(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Sabemos que a escolha do curso e da universidade é uma das decisões mais importantes para os estudantes que se preparam para ingressar no Ensino Superior. Assim, e para te ajudar neste passo tão importante para a tua vida, hoje viemos desmistificar um pouco do que é a Terapia Ocupacional e, de modo particular, o que podes esperar se optares por esta licenciatura de 4 anos na Escola Superior de Saúde do Alcoitão (ESSAlcoitão).

Entidade pioneira em Portugal na formação de fisioterapeutas, terapeutas da fala e terapeutas ocupacionais, a ESSAlcoitão distingue-se pelo seu equilíbrio entre a componente teórica e prática desde o inicio do curso, valorizando a sua proximidade ao Centro de Medicina de Reabilitação (CMR) e procurando manter os seus elevados padrões de qualidade, distinguidos internacionalmente e que fazem da ESSAlcoitão a Escola de referência neste domínio.

Atenta às necessidades dos cidadãos, a licenciatura em Terapia Ocupacional oferecida pela ESSAlcoitão visa formar profissionais de saúde que procurem não só atuar, como ainda avaliar e tratar vários problemas no Desempenho Ocupacional, procurando garantir a autonomia nos indivíduos com problemas no desempenho de tarefas e papéis que fazem parte da sua rotina diária, levando estes mesmos indivíduos a sentirem-se bem, não apenas com eles mesmos como com o que os rodeia.

Para te ajudarmos a compreender ainda melhor o que podes esperar desta Escola, bem como do curso, pedimos à Diana Rolim, licenciada em Terapia Ocupacional pela ESSAlcoitão desde 2015, e que atualmente trabalha no internamento de uma unidade de reabilitação pós-hospitalar, para nos falar um pouco sobre o seu percurso enquanto estudante da ESSAlcoitão e o que encontrou quando terminou o curso e entrou no mercado de trabalho.

O que te levou a escolher a Escola Superior de Saúde do Alcoitão (ESSAlcoitão)?

D.R.: No término do 12º ano, em 2010, tive a oportunidade de ir à Futurália na FIL e, nesse momento, tive o meu primeiro contacto com a ESSAlcoitão através de alunos e professores da mesma. Durante esse momento de partilha, percebi que seria um instituto de qualidade e referência, mas principalmente de grande proximidade e apoio na comunidade da ESSAlcoitão. Cheguei a verificar outros institutos durante a Futurália, no entanto por todas as descrições que me foram feitas, a ESSAlcoitão pareceu-me a melhor aposta para o futuro da minha educação. Penso que um dos elementos mais preponderantes que me fez escolher a ESSAlcoitão, foi realmente o programa curricular que me foi apresentado e a metodologia de ensino que me espelharam.

Quais eram as tuas expectativas? Sentes que foram cumpridas?

D.R.: Quando entrei na ESSAlcoitão ia já com algumas expectativas, pelas referências que me foram dadas e, principalmente, pelo aprofundamento e variedade de conhecimentos na parte prática da licenciatura. Ao longo do curso, senti que estas expectativas facilmente foram alcançadas e mesmo superadas, pois temos acesso a programas curriculares de topo, com o ensino de proximidade e com muita componente no terreno desde cedo.

Alunos de Terapia Ocupacional em atividades lectivas da ESSAlcoitão.

Sentes que o curso te dá uma boa preparação para o mercado de trabalho?

D.R.: O programa curricular de qualquer um dos cursos tem, desde o 1º ano de licenciatura, a componente teórica aliada à prática, tanto em contexto de aula, onde podes experimentar e aprender, através de estratégias de experimentação e de prática integrada de técnicas específicas;  como em contexto de estágio, onde realmente podes experienciar e integrar o conhecimento teórico-prático em ambiente real. Posto isto, penso que qualquer um dos cursos da ESSAlcoitão te dá uma boa preparação para o mercado de trabalho, pois existe uma dinâmica desde cedo que faz toda a diferença e distingue a ESSAlcoitão, a preparação académica aliada a um método hands-on.

Sentiste dificuldade a integrar o mercado de trabalho?

D.R.: Não. No meu caso, cerca de três meses após ter terminado o curso, estava a trabalhar na área, mas tive colegas que demoraram ainda menos tempo e entre duas semanas a um mês após terem terminado o curso, já estavam a trabalhar.

Se tiveres que definir o teu curso em 3 palavras, quais seriam?

D.R.: Desafio, exigência e adaptação.

Que conselhos darias a um aluno que esteja a ponderar candidatar-se a este curso?

D.R.: Quem estiver a ponderar a candidatar-se a este curso deve ter em mente que a licenciatura de Terapia Ocupacional na ESSAlcoitão é uma excelente aposta para o futuro e uma grande vantagem enquanto profissional.

Se o testemunho da Diana te deixou curioso/a, aconselhamos-te ainda a marcares presença na Mostra de Cursos que a ESSAlcoitão irá realizar, online, já no próximo dia 28 de julho, entre as 15h e as 16h. A participação é gratuita e sujeita a inscrição: podes fazê-la aqui. Poderás ainda esclarecer todas as tuas dúvidas e assistir a demonstrações alusivas às três licenciaturas ministradas.

Deixamos ainda um vídeo com o testemunho da Inês Caniça, licenciada em Terapia Ocupacional, onde podes ver outro ponto de vista deste curso.

A 1ª fase de candidaturas às licenciaturas da ESSAlcoitão inicia-se a partir do próximo dia 7 de agosto e terminará a 2 de setembro.

Lembra-te: o segredo do sucesso na vida é estar pronto para a oportunidade quando ela surge. Vais querer perder a tua?

Artigo elaborado em parceria com a Escola Superior de Saúde do Alcoitão.