Associação Duarte Tarré tem pelo menos 25 bolsas de estudo para universitários

Foto da Associação Duarte Tarré

Estão abertas as candidaturas para as bolsas individuais de estudo e mérito para o ano lectivo 20202/2023 da Associação Duarte Tarré (ADT). Este ano, a associação vai atribuir, no mínimo, 25 bolsas aos alunos do ensino superior. Para os candidatos de licenciatura, mestrado ou doutoramento o valor da bolsa é de 1200 euros.

As condições e requisitos para a inscrição podem ser consultadas no regulamento entretanto publicado. Além da ajuda monetária, a instituição vai proceder à selecção de um padrinho ou madrinha para, ao longo do ano lectivo, prestar mentoria a cada candidato. “Dada a participação de benfeitores que possibilitam um número maior de bolsas”, diz a ADT, o número de bolsas tem sido superior às 25 anunciadas previamente.

Este ano, o prazo de submissão das candidaturas decorre de 19 de setembro a 20 de Outubro de 2022. Os interessados podem inscrever-se através do formulário disponível no site da ADT. 

Para receber este apoio, os alunos têm de apresentar uma média superior a 14 valores e ter até 25 anos. A atribuição da bolsa estende-se a todo o território português continental e insular, para todos os estudantes que frequentam uma licenciatura, mestrado ou doutoramento.

A Associação Duarte Tarré foi fundada por Manuel Tarré, em memória do seu filho Duarte, estudante no 3º ano no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL), que perdeu a vida subitamente em 2011. Neste sentido, todos os anos, Manuel Tarré doa a título pessoal, através da ADT, o valor total para a atribuição das bolsas.