O futuro é incerto para todos nós, mas há caminhos que devemos escolher durante a nossa jornada. Venho transmitir-vos um testemunho da minha pequena (grande) história que talvez sirva de exemplo para alguém. É mais uma prova que nada é impossível quando se trata de vontade e trabalho à mistura.

Após concluir o 9ºano, por intermédio de alguns professores e após ouvir os conselhos dos meus pais, optei por ingressar no curso científico-humanístico de Ciências e Tecnologias. Naquela altura, a Matemática e os Exames Nacionais passaram a ser os meus inimigos e, como tive medo de enfrentá-los, decidi “fugir” para o ensino profissional. Tirei o curso de Técnico de Contabilidade pois era uma área com alguma saída no mercado de trabalho e da qual sempre gostei. Mas, como tudo na vida tem o seu lado negativo, ouvi as críticas do costume: de que era “mais um” com menos capacidades, que não queria fazer esforços na vida e que optei pelo caminho mais fácil.



Finalmente, entrei no mercado de trabalho e estive a trabalhar durante 9 meses. Durante esse tempo, percebi (devido a várias circunstâncias da minha vida) que o meu futuro tinha começado naquele momento. Não queria continuar com uma vida monótona e sedentária e precisava de procurar mais e melhor. Naquele preciso momento, decidi enfrentar aqueles que foram em outros tempos meus inimigos: os Exames Nacionais. Agarrei naquilo que precisava, comprei algum material de estudo e após sete horas de um longo dia de trabalho, chegava a casa e começava a estudar. Abdiquei de muitas coisas, mudei a minha rotina, coloquei a minha vida social – e, por vezes, a sanidade mental – de parte para ir à conquista de um sonho: tudo em prol de um objetivo.

Hoje, estou mais feliz que nunca! Consegui obter uma média que me deu acesso à licenciatura em Gestão na Universidade dos Açores. Sei que o meu futuro ainda agora começou! Nunca desistam de vocês nem dos vossos objetivos.

Colabora!

Este texto faz parte de uma série de textos de opinião de alunos do ensino secundário e superior sobre a sua visão do ensino e da educação.

Gostavas de publicar um texto? Colabora connosco.