A vida real quando sais do ensino/escola/faculdade

  • Olá! O Uniarea é a comunidade de referência em Portugal na área da Educação, tendo ajudado dezenas de milhares de jovens desde a sua criação em 2014. Se queres fazer parte do nosso projecto e acreditas na importância do trabalho que desenvolvemos, contribui para existência e desenvolvimento do Uniarea 🙏.

deltabit

Membro Veterano
Matrícula
31 Janeiro 2016
Mensagens
144
Os pontos que se seguem servem apenas para "abre-olhos" a todos que queiram aproveitar a informação por mim partilhada, baseada na minha experiência assim como daqueles que me rodeiam. São pontos generalistas, não significa que tudo seja igual, há sempre excepções:

Quando sais do ensino apercebeste que grande parte do que aprendeste não serve para nada, é normal, o ensino português não está ligado ao mercado de trabalho. Sim parece algo ridículo, mas terás que te adaptar;
O que aprendeste dito como norma no teu curso, regra geral não é norma nas empresas, vais ter que aprender técnicas diferentes ou mesmo a fazer da forma "errada" és pago por isso fazes como te pagam;
A maioria das PME's são também pequenas na mentalidade, o que importa é fazer render o peixe para sustentar os vícios do dono.
Irás verificar fraudes, corrupção, fuga aos impostos e tráfico de influências, sobretudo naqueles que têm idade dos teus pais ou avós.
Irás verificar que apesar de todos os dias serem praticados crimes de colarinho branco a SS, Fisco ou ASAE não atuam ou levam uma eternidade a atuar.
Não ponhas em causa o trabalho de colegas mais velhos ou pior, do patrão, é suficiente para te queimares
Não te ponhas a jeito, começas por a ajudar a pessoa e quando te dás conta, o trabalho que era dela passou a ser tua responsabilidade!
Vais ter colegas a tocar viola o dia todo enquanto te matas a trabalhar a fazer o teu e deles.
Quando pensas que aparece uma nova oportunidade de trabalho, vão querer ter-te à experiência por longos períodos de tempo e depois mandam-te embora ou pedem-te para passares recibos verdes.
Se ficares depois da hora a trabalhar, não te admires por recebes apenas um obrigado, isto se tal chegar acontecer, não esperes crescer ou que isso te ajude a ter um melhor salário. Os teus colegas dirão: se ficas depois da hora é porque gostas!
Vais aprender a odiar os juristas, quando tiveres que trabalhar com a SS, Fisco ou Justiça, irás perceber que eles são a causa da burocracia, adoram papelada, especialmente os mais velhos.
Só se sujeita a tudo isto quem quer pensarás, pois bem a maioria sujeita-se...


Não tem que ser assim e tu podes decidir que não seja assim contigo!
 

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
313
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Para quem ainda está a estudar, isto é um abre-olhos muito grande para quem ainda nunca trabalhou. O ensino superior é uma bolha, que não espelha a autêntica selva que é o mercado de trabalho. Não é incomum veres engenheiros que trabalham mais 4 ou 5 meses de horas-extra a somar aos 11 num ano, sem receber um tostão furado a mais. Ou aceitas ou vem outro para o teu lugar (principalmente a famosa "indústria automóvel"). Principalmente porque dás um pontapé numa pedra e saem de lá 10 licenciados em eng.ª, não saem eng.ºs mas sim licenciados em eng.ª...

Mas atenção numa coisa, existem algumas empresas que são diferentes e que vale mesmo a pena trabalhar, mas a maioria é mesmo o que está espellhado no post anterior. E quanto melhor preparados e melhor souberem como funcionam as coisas, mais defesas e com mais atenção vocês vão estar no dia-a-dia enquanto trabalham.
 
  • Like
Reactions: Ryuki and Rafael.

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
21,340
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Embora concorde com algumas coisas, deixem-me dar aqui um espaço ao contraditório.

Quando sais do ensino apercebeste que grande parte do que aprendeste não serve para nada, é normal, o ensino português não está ligado ao mercado de trabalho. Sim parece algo ridículo, mas terás que te adaptar;
Isso não é só o ensino português. E o ensino superior não é feito (só) para ser usado no mercado de trabalho. Alguém que tire sociologia* e acabe numa caixa do Pingo Doce desperdiçou 3 anos da sua vida? Na minha opinião, não, muito pelo contrário.

*curso usado só para fins ilustrativos.

O que aprendeste dito como norma no teu curso, regra geral não é norma nas empresas 1), vais ter que aprender técnicas diferentes 2) ou mesmo a fazer da forma "errada" és pago por isso fazes como te pagam 3);
Comentando por partes:
1) Dependerá muito do curso em causa e da área, isto não dá para generalizar. Duvido que a forma como os alunos aprendem a suturar uma ferida na faculdade seja diferente da forma como é feita nos hospitais, ou que a forma como se faz uma demonstração de resultados na faculdade seja diferente de como se faz nas empresas.
2) Isso não tenho dúvidas, mas isso vais ter de aprender a vida toda. No dia seguinte ao que recebes o diploma da faculdade já estão desactualizado à velocidade com as que as coisas mudam hoje em dia.
3) Fazer de forma diferente do que estás habituado é uma coisa (ver ponto 2)), fazer da forma errada é outra com a qual só compactuas se quiseres. Story time: tenho uma irmã técnica de cardiopneumologia, que num dos primeiros trabalhos que arranjou em Lisboa foi parar a uma clínica onde os exames eram supervisionados por uma secretária sem qualquer curso na área. Essa funcionária insistia que a minha irmã não deveria colocar os eléctrodos em determinadas zonas do corpo das pacientes, que são obrigatórias para garantires um resultado fiável do exame em causa. Long story short, passada 1 semana a minha irmã despediu-se, porque eles estavam a fazer exames a pacientes com problemas de coração que estavam a sair de lá resultados errados/deturpados. Fun part: a clínica é algo conceituada na área e fica numa das mais caras avenidas do país.

A maioria das PME's são também pequenas na mentalidade, o que importa é fazer render o peixe para sustentar os vícios do dono.
Tal como há más pessoas também há más empresas. Mas dizer que a maioria é assim é entrar naquele discurso típico de falar mal dos patrões só porque sim. Porque não crias a tua própria empresa? Treinadores de bancada há muitos, mas arriscar, ter salários para pagar ao fim do mês, ter IVA e impostos para pagar de coisas que faturaste e o cliente não te pagou, pagar segurança social, pagamento por conta, pagamento especial por conta, escritório, água, luz, contabilista, deslocações, etc., declaração e pagamento do IES, ter clientes que ao fim de 6 meses não te pagaram quando disseram que pagavam ao fim de 2 meses, chegares ao fim do mês com cêntimos na tua conta pessoal (e andares com ela assim alguns dias) porque tiveste de injectar dinheiro da tua conta pessoa para pagar despesas da empresa*, não receberes salários meses seguidos porque não tens tesouraria para isso*, pagares multas de centenas de euros às finanças porque alguém das finanças te deu uma informação errada*, é tudo bonito quando não somos nós.

*baseado em factos reais.

Irás verificar fraudes, corrupção, fuga aos impostos e tráfico de influências, sobretudo naqueles que têm idade dos teus pais ou avós.
Se estás a falar de coisas fora da lei devem ser denunciadas. Se estás a falar de de técnicas de engenharia financeira ou formas de fazer negócios dentro da lei, não vejo nada contra.

Irás verificar que apesar de todos os dias serem praticados crimes de colarinho branco a SS, Fisco ou ASAE não atuam ou levam uma eternidade a atuar.
Isto não tem a ver com o mercado de trabalho, é a realidade do nosso país infelizmente.

Não ponhas em causa o trabalho de colegas mais velhos ou pior, do patrão, é suficiente para te queimares
Contraponho com: se estás num ambiente de trabalho tóxico, sai de lá assim que conseguires.

Não te ponhas a jeito, começas por a ajudar a pessoa e quando te dás conta, o trabalho que era dela passou a ser tua responsabilidade!
Contraponho com: usa o teu tempo na faculdade para te envolveres em projectos que te permitam o que é trabalhar em equipa a sério, e como gerir a relação com os teus colegas de equipa.

Vais ter colegas a tocar viola o dia todo enquanto te matas a trabalhar a fazer o teu e deles.
Contraponho com: o que os outros fazem é com eles. Mas se essa situação não implica que tu subas na empresa em detrimento dessa pessoa, estás na empresa errada.

Quando pensas que aparece uma nova oportunidade de trabalho, vão querer ter-te à experiência por longos períodos de tempo e depois mandam-te embora ou pedem-te para passares recibos verdes.
Contraponho com isto:


Se ficares depois da hora a trabalhar, não te admires por recebes apenas um obrigado, isto se tal chegar acontecer, não esperes crescer ou que isso te ajude a ter um melhor salário. Os teus colegas dirão: se ficas depois da hora é porque gostas!
Mais uma vez, empresa errada se isso não acontece.

Vais aprender a odiar os juristas, quando tiveres que trabalhar com a SS, Fisco ou Justiça, irás perceber que eles são a causa da burocracia, adoram papelada, especialmente os mais velhos.
Não posso discordar disto, infelizmente. Mas no mundo do trabalho, ou começas a ficar por dentro dessas coisas todas e/ou os teus 2 melhores amigos serão um bom contabilista e um bom advogado.

Só se sujeita a tudo isto quem quer pensarás, pois bem a maioria sujeita-se...
Não sejam a maioria. ✌
 
Última edição:

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
313
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Davis, compreendo que tenhas uma visão diferente e eu respeito, mas o primeiro post, espelha em 80% o nosso tecido empresarial. E para quem ainda estuda, quando começarem a trabalhar, em poucos meses vão tirar as mesmas conclusões. Hoje em dia, qualquer pessoa tem um curso, e o nosso país é pequeno e pobre e não consegue absorver tanta mão-de-obra qualificada, ou até pode, mas com condições precárias.

Um trabalhador que recebe o salário mínimo, se recebesse mais 200€ ou 300€, fazia uma diferença na sua qualidade de vida e da sua família enorme, e com certeza trabalhava com mais amor à camisola e com muito maior produtividade, não tenhas dúvidas disso. Vou dar-te um exemplo os auxiliares de limpeza do S João conseguiram aumentar o subsídio de alimentação para 4€, são mais 2,2€ por dia, uma migalha podem dizer alguns, mas para essas pessoas que muito respeito, significa muito e para as suas filhas e filhos, ou seja família, nem se fala.
 

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
313
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Já acabei o curso e trabalho, sou natural da região da UM mas trabalho há muito tempo em Leiria, o pessoal da minha área trabalha todo aqui.
Essas salas de aula onde tens aulas em Guimarães foram minhas há uns tempos, e conheço muitos eng.ºs do teu curso.
 

dino3

Membro Catedrático
Matrícula
13 Outubro 2017
Mensagens
2,835
Curso
Engenharia Civil
Instituição
Universidade do Minho
Já acabei o curso e trabalho, sou natural da região da UM mas trabalho há muito tempo em Leiria, o pessoal da minha área trabalha todo aqui.
Essas salas de aula onde tens aulas em Guimarães foram minhas há uns tempos, e conheço muitos eng.ºs do teu curso.
Bom pelo que vi engenharia de polímeros está bastante bem cotada não achas?
 
  • Like
Reactions: António Gomes

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
313
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Bom pelo que vi engenharia de polímeros está bastante bem cotada não achas?
Posso dizer-te que nunca estive desempregado, consegui logo trabalho mal acabei o curso, assim como muitos colegas, embora um ou outro ainda demorou uns 2 meses antes de conseguir trabalho. Se fores um aluno certinho, não é preciso tirar 18 e 19s, mas certinho no 15, consegues facilmente trabalho. No fundo é mecânica, muita maquinaria, muito desenho, muita ciência e resistência dos materiais, mas eu gosto.

No meu tempo entravam 150 em civil, era o tempo dourado da construção, hoje não é bem assim, os computadores é que mandam, o mercado de civil, mudou em menos de 1 ano. Para teres uma ideia, naquela altura haviam prof.ºs do meu departamento que davam hidráulica aos alunos do teu curso, porque não tinham prof.ºs suficientes para tantos alunos de civil.
 

dino3

Membro Catedrático
Matrícula
13 Outubro 2017
Mensagens
2,835
Curso
Engenharia Civil
Instituição
Universidade do Minho
Posso dizer-te que nunca estive desempregado, consegui logo trabalho mal acabei o curso, assim como muitos colegas, embora um ou outro ainda demorou uns 2 meses antes de conseguir trabalho. Se fores um aluno certinho, não é preciso tirar 18 e 19s, mas certinho no 15, consegues facilmente trabalho. No fundo é mecânica, muita maquinaria, muito desenho, muita ciência e resistência dos materiais, mas eu gosto.

No meu tempo entravam 150 em civil, era o tempo dourado da construção, hoje não é bem assim, os computadores é que mandam, o mercado de civil, mudou em menos de 1 ano. Para teres uma ideia, naquela altura haviam prof.ºs do meu departamento que davam hidráulica aos alunos do teu curso, porque não tinham prof.ºs suficientes para tantos alunos de civil.
ya o meu ex diretor de curso(Pro.Rui Ramos não sei se conheces) disse que do tempo dele eram os anos de ouro de civil que depois o mercado parou e que agora há bastante procura por eng civis porque não se têm formado tantos.
eu não sei se posso escolher a especialidade independentemente da minha média mas gostaria de optar por hidráulica porque dizem que é bastante interessante e dá para ganhar bem haha
 
  • Like
Reactions: António Gomes

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
313
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Não faço ideia das especialidades de civil. Mas penso que estruturas costuma ser mais concorrido e haver mais competição. Todos os civis que conheço estão emigrados, desde Bélgica, Canadá, Brasil, UK, Suiça... Mas mesmo assim ainda é uma área com saída, mas não se compara ao que era há uma década. Mas não foi só civil que teve quebra, em todas as áreas as remunerações baixaram 40%.
 
  • Like
Reactions: dino3

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
21,340
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Davis, compreendo que tenhas uma visão diferente e eu respeito, mas o primeiro post, espelha em 80% o nosso tecido empresarial. E para quem ainda estuda, quando começarem a trabalhar, em poucos meses vão tirar as mesmas conclusões. Hoje em dia, qualquer pessoa tem um curso, e o nosso país é pequeno e pobre e não consegue absorver tanta mão-de-obra qualificada, ou até pode, mas com condições precárias.
Concordamos em discordar. O que é ali em cima descrito não é a realidade dos meus amigos próximos, nem das pessoas que conheço do meu curso a trabalhar por cá. E se não estás satisfeito com o tecido empresarial em que te inseres, estás sempre a tempo de criares a tua própria empresa, como referi em cima.
 
  • Like
Reactions: Rafael.

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
313
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Concordamos em discordar. O que é ali em cima descrito não é a realidade dos meus amigos próximos, nem das pessoas que conheço do meu curso a trabalhar por cá. E se não estás satisfeito com o tecido empresarial em que te inseres, estás sempre a tempo de criares a tua própria empresa, como referi em cima.
Estamos a falar de coisas diferentes, cada um tem razão à sua maneira, a tua realidade e dos teus colegas e amigos são as multinacionais de Lisboa e dessa região, as consultoras bem estabelecidas em que os trabalhadores têm condições de trabalho muito acima da média para a minha realidade e a realidade de quem abriu o tópico.
Esta realidade que conheço são as empresas mais pequenas na região norte e centro de Portugal, com escassez de recursos materiais e humanos. Mas mesmo no meu caso há exceções à minha regra e algumas são muito bem geridas, infelizmente não são todas.
 
  • Like
Reactions: deltabit

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,907
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Boa noite a todos

A única coisa que me questiono é: será que isto também não acontece noutros países, ou é algo que deriva mesmo da nossa pobreza económica?
 

António Gomes

Membro Veterano
Matrícula
4 Agosto 2016
Mensagens
313
Curso
Engenharia de Polímeros
Instituição
UMinho
Boa noite a todos

A única coisa que me questiono é: será que isto também não acontece noutros países, ou é algo que deriva mesmo da nossa pobreza económica?
O meu irmão é Eng. Pela UM está emigrado na Alemanha, numa cidade em que o PIB é 65 k€/ano em PT é 19k€ e posso garantir-te que um alemão tem uma forma de trabalhar diferente de nós, não é melhor nem pior é diferente, é Cultural, talvez um sociólogo ou um economista consiga ter uma explicação, eu enquanto Eng. Digo que é organização, planeamento e método de trabalho. não vês um alemão a trabalhar a partir das 16h... se marcares uma reunião em PT muitas vezes tens de ficar meia-hora à espera do teu parceiro, nem se dignam a telefonar por exemplo, é Cultural.
 

cherrypie

Membro
Matrícula
17 Julho 2019
Mensagens
34
Curso
Direito
Instituição
FDUC
Vais aprender a odiar os juristas, quando tiveres que trabalhar com a SS, Fisco ou Justiça, irás perceber que eles são a causa da burocracia, adoram papelada, especialmente os mais velhos.
Não nos odeiem! 😅 A verdade é que há muitos passos a dar mesmo para as coisas mais minúsculas, se não forem respeitados podem dar origem a consequências indesejadas...Portugal é um país intensamente burocrático, infelizmente. Mas aconselho, tal como o davis disse, a ficar por dentro disto e também a ter pessoas de confiança, designadamente contabilistas e advogados.
 
  • Like
Reactions: davis
Tópicos Semelhantes
Thread starter Título Fórum Respostas Dia
horta48 Planeta com vida 11 Pedido de Recursos - Ensino Secundário 0
D Mudança de área de estudos após uma licenciatura. (após o maior erro da minha vida) Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 1
K Alguém arranja soluções do manual santillana de Biologia - Planeta com Vida 12? Pedido de Recursos - Ensino Secundário 0
M Recurso 12 ano biologia 'Terra universo de vida' Pedido de Recursos - Ensino Secundário 3
G Passo a ser responsável pela minha vida escolar quando faço 18 anos? Ensino Secundário 5
B Mudar de vida e entrar em medicina Saúde 4
S UC Vida noturna Universidade de Coimbra 0
S Vida noturna Universidade de Évora 1
M Serio;nao sei onde questionar:formacoes melhores para um deficiente ter emprego seguro para a vida,mesmo sem vocacao Ensino Superior 5
cecilia.pintoo Soluções do manual “Terra universo de vida” - (Geologia) - 10 ano? Pedido de Recursos - Ensino Secundário 23
A Soluções do manual Terra Universo de Vida 10 ano biologia Pedido de Recursos - Ensino Secundário 91
J Bom dia, alguém tem o manual do professor do Planeta com Vida, 12o ano? Obrigado Pedido de Recursos - Ensino Secundário 0
V Manual do professor Biologia 12º - Planeta com vida Pedido de Recursos - Ensino Secundário 40
J Quando recuperamos a nossa vida? Ensino Superior 6
B FMUC Medicina – Vida de estudante na FMUC Universidade de Coimbra 7
R Recursos do professor manuais " Planeta com vida" Biologia e Geologia Pedido de Recursos - Ensino Secundário 8
Nxiza7 Recursos manual 100% Vida (texto editora) C.N. 6º ano Pedido de Recursos - Ensino Básico 1
M Terra, Universo de Vida 10º Ano recursos professor Pedido de Recursos - Ensino Secundário 12
M Influência das Praxes na vida académica Candidatos 2019/2020 26
P Terra, Universo de Vida 11 Pedido de Recursos - Ensino Secundário 4
M Biologia 12: "Terra, Universo da Vida" Recursos Pedido de Recursos - Ensino Secundário 36
Eduarda Vieira Vida de um caloiro Ensino Superior 0
I Trabalhar na Europa, melhores países tendo em conta o salário e custo de vida? Estudar no Estrangeiro e Programas de Mobilidade 2
G Praxes, Nova Vida..... Candidatos 2018/2019 66
G UA Existe alguma maneira de "amortecer" o custo da vida de estudante em Aveiro? Universidade de Aveiro 1
Andreia200 Não sei o que fazer da vida (que curso vou escolher?) Ensino Superior 11
luissimaoaf FCUL A vida na FCUL/IST Universidade de Lisboa 7
N Ajuda - A minha vida Ensino Secundário 1
J Estudar uma vida ou trabalhar... Ensino Secundário 5
R A vida é bela... Ensino Superior 16
S ISPA Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida ISPA 1
Tiz UTAD Alojamento Vila Real Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro 5
A Quarto em Vila Real Alojamento Universitário 4
António Neves Entrei na 2° fase, quando posso ir às aulas? Candidatos 2020/2021 - Discussão Geral 5
G Candidaturas 2021/2022 - O que fazer/quando fazer? Concurso Nacional e Locais - Público 28
Margarida Murta Quando pedir equivalências? Concurso Nacional e Locais - Público 3
I Quando começam as aulas na universidade para os alunos que entram pela segunda fase do concurso? Candidatos 2020/2021 - Discussão Geral 1
1 Quando é que se pode consultar as medias de 2020 Candidatos 2020/2021 - Discussão Geral 5
I Quando posso concorrer (segunda fase dos concursos)? Concurso Nacional e Locais - Público 1
stockaia UMinho Quando saem os horários? Universidade do Minho 7
C Quando é que sei se foi aceite na universidade que quero? Concurso Nacional e Locais - Público 4
JoãoCambaio Quando trajar? Tradições Académicas 4
JGM Quando sabemos se fomos aceites? Concurso Nacional e Locais - Público 2
ppqwpqpqp Quando saem os critérios do Exame de Economia que foi feito hoje de manhã? Exames Nacionais e Provas de Ingresso 3
cersux Quando começam as aulas na universidade? Ensino Superior 21
C Por onde começar a estudar para o exame nacional de matemática quando já não tens matemática há anos? (considerando o ano 2021/2022) Exames Nacionais e Provas de Ingresso 16
I Segunda licenciatura quando? Estou sem rumo Ensino Superior 14
M Ensino a distancia dizem mal;mas quando as formacoes ficam fisicamente inacessiveis para alguns candidatos,deviam ter essa opcao Ensino Superior 2
M Quao despropositado é optar por uma formacao fora da area de residencia,quando pretendemos ter empregabilidade exclusivamente na nossa area(ou teletra Ensino Superior 1
S Quando se começaram a receber os códigos para o Acesso Universidade? Concurso Nacional e Locais - Público 3

Tópicos Semelhantes