(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A Gap Year Portugal acaba de lançar, pela 5ª vez a nível nacional, o Concurso Gap Year Portugal, com o apoio da Fundação Lapa do Lobo. O desafio é só um: criar um plano para o gap year e submeter a candidatura até dia 9 de junho.

A candidatura vencedora será premiada com uma bolsa de 5.000€, no caso da candidatura ser individual, ou de 6.500€, no caso da candidatura ser conjunta. Para se candidatarem, os interessados devem apresentar um plano estruturado para esse ano, em que incluam, por exemplo, objetivo/expectativas, roteiros e uma estimativa dos gastos.



O Concurso Gap Year Portugal pretende que os jovens portugueses possam considerar um percurso “fora da caixa” e se lancem a um ano de reflexões e desenvolvimento pessoal, entre experiências como viajar, fazer voluntariado, estagiar ou até mesmo experimentar cursos na faculdade – eixos que a Gap Year Portugal apoia.

Beatriz e Pedro (@unwrappinghumans) foram os vencedores da edição passada, estão neste momento a explorar o Sri Lanka, e afirmam em comunicado: “O concurso oferece a hipótese de expandir horizontes realizando um gap year. Para nós, esta bolsa foi o concretizar de um sonho do qual não queremos acordar.

Para esclarecer todas as dúvidas, a associação organiza um evento anual que reúne futuros viajantes, antigos vencedores do concurso e até pais. Nesta que será a 7ª edição do evento, o Gap Year Summit realiza-se nos dias 30 e 31 de março, em Coimbra. “Se gostavas de concorrer ao Concurso Gap Year Portugal, então recomendamos vivamente que estejas presente neste evento, é mesmo o lugar perfeito para limar as arestas do teu plano de viagem”, aconselha Beatriz, vencedora da edição passada.

O Presidente da associação, João Pedro Carvalho, afirma: “este concurso é a “cereja no topo do bolo”, dá a possibilidade, aos jovens portugueses, de fazer aquilo que mais gostam com tudo financiado. Apesar de sabermos, através do testemunho de muitos viajantes, que fazer um gap year pode bem ser uma opção amiga da carteira, o dinheiro é, normalmente, a primeira barreira para muitos jovens – com o Concurso já não há desculpas. Queremos que os jovens sintam que o gap year é uma opção a considerar e que nada os impeça de tentar.”.

As candidaturas abriram hoje e prolongam-­se até dia 9 de junho.

Edições anteriores do Concurso Gap Year Portugal

  • Vencedores da edição 2015:  Tamára Brandão e João Amorim – percorreram a América Latina, sempre a seguir o sol e visitaram países como Colômbia, Peru, Costa Rica, Nicarágua e Guatemala, entre outros.
  • Vencedor da edição 2016: João Bonifácio – também passou pela América do Sul, viajando por entre Brasil, Argentina, Paraguai e Chile, e até foi dar um pulo a Miami. 
  • Vencedor da edição 2017: Ana Rita Soares – lançou-se, sozinha, ao Sudeste Asiático. Esteve na Tailândia, Cambodja, Laos, Vietname e Indonésia e envolveu-se nas comunidades locais, entre couchsurfing e projetos de voluntariado.
  • Vencedores da edição 2018: Beatriz Pamplona e Pedro Spínola – estão, neste momento, no Sri Lanka e também levam no plano a Índia e Nepal. Têm como objetivo desvendar perceções culturais, pelo mundo!