FLUP “Dúvidas Existenciais” — relações internacionais na FLUP?

nymeria

Membro Caloiro
Matrícula
24 Agosto 2020
Mensagens
8
Instituição
🔜 FLUP, se eles me quiserem
suponho que muitos de nós teremos essas nesta altura do campeonato. com exames feitos e o secundário definitivamente concluído na área de ciências e tecnologias, agora está na hora de pensar bem na candidatura e tenho de admitir que não tem sido nada fácil.

sempre tive mais tendência para as letras, mas fiz o percurso por científico por me recusar a desistir de outras ideias à partida. para ser sincera, não esperava apaixonar-me por matemática e pela área da física. atualmente, só a nota do exame nacional físico-química A pode vir a condicionar a minha escolha.

no entanto, estou realmente a pensar colocar Línguas e Relações Internacionais (na FLUP) como primeira opção. é, de facto, a área em que me vejo a ser feliz a trabalhar no futuro. sempre me imaginei numa embaixada ou algo semelhante. a minha família concorda que é mesmo “a minha cara”, mas chegou aos ouvidos da minha mãe que a malta que sai do curso acaba por ficar desempregada.

se fosse possível, gostaria que alguém que esteja no curso, ou conheça alguém, ou saiba algo, me possa deixar algumas informações em relação a empregabilidade de LRI nos comentários. sei que talvez seja uma pergunta “ingrata”, mas não quero entrar cega num curso e acabar por me tornar num fardo para a minha família — a seguir a mim, virão outros para pagar. sabendo que, para mim, ir trabalhar para fora não seria um problema.

boa sorte a todos neste concurso! <3 espero encontrar alguns de vocês em breve. :)
 
  • Like
Reactions: Sónia Paulo

Rafael__

👽
Especialista
Línguas, Relações Internacionais & Humanidades
Colaborador Editorial
Matrícula
14 Fevereiro 2016
Mensagens
2,957
Curso
Economia e Administração de Empresas
Instituição
U. Porto
Olá, Nymeria ^-^

Acabei no fim de Junho a licenciatura em Línguas e Relações Internacionais ^-^

Sobre empregabilidade, acho que dizer que "pessoas do curso X ficam desempregadas" é uma generalização.

No Infocursos, a informação que temos é que 1,9% dos licenciados em LRI foram encontrados no IEFP. Vale um disclaimer, no entanto - apesar destes indíviduos estarem indubitavelmente desempregados, a taxa real tende a ser maior, uma vez que nem todos os desempregados procuram os serviços do IEFP. Para além disso, esta informação também não nos diz nada sobre o tipo de trabalho que os licenciados em situação de empregabilidade têm.

Já na minha experiência, não me parece que as pessoas tenham grandes dificuldades para encontrarem emprego. Isto porque, à partida, sais da faculdade fluente em, pelo menos, duas línguas estrangeiras. Isso já aumenta imenso as tuas probabilidades de arranjares emprego! Não acho que o difícil seja encontrar emprego, difícil é encontrar um bom emprego (que acho que se aplica a grande parte das áreas :,) )

Claro que, no fim, também vai depender um pouquinho do mestrado que tiras, visto que há uns que têm mais procura que outros ^-^

Um último disclaimer: se o teu objetivo é a carreira diplomática, encorajo-te vivamente a arranjar um plano B. Isto porque, dependendo do ano em que acabares o curso, podes ter de esperar algum tempo até o próximo concurso abrir. Depois, porque é extremamente difícil de entrar - do género, abrem 25 vagas para Adido de Embaixada e concorrem centenas de pessoas. No entanto, espero ver-te no próximo concurso para a carreira diplomática 👀

Se tiveres mais alguma pergunta, manda mensagem 😇

Boa sorte para as colocações!