(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Atualmente, a produtividade de um indivíduo, relaciona-se com a utilização de tecnologia e metodologias de gestão, capazes de conceber rapidez e eficiência em todos os processos. Embora, esteja também conectada a um estilo de vida saudável e à própria felicidade do sujeito. É através da ligação entre o corpo e a mente que a produtividade é atingida. Alguém que não se sinta realizado, que tenha falta de amor próprio e que tenha uma alimentação débil, será muito menos produtivo.

Existem vários estudos científicos sobre a conexão corpo e mente, e chega-se à conclusão que várias doenças têm origem na influência direta de alterações psicoemocionais, como é o caso da úlcera gástrica causada pelo nervosismo e da asma brônquica causada pelo medo. O considerado “pai da medicina” Hipócrates, 460 a.C, já se referia à influência da mente sobre o corpo.



Cada ser humano, deve então focar-se em opções acertadas e benéficas para si, fazendo uma auto-reflexão sobre a sua vida, não deixando que os outros, mesmo sendo familiares e amigos interfiram nesse procedimento. Para mim, existem certas atitudes e pensamentos que geram produtividade e que economizam energia, tais como:

1. Nada é por acaso

Ter uma visão espiritual e crença em Deus é fundamental. Não acredito em meras coincidências, todos os eventos de caráter positivo ou negativo que envolvem a minha vida, são gratificantes, pois tudo acontece por um motivo e cabe a mim decifrar o seu significado. A partir das escolhas que cada um faz, é possível determinar o rumo que cada um toma. As decisões que fazemos todos os dias, por mais pequenas e insignificantes que pareçam, são pequenos desenhos que vão formar mais tarde o nosso portefólio, o futuro.

É importante planear cada tomada de decisão com cuidado, pois muitas vezes é impossível retroceder. Contudo, nem sempre conseguimos fazer escolhas assertivas, mas lembre-se que, segundo o princípio 90/10, 90% do que nos acontece é fruto das nossas reações e 10% é impossível de controlar.

2. Persistência

Tento sempre ver os erros e dificuldades como uma aprendizagem que nos faz crescer. O ato de persistir vezes e vezes sem conta, leva-nos a obter sucesso. Esta prática pode ser desenvolvida, dependendo exclusivamente de nós. Quando alguém desiste de conquistar os seus sonhos, abdica de si mesmo. Um indivíduo persistente, sabe automaticamente que o seu esforço vai ser recompensado, mais tarde ou mais cedo, e que isto só é possível se começar a agir, porque os eventuais fracassos nada mais são do que oportunidades de aprendizagem e crescimento.

Existem muitas celebridades que provam constantemente que a persistência é uma das chaves para o sucesso. Foi o caso do Elvis Aron Presley, antes da fama ele foi motorista de caminhão e ganhava 1$/h. Foi alvo de muitas críticas sobre a sua voz, cabelo e modo de vestir. Na atualidade, é um icone mundial no mundo da música e é proclamado de “rei do rock”.

3. Rejeições

É muito importante saber lidar com rejeições. A diferença entre pessoas bem sucedidas e pessoas sem sucesso é a maneira como reagem às adversidades que vão encontrando ao longo da vida profissional e pessoal. A probabilidade de rejeição, ao trabalhar numa área criativa ou artística é ainda maior, pois nessas áreas é requerido o toque pessoal. Muita gente pensa que o pior na vida é obter uma negação, todavia, a perda de oportunidades por experiências passadas, reflete uma mágoa maior. O medo de tentar novamente, está correlacionado com a autoconfiança da pessoa, ligada ao amor próprio.

Sempre que obtenho uma rejeição, não fico infeliz, sei que cada coisa vem a seu tempo e se não obtive sucesso à primeira, é porque ainda não chegou a hora. Ao longo da minha existência, apercebi-me que as rejeições nos aproximam mais de nós mesmos, e o nosso amor próprio cresce exponencialmente.

4. Alimentação saudável e exercício físico

Existem pesquisas, que associam a produtividade profissional com a alimentação saudável, salientando a importância de ingerir frutas e vegetais regularmente. Um dos erros mais comuns de quem quer obter energia, é aumentar a quantidade de alimentos dispostos no prato, mas nada de vantajoso existe nessa prática. Tento fazer uma alimentação saudável, baseada em vegetais e frutas do campo, carnes caseiras e peixe. Hoje em dia, tudo o que vem do supermercado está adulterado , por isso tento sempre comprar alimentos em pequenos mercados locais.

A prática de exercício regular, combinado com uma boa alimentação, é a base para uma vida saudável a nível mental e corporal. Ando no ginásio cinco dias por semana e noto uma maior resistência, menor massa gorda e uma grande melhoria no sistema cardiovascular. Estes benefícios não são só físicos, mas também, cerebrais, pois sinto-me relaxada desde que comecei a praticar desporto, mais concentrada e com melhor qualidade de sono.

Colabora!

Este texto faz parte de uma série de textos de opinião de alunos do ensino secundário e superior sobre a sua visão do ensino e da educação.

Gostavas de publicar um texto? Colabora connosco.