(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Já estão disponíveis os resultados da 2ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao ensino superior público. Podes consultá-los aqui.

Na segunda fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público de 2019 foram colocados 9274 estudantes: 4789 estudantes foram colocados no ensino superior politécnico e 4485 no ensino universitário.

No conjunto da primeira e segunda fases já ingressaram no ensino superior público, através do concurso nacional de acesso, 46 721 novos estudantes, o que representa um aumento de 1.4% face a idêntico momento no ano anterior. Na primeira fase do concurso nacional de acesso já tinham sido colocados 44 500 estudantes, dos quais se matricularam 39 566 (88,9%).

A segunda fase do Concurso Nacional de Acesso incluiu novamente a possibilidade de um contingente especial para candidatos com deficiência, o que permitiu que o número de estudantes a ingressar por esta via (310 estudantes colocados nas 2 fases do concurso nacional) tenha aumentado 34% face ao ano anterior (231 colocados) e representando um crescimento de 158% face a 2015 (em que 120 estudantes haviam sido colocados por este contingente).

A segunda fase do Concurso Nacional de Acesso incluiu, pela primeira vez, a possibilidade de um contingente especial para candidatos com deficiência, o que permitiu que o número de estudantes a ingressar por esta via tenha aumentado 28% face ao ano anterior (231 estudantes colocados na 1.a e 2.a fase), tendo sido o número de estudantes colocados mais elevado de sempre.



Matrículas à 2ª fase

Caso tenhas ficado colocado nesta fase, e queiras garantir a vaga, deverás efetuar a matrícula no seguinte prazo:

  • Prazo da inscrição: 26 a 30 de setembro.

Tem em atenção que tens pelo meio um fim de semana, pelo que no caso da maioria das universidades em que as inscrições são presenciais o prazo se reduz a 3 dias. Como já referimos em outros artigos, algumas universidades fazem escalas durante a semana, por exemplo, por ordem alfabética ou determinados cursos para cada dia, mas essa é apenas uma forma de garantir que os alunos não efetuem as matrículas nos mesmos dias. Poderás matricular-te num dia que não o que te foi atribuído.

Deverás consultar a página da respetiva universidade para saberes os horários e os documentos necessários para a inscrição, lembrando que no caso de cursos que pedem pré-requisitos estes são entregues na matrícula.

3ª Fase de Candidaturas

Se não ficaste satisfeito com este resultado, alertamos que 4 583 vagas ficaram por ocupar no fim destas duas fases de candidaturas (menos 14% que em 2018). Podes consultá-las aqui.

Não obstante, a 3ª fase de candidaturas não existirá em todas as instituições de ensino, competindo a cada uma delas decidir acerca da abertura desta fase do concurso para os seus cursos.

Quando a instituição de ensino superior decidir abrir terceira fase do concurso, fixará o número de vagas, que será igual ou inferior às vagas sobrantes da segunda fase acrescidas das vagas não ocupadas pelos estudantes colocados nesta fase que não realizaram a matrícula.

As vagas colocadas a concurso nesta 3ª fase serão divulgadas no dia 3 de outubro (EDIT: já disponíveis aqui!). O calendário desta fase de candidaturas é o seguinte:

  • Prazo de candidaturas: 3 a 7 de outubro.
  • Divulgação dos resultados: 11 de outubro.

Aproveitamos para dar os parabéns aos colocados e desejar a melhor das sortes aos que concorrem agora à 3ª fase de candidaturas.