Adaptação ao Secundário - Curso de Ciências e Tecnologia

Isso é mesmo mau... ela dá pelo menos os tópicos de correção?
Só os projeta
Post automatically merged:

Bem olá! 😃
Antes de mais tenho de salientar que não sou o melhor aluno a Português, contudo, quero partilhar o que faço para ter uma nota razoável.
No 10 ano acabei com 16 e a interpretação também era o meu problema. Devo confessar que não me dedicava nada a Português, sendo que apostava tudo na atenção á aula. No 11 ano acabei com 17, a diferença é que o que fiz foi ler as sínteses da matéria do manual, compreender a matéria no geral, tomar atenção á aula(no 11 n te meu tenta 😅) e o mais importante ir á net resolver exercícios de interpretação sobre o autor/obra e ver as solucoes, compreendendo a estrutura das respostas e os pontos principais a responder. Relativamente ás apresentações orais são nelas que aproveito para aumentar a nota, basicamente o que fazia era escrever tudo o que ia dizer na apresentação decorar aquilo tudo e treinar várias vezes em frente ao espelho tentando parecer o mais natural possível e olhando para vários pontos, na apresentação em si nunca olhes para alguém em específico, muito menos para o professor/a, antes vai olhando para as testas das pessoas á medida que vais falando. Este ano estou a fazer um pouco diferente, recolhi a informação necessário divido por tópicos e escrevi os pontos principais a desenvolver em cada tópico pelo que a construção frasica farei eu durante a apresentação, mas já treinei inúmeras vezes no espelho.

Começares com 16 é super bom!
Eu no 10 ano acabei o 1 período com 13 ora aí aprendi os meus erros no teste e no 2 período tive um 200 é um 18.8 e acabei o ano com 17. No 11 ano correu tudo bem e acabei com 19. O importante é em primeiro lugar saberes muit bem a matéria decora, percebe o q quiseres, mas se souberes a matéria de trás para a frente no teste quando for pedido para expores a tua opinião/defender um ponto d vista e argumentares torna-se muito mais fácil. Se quiseres depois de receberes o teste vai falar com o teu/tua prof e vê com ele/ela os teus erros onde é o porquê de seres descontado em determinadas questões e isso, para além de mostrar interesse, ajudar-te-á a melhorares a nota.
Espero ter conseguido ajudar. Boa sorte e não desanimes os primeiros testes são sempre assim 😃

Ahah, já somos dois que não somos muito bons alunos a Português... O que eu tenho feito para estudar para estes testes é tentar reter os aspetos mais importantes da matéria e depois ir à net fazer fichas com interpretação e nunca tenho as respostas muito parecidas com as das soluções. Quando for fazer a apresentação acho que o que vou fazer vai ser mesmo isso: decorar, praticar e depois quando chegar lá tentar parecer o mais natural possível (o que vai ser dificil) e tentar apresentar da melhor forma que consigo...
A Filosofia espero, tal como tu dizes, conseguir subir a nota. O que eu fiz para o último teste foi literalmente decorar as minhas respostas e até acho que ficaram completas, no entanto, tenho de esperar para ver em que melhorar.
Obrigado pela ajuda e espero que tenhas a continuação de um bom ano! ;)
 
Última edição:
Boa noite!
Entrei este ano para o ensino secundário e escolhi o curso de Ciências e Tecnologias.
Eu sabia que era difícil, mas, no entanto, estava a contar ter melhores resultados, porque terminei o 9º ano com notas muito boas!
Agora, já passou a primeira ronda de testes e apercebi me que algo não estava a correr bem. Como neste fórum, muitos de vocês já passaram pelo que eu estou a passar, estou com esperanças que vocês me possam dar algumas dicas de como lidar melhor com isto tudo e com a adaptação a este novo ciclo...

Português
Eu, na parte da gramática, até me costumo safar. As composições, normalmente, até me correm bem. O meu verdadeiro problema a português é a interpretação. Tenho sempre todas as respostas incompletas. Quando vou ver a correção, para tentar perceber o que me falhou, não consigo perceber como era suposto eu saber que tinha que dizer aquilo tudo.... Perco-me sempre nas perguntas de interpretação, porque não sei bem o que tenho de referir, e, à pala disso, perco bastantes valores. A apresentação oral, que vou ter que fazer este ano, sinto que não vai correr muito bem, porque, tal como em anos anteriores, eu limito-me a decorar e a despejar e fico muito nervoso e aquilo não sai fluentemente. Mas também não consigo simplesmente ter tópicos em mente desenvolvê-los... Por isso preciso de ajuda nestas coisas... :(

Matemática
A Matemática A não tem nada a haver com a Matemática do básico... Tirava muito boas notas a Matemática, mas, este ano, calhou me a professora mais exigente da escola e é muito difícil tirar boas notas com ela... Eu pratico uma carrada de exercícios, procuro os mais difíceis, mas isso parece que não basta, pois ela põe uns ainda mais difíceis. Não sei mesmo como é que hei de dar a volta este obstáculo...

Inglês
Esta é a única disciplina que, para já, não me está a desiludir. A minha stora é bué simpática e faz testes super acessíveis... No entanto, receio que não seja sempre assim... A dificuldade de Inglês ao longo do secundário vai mudar bruscamente ou não?

Biologia e Geologia
Arrisco-me a dizer que esta está a ser a pior disciplina do secundário... Foi nesta disciplina que tirei a minha nota mais baixa de sempre... Em primeiro lugar, o método de estudo que usava para ciências com esta disciplina não dá em nada... Por mais que estude, chego ao teste tenho de interpretar e analisar textos, gráficos e imagens e não sei nem um bocadinho bom nisso! Os textos com o seu vocabulário científico e termos estranhos baralham me todo e chego às escolhas múltiplas e fico dividido entre duas, acabando sempre por optar pela errada. Por fim, há as questões de desenvolvimento, na qual fico completamente à toa sobre o que referir. Não sei os tópicos que tenho de desenvolver e não consigo perceber bem o que a pergunta me pede. No primeiro teste, que fiz tive perguntas nas quais tive 0. Eu estudei as fichas que a stora deu, li o livro, fiz os seus exercícios, procurei exercícios na net e até fiz alguns do IAVE. Contudo, o teste correu mal na mesma... Não sei como é que vou subir esta nota...

Físico - Química
Adoro a matéria que damos nesta disciplina e conseguir perceber como as coisas funcionam. Todavia, o teste foi mais difícil do que eu estava preparado. Eu fiz imensoooos exercícios, li o livro, fiz o caderno de atividades e tudo e mais alguma coisa. Conclusão: foi o primeiro (e espero que seja o último) teste do qual saí a chorar, o teste era enorme, não tinha tempo para pensar bem nos exercícios e não conseguia chegar rapidamente à resposta. Então, vi-me obrigado a pôr as últimas escolhas múltiplas ao calhas e deixar uns quantos exercícios por acabar. Nunca saí dum teste tão destroçado, pensei que ia ter negativa, mas felizmente não tive. Sei que me faltou a rapidez, mas também sei que faltou algo mais. Só não sei bem o quê. Não sei como é que hei de melhorar o meu raciocínio e a minha rapidez. E preciso de sugestões para também esta disciplina correr melhor...

Filosofia
Esta é a disciplina nova e, como tal, era a disciplina na qual eu estava mais curioso para saber como me iria correr. Saí do teste confiante, porque consegui mostrar a minha opinião nas várias perguntas e acho que a justifiquei corretamente. A stora ainda não disse bem as notas, mas disse-me que a minha foi acima de 16. Fiquei um bocado triste, pois senti que tinha trabalhado para mais. Não sei o que é que me falta desenvolver....

Educação Física
A nova disciplina a contar para a média, que também duvido que me ajude em alguma coisa. Aliás, penso que só me vai descer mais a média. Em geral, não sou bom a desporto: não sou bom em Ginástica, sou um péssimo futebolista e é raro encontrar um desporto em que sou bom (e nos que sou, como a natação, não sou avaliado). Espero que a minha stora dê uma grande relevância ao empenho, porque, sinceramente, deve ser a única coisa que me safa. O pior no desporto são mesmo os testes de Fitnessgram (o Vai e Vem então é o pior de todos eles) e não sei como hei também de melhorar a minha condição física...



Ainda não sei o que quero seguir, só sei que pretendia ter uma média acima de 18, para conseguir ter um amplo leque de opções para escolher quando fosse para a universidade. Fiquei também um bocado inseguro entre ir para Biologia ou para Geometria. Mas decidi ir para Biologia, porque há uma maior variedade de opções e ,daqui a uns anos, até me posso fascinar mais por Medicina ou por outra coisa qualquer que envolva BG. Preciso de dicas para sobreviver ao secundário. E obrigado por terem paciência para ter lido este testamento.
Olá :) Estou no 12 ano de Ciências e Tecnologias e percebo perfeitamente a angústia e tristeza que sentes neste momento. É difícil, frustrante, e uma situação completamente nova para todos. O problema aqui é que, inconscientemente, somos habituados e moldados de forma a decorarmos os conteúdos no 3º ciclo, e depois o secundário é um choque enorme. Mas não stressem, o primeiro período do 10 ano é sempre, mas sempre uma lástima. Ora, os meus conselhos para as disciplinas são:

Português: Sou boa aluna nesta disciplina mas é algo que faz parte de mim, então eu não estudo muito nem sei como estudar, mas diria que é importante estarem atentos durante as aulas, tirar apontamentos da análise dos textos e fazer exercícios (praticar bem interpretação e gramática). Analisar bem os poemas, identificar as ideias chave (por exemplo: o locus amoenos, perceber o que é e assim) e entender as mensagens subjacentes.

Inglês: É uma disciplina relativamente fácil, se tiveram um bom 3º ciclo nesta disciplina, então terão sucesso porque é sempre a mesma coisa. O grau de dificuldade não aumenta muito, é acessível e basta treinar a gramática, que é a parte da disciplina que dá para estudar e é onde se nota quem estuda ou não.

Filosofia: A minha melhor disciplina (até fiz exame, substituí por FQA)! É muito interessante mesmo e se gostarem, é fácil estudar e até dá gosto. Procurem sempre exemplos que justifiquem a matéria, vai ajudar-vos a entender a matéria mais rapida e facilmente (por exemplo: na matéria da ação humana, é muito mais fácil se pensarem em exemplos práticos). Normalmente não se começa logo com ótimas notas porque é uma disciplina nova e é normal que precisem de algum tempo para responder às exigências, mas o meu conselho principal é: não se cinjam apenas ao que está no manual. Desenvolvam pensamento crítico sobre a matéria e a partir daí falem e expliquem por palavras vossas, fruto da vossa reflexão. Tem muito mais valor do que copiar o que está no livro, mostram que sabem pensar sobre algo e tirar conclusões.

Matemática A: O meu calcanhar de Aquiles. É complicado e a minha professora é daquelas que só escolhe exercícios dificeis para o teste. Para esta disciplina estudem e trabalhem muito, muito, muito mesmo. Deve ser o vosso foco principal porque só têm sucesso se trabalharem. Aquela cena do ''sou inteligente e não preciso de estudar'' já não pega no secundário... Resolver muitos exercícios mas nunca se esqueçam da teoria da matemática. Cálculos toda a gente sabe fazer, bem ou mal ou melhor ou pior, mas sem teoria e sem perceberem o que está por detrás daquilo, é complicado ter boas notas.

Biologia e Geologia: Aqui é fazer todos os exercícios possíveis e imaginários. Aconselho vivamente o livro do IAVE porque, para além de se preparem já para o exame nacional, conseguem responder muito melhor às exigências do teste porque os exercícios são dificeis e complexos. Nas aulas vocês vão aprender o que acontece nas condições ideais e no teste/exame vão perguntar o que acontece nos casos exceção e é por isso que é muito importante estar à vontade na matéria. Esta é a principal disciplina em que decorar não resulta, meeeesmoooo. Aqui é só ler bem a teoria e depois partir para os exercícios.

Fisico-Química A: Nesta disciplina não posso ajudar muito porque eu simplesmente odiava FQA. Nem era capaz de estudar com regularidade, estudava 2 ou 3 dias antes do teste e era só isso que eu fazia para a disciplina. No entanto, é uma disciplina que desenvolve muito o raciocínio e a adaptação a exercícios diferentes relativos à mesma matéria e, como tal, tens de estar bem preparado para qualquer tipo de exercício que surja no exame porque é o exame mais imprevisível. Estuda bem a teoria mas foca-te em exercícios e aqui aconselho também o livro do IAVE.

Espero ter ajudado :) Qualquer dúvida dispõe!
 
  • Like
Reactions: Mr. Pancakes
Por acaso nunca pensei nessa estratégia, tenho de ver se no Natal, vou ler uns artigos científicos para ver se me começo a familiarizar.
Obrigado!

Denada, realmente é uma boa técnica!

Olá!
A Biologia, para o primeiro teste fiz isso, e, ainda assim, o teste foi fraco. Espero que a stora começe a facilitar um bocadinho mais...
Só consegui tirar acima de 15 a Fq porque tinha a matéria consolidada e com bué exercícios "em cima"... Mal seria se não tivésse... :(
Ahahah, esse é uma das partes do meu método de estudo de Filosofia, espero que dê bons resultados!
Muito obrigado pela ajuda!

Denada :)
 
  • Like
Reactions: Mr. Pancakes
Olá :) Estou no 12 ano de Ciências e Tecnologias e percebo perfeitamente a angústia e tristeza que sentes neste momento. É difícil, frustrante, e uma situação completamente nova para todos. O problema aqui é que, inconscientemente, somos habituados e moldados de forma a decorarmos os conteúdos no 3º ciclo, e depois o secundário é um choque enorme. Mas não stressem, o primeiro período do 10 ano é sempre, mas sempre uma lástima. Ora, os meus conselhos para as disciplinas são:

Português: Sou boa aluna nesta disciplina mas é algo que faz parte de mim, então eu não estudo muito nem sei como estudar, mas diria que é importante estarem atentos durante as aulas, tirar apontamentos da análise dos textos e fazer exercícios (praticar bem interpretação e gramática). Analisar bem os poemas, identificar as ideias chave (por exemplo: o locus amoenos, perceber o que é e assim) e entender as mensagens subjacentes.

Inglês: É uma disciplina relativamente fácil, se tiveram um bom 3º ciclo nesta disciplina, então terão sucesso porque é sempre a mesma coisa. O grau de dificuldade não aumenta muito, é acessível e basta treinar a gramática, que é a parte da disciplina que dá para estudar e é onde se nota quem estuda ou não.

Filosofia: A minha melhor disciplina (até fiz exame, substituí por FQA)! É muito interessante mesmo e se gostarem, é fácil estudar e até dá gosto. Procurem sempre exemplos que justifiquem a matéria, vai ajudar-vos a entender a matéria mais rapida e facilmente (por exemplo: na matéria da ação humana, é muito mais fácil se pensarem em exemplos práticos). Normalmente não se começa logo com ótimas notas porque é uma disciplina nova e é normal que precisem de algum tempo para responder às exigências, mas o meu conselho principal é: não se cinjam apenas ao que está no manual. Desenvolvam pensamento crítico sobre a matéria e a partir daí falem e expliquem por palavras vossas, fruto da vossa reflexão. Tem muito mais valor do que copiar o que está no livro, mostram que sabem pensar sobre algo e tirar conclusões.

Matemática A: O meu calcanhar de Aquiles. É complicado e a minha professora é daquelas que só escolhe exercícios dificeis para o teste. Para esta disciplina estudem e trabalhem muito, muito, muito mesmo. Deve ser o vosso foco principal porque só têm sucesso se trabalharem. Aquela cena do ''sou inteligente e não preciso de estudar'' já não pega no secundário... Resolver muitos exercícios mas nunca se esqueçam da teoria da matemática. Cálculos toda a gente sabe fazer, bem ou mal ou melhor ou pior, mas sem teoria e sem perceberem o que está por detrás daquilo, é complicado ter boas notas.

Biologia e Geologia: Aqui é fazer todos os exercícios possíveis e imaginários. Aconselho vivamente o livro do IAVE porque, para além de se preparem já para o exame nacional, conseguem responder muito melhor às exigências do teste porque os exercícios são dificeis e complexos. Nas aulas vocês vão aprender o que acontece nas condições ideais e no teste/exame vão perguntar o que acontece nos casos exceção e é por isso que é muito importante estar à vontade na matéria. Esta é a principal disciplina em que decorar não resulta, meeeesmoooo. Aqui é só ler bem a teoria e depois partir para os exercícios.

Fisico-Química A: Nesta disciplina não posso ajudar muito porque eu simplesmente odiava FQA. Nem era capaz de estudar com regularidade, estudava 2 ou 3 dias antes do teste e era só isso que eu fazia para a disciplina. No entanto, é uma disciplina que desenvolve muito o raciocínio e a adaptação a exercícios diferentes relativos à mesma matéria e, como tal, tens de estar bem preparado para qualquer tipo de exercício que surja no exame porque é o exame mais imprevisível. Estuda bem a teoria mas foca-te em exercícios e aqui aconselho também o livro do IAVE.

Espero ter ajudado :) Qualquer dúvida dispõe!

Bom dia!
Obrigado por estares a perder o teu tempo a ajudar-me!
Tal como disseste acho que Português e Inglês não têm muito que estudar, embora Português não seja nadaaaaaa fácil para mim...
Filosofia ainda não consegui bem perceber como funciona, mas é capaz de ser uma disciplina interessante. Estou a dar a lógica proposicional e até agora está a ser bem chill...
BG é a pior disciplina... Por mais que tente não consigo tirar uma boa nota: as escolhas múltiplas baralham e não percebo o que tenho de referir nas perguntas de desenvolvimento. Por mais que eu tenha a teoria sabida e por mais exercícios que eu resolva, acho que não consigo ter uma boa nota :(
Matemática A e Física-Química A, embora possam ser as disciplinas mais difíceis, são as que eu mais gosto. A minha stora de Matemática, tal como a tua, adora pôr exercícios bem difíceis... O que não me facilita nada. Física-Química A é muito desafiante e a matéria é bué interessante... É extremamente difícil conseguir ser habilidoso nisto, mas eu acho que o esforço para esta disciplina vale mesmo a pena.
Ajudaste-me bastante e mais uma vez obrigado! ;)
 
A minha melhor disciplina (até fiz exame, substituí por FQA)!
(HIGH FIVE!!!)

-

Olá a todos!
Eu tenho andado a tentar acompanhar este tópico desde que o mesmo foi criado. Não tive oportunidade de ler tudo tudo tudo (hoje tentei dar um olhinho, porém foi um bocado pela diagonal), mas posso aqui deixar uma espécie de retrospetiva do que foi o meu 10º. e algumas conclusões cheguei com o primeiro ano do secundário.
Estou neste momento no 12º. ano, em Ciências e Tecnologias e vou fazer um apanhado de cada disciplina, começando pela componente geral:

Português: Por um lado pergunto-me como tenho 15 até agora, mas por outro vejo que até podia ter mais.
Confesso que achava que me iria ser difícil ter uma nota como a que tenho, uma vez que no básico ou tinha notas pelo razoável ou mesmo à rasquinha. Surpresa a minha ter tido 16,5 no primeiro teste - mas isso foi só o início. Embora não goste muito do que se dá a nível da Educação Literária no 10º. ano (e prefira o que se dá no 11º. e no 12º.), não achei que se tratassem de obras pouco ou nada acessíveis tirando o facto de que a Lírica Camoniana deu cabo da minha nota, yey, mas não se desanimem!.
Acho que, vendo agora, conseguia interpretar o texto que me punham à frente, mas creio que isso tenha sido por causa da exigência à qual eu me habituei no básico. Tenho que trabalhar nisso agora, com o migo Nandinho, pois é!
Acho que perdia mais pontos pela forma como estruturava as respostas, ou por meras distrações, isso sem contar com a gramática e a composição. Não que fossem más ou assim, mas, conclusão que tirei com o 11º. e com a preparação ao exame de Filosofia, reconheço que, no meu de tanto paleio, acabava por me esquecer de algum detalhe, ou a resposta, embora longa, parecia confusa,... Coisas assim.
No 10º. não tive muito essa preocupação, mas acho que aconselharia em pegar nos textos que já trabalharam em aula e aqueles em que não analisaram ainda. Acho que seria um bom treino, isto para além de ter em atenção a determinadas características de cada temática, obviamente. Tenham em atenção como estruturam as vossas respostas e acho que seria escusado se dissesse para fazerem uns exercícios de gramática! :p
Porque é o que vou fazer :') May be force be with you!

Filosofia: Minha querida Filosofia... Do sentimento de estranheza à admiração completa - foi assim comigo.
Já vi que é uma disciplina que nos divide, quanto ao gosto, quanto à forma como é dada a matéria, quanto ao professor, em suma, por tanta coisa! Dado que tive dois professores diferentes em cada ano, partilho duas (se é que posso dizer que são duas) experiências diferentes, nestes dois anos em que tive esta disciplina.
Bem, já tinha ouvido de forma muito leviana que era uma nova disciplina, para nós no secundário, e que não sei quê e não sei que mais. Mas, eu só pensei "Do que se trata? O que falamos nela? Como é?" e isto tudo resultou num receio e medo inicial que tive pelo menos no primeiro mês. Para além de ter ficado com um certo "medo" do professor (dado que se notava que ele fazia as coisas como deve ser e tinha uma certa exigência), eu senti-me claramente perdida na matéria inicial! Mas não se afligem com o que estou a contar até agora! :sweatsmile: Há sempre volta a dar e eu nunca imaginei que, para além de acabar com 15 (e de ter ido a exame) a esta disciplina, acabaria por gostar imenso da mesma!!
Fui me adaptando à matéria assim como com o professor. Creio que, graças a ele, o meu gosto pela Filosofia cresceu e comecei a sentir-me um pouco mais à vontade com as coisas. Testes parecidos à estrutura do exame, saber conjugar a matéria e tudo mais... Bom, não sei honestamente o que poderei dizer, uma vez que depende muito do que cada professor poderá fazer na disciplina. (Por exemplo, no 11º. já não me via com uma grande exigência à frente e assim era muito fácil sacar uma boa nota.)
Se há algo que o meu professor dizia era "Lê, compreende, decora.". Acho que assim é que podíamos perceber as coisas, não só o habitual 2D (Descora-Despeja). Exemplos que envolvam o quotidiano talvez podem ajudar a compreender a matéria (e rir!! Rir faz bem, caramelos!).

Inglês: Honestamente não tenho muito a dizer acerca da disciplina, mas foram usn 2 anos muito interessantes, dado que a minha professora vinha com algumas coisas relacionadas com Teatro e Erasmus+. Como nunca me vi com grandes dificuldades em Inglês, por mim foi fácil fazer a disciplina. Apenas tive que me habituar a falar mais em Inglês e a fazer apresentações, algo que não fazia no básico. Mas tudo bem. Algo que a minha professora verificava é que, se não conseguiam compensar nos testes, na parte escrita, de alguma forma conseguiam compensar pela oralidade.
Tenham em conta o que dão na gramática (ou o que vão revendo) e o vocabulário de cada unidade. Pratiquem o Inglês das maneiras que conseguirem okay, não consigo dizer nada útil aqui, I'm so sorry, aH.

Educação Física: Bom. Para mim, esta disciplina não conta para a média, mas é assim: contando ou não para a média, têm que ter consciência de que podem passar ou chumbar nesta disciplina.
Eu sou uma autêntica lesma, parece que só faço figurices e pareço uma triste qualquer a tentar fazer as coisas. Acho que toda a gente já entendeu o quão atlética eu não sou. Apesar do quão bons ou maus são a esta disciplina, façam um esforço! Há outras componentes que são avaliadas em vocês para além do que conseguem ou não fazer na aula.
Não sejam como alguns colegas que tive, que faltavam a algumas aulas ou diziam que não podiam fazer aula por isto e por aquilo. Façam um esforço para fazer as coisas e se tiverem alguma coisa que o professor (ou a professora) precise de saber, falem com eles. Isto é importante.

Matemática A: Nem sei se é Amor ou se é Ódio... Ou se são ambas as coisas.
Tive melhor nota no 10º. do que no 11º. porque admito que me desleixei um bocadinho e acabei por me desorganizar toda. Mesmo assim, embora no 10º. tenha acabado com 15, andei ali aos zigue-zagues com as notas: ora tirava 18, depois 14, depois 12, depois 15, depois 11, depois 19,... Por aí fora. Estudem bem a teoria e façam muitos exercícios, principalmente os mais complicados, ou trabalhosos (ou ambos). Se for muito bem trabalhado, acho que não será muito complicado depois resolver exercícios do teste. Arranjem livros de exercícios, se sentirem que é necessário.
Espero que este ano me corra bem, rip.

Biologia e Geologia: Eh, não a acho muito má, mas... Consegue ser manhosa.
No 10º não achei muito má a disciplina, mas algo que vou notando ao longo do tempo é que a escolha múltipla consegue ser muito traiçoeira e que devemos ter em atenção ao que vamos escrever nas perguntas de desenvolvimento. Não basta apenas saber a matéria muito bem, como a dada altura vão ter que saber relacioná-la muito bem entre si como a um dado estudo, ou experiência que vos apareça à frente. Tenham em atenção a certos detalhes, pois por coisas mínimas já cheguei a ter zero em certas perguntas, por ter posto um termo que acabava por contradizer todo o meu raciocínio ou coisa do género.
Resolvam vários exercícios para treinar a vossa interpretação e atenção nos exercícios.

Físico-Química A: Onde deveras senti uma grande diferença, assim que entrei para o secundário.
Não comecei da melhor forma. Tive 8 no primeiro teste acabando o 1º. período com 11. Talvez trazia demasiadas expectativas, não sei. Ou achava que queria uma coisa mas que não sabia ao certo o que era, não sei. Não sei. Desesperei, é verdade, mas tentei. Acabei a disciplina com 13, porém optei por não fazer o exame.
Creio que o mesmo discurso que aplico em Matemática sirva para FQ A. Não basta só saber a teoria ou só resolver os problemas que vos apareçam à frente, mas ambas as coisas. A gestão de tempo foi algo assustador para mim, também. Não sei porquê, mas foi a disciplina onde senti mais dificuldades e que parecia ter muita coisa para estudar.


(Acho que fui escrevendo cada vez menos, porque acho que a minha paciência não pede muito xD)
Não sei se referi, mas é algo que se aplica a todas as disciplinas - se se virem com dificuldades, não desesperem. Procurem ajuda, tirem dúvidas com os professores. Nem que tenham que se juntar com os vossos colegas e estudar em conjunto (apenas, cuidado com a gaiofa :p )... O 10º. ano é ainda um período de adaptação, portanto não se sintam mal se algo não correu tão bem como queriam, pois têm maneiras de dar a volta a isso!

Acho que depois disto, devia fazer um texto interessante... Mas acho que irei levar um bom tempo nisso...

Não hesitem em pedir ajuda! ;) Espero que este ano vos corra bem!
 
(HIGH FIVE!!!)

-

Olá a todos!
Eu tenho andado a tentar acompanhar este tópico desde que o mesmo foi criado. Não tive oportunidade de ler tudo tudo tudo (hoje tentei dar um olhinho, porém foi um bocado pela diagonal), mas posso aqui deixar uma espécie de retrospetiva do que foi o meu 10º. e algumas conclusões cheguei com o primeiro ano do secundário.
Estou neste momento no 12º. ano, em Ciências e Tecnologias e vou fazer um apanhado de cada disciplina, começando pela componente geral:

Português: Por um lado pergunto-me como tenho 15 até agora, mas por outro vejo que até podia ter mais.
Confesso que achava que me iria ser difícil ter uma nota como a que tenho, uma vez que no básico ou tinha notas pelo razoável ou mesmo à rasquinha. Surpresa a minha ter tido 16,5 no primeiro teste - mas isso foi só o início. Embora não goste muito do que se dá a nível da Educação Literária no 10º. ano (e prefira o que se dá no 11º. e no 12º.), não achei que se tratassem de obras pouco ou nada acessíveis tirando o facto de que a Lírica Camoniana deu cabo da minha nota, yey, mas não se desanimem!.
Acho que, vendo agora, conseguia interpretar o texto que me punham à frente, mas creio que isso tenha sido por causa da exigência à qual eu me habituei no básico. Tenho que trabalhar nisso agora, com o migo Nandinho, pois é!
Acho que perdia mais pontos pela forma como estruturava as respostas, ou por meras distrações, isso sem contar com a gramática e a composição. Não que fossem más ou assim, mas, conclusão que tirei com o 11º. e com a preparação ao exame de Filosofia, reconheço que, no meu de tanto paleio, acabava por me esquecer de algum detalhe, ou a resposta, embora longa, parecia confusa,... Coisas assim.
No 10º. não tive muito essa preocupação, mas acho que aconselharia em pegar nos textos que já trabalharam em aula e aqueles em que não analisaram ainda. Acho que seria um bom treino, isto para além de ter em atenção a determinadas características de cada temática, obviamente. Tenham em atenção como estruturam as vossas respostas e acho que seria escusado se dissesse para fazerem uns exercícios de gramática! :p
Porque é o que vou fazer :') May be force be with you!

Filosofia: Minha querida Filosofia... Do sentimento de estranheza à admiração completa - foi assim comigo.
Já vi que é uma disciplina que nos divide, quanto ao gosto, quanto à forma como é dada a matéria, quanto ao professor, em suma, por tanta coisa! Dado que tive dois professores diferentes em cada ano, partilho duas (se é que posso dizer que são duas) experiências diferentes, nestes dois anos em que tive esta disciplina.
Bem, já tinha ouvido de forma muito leviana que era uma nova disciplina, para nós no secundário, e que não sei quê e não sei que mais. Mas, eu só pensei "Do que se trata? O que falamos nela? Como é?" e isto tudo resultou num receio e medo inicial que tive pelo menos no primeiro mês. Para além de ter ficado com um certo "medo" do professor (dado que se notava que ele fazia as coisas como deve ser e tinha uma certa exigência), eu senti-me claramente perdida na matéria inicial! Mas não se afligem com o que estou a contar até agora! :sweatsmile: Há sempre volta a dar e eu nunca imaginei que, para além de acabar com 15 (e de ter ido a exame) a esta disciplina, acabaria por gostar imenso da mesma!!
Fui me adaptando à matéria assim como com o professor. Creio que, graças a ele, o meu gosto pela Filosofia cresceu e comecei a sentir-me um pouco mais à vontade com as coisas. Testes parecidos à estrutura do exame, saber conjugar a matéria e tudo mais... Bom, não sei honestamente o que poderei dizer, uma vez que depende muito do que cada professor poderá fazer na disciplina. (Por exemplo, no 11º. já não me via com uma grande exigência à frente e assim era muito fácil sacar uma boa nota.)
Se há algo que o meu professor dizia era "Lê, compreende, decora.". Acho que assim é que podíamos perceber as coisas, não só o habitual 2D (Descora-Despeja). Exemplos que envolvam o quotidiano talvez podem ajudar a compreender a matéria (e rir!! Rir faz bem, caramelos!).

Inglês: Honestamente não tenho muito a dizer acerca da disciplina, mas foram usn 2 anos muito interessantes, dado que a minha professora vinha com algumas coisas relacionadas com Teatro e Erasmus+. Como nunca me vi com grandes dificuldades em Inglês, por mim foi fácil fazer a disciplina. Apenas tive que me habituar a falar mais em Inglês e a fazer apresentações, algo que não fazia no básico. Mas tudo bem. Algo que a minha professora verificava é que, se não conseguiam compensar nos testes, na parte escrita, de alguma forma conseguiam compensar pela oralidade.
Tenham em conta o que dão na gramática (ou o que vão revendo) e o vocabulário de cada unidade. Pratiquem o Inglês das maneiras que conseguirem okay, não consigo dizer nada útil aqui, I'm so sorry, aH.

Educação Física: Bom. Para mim, esta disciplina não conta para a média, mas é assim: contando ou não para a média, têm que ter consciência de que podem passar ou chumbar nesta disciplina.
Eu sou uma autêntica lesma, parece que só faço figurices e pareço uma triste qualquer a tentar fazer as coisas. Acho que toda a gente já entendeu o quão atlética eu não sou. Apesar do quão bons ou maus são a esta disciplina, façam um esforço! Há outras componentes que são avaliadas em vocês para além do que conseguem ou não fazer na aula.
Não sejam como alguns colegas que tive, que faltavam a algumas aulas ou diziam que não podiam fazer aula por isto e por aquilo. Façam um esforço para fazer as coisas e se tiverem alguma coisa que o professor (ou a professora) precise de saber, falem com eles. Isto é importante.

Matemática A: Nem sei se é Amor ou se é Ódio... Ou se são ambas as coisas.
Tive melhor nota no 10º. do que no 11º. porque admito que me desleixei um bocadinho e acabei por me desorganizar toda. Mesmo assim, embora no 10º. tenha acabado com 15, andei ali aos zigue-zagues com as notas: ora tirava 18, depois 14, depois 12, depois 15, depois 11, depois 19,... Por aí fora. Estudem bem a teoria e façam muitos exercícios, principalmente os mais complicados, ou trabalhosos (ou ambos). Se for muito bem trabalhado, acho que não será muito complicado depois resolver exercícios do teste. Arranjem livros de exercícios, se sentirem que é necessário.
Espero que este ano me corra bem, rip.

Biologia e Geologia: Eh, não a acho muito má, mas... Consegue ser manhosa.
No 10º não achei muito má a disciplina, mas algo que vou notando ao longo do tempo é que a escolha múltipla consegue ser muito traiçoeira e que devemos ter em atenção ao que vamos escrever nas perguntas de desenvolvimento. Não basta apenas saber a matéria muito bem, como a dada altura vão ter que saber relacioná-la muito bem entre si como a um dado estudo, ou experiência que vos apareça à frente. Tenham em atenção a certos detalhes, pois por coisas mínimas já cheguei a ter zero em certas perguntas, por ter posto um termo que acabava por contradizer todo o meu raciocínio ou coisa do género.
Resolvam vários exercícios para treinar a vossa interpretação e atenção nos exercícios.

Físico-Química A: Onde deveras senti uma grande diferença, assim que entrei para o secundário.
Não comecei da melhor forma. Tive 8 no primeiro teste acabando o 1º. período com 11. Talvez trazia demasiadas expectativas, não sei. Ou achava que queria uma coisa mas que não sabia ao certo o que era, não sei. Não sei. Desesperei, é verdade, mas tentei. Acabei a disciplina com 13, porém optei por não fazer o exame.
Creio que o mesmo discurso que aplico em Matemática sirva para FQ A. Não basta só saber a teoria ou só resolver os problemas que vos apareçam à frente, mas ambas as coisas. A gestão de tempo foi algo assustador para mim, também. Não sei porquê, mas foi a disciplina onde senti mais dificuldades e que parecia ter muita coisa para estudar.


(Acho que fui escrevendo cada vez menos, porque acho que a minha paciência não pede muito xD)
Não sei se referi, mas é algo que se aplica a todas as disciplinas - se se virem com dificuldades, não desesperem. Procurem ajuda, tirem dúvidas com os professores. Nem que tenham que se juntar com os vossos colegas e estudar em conjunto (apenas, cuidado com a gaiofa :p )... O 10º. ano é ainda um período de adaptação, portanto não se sintam mal se algo não correu tão bem como queriam, pois têm maneiras de dar a volta a isso!

Acho que depois disto, devia fazer um texto interessante... Mas acho que irei levar um bom tempo nisso...

Não hesitem em pedir ajuda! ;) Espero que este ano vos corra bem!

Olá!
Antes de mais quero agradecer por teres perdido tempo a ajudares-me!

A Português a minha primeira nota foi também igual à tua. Contudo, penso que agora vou descê-la significativamente (respondi às perguntas de interpretação sem as adequar corretamente ao texto em questão). Por mais que tente fazer as respostas mais completas possíveis, nunca é suficiente. Esqueço-me de referir um aspeto aqui, outro ali, não adequo ao texto e isto tudo leva-me a não ter uma nota "famosa". Também não acho a Educação Literária difícil, pois consigo entender a maior parte do que estou a interpretar, mas parece haver sempre algo a falhar... Tal como disseste, vou tentar ter mais atenção a essas características de cada temática e pode ser que, com sorte, a minha nota venha a subir.

Se Filosofia for tão apaixonante como dizes, acho que nos vamos dar muito bem. Ainda não percebi muito bem qual a estrutura dos testes, mas concordo totalmente com esse lema de ler, compreender e decorar. Não sei se, quando pratico para testes de Filosofia, devo recorrer a exames... A minha stora acho que não faz os testes tipo os dos exames. Espero que Filosofia, seja mesmo uma disciplina para me fascinar (embora já saia das aulas de FQ e de Matemática embasbacado)

Relativamente a Inglês concordo que não tem muito que se saber e é mesmo essa questão de ter a gramática que estamos a dar em dia.

Educação Física para mim é o verdadeiro "Calcanhar de Aquiles"... Empenho-me o máximo que consigo e, no entanto, sinto que não estou a ser devidamente valorizado. No meu entender, faço os exercícios de forma idêntica a de outras pessoas, que acabam por tirar 3 ou 4 valores a mais que eu... É uma disciplina com um caráter muito subjectivo que, na minha opinião, não devia contar para a média no curso de CT...

Biologia e Geologia é das minhas piores disciplina... No primeiro teste, tive 0 em duas questões de desenvolvimento... Não percebo o que é suposto eu referir, já para não falar de as escolhas múltiplas serem muito confusas. Em suma, não saber interpretar as perguntas e textos científicos leva-me a uma nota desgraçada a BG que não sei como se há de subir. Vou tentar realizar vários testes para ver se fico mais ágil, no que toca à formação de respostas completas e "adequadas"...

Matemática A e FQ estão a ser as disciplinas mais interessantes. Por mais exigentes, que sejam, acho que, se tal como disseste, fizermos muitos exercícios (e difíceis), podemos tirar bons resultados.


Mais uma vez, agradeço imenso a tua disponibilidade para me ajudares.
Obrigado a todos! Está toda a gente a ser muito simpática e compreensível :)
Continuação de um bom ano!
 
Bom dia!
Obrigado por estares a perder o teu tempo a ajudar-me!
Tal como disseste acho que Português e Inglês não têm muito que estudar, embora Português não seja nadaaaaaa fácil para mim...
Filosofia ainda não consegui bem perceber como funciona, mas é capaz de ser uma disciplina interessante. Estou a dar a lógica proposicional e até agora está a ser bem chill...
BG é a pior disciplina... Por mais que tente não consigo tirar uma boa nota: as escolhas múltiplas baralham e não percebo o que tenho de referir nas perguntas de desenvolvimento. Por mais que eu tenha a teoria sabida e por mais exercícios que eu resolva, acho que não consigo ter uma boa nota :(
Matemática A e Física-Química A, embora possam ser as disciplinas mais difíceis, são as que eu mais gosto. A minha stora de Matemática, tal como a tua, adora pôr exercícios bem difíceis... O que não me facilita nada. Física-Química A é muito desafiante e a matéria é bué interessante... É extremamente difícil conseguir ser habilidoso nisto, mas eu acho que o esforço para esta disciplina vale mesmo a pena.
Ajudaste-me bastante e mais uma vez obrigado! ;)
De nada! :) Eu também me senti super perdida no início mas o meu conselho para as perguntas de desenvolvimento de BG é: escreve TUDO o que aches que é importante a professora saber sobre aquela parte da matéria. Tem muito cuidado (tipo quatro olhos abertos) com o que escreves, não arranjes sinónimos manhosos só para o texto ficar mais bonito, porque aquilo que tu pensas que ''ah vai dar ao mesmo'', não vai nada dar ao mesmo! E tive amigos a quem lhes aconteceu isso... por acaso eu nunca fui de inventar muito e nunca me aconteceu, mas é muito chato teres zero porque usaste mal um termo, ou então descontam uma carrada de pontos. Para além disto, quando estás a explicar as coisas, pensa sempre que estás a explicar a alguém que não sabe nada da matéria e tem de perceber o que estás a dizer. Normalmente as perguntas relacionam 2 coisas, explicas a primeira coisa, depois explicas a segunda e, no fim, explicas a terceira (vais ficar com um textito de 3 parágrafos, mais ou menos). Acho que não tenho mais conselhos para BG, mas se precisares de ajuda, diz :)
 
  • Like
Reactions: Mr. Pancakes
Olá!
Antes de mais quero agradecer por teres perdido tempo a ajudares-me!

A Português a minha primeira nota foi também igual à tua. Contudo, penso que agora vou descê-la significativamente (respondi às perguntas de interpretação sem as adequar corretamente ao texto em questão). Por mais que tente fazer as respostas mais completas possíveis, nunca é suficiente. Esqueço-me de referir um aspeto aqui, outro ali, não adequo ao texto e isto tudo leva-me a não ter uma nota "famosa". Também não acho a Educação Literária difícil, pois consigo entender a maior parte do que estou a interpretar, mas parece haver sempre algo a falhar... Tal como disseste, vou tentar ter mais atenção a essas características de cada temática e pode ser que, com sorte, a minha nota venha a subir.

Se Filosofia for tão apaixonante como dizes, acho que nos vamos dar muito bem. Ainda não percebi muito bem qual a estrutura dos testes, mas concordo totalmente com esse lema de ler, compreender e decorar. Não sei se, quando pratico para testes de Filosofia, devo recorrer a exames... A minha stora acho que não faz os testes tipo os dos exames. Espero que Filosofia, seja mesmo uma disciplina para me fascinar (embora já saia das aulas de FQ e de Matemática embasbacado)

Relativamente a Inglês concordo que não tem muito que se saber e é mesmo essa questão de ter a gramática que estamos a dar em dia.

Educação Física para mim é o verdadeiro "Calcanhar de Aquiles"... Empenho-me o máximo que consigo e, no entanto, sinto que não estou a ser devidamente valorizado. No meu entender, faço os exercícios de forma idêntica a de outras pessoas, que acabam por tirar 3 ou 4 valores a mais que eu... É uma disciplina com um caráter muito subjectivo que, na minha opinião, não devia contar para a média no curso de CT...

Biologia e Geologia é das minhas piores disciplina... No primeiro teste, tive 0 em duas questões de desenvolvimento... Não percebo o que é suposto eu referir, já para não falar de as escolhas múltiplas serem muito confusas. Em suma, não saber interpretar as perguntas e textos científicos leva-me a uma nota desgraçada a BG que não sei como se há de subir. Vou tentar realizar vários testes para ver se fico mais ágil, no que toca à formação de respostas completas e "adequadas"...

Matemática A e FQ estão a ser as disciplinas mais interessantes. Por mais exigentes, que sejam, acho que, se tal como disseste, fizermos muitos exercícios (e difíceis), podemos tirar bons resultados.


Mais uma vez, agradeço imenso a tua disponibilidade para me ajudares.
Obrigado a todos! Está toda a gente a ser muito simpática e compreensível :)
Continuação de um bom ano!
Olá! Estou agora no 11° e quando cheguei ao 10° não gostava nada filosofia! Detestava quase tanto como Português. No entanto a filosofia é aquela disciplina que "pega de empurrão", ou seja, no início ficas meio "Wow" mas quando te apercebes do funcionamento da disciplina e das matérias lá lecionadas ficas "ah afinal..." E sinceramente, agora gosto muito de filosofia sendo que o ano passado o professor puxava mais por nós que a nossa atual professora.
Não acho que a resolução de exercícios te leve à excelência nesta disciplina pois o que realmente importa é que percebas a matéria. Enquanto o professor vai falando vai tirando notas e em casa depois passa a limpo, pois às vezes os professores dão respostas a perguntas do teste em aula. Geralmente o teste é dividido em duas grandes partes, a parte de escolha múltipla e a parte de desenvolvimento, em que nas escolhas múltiplas geralmente consegues eliminar logo duas opções incorretas e nas de desenvolvimento gosto de pegar na pergunta dividi-la em partes e fazer a resposta baseada nessas partes e no fim fazer um pequeno resumo, mas se o fizeres tens que ter cuidado com o tempo pois essas perguntas consomem muito tempo.
Acho que é tudo😅 se tiveres alguma questão sobre alguma disciplina não hesites!
 
  • Like
Reactions: Mr. Pancakes
De nada! :) Eu também me senti super perdida no início mas o meu conselho para as perguntas de desenvolvimento de BG é: escreve TUDO o que aches que é importante a professora saber sobre aquela parte da matéria. Tem muito cuidado (tipo quatro olhos abertos) com o que escreves, não arranjes sinónimos manhosos só para o texto ficar mais bonito, porque aquilo que tu pensas que ''ah vai dar ao mesmo'', não vai nada dar ao mesmo! E tive amigos a quem lhes aconteceu isso... por acaso eu nunca fui de inventar muito e nunca me aconteceu, mas é muito chato teres zero porque usaste mal um termo, ou então descontam uma carrada de pontos. Para além disto, quando estás a explicar as coisas, pensa sempre que estás a explicar a alguém que não sabe nada da matéria e tem de perceber o que estás a dizer. Normalmente as perguntas relacionam 2 coisas, explicas a primeira coisa, depois explicas a segunda e, no fim, explicas a terceira (vais ficar com um textito de 3 parágrafos, mais ou menos). Acho que não tenho mais conselhos para BG, mas se precisares de ajuda, diz :)

Obrigado outra vez!
Já fiz o meu segundo teste de BG e numa disse tudo o que sabia, noutras, como acho que o que pediam era algo mais direto, não fiz respostas extensas e com essa estrutura, mas no segundo periodo provavelmente vou fazer. Penso que o que me tramou neste teste foram as escolhas múltiplas... Tinha umas 8 que eu não sabia... Eram muito confusas e fiquei todo baralhado
 
  • Like
Reactions: Miki
Obrigado outra vez!
Já fiz o meu segundo teste de BG e numa disse tudo o que sabia, noutras, como acho que o que pediam era algo mais direto, não fiz respostas extensas e com essa estrutura, mas no segundo periodo provavelmente vou fazer. Penso que o que me tramou neste teste foram as escolhas múltiplas... Tinha umas 8 que eu não sabia... Eram muito confusas e fiquei todo baralhado
Vou ter teste sexa... Até tenho medo 😐
 
Olá! Estou agora no 11° e quando cheguei ao 10° não gostava nada filosofia! Detestava quase tanto como Português. No entanto a filosofia é aquela disciplina que "pega de empurrão", ou seja, no início ficas meio "Wow" mas quando te apercebes do funcionamento da disciplina e das matérias lá lecionadas ficas "ah afinal..." E sinceramente, agora gosto muito de filosofia sendo que o ano passado o professor puxava mais por nós que a nossa atual professora.
Não acho que a resolução de exercícios te leve à excelência nesta disciplina pois o que realmente importa é que percebas a matéria. Enquanto o professor vai falando vai tirando notas e em casa depois passa a limpo, pois às vezes os professores dão respostas a perguntas do teste em aula. Geralmente o teste é dividido em duas grandes partes, a parte de escolha múltipla e a parte de desenvolvimento, em que nas escolhas múltiplas geralmente consegues eliminar logo duas opções incorretas e nas de desenvolvimento gosto de pegar na pergunta dividi-la em partes e fazer a resposta baseada nessas partes e no fim fazer um pequeno resumo, mas se o fizeres tens que ter cuidado com o tempo pois essas perguntas consomem muito tempo.
Acho que é tudo😅 se tiveres alguma questão sobre alguma disciplina não hesites!


Obrigado!
Quinta faço teste de Filosofia sobre lógica (o que acho que não vai trazer tantas questões desenvolvimento) e vou seguir essas dicas e pode ser que ainda venha a ter uma excelente nota! Costumo tirar notas, porque a minha stora nem corrige os testes, pois ela diz que diz as respostas nas aulas.Até agora, estou a gostar e, mais uma vez, obrigado pela ajuda :)
Post automatically merged:

Vou ter teste sexa... Até tenho medo 😐
Ahahah, eu ontem tambem tava. To be honest, esta disciplina e Educação Física são as minhas piores :(
 
  • Like
Reactions: ~tahani~
Obrigado!
Quinta faço teste de Filosofia sobre lógica (o que acho que não vai trazer tantas questões desenvolvimento) e vou seguir essas dicas e pode ser que ainda venha a ter uma excelente nota! Costumo tirar notas, porque a minha stora nem corrige os testes, pois ela diz que diz as respostas nas aulas.Até agora, estou a gostar e, mais uma vez, obrigado pela ajuda :)
Post automatically merged:


Ahahah, eu ontem tambem tava. To be honest, esta disciplina e Educação Física são as minhas piores :(
Same😂 E o português também me deixa um pouco desconfortável xD
 
Camaradas do 10º. ano, como correu este vosso 1º. Período? Opiniões?
 
Camaradas do 10º. ano, como correu este vosso 1º. Período? Opiniões?
Correu bastante bem, ainda que tenha enfrentado muita pressão por parte dos professores, pais e colegas por ter tido boas notas. Para este período espero:
19 Filosofia
19 Inglês
19 Matemática
18 Físico-Química
17 Biologia/ Geologia
16 Português
 
Correu bastante bem, ainda que tenha enfrentado muita pressão por parte dos professores, pais e colegas por ter tido boas notas. Para este período espero:
19 Filosofia
19 Inglês
19 Matemática
18 Físico-Química
17 Biologia/ Geologia
16 Português
Parabéns, isso são muito boas notas!! Continua com o bom trabalho.
 
Obrigado! 😁 Estou contente mas por outro lado nervoso com receio de baixar...
Compreendo a tua preocupação, mas se há algo que eu mudaria no meu 10º ano, seria essa mesma preocupação que tinha. Ou melhor, a que tinha mas em excesso.
Algumas acabei por subir, porém outras fui a descer. E acho que andei a fazer tudo só pela questão de querer ter tudo feito e prontos.
Aconselho-te a ires com calma e dares o teu melhor - se fores sempre estudando e aplicando as coisas, creio que conseguirás os resultados desejados. :)
 
Correu bastante bem, ainda que tenha enfrentado muita pressão por parte dos professores, pais e colegas por ter tido boas notas. Para este período espero:
19 Filosofia
19 Inglês
19 Matemática
18 Físico-Química
17 Biologia/ Geologia
16 Português
Parabéns!! São ótimas/excelentes notas, ainda por cima para o 1 período do 10 ano 😊
Continua com o bom trabalho, mas sem pressoes !
 
Parabéns!! São ótimas/excelentes notas, ainda por cima para o 1 período do 10 ano 😊
Continua com o bom trabalho, mas sem pressoes !
Obrigado! :) O Uniarea foi sem dúvida uma das ajudas mais valiosas pelo facto de existir imenso material. Trocar experiências com o pessoal é também muito enriquecedor!