As candidaturas são restritas a jovens de 18 anos, residentes da União Europeia, nascidos entre 2 de julho de 2000 e 1 de julho de 2001.

A Comissão Europeia fornece nova oportunidade de candidatura à iniciativa DiscoverEU, disponibilizando 20 mil novos passes de viagem pela Europa até 16 de Maio de 2019. As candidaturas são restritas a jovens de 18 anos, residentes da União Europeia.

Após o primeiro ano de iniciativa, em 2018 onde quase 30 000 jovens receberam um passe, esta segunda iniciativa faz por se centrar na dimensão de aprendizagem do projeto, voltando a oferecer aos jovens a mesma oportunidade, entre 1 de agosto de 2019 e 31 de janeiro de 2020. Condição obrigatória: os candidatos têm de ter nascido entre 2 de julho de 2000 e 1 de julho de 2001.



Para proceder à respetiva candidatura, segundo um comunicado da Comissão Europeia, “os jovens devem estar dispostos a viajar” nas data definidas e num máximo de 30 dias, devendo candidatar-se através do Portal Europeu da Juventude. Após a submissão, um comité de avaliação verificará as inscrições apresentadas e selecionará os vencedores, que serão notificados em junho de 2019.

Os selecionados poderão viajar a titulo individual ou em grupos de 5 pessoas. As viagens serão maioritariamente de comboio, porém, para amplificar os recursos estarão também disponíveis modos de transporte alternativos, como o autocarro, o ferry, ou excecionalmente o avião.

Os participantes terão acesso às várias dicas e informações sobre os melhores sítios a visitar. Poderão receber ainda, “um diário de viagem para registar e refletir sobre as suas experiências”. Será igualmente dada a possibilidade de participar em eventos organizados ao nível da comunidade durante as viagens.

Segundo o mesmo comunicado, a iniciativa DiscoverEU vai tornar-se cada vez “mais inclusiva” e facilitada para todos os que queiram participar, tendo igualmente em conta “as necessidades dos jovens com deficiência”.

O principal objetivo deste programa é, precisamente, que os jovens descubram as riquezas do património cultural do continente, que conheçam outras pessoas e aprendam com outras culturas, vivenciando o que os une na Europa.