Apagar

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,959
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Boa tarde. Tenho conhecimento que para efeitos de candidatura a bolsa da dges é pedido a atividade da conta bancária do bolseiro e dos demais integrantes do agregado familiar. A minha questão é a seguinte? Se eu tiver um familiar que não esteja no meu agregado familiar mas que mensalmente me irá ajudar com x quantia há algum problema? Posso ficar sem bolsa no próximo ano?
Olá @Roberto2222
Na candidatura à bolsa tens um campo de observações no fim que podes reportar situações extra como essa que referes. Ficares ou não com bolsa dependerá sempre dos valores em causa, juntamente com os do rendimento do agregado familiar. Podes usar o simulador da DGES:
 

seavidafosse

Membro
Matrícula
19 Junho 2020
Mensagens
58
Não percebi muito bem, podes explicar melhor? Isso não influencia o facto de manter a bolsa para o ano seguinte?
Pode ou não influenciar, depende da quantia. Se se tratar apenas de uma AJUDA de um familiar, na altura da candidatura à bolsa, não terás que a reportar. No entanto, caso o técnico que avalia a tua bolsa tiver dúvidas em relação à forma de sustentabilidade do agregado, poderá pedir-te uma declaração de honra onde terás de justificar que tiveste ajuda de terceiros.
Mas não te preocupes, isso não significa que venhas a perder a bolsa, simplesmente é uma forma de justificares a tua situação económica. Aliás, em alguns casos, podem aumentar o valor da bolsa.
Espero ter ajudado :)