Católica 2ª fase de candidaturas e Bolsa

leonardormoreirad

Membro Veterano
Matrícula
23 Abril 2020
Mensagens
210
Curso
Direito
Instituição
Universidade Católica - Porto
Olá a tod@s.
Alguém que esteja na Católica (ou que não esteja mas saiba o que vou perguntar) me pode ajudar?
As bolsas que a Católica dispõe (financiamento da propina em 50 ou 100%) são atribuídas somente na 1ª fase de candidaturas?
Ou também há, digamos, bolsas para a 2ª fase.
É que se calhar vou precisar ir à 2ª fase de um exame ou outro, mas, ao mesmo tempo, tenho de conseguir a bolsa.
Quem souber de algo relacionado com isto, agradeço :)
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,394
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Olá a tod@s.
Alguém que esteja na Católica (ou que não esteja mas saiba o que vou perguntar) me pode ajudar?
As bolsas que a Católica dispõe (financiamento da propina em 50 ou 100%) são atribuídas somente na 1ª fase de candidaturas?
Ou também há, digamos, bolsas para a 2ª fase.
É que se calhar vou precisar ir à 2ª fase de um exame ou outro, mas, ao mesmo tempo, tenho de conseguir a bolsa.
Quem souber de algo relacionado com isto, agradeço :)
Segundo a página da Católica do Porto, é relativo qualquer das fases do concurso. Mesmo que entres na 2ª fase, poderás solicitar o Apoio Social da Católica. As datas de Candidaturas são entre o primeiro dia de Setembro e o primeiro dia de Outubro. Quanto a Bolsas de Mérito, é relativo a ambas as fases da candidatura, também.
 
  • Like
Reactions: Carolina Luis

leonardormoreirad

Membro Veterano
Matrícula
23 Abril 2020
Mensagens
210
Curso
Direito
Instituição
Universidade Católica - Porto
Segundo a página da Católica do Porto, é relativo qualquer das fases do concurso. Mesmo que entres na 2ª fase, poderás solicitar o Apoio Social da Católica. As datas de Candidaturas são entre o primeiro dia de Setembro e o primeiro dia de Outubro. Quanto a Bolsas de Mérito, é relativo a ambas as fases da candidatura, também.
obrigado pela ajuda ☺☺
 
  • Like
Reactions: Carolina Luis

Paulo Inácio

Membro
Matrícula
24 Abril 2020
Mensagens
23
Curso
PERDIDO XDD
Instituição
NEPTUNE PLANET
Olá a tod@s.
Alguém que esteja na Católica (ou que não esteja mas saiba o que vou perguntar) me pode ajudar?
As bolsas que a Católica dispõe (financiamento da propina em 50 ou 100%) são atribuídas somente na 1ª fase de candidaturas?
Ou também há, digamos, bolsas para a 2ª fase.
É que se calhar vou precisar ir à 2ª fase de um exame ou outro, mas, ao mesmo tempo, tenho de conseguir a bolsa.
Quem souber de algo relacionado com isto, agradeço :)
Olá!

Reparei que, assim como eu, tu também queres ir para Direito. No entanto, apesar de eu também estar a considerar algumas universidades privadas, eu penso que será sempre um processo bastante dispendioso... Assim sendo, fiquei totalmente admirado sobre a existência de bolsas em que a Católica dispõe financiamento da propina em 50 ou 100%.

Será que me podias falar um pouco sobre esse financiamento?

Obrigado!
 

leonardormoreirad

Membro Veterano
Matrícula
23 Abril 2020
Mensagens
210
Curso
Direito
Instituição
Universidade Católica - Porto
Olá.
Eu não estou muito por dentro do assunto mas posso tentar ajudar.
A Católica possui dois tipos diferentes de bolsa (pelo aquilo que percebi).
A primeira, e talvez a mais conhecida, é a bolsa de mérito, em que tu, mediante a tua média de ingresso ficas isento de pagar metade ou a totalidade da propina. (se tiveres mais de 18 de média de ingresso, tens financiamento de 100% e se tiveres pelo menos 17 de média tens financiamento de 50%) - isto mediante um certo número de vagas.
A segunda, que por acaso só descobri com a mensagem que a Ariana colocou atrás, consiste digamos numa ajuda social, em que, pagas uma parte da propina (mediante, talvez os teus rendimentos) e a Católica cobre o restante (sendo que, no final do curso, tens que pagar à Católica aquilo que não pagaste, embora não exista qualquer tipo de juro).
Como te disse, não estou muito por dentro do assunto, por isso deixo-te aqui os links a explicar estas situações:
Espero ter sido útil!
 

BrunaS98

Membro Dux
Especialista
Gestão, Economia & Ensino Privado
Matrícula
28 Maio 2015
Mensagens
1,477
Curso
Economia & MSc Business Economics
Instituição
Católica Porto
Olá.
Eu não estou muito por dentro do assunto mas posso tentar ajudar.
A Católica possui dois tipos diferentes de bolsa (pelo aquilo que percebi).
A primeira, e talvez a mais conhecida, é a bolsa de mérito, em que tu, mediante a tua média de ingresso ficas isento de pagar metade ou a totalidade da propina. (se tiveres mais de 18 de média de ingresso, tens financiamento de 100% e se tiveres pelo menos 17 de média tens financiamento de 50%) - isto mediante um certo número de vagas.
A segunda, que por acaso só descobri com a mensagem que a Ariana colocou atrás, consiste digamos numa ajuda social, em que, pagas uma parte da propina (mediante, talvez os teus rendimentos) e a Católica cobre o restante (sendo que, no final do curso, tens que pagar à Católica aquilo que não pagaste, embora não exista qualquer tipo de juro).
Como te disse, não estou muito por dentro do assunto, por isso deixo-te aqui os links a explicar estas situações:
Espero ter sido útil!
Permite-me só acrescentar que a modalidade de "empréstimo" da Católica pressupõe que tenhas bolsa DGES e que seja essa a taxa de esforço que entregas mensalmente 🙂
 
  • Like
Reactions: leonardormoreirad

Ppereira

Membro
Matrícula
11 Setembro 2017
Mensagens
23
Permite-me só acrescentar que a modalidade de "empréstimo" da Católica pressupõe que tenhas bolsa DGES e que seja essa a taxa de esforço que entregas mensalmente 🙂
Boas,
Então, quem tenha a bolsa dges não precisa assim de no final do curso pagar aquilo que não foi pago ao longo do curso, por usufruir do apoio social e da bolsa dges, é isso?
 

BrunaS98

Membro Dux
Especialista
Gestão, Economia & Ensino Privado
Matrícula
28 Maio 2015
Mensagens
1,477
Curso
Economia & MSc Business Economics
Instituição
Católica Porto
Boas,
Então, quem tenha a bolsa dges não precisa assim de no final do curso pagar aquilo que não foi pago ao longo do curso, por usufruir do apoio social e da bolsa dges, é isso?
Precisa, claro. Para acederes ao apoio social (“empréstimo”) tens que ter bolsa DGES e é isso que pagas todos os meses. Depois do curso pagas o restante.
 

Ppereira

Membro
Matrícula
11 Setembro 2017
Mensagens
23
Precisa, claro. Para acederes ao apoio social (“empréstimo”) tens que ter bolsa DGES e é isso que pagas todos os meses. Depois do curso pagas o restante.
Dá para eu não pedir o apoio social e só pedir a bolsa dges? ( de forma a não ter de pagar tudo no final e a pagar durante o ano lectivo que esteja a frequentar)
 

BrunaS98

Membro Dux
Especialista
Gestão, Economia & Ensino Privado
Matrícula
28 Maio 2015
Mensagens
1,477
Curso
Economia & MSc Business Economics
Instituição
Católica Porto
Dá para eu não pedir o apoio social e só pedir a bolsa dges? ( de forma a não ter de pagar tudo no final e a pagar durante o ano lectivo que esteja a frequentar)
Claro 😊
 

Ppereira

Membro
Matrícula
11 Setembro 2017
Mensagens
23
Mais três dúvidas 😅: tendo a bolsa dges não tenho de pagar nada no final do curso, certo? Isto é válido para a católica de Lisboa também?

Tendo o apoio social porque tenho de no final pagar o restante? ( supostamente este não foi pago pela bolsa dges? Por exemplo, eu pago uma parte e a bolsa paga a restante então não entendo o valor que querem cobrar no final do curso...)
 

BrunaS98

Membro Dux
Especialista
Gestão, Economia & Ensino Privado
Matrícula
28 Maio 2015
Mensagens
1,477
Curso
Economia & MSc Business Economics
Instituição
Católica Porto
Mais três dúvidas 😅: tendo a bolsa dges não tenho de pagar nada no final do curso, certo? Isto é válido para a católica de Lisboa também?

Tendo o apoio social porque tenho de no final pagar o restante? ( supostamente este não foi pago pela bolsa dges? Por exemplo, eu pago uma parte e a bolsa a restante então não entendo o valor que querem cobrar no final do curso...
Não sei se se aplica na UCP de Lisboa, mas consigo esclarecer para a do Porto.

Uma coisa é a bolsa DGES outra é o apoio social.
Independentemente de tudo, ao fim do mês tens a obrigação de pagar os 500 e tal € de propina. Se os teus rendimentos familiares o justificarem, terás bolsa DGES e decides o que fazer a esse dinheiro - até porque não cobre a propina na totalidade.
Se não conseguires de todo pagar as propinas, podes fazer um "empréstimo". Durante o curso entregas à Católica o valor da bolsa DGES (a taxa de esforço determinada) e depois pagas o que não pagaste.

Ou seja, eu tenho que pagar, por exemplo, 500€ de propina porque me matriculei em x curso da UCP. Se não tiver bolsa DGES, pago os 500€ mensais e acabou.
Imaginando que tenho 100€ de bolsa DGES, posso escolher usar esses 100€ + 400€ do meu bolso para liquidar a propina. Posso também usar esses 100€ no que quiser e pagar os 500€ de outra forma.
Se me candidatar ao apoio social e o tiver, imaginando que a taxa de esforço estipulada são os 100€ da bolsa da DGES (pode ser mais), comprometo-me a entregar esses 100€ todos os meses e ficam a faltar 400€ multiplicados pelos meses todos do curso que, depois do curso, serão pagos de acordo com o previamente acordado.
 
  • Like
Reactions: Ppereira

Ppereira

Membro
Matrícula
11 Setembro 2017
Mensagens
23
Não sei se se aplica na UCP de Lisboa, mas consigo esclarecer para a do Porto.

Uma coisa é a bolsa DGES outra é o apoio social.
Independentemente de tudo, ao fim do mês tens a obrigação de pagar os 500 e tal € de propina. Se os teus rendimentos familiares o justificarem, terás bolsa DGES e decides o que fazer a esse dinheiro - até porque não cobre a propina na totalidade.
Se não conseguires de todo pagar as propinas, podes fazer um "empréstimo". Durante o curso entregas à Católica o valor da bolsa DGES (a taxa de esforço determinada) e depois pagas o que não pagaste.

Ou seja, eu tenho que pagar, por exemplo, 500€ de propina porque me matriculei em x curso da UCP. Se não tiver bolsa DGES, pago os 500€ mensais e acabou.
Imaginando que tenho 100€ de bolsa DGES, posso escolher usar esses 100€ + 400€ do meu bolso para liquidar a propina. Posso também usar esses 100€ no que quiser e pagar os 500€ de outra forma.
Se me candidatar ao apoio social e o tiver, imaginando que a taxa de esforço estipulada são os 100€ da bolsa da DGES (pode ser mais), comprometo-me a entregar esses 100€ todos os meses e ficam a faltar 400€ multiplicados pelos meses todos do curso que, depois do curso, serão pagos de acordo com o previamente acordado.
Muito obrigado, acho que é diferente uma vez que no ano passado eu tive ambos e também paguei do meu bolso...
 

BrunaS98

Membro Dux
Especialista
Gestão, Economia & Ensino Privado
Matrícula
28 Maio 2015
Mensagens
1,477
Curso
Economia & MSc Business Economics
Instituição
Católica Porto
Muito obrigado, acho que é diferente uma vez que no ano passado eu tive ambos e também paguei do meu bolso...
Sim, normalmente a bolsa da DGES não cobre a totalidade da taxa de esforço associada ao apoio social. Mas não te esqueças que nada disto tem a ver com as bolsas de mérito que dão um desconto temporário nas propinas 🙂
 
  • Like
Reactions: Ppereira

Carolina Luis

Membro Caloiro
Matrícula
14 Julho 2020
Mensagens
3
Olá, candidatei-me à 3ªfase no curso de enfermagem da católica no porto, alguém me sabe dizer de sabe algo acerca das vagas para esta fase?
Tenho boa média, no entanto estou com medo tendo em conta as escassas vagas que poderão existir…
Pelo menos quanto ao ano passado alguém sabe?
Agradecia se alguém me conseguisse responder