Anulação de matrícula

Hugo09

Membro Caloiro
Matrícula
24 Setembro 2020
Mensagens
6
Olá bom dia. No ano passado entrei num curso que não gostava e que era bastante longe da minha localidade, então por falta de adaptação anulei a matrícula e fiquei a fazer uma espécie de gap year o resto do ano.
A minha dúvida é: agora para voltar a entrar na universidade num novo curso(numa instituição privada) teria mesmo que entrar pelo regime de reingresso/mudança de par e instituição, ou esta candidatura poderia ser feita a partir do regime geral (pelo que estou a fazer melhoria de notas nos exames nacionais deste ano)?
Porque a instituição em causa já começou e acabou com as candidaturas (6 Junho a 20 Junho) de regime mudança de par e ainda nem o exame de biologia tinha sido realizado.
Terei de esperar por uma segunda fase e arriscar nesse regime ou poderia me escrever por regime geral visto a melhoria nos exames?
Aguardo
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,311
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Olá bom dia. No ano passado entrei num curso que não gostava e que era bastante longe da minha localidade, então por falta de adaptação anulei a matrícula e fiquei a fazer uma espécie de gap year o resto do ano.
A minha dúvida é: agora para voltar a entrar na universidade num novo curso(numa instituição privada) teria mesmo que entrar pelo regime de reingresso/mudança de par e instituição, ou esta candidatura poderia ser feita a partir do regime geral (pelo que estou a fazer melhoria de notas nos exames nacionais deste ano)?
Porque a instituição em causa já começou e acabou com as candidaturas (6 Junho a 20 Junho) de regime mudança de par e ainda nem o exame de biologia tinha sido realizado.
Terei de esperar por uma segunda fase e arriscar nesse regime ou poderia me escrever por regime geral visto a melhoria nos exames?
Aguardo
Olá, Hugo! Se o prazo desse concurso na instituição que desejas já passou e não há indicação no site de mais fases do concurso, infelizmente já não poderás candidatar-te pelo concurso de mudança par instituição/curso. Mas podes - e deves - candidatar-te através do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior. Para isso, não precisas apenas de realizar os exames de prova de ingresso - precisas também pedir a senha DGES, assinar o pedido de senha, submeter na PIEPE (isto se ainda não o tiveres feito). Os restantes passos de candidatura são exactamente os mesmos que fizeste no ano passado.
 

Hugo09

Membro Caloiro
Matrícula
24 Setembro 2020
Mensagens
6
Olá e obrigada pela atenção mesmo! Fiquei um pouco em pânico depois de saber que o prazo da 1ª fase de candidaturas para mudança par de instituição/ curso já tinha acabado no curso que queria. A universidade em questão é a ESSSM, no site diz que poderá haver ou não uma segunda fase de candidaturas consoante o nº de candidatos penso.
Respondendo aos passos que me indicaste, sim já tenho isso tudo resolvido (tanto o pedido/como a senha de acesso da dges deste ano e está tudo tratado na piepe).
Então para esclarecer o assunto, se no caso de não haver vagas para segunda fase neste regime de mudança de par instituição/curso, consigo fazer a inscrição na mesma universidade mas pelo regime geral? Sabendo que já frequentei e posteriormente anulei uma candidatura de um curso em Tomar?
Obrigada e fico a aguardar.
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,311
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Olá e obrigada pela atenção mesmo! Fiquei um pouco em pânico depois de saber que o prazo da 1ª fase de candidaturas para mudança par de instituição/ curso já tinha acabado no curso que queria. A universidade em questão é a ESSSM, no site diz que poderá haver ou não uma segunda fase de candidaturas consoante o nº de candidatos penso.
Respondendo aos passos que me indicaste, sim já tenho isso tudo resolvido (tanto o pedido/como a senha de acesso da dges deste ano e está tudo tratado na piepe).
Então para esclarecer o assunto, se no caso de não haver vagas para segunda fase neste regime de mudança de par instituição/curso, consigo fazer a inscrição na mesma universidade mas pelo regime geral? Sabendo que já frequentei e posteriormente anulei uma candidatura de um curso em Tomar?
Obrigada e fico a aguardar.
Olá, novamente! Sim, podes concorrer sem problemas e se abrirem uma segunda fase desse regime, podes até concorrer em simultâneo por esses dois concursos.
 

Hugo09

Membro Caloiro
Matrícula
24 Setembro 2020
Mensagens
6
Fixe! Ok obrigada, eu até cheguei a pensar que fosse obrigado a concorrer em regime de mudança par instituição/curso por ter anulado uma matricula do ano passado. Mas ainda bem que posso concorrer tanto a uma como outra!
Sei que não tens forma de saber e esta pergunta vai ser um pouco estranha mas:
Sabendo que eu no ano passado entrei em Tomar no curso de Tecnologia Química, e este ano quero mudar totalmente a minha àrea e entrar em Fisioterapia aqui no Porto. E que as cadeiras não se relacionam umas com as outras, qual é a probalidade de ser escolhido mais facilmente em regime de mudança ou em regime geral?
Obrigada e desculpa estar a chatear demasiado, mas é que estou cheio de dúvidas.
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,311
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Fixe! Ok obrigada, eu até cheguei a pensar que fosse obrigado a concorrer em regime de mudança par instituição/curso por ter anulado uma matricula do ano passado. Mas ainda bem que posso concorrer tanto a uma como outra!
Sei que não tens forma de saber e esta pergunta vai ser um pouco estranha mas:
Sabendo que eu no ano passado entrei em Tomar no curso de Tecnologia Química, e este ano quero mudar totalmente a minha àrea e entrar em Fisioterapia aqui no Porto. E que as cadeiras não se relacionam umas com as outras, qual é a probalidade de ser escolhido mais facilmente em regime de mudança ou em regime geral?
Obrigada e desculpa estar a chatear demasiado, mas é que estou cheio de dúvidas.
De acordo com o regulamento da ESSSM, os critérios de seriação são os seguintes:
Sem Título.png
Para veres a área científica das disciplinas, basta consultares o plano de estudos publicado em Diário da República (os sites das instituições costumam ter essa informação). Se partilhassem áreas científicas, contam os ECTS feitos para a seriação (quantos mais tiveres feitos, melhor). Contam a média das cadeiras feitas, contam os ECTS que fizeste e contam as provas de ingresso, basicamente. Ou seja, não partilhando nada disto, basicamente vão contar quantos ECTS fizeste e a tua nota das provas de ingresso - cabe-te a ti considerares se isso te favorece ou nem por isso (por norma, as pessoas que mudam de curso muitas vezes não têm um elevado número de ECTS feitos, muitos à volta dos 36 ECTS para manterem a bolsa DGES). É mesmo muito difícil saber, não conhecendo eu estes dados teus, qual dos concursos se afigura talvez mais acessível para ti, mas acho que valerá a pena candidatares-te aos dois. Se a tua média estiver confortável para o concurso nacional, então diria que tens boas chances de entrada. Boa sorte!
 

Hugo09

Membro Caloiro
Matrícula
24 Setembro 2020
Mensagens
6
Obrigada mesmo pelo tempo e disponibilidade! As cadeiras que tinha no curso não chegaram a ser realizadas na totalidade e eram completamente distintas a este novo curso que me pretendo candidatar. Pelo que penso que a melhor solução seja realizar a candidatura mesmo pelo regime geral, sendo que não vale a pena estar a criar um desperdicio tanto de tempo como de dinheiro para candidaturas e não possuir os requesitos pretendidos para entar em regime mudança par.
Se assim for possivel e entrar pelo regime geral, terei de resolver algum tipo de informação ou problema com a universidade anterior que desisti o ano passado, ou seja, terei de tratar de algum tipo de transferencia ou algo do género? Ou é como se começa se um processo novo de matricula neste novo ano letivo.
Quanto à bolsa, também já me informei e sabendo que não tendo créditos suficientes(36 ects) do curso de desistência, esta também fica em standby e só no 2º ano me poderei voltar a candidatar correto? Mesmo que entre pelo regime geral?
Obrigada mais uma vez !
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,311
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Obrigada mesmo pelo tempo e disponibilidade! As cadeiras que tinha no curso não chegaram a ser realizadas na totalidade e eram completamente distintas a este novo curso que me pretendo candidatar. Pelo que penso que a melhor solução seja realizar a candidatura mesmo pelo regime geral, sendo que não vale a pena estar a criar um desperdicio tanto de tempo como de dinheiro para candidaturas e não possuir os requesitos pretendidos para entar em regime mudança par.
Se assim for possivel e entrar pelo regime geral, terei de resolver algum tipo de informação ou problema com a universidade anterior que desisti o ano passado, ou seja, terei de tratar de algum tipo de transferencia ou algo do género? Ou é como se começa se um processo novo de matricula neste novo ano letivo.
Quanto à bolsa, também já me informei e sabendo que não tendo créditos suficientes(36 ects) do curso de desistência, esta também fica em standby e só no 2º ano me poderei voltar a candidatar correto? Mesmo que entre pelo regime geral?
Obrigada mais uma vez !
Tu preenches os requisitos, aquilo são apenas critérios de seriação - que, de facto, por princípio beneficiam as pessoas que vierem de áreas semelhantes e tenham feito mais ECTS; se isso torna impossível entrares por este regime? não, não torna, mas se achas que é um desperdício de dinheiro, compreendo perfeitamente a motivação!
Caso entres pelo regime geral, não tens de declarar nada e se não deves nada ao Politécnico de Tomar, não tens mesmo nenhum assunto pendente. É como se começares um novo percurso, sim. Quanto à bolsa, sim, mesmo entrando pelo regime geral, não tendo feito os 36 ECTS, não terás bolsa este ano lectivo e poderás voltar a pedir no próximo ano, na condição de fazeres 36 ECTS no mínimo.

De nada!!
 

Hugo09

Membro Caloiro
Matrícula
24 Setembro 2020
Mensagens
6
Ah ok entendi! Basicamente entro numa lista de seleção e pode ser que tenha a sorte de conseguir ser escolhido apenas neste caso por provas de ingresso. Mas acho que prefiro não arriscar e seguir talvez pelo regime geral mesmo.
Tendo em conta à desistencia do curso foi tudo tratado no momento e não tenho qualquer dívida ou assunto pendente para com a faculdade , só queria mesmo esclarecer esse ponto (caso tivesse de tratar de algum tipo de transferencia ou documento). Ok ainda bem que funciona como se fosse um novo percurso.
Quanto à bolsa de estudos é uma pena mesmo, mas também meio que já estava conformado com a resposta tendo em conta que à partida não tinha concluido as cadeiras.
Obrigada pelas dúvidas todas fornecidas! Boa Tarde.
Hugo Nunes
 
  • Fabulous
Reactions: Ariana_