Agregado familiar nas bolsas de estudo

Tiagoalcobia

Membro Caloiro
Matrícula
21 Janeiro 2019
Mensagens
2
Boa noite, gostaria de saber se visto que já não vivo com os meus pais e sim com outros familiares quem meto no agregado familiar quando me candidato à bolsa?
Tendo em conta que o IRS do ano passado está junto com o dos meus pais.
 
Boa noite, tenho uma dúvida em relação à bolsa de estudo. Quando pedem para adicionar o agregado familiar, tenho que adicionar ambos os meus pais (já que ainda vivo com eles) ou basta adicionar um deles? Estou a perguntar isto, pois já coloquei num dos passos anteriores à questão do agregado familiar, os dados de um deles (o que é o sujeito passivo A na declaração) e não sei se devo de colocar os dados dessa pessoa outra vez.
Segundo a legislação da atribuição das bolsas de estudo ( Despacho nº 8442-A/2012), considera-se agregado familiar, e passo a citar, o seguinte:
"
Agregado familiar do estudante

1 - O agregado familiar do estudante, elemento determinante para a fixação do valor da bolsa base anual, é constituído pelo próprio e pelas seguintes pessoas que com ele vivam em comunhão de mesa, habitação e rendimento:

a) Cônjuge ou pessoa em união de facto, nos termos previstos em legislação específica;

b) Parentes e afins, em linha reta e em linha colateral, até ao 4.º grau;

c) Adotantes, tutores e pessoas a quem o estudante esteja confiado por decisão judicial ou administrativa de entidades ou serviços legalmente competentes para o efeito;

d) Adotados e tutelados pelo estudante ou por qualquer dos elementos do agregado familiar e crianças e jovens confiados, por decisão judicial ou administrativa de entidades ou serviços legalmente competentes para o efeito, ao estudante ou a qualquer dos elementos do agregado familiar;

e) Afilhados e padrinhos, nos termos da Lei n.º 103/2009, de 11 de setembro.

"
É uma questão de veres se se enquadra.
 
Quando pedem para adicionar um novo membro pedem-me o nome, a data de nascimento e essas coisas, mas depois também me pedem informações sobre a declaração de irs (e é nessa parte que fico confusa). Porque perguntam-se se a é um novo documento ou se é um já existente (referente à declaração de irs que coloquei na primeira página da candidatura à bolsa). A minha questão é: os meus pais fazem em declaração em conjunto e o meu pai é o sujeito passivo A (a declaração "está" em nome dele) e a minha mãe o sujeito passivo B e eu sou dependente deles. Nessa parte de acrescentar o que me confunde mais é quando vou preencher relativamente ao meu pai.
Post automatically merged:


Eu sei disso, o minha questão é outra
Visto que fazem o IRS em conjunto, penso que seja a opção "documento já existente", contudo vou identificar a @Ariana_ , ela deve conseguir esclarecer.
 
  • Like
Reactions: dino3
Quando pedem para adicionar um novo membro pedem-me o nome, a data de nascimento e essas coisas, mas depois também me pedem informações sobre a declaração de irs (e é nessa parte que fico confusa). Porque perguntam-se se a é um novo documento ou se é um já existente (referente à declaração de irs que coloquei na primeira página da candidatura à bolsa). A minha questão é: os meus pais fazem em declaração em conjunto e o meu pai é o sujeito passivo A (a declaração "está" em nome dele) e a minha mãe o sujeito passivo B e eu sou dependente deles. Nessa parte de acrescentar o que me confunde mais é quando vou preencher relativamente ao meu pai.
Post automatically merged:


Eu sei disso, o minha questão é outra

Visto que fazem o IRS em conjunto, penso que seja a opção "documento já existente", contudo vou identificar a @Ariana_ , ela deve conseguir esclarecer.
Confirmo, é "documento já existente".
 
  • Like
Reactions: David1154 and dino3
Ok. Então depois disso volto a colocar o nif do meu pai (apesar de já o ter feito no inicio, certo?
Tens o teu NIF, a declaração é que é a mesma porque o teu pai é que declara o IRS do vosso agregado.
 
Olá,

Meu filho acabou de entrar para a Universidade..
Por dificuldades temos a nossa morada como a casa da minha mãe, mas faço o meu IRS com o meu marido e 2 filhos.
Meus pais fazem o seu próprio IRS e têm baixas pensões.
A minha questão é para pedir bolsa tenho que colocar todos os que vivem em casa, nos os 4 e mais meus pais 2?
Eles como têm uma baixa reforma têm apoio aos medicamentos e minha mãe agora receia que se pedirmos bolsa pode poder nas finanças os apoios.
Tem como isso acontecer?
Agora tenho receio de pedir e se lhes vai afectar,.
 
Boa tarde,

Estava a fazer a candidatura à bolsa de estudo e pedem o meu agregado familiar
Na minha casa vivem os meus pais, irmão, avó, os meus tios e as minhas 2 primas. No IRS dos meus pais apenas está agregado eu e o meu irmão.

Desta forma, quem é considerado agregado familiar para efeitos da bolsa de estudo??
 
Boa tarde,

Estava a fazer a candidatura à bolsa de estudo e pedem o meu agregado familiar
Na minha casa vivem os meus pais, irmão, avó, os meus tios e as minhas 2 primas. No IRS dos meus pais apenas está agregado eu e o meu irmão.

Desta forma, quem é considerado agregado familiar para efeitos da bolsa de estudo??

Estou numa situacao semelhante, coloquei apenas as pessoas incluidas no IRS, visto que elas sao o teu verdadeiro agregado. As outras pessoas apenas vivem contigo!
 
Olaaaaaaa
Entrei este ano para a faculdade, e estava a preencher a candidatura para a bolsa e quando cheguei à parte do agregado familiar fiquei um bocado perdida porque eu vivo desde pequena numa casa de acolhimento, no entanto como vim estudar para Lisboa tive de mudar de "casa" então vim para uma casa de autonomia cá em Lisboa. O problema é que eu não faço mesmo a mínima de como preencher, se alguém me conseguisse ajudar era fixolas e se tiverem alguma pergunta é só perguntar :D
Obrigada e bom ano a todos.
 
Olá @carmend
Eles como têm uma baixa reforma têm apoio aos medicamentos e minha mãe agora receia que se pedirmos bolsa pode poder nas finanças os apoios.
Tem como isso acontecer?
Não estou a ver como é que uma coisa se pode relacionar com outra. São apoios sociais independentes, e como fazem a declaração de IRS em separado, os avós do aluno nem entra para efeitos de agregado familiar na candidatura a bolsa no meu entender.

Olá @Vidadeumalilas
Entrei este ano para a faculdade, e estava a preencher a candidatura para a bolsa e quando cheguei à parte do agregado familiar fiquei um bocado perdida porque eu vivo desde pequena numa casa de acolhimento, no entanto como vim estudar para Lisboa tive de mudar de "casa" então vim para uma casa de autonomia cá em Lisboa. O problema é que eu não faço mesmo a mínima de como preencher, se alguém me conseguisse ajudar era fixolas e se tiverem alguma pergunta é só perguntar :D
Diria que no teu caso o teu agregado familiar és só tu, dado que não será a casa de acolhimento a financiar os teus estudos (corrige-me se estiver enganado, não estou assim por dentro do funcionamento da coisa..).
 
Olá @carmend

Não estou a ver como é que uma coisa se pode relacionar com outra. São apoios sociais independentes, e como fazem a declaração de IRS em separado, os avós do aluno nem entra para efeitos de agregado familiar na candidatura a bolsa no meu entender.

Olá @Vidadeumalilas

Diria que no teu caso o teu agregado familiar és só tu, dado que não será a casa de acolhimento a financiar os teus estudos (corrige-me se estiver enganado, não estou assim por dentro do funcionamento da coisa..).
sim, não sera a casa de acolhimento que vai financiar, por isso estou me a candidatar à bolsa. Muito obrigada :)
 
  • Like
Reactions: davis
Marquei uma entrevista para discutir sobre a situação da bolsa depois de ter sido indeferido, onde é a entrevista? É feita pelos serviços da faculdade visto que é privada?
 
Olá a todos! Acabei de fazer a candidatura para bolsa de estudos do ensino superior. Contudo, não coloquei o meu irmão na mesma, porque apesar de morar comigo, não faz parte do agregado familiar. Devo preocupar-me?
 
Olá a todos! Acabei de fazer a candidatura para bolsa de estudos do ensino superior. Contudo, não coloquei o meu irmão na mesma, porque apesar de morar comigo, não faz parte do agregado familiar. Devo preocupar-me?
Olá, Raquel. Ou seja, o teu irmão vive contigo mas faz um IRS separado, é isso?
 
Sim. Para além disso, para o próximo mês ele já vai mudar de casa. Mas tenho receio que possa causar problemas por não o ter “declarado”
Segundo a DGES:
"A composição do agregado familiar relevante é aquele que se verifica à data da apresentação do requerimento", pelo que entendo que deves incluir o teu irmão no teu agregado familiar.
 
Boa noite. Estou a acabar a candidatura à bolsa, e hj fui à UL para falar sobre as minhas dúvidas e eles disseram que podia concorrer e para adicionar um ficheiro a explicar a minha situação familia. No entanto, como tenho receio de ser acusada de fraude e ficar impedida de frequentar a faculdade, gostaria de ouvir a vossa opinião.

Eu vivo com a minha mãe e na SS estou como monoparental com ela. No entanto, este ano, as despesas em meu nome ficaram todas no IRS do meu pai. No IRS os meus pais estão com guarda partilhada 50% 50%, mas eu só estou com o meu pai uns dias nas férias.

No agregado familiar tenho de pôr o meu pai ou apenas a minha mãe?
 
Boa noite. Estou a acabar a candidatura à bolsa, e hj fui à UL para falar sobre as minhas dúvidas e eles disseram que podia concorrer e para adicionar um ficheiro a explicar a minha situação familia. No entanto, como tenho receio de ser acusada de fraude e ficar impedida de frequentar a faculdade, gostaria de ouvir a vossa opinião.

Eu vivo com a minha mãe e na SS estou como monoparental com ela. No entanto, este ano, as despesas em meu nome ficaram todas no IRS do meu pai. No IRS os meus pais estão com guarda partilhada 50% 50%, mas eu só estou com o meu pai uns dias nas férias.

No agregado familiar tenho de pôr o meu pai ou apenas a minha mãe?
Olá!
Creio que existe uma opção na candidatura, mais ou menos no início, onde diz "guarda conjunta".
Segundo a DGES: O agregado familiar do estudante, é constituído pelo próprio e pelas seguintes pessoas que com ele vivam em comunhão de mesa, habitação e rendimento: b) Parentes e afins, em linha reta e em linha colateral, até ao 4.º grau. Assim, eu diria que no teu agregado familiar deves colocar tu e a tua mãe, uma vez que é assim que estão na SS e é com a tua mãe que vives durante a maior parte do tempo.
Em todo o caso, o processo é sempre todo revisto e poderás acrescentar uma declaração ou um comprovativo da tua situação familiar mais tarde, sem prejuízo.

Se a dúvida se mantiver, experimenta contactar a DGES ( 213 126 000 ) e explicar a situação, para saber qual a melhor opção no teu caso.
 
  • Like
Reactions: Hello12