Anulação da matrícula e a bolsa de estudos

fraser

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
6 Julho 2015
Mensagens
2,744
Gostos
3,713
Curso
Medicina
Instituição
FCM|NMS
Olá a todos! Eu vou anular a matrícula, e como tal, pretendo anular o pedido de bolsa de estudo. Eu recebi uma notificação do pedido de bolsa que foi dado como "indeferimento", porque eu não enviei os documentos necessários, pois já sabia que ia anular a matrícula.
No próximo ano posso candidatar-me à bolsa de estudo na mesma?
Sim podes.
 

Trice

Membro Caloiro
Matrícula
22 Dezembro 2017
Mensagens
1
Gostos
0
Bom dia,
Eu estou no 3°ano mas quero desistir. No entanto, recebi bolsa em todos os 3 anos em que estive inscrita. Terei de repor o dinheiro à DGES? E continuar a pagar as propinas até ao final deste ano letivo? Já li que depende de cada instituição, e no meu caso, estou matriculada na FLUP. Obrigada!
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
15,730
Gostos
18,678
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @Trice
Bom dia,
Eu estou no 3°ano mas quero desistir. No entanto, recebi bolsa em todos os 3 anos em que estive inscrita. Terei de repor o dinheiro à DGES? E continuar a pagar as propinas até ao final deste ano letivo? Já li que depende de cada instituição, e no meu caso, estou matriculada na FLUP. Obrigada!
Se anulares a matrícula não tens de devolver a bolsa de estudos. Não recebes é numa próxima matrícula.
 

Morella

Membro Caloiro
Matrícula
10 Janeiro 2018
Mensagens
1
Gostos
0
Bom dia,
Estou a frequentar um Mestrado no politécnico do Porto, porém o curso não é nada daquilo que eu esperava. Já percebi que caso anule a matrícula, a bolsa só me é dada até ao mês anterior da anulação de matrícula, portanto a minha questão é:
Se eu não anular a matrícula (para continuar a receber a bolsa e pagar as propinas) mas não frequentar msis as aulas, há algum problema depois? Não fico com dívidas para com a DGES? Para além de perder o direito à bolsa no próximo ano, claro..

Obrigada :)
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
15,730
Gostos
18,678
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @Morella
Estou a frequentar um Mestrado no politécnico do Porto, porém o curso não é nada daquilo que eu esperava. Já percebi que caso anule a matrícula, a bolsa só me é dada até ao mês anterior da anulação de matrícula, portanto a minha questão é:
Se eu não anular a matrícula (para continuar a receber a bolsa e pagar as propinas) mas não frequentar msis as aulas, há algum problema depois? Não fico com dívidas para com a DGES? Para além de perder o direito à bolsa no próximo ano, claro..
Não, há. O teu "castigo" é não teres a bolsa na próxima matrícula.
 
Gostos: Morella
Matrícula
10 Janeiro 2018
Mensagens
2
Gostos
0
Olá,

Sou novo por aqui, e já tenho uma dúvida :)

Tenho necessidade de cancelar a minha propina por motivos profissionais, não me está a ser possível conjugar trabalho e curso.

Estou em fase de frequências e nem tenho ido, pedi cancelamento de matrícula na faculdade lusiada e dizem que tenho que pagar o ano letivo, isto é legal ?? Nem estou a acabar o primeiro semestre, o 2o só começa a 14 de fevereiro.

Coloco regulamento em anexo que nada diz sobre o cancelamento.

Obrigado desde já
 

Attachments

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
15,730
Gostos
18,678
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @Nunofreitas19
Estou em fase de frequências e nem tenho ido, pedi cancelamento de matrícula na faculdade lusiada e dizem que tenho que pagar o ano letivo, isto é legal ?? Nem estou a acabar o primeiro semestre, o 2o só começa a 14 de fevereiro.
É, as instituições são livres de definir as suas condições de anulação da matrícula.
Coloco regulamento em anexo que nada diz sobre o cancelamento.
Nesse realmente não diz nada. Podes pedir em que regulamento têm isso definido.
 
Matrícula
10 Janeiro 2018
Mensagens
2
Gostos
0
Olá @Nunofreitas19

É, as instituições são livres de definir as suas condições de anulação da matrícula.

Nesse realmente não diz nada. Podes pedir em que regulamento têm isso definido.
Pelo que vi, em nenhum tem. Disseram na secretaria. Lol

Aí nem falam de cobrar o ano letivo se por Ventura deixar de pagar as propinas
 
Matrícula
21 Julho 2016
Mensagens
19
Gostos
0
Boa tarde,

Estou neste momento no 1º ano do curso e vou anular a matrícula para mudar de curso em setembro. Este ano recebi bolsa que me ajuda bastante a pagar as propinas e tenho umas questões:
-Se anular a matrícula continuo a receber os pagamentos mensais da bolsa?
-Foi-me dito que para o ano não teria direito a bolsa visto que este ano não fiz créditos suficientes, isso é verdade?
-Mesmo não tendo direito a bolsa no 2ºano do curso seria possível ter no 3º?

Visto que este ano apenas vou pagar 75% das propinas (estou no politécnico), tencionava usar o que sobrasse da bolsa para ajudar a pagar as propinas do próximo ano

Obrigado
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
15,730
Gostos
18,678
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @nuno567
-Se anular a matrícula continuo a receber os pagamentos mensais da bolsa?
Não, deixas de receber.
-Foi-me dito que para o ano não teria direito a bolsa visto que este ano não fiz créditos suficientes, isso é verdade?
Certo, tens de completar pelo menos 36 para manter a bolsa.
-Mesmo não tendo direito a bolsa no 2ºano do curso seria possível ter no 3º?
Podes, se tiveres o aproveitamento mínimo exigido nessa próxima matrícula.
 

anacsilva

Estás a olhar para onde?
Colaborador Editorial
Matrícula
3 Janeiro 2016
Mensagens
1,363
Gostos
2,062
Curso
Direito
Instituição
Universidade de Lisboa
Olá.

Já li todas as respostas que aqui estão mas, ainda assim, prefiro expôr a minha situação de forma mais específica.

Entrei este ano em Mestrado mas, por motivos pessoais e profissionais, estou a ponderar seriamente congelar a matrícula. Ora, eu sinceramente não sei se congelar e anular são sinónimos mas acredito que sim (de qualquer das formas vou-me informar melhor junto da minha instituição). De todas as formas, tratando-se de anulação de matrícula, posso fazê-lo até ao final do ano (não percebi se do ano civil ou do ano lectivo, porque a informação no site é dúbia: «O aluno pode, até ao fim de cada ano, requerer a anulação da inscrição na totalidade das unidades curriculares do ano letivo que se encontra a frequentar, sendo devidas as prestações de propinas já vencidas.»).

Tudo isto para perguntar o seguinte: foi-me deferido o pedido de bolsa no dia 23 de Dezembro de 2017, sendo que devo receber os pagamentos de Setembro-Janeiro agora no final deste mês. Se anular a matrícula antes, já não recebo esse pagamento?

De qualquer forma lá está, posso simplesmente deixar andar e ir pagando com a bolsa, mas podendo anular já até preferia (e a DGES iria parar os pagamentos mensais, pelo que percebi).

Obrigada.
 
Matrícula
11 Dezembro 2017
Mensagens
27
Gostos
2
Tenho lido este tópico, e queria questionar-me acerca de uma coisa: um utilizador numa das páginas do tópico mencionou casos "especiais" previstos na lei, em que um aluno, que no presente ano letivo anulou a matrícula/desistiu do primeiro curso ou não fez os 36 Ects, tem direito à sua bolsa de estudos no ano imediatamente a seguir. Alguém me pode esclarecer que casos excepcionais são esses?
 

tiagopaiva

Membro Veterano
Especialista
Engenharia & Ensino Superior
Matrícula
4 Janeiro 2018
Mensagens
443
Gostos
408
Curso
Engenharia Química
Instituição
Universidade de Aveiro
Tenho lido este tópico, e queria questionar-me acerca de uma coisa: um utilizador numa das páginas do tópico mencionou casos "especiais" previstos na lei, em que um aluno, que no presente ano letivo anulou a matrícula/desistiu do primeiro curso ou não fez os 36 Ects, tem direito à sua bolsa de estudos no ano imediatamente a seguir. Alguém me pode esclarecer que casos excepcionais são esses?
Atletas de alta competição, motivos de doença prolongada, entre outros.
 
Gostos: davis

tiagopaiva

Membro Veterano
Especialista
Engenharia & Ensino Superior
Matrícula
4 Janeiro 2018
Mensagens
443
Gostos
408
Curso
Engenharia Química
Instituição
Universidade de Aveiro
Podes especificar esse "entre outros", ou não os sabes? Algum caso de pessoa que descobriu que não gostava do curso e não aguentava mais (tendo que sair), se inclui? É que não considero isto abuso nem "baldisse".
Nesses casos não. Eu também não concordo mas é o que é. Ou podes tentar fazer as cadeiras mínimas e depois sair do curso para continuares a ter bolsa ou arriscas-te a não teres bolsa para o ano. Estando a passar uma situação parecida à tua sei bem o que é, ainda mais com a pressão da bolsa. Tenta fazer os créditos mínimos e se não conseguires há sempre alternativas de pagar a faculdade. Boa sorte :)
 
Gostos: davis and Lolis
Matrícula
11 Dezembro 2017
Mensagens
27
Gostos
2
Nesses casos não. Eu também não concordo mas é o que é. Ou podes tentar fazer as cadeiras mínimas e depois sair do curso para continuares a ter bolsa ou arriscas-te a não teres bolsa para o ano. Estando a passar uma situação parecida à tua sei bem o que é, ainda mais com a pressão da bolsa. Tenta fazer os créditos mínimos e se não conseguires há sempre alternativas de pagar a faculdade. Boa sorte :)
Realmente é muito chato não preverem esses casos na lei, parece que estão a implicar que os alunos bolseiros não podem falhar, nem uma vez, nas escolha do curso, ou seja, têm menos direito a falhar que os não bolseiros. :/ Eu concordo que o "castigo" de se tirar a bolsa seja aplicado em casos de abusos e de alunos obviamente "baldas", que pensam que universidade é só festa (acho que foi essa a razão de ter sido criado esse limite dos 36 ects), agora estas situações é diferente, mas pronto... Mas obrigada pelos esclarecimentos. Que alternativas à bolsa são essas? :) São programas do estado ou estás a referir-te a trabalhos de verão, por exemplo?
 

tiagopaiva

Membro Veterano
Especialista
Engenharia & Ensino Superior
Matrícula
4 Janeiro 2018
Mensagens
443
Gostos
408
Curso
Engenharia Química
Instituição
Universidade de Aveiro
Realmente é muito chato não preverem esses casos na lei, parece que estão a implicar que os alunos bolseiros não podem falhar, nem uma vez, nas escolha do curso, ou seja, têm menos direito a falhar que os não bolseiros. :/ Eu concordo que o "castigo" de se tirar a bolsa seja aplicado em casos de abusos e de alunos obviamente "baldas", que pensam que universidade é só festa (acho que foi essa a razão de ter sido criado esse limite dos 36 ects), agora estas situações é diferente, mas pronto... Mas obrigada pelos esclarecimentos. Que alternativas à bolsa são essas? :) São programas do estado ou estás a referir-te a trabalhos de verão, por exemplo?
Estou-me a referir a trabalhos de verão, ser trabalhador-estudante ou até um student loan. Penso que podes também candidatar-te outra vez à bolsa.
 
Gostos: Lolis

tiagopaiva

Membro Veterano
Especialista
Engenharia & Ensino Superior
Matrícula
4 Janeiro 2018
Mensagens
443
Gostos
408
Curso
Engenharia Química
Instituição
Universidade de Aveiro
Perdoa-me a ignorância, mas student loan não é uma coisa dos USA, não de Portugal?
Sim mas também deve haver em bancos portugueses. Eu como nunca tive necessidades de empréstimo de dinheiro não sei bem se existem em portugal mas é uma questão de pesquisares.
 
Gostos: Lolis