universitário em Portugal e de Portugal para a Europa e para o Mundo’, concluiu.