Arquitetura ou Design?

Salomé Amaral

Membro Caloiro
Matrícula
20 Abril 2017
Mensagens
2
Olá! Vou candidatar-me à universidade este ano e ainda estou um pouco indecisa em relação ao curso que deva escolher. A minha ideia inicial sempre foi seguir Arquitetura, mas nos últimos meses tenho ponderado seguir Design. O meu receio é que o curso de Arquitetura não tenha aquele lado mais criativo e ligado ao desenho e acabe por ser mais relacionado com geometria. Alguém me pode dar algumas luzes acerca do curso? E ainda, se seguir Arquitetura, a FAUP é realmente a melhor escolha?

Obrigada ;)
 

Imperador

Membro
Matrícula
27 Julho 2016
Mensagens
65
Curso
Arquitectura
Instituição
FAUP
Olá! Vou candidatar-me à universidade este ano e ainda estou um pouco indecisa em relação ao curso que deva escolher. A minha ideia inicial sempre foi seguir Arquitetura, mas nos últimos meses tenho ponderado seguir Design. O meu receio é que o curso de Arquitetura não tenha aquele lado mais criativo e ligado ao desenho e acabe por ser mais relacionado com geometria. Alguém me pode dar algumas luzes acerca do curso? E ainda, se seguir Arquitetura, a FAUP é realmente a melhor escolha?

Obrigada ;)
Hello! Não diria que a FAUP é a "melhor" por assim dizer, mas é uma das mais especiais por se focar mais no aspecto artístico em relação às outras faculdades.

Acho que existem duas componentes completamente diferentes. Ser estudante de arquitectura e ser arquitecto. Como arquitecta vais ter de lidar com um grupo enorme de pessoas - outros arquitectos, serralheiros, trolhas, electricistas, empreiteiros, engenheiros, clientes, etc. Como estudante de arquitectura isso já não acontece, e daí tu teres mais tempo para pensar em outras questões que são mais artísticas como o desenho.

Na FAUP tens uma cadeira anual de Desenho I logo no primeiro ano, é a segunda cadeira com mais ECTS, e tens 8 horas de desenho por semana. O desenho acaba por ser bastante exigente e abordas tópicos como os básicos mas também perspectiva, claro/escuro, cor, grafite, lápis de cor, caneta, marcador, carvão, pastéis, etc. E aprendes as diferentes vertentes do desenho: esboço, esquisso, detalhe, e contorno. No segundo ano a coisa muda já um pouco porque desta vez a cadeira de desenho, agora chamada Desenho II, perde muita importância em relação ao que vale no primeiro ano. No segundo ano, desenho está relacionado com o teu projecto de Projecto II, e boa parte das aulas do primeiro semestre são feitas no terreno do projecto, e no final do ano exploras diferentes técnicas de desenho e aí tu já trabalhas com quase total autonomia porque ganhas a tua forma de desenhar.

No terceiro ano, tens duas cadeiras de desenho que são opcionais. Desenho de figura humana e desenho de arquitectura. A partir daí o desenho quase não tem importância até porque no terceiro ano começas a trabalhar em computador na FAUP. All in all, tens de pensar o que queres para o teu futuro, porque lá está, como estudante de arquitectura vais desenhar e muito, especialmente na FAUP; vais aprender coisas que provavelmente não vais aprender em design, mas quando entrares no mercado de trabalho o teu trabalho pouco desenho conterá.

Já acerca da geometria, na minha opinião arquitectura pouco ou nada tem a ver com geometria. Claro que toda a arquitectura contém geometria e há cadeiras de geometria na faculdade, mas o arquitecto não trabalha a pensar como resolver problemas de geometria (se a obra for complexa, geralmente tem vários softwares que resolvem esses problemas automaticamente). A coisa que tu deves pensar é construção. Ao projectares a tua obra, deves sempre pensar como vais resolver os problemas construtivos porque de nada vale a pena fazeres um projecto se depois ele não é executável.
 

Salomé Amaral

Membro Caloiro
Matrícula
20 Abril 2017
Mensagens
2
Olá :)
Desde já, obrigada pela resposta, esclareceu-me bastante! Em relação às outras cadeiras do curso, por exemplo "Projeto", em consistem? E o ambiente da faculdade, processo de integração como é?
Peço desculpa pelas perguntas, mas como já disse, não sei o que esperar do curso, e como moro longe do Porto, sinto que tenho de estar consciente do que me espera pois a adaptação pode ainda ser mais difícil!

Obrigada pela ajuda :D
 

Imperador

Membro
Matrícula
27 Julho 2016
Mensagens
65
Curso
Arquitectura
Instituição
FAUP
Olá :)
Desde já, obrigada pela resposta, esclareceu-me bastante! Em relação às outras cadeiras do curso, por exemplo "Projeto", em consistem? E o ambiente da faculdade, processo de integração como é?
Peço desculpa pelas perguntas, mas como já disse, não sei o que esperar do curso, e como moro longe do Porto, sinto que tenho de estar consciente do que me espera pois a adaptação pode ainda ser mais difícil!

Obrigada pela ajuda :D
Projecto é muito simples, é simplesmente projecto. No primeiro ano projecto consiste geralmente em 3 ou 4 diferentes exercícios ao longo do ano. O primeiro abordas geralmente a cidade - rua e praça - e tens de fazer um pequeno trabalho num terreno imaginário que tu crias com certo número de ruas e praças. Depois disso escolhes uma secção desse teu terreno e inseres lá um cubo de 5x5 metros. Tens de trabalhar o espaço à volta do teu cubo bem como o interior do cubo. O cubo pode ser pretty much anything, um miradouro, uma mãe d'água, anything que passe pela cabeça dos professores. Depois no segundo semestre começas mais a sério. Fazes um pequeno espaço comercial, poderá ser um café ou um pequeno museu num terreno que te é dado. Tens aulas no terreno em que vais para lá desenhar e tens aulas na sala de aula (aka o que será o vosso atelier). Depois o último exercício é quase a mesma coisa só que é um bocadinho mais complexo e envolve uma residência para um determinado número de pessoas.

O primeiro ano verás que é muito artístico e conceptual, no segundo ano tudo vai mudar. Tens um projecto para o ano inteiro desta vez, que é 100x mais complexo; é geralmente um edifício de carácter público, como por exemplo uma residência colectiva e um centro cultural ou um mercado. No início do ano cada turma vai construir uma maqueta em cartão do local do terreno a 1:500, vão demorar cerca de duas semanas a faze-lo. E irão passar o primeiro semestre a estudar opções a essa escala. No segundo semestre vão fazer nova maqueta mas desta vez a 1:200 e aqui é que as coisas vão se tornar stressantes porque têm de começar a definir programa, tratar da construção do vosso edifício, para além de todas as outras entregas e trabalhos.

No terceiro ano, começas a trabalhar a computador e a construção começa a ser cada vez mais importante em conjunto com o projecto. O projecto do terceiro ano é geralmente uma habitação plurifamiliar, ou em linguagem comum, um prédio. No quarto ano, Projecto e construção são dadas em conjunto e quase não existe distinção duma da outra, e é most of the times um edifício público de grande dimensão, como uma escola, um hotel, um complexo desportivo, etc. No quinto ano, o projecto já é mais ligado com a temática da cidade, mas até lá ainda tens muito tempo.

Em relação à faculdade e integração, epáaa isso é um medo que toda a gente que vem do secundário tem mas não vejo grande sentido nisso porque toda a gente à tua volta estará no mesmo barco que tu, e isto aplica-se a todas as faculdades. O que te posso dizer mais concretamente é que a faculdade está sempre aberta 24/7 e que algures na faculdade há sempre gente somewhere que na maioria das vezes de bom grado te dará uma ajudinha no que pedires. Ambiente overall, obviamente que é competitivo e que tens gente muito inteligente que se dedica muito à arquitectura (na minha opinião às vezes até demais), por isso, isso será um assunto que só tu sentirás quando cá chegares.

Overall, arquitectura não é um curso difícil, não vês assim tanta gente a chumbar for example, mas é um curso que exige imensas horas de trabalho e dedicação - e é essa a "dificuldade" que passa para o mundo exterior, porque para se fazer um bom trabalho cá tens de trabalhar at least 2/3 das tuas horas por dia. O outro terço é normalmente para dormir.
 

Joãoc2001

Membro Caloiro
Matrícula
14 Julho 2019
Mensagens
9
Olá a todos. Este ano ingressei no ensino superior, mais precisamente na FAUP (arquitetura no Porto). Apesar de ser um curso que me está a agradar, sinto que não estou a trabalhar com a minha verdadeira paixão, que é os automóveis. Sempre afastei essa hipótese porque a minha habilidade para a matemática me afastou da engenharia, no entanto desde pequeno sempre adorei desenhar carros (não sendo nenhum expert). Mais volta e menos volta, encontrei o trabalho excelente de um designer português que foi premiado no ramo automóvel (vejam, vale a pena!!!). A minha questão é, no nosso país e realidade será possível enverdar por um caminho do genéro? Se mudasse de curso, não estaria a cometer um erro? Tenho medo que seja uma profissão incerta, ainda mais que arquitetura (no que toca ao que se fala acerca de empregos).
Muito obrigado e aguardo resposta!
 

Imperador

Membro
Matrícula
27 Julho 2016
Mensagens
65
Curso
Arquitectura
Instituição
FAUP
Olá a todos. Este ano ingressei no ensino superior, mais precisamente na FAUP (arquitetura no Porto). Apesar de ser um curso que me está a agradar, sinto que não estou a trabalhar com a minha verdadeira paixão, que é os automóveis. Sempre afastei essa hipótese porque a minha habilidade para a matemática me afastou da engenharia, no entanto desde pequeno sempre adorei desenhar carros (não sendo nenhum expert). Mais volta e menos volta, encontrei o trabalho excelente de um designer português que foi premiado no ramo automóvel (vejam, vale a pena!!!). A minha questão é, no nosso país e realidade será possível enverdar por um caminho do genéro? Se mudasse de curso, não estaria a cometer um erro? Tenho medo que seja uma profissão incerta, ainda mais que arquitetura (no que toca ao que se fala acerca de empregos).
Muito obrigado e aguardo resposta!
Essa resposta só tu a poderás obter. No entanto, tenho conhecimento de uma pessoa que envergou por esse caminho, até porque essa pessoa também tinha a paixão dos automóveis. O seu percurso foi tirar uma licenciatura em engenharia mecânica, e após os três anos, optou por um mestrado em design automóvel na ESAD. Para o desenho de automóveis tens duas vertentes: a vertente profissional, ou seja queres participar no desenho e a criação de veículos numa empresa, seja da parte conceptual até a manufactura. No entanto, pouco desenharás a mão nesse ambiente profissional, porque software CAD domina a indústria como Solidworks, Alias, 3DS Max, ou Blender. (Aliás, tal como em Arquitectura, por muito que te digam o contrário na FAUP). Ou então tens uma vertente fora da indústria, em que fazes ilustrações de carros , de liveries (Sean Bull Design de liveries), e afins. Ou seja neste caso in fact poderás desenhar carros, mas irás trabalhar de uma forma muito mais ilustrativa, e therefore, também harder to make a living, porque aí terás de fazer design side-jobs que poderás gostar menos.
 

Joãoc2001

Membro Caloiro
Matrícula
14 Julho 2019
Mensagens
9
Essa resposta só tu a poderás obter. No entanto, tenho conhecimento de uma pessoa que envergou por esse caminho, até porque essa pessoa também tinha a paixão dos automóveis. O seu percurso foi tirar uma licenciatura em engenharia mecânica, e após os três anos, optou por um mestrado em design automóvel na ESAD. Para o desenho de automóveis tens duas vertentes: a vertente profissional, ou seja queres participar no desenho e a criação de veículos numa empresa, seja da parte conceptual até a manufactura. No entanto, pouco desenharás a mão nesse ambiente profissional, porque software CAD domina a indústria como Solidworks, Alias, 3DS Max, ou Blender. (Aliás, tal como em Arquitectura, por muito que te digam o contrário na FAUP). Ou então tens uma vertente fora da indústria, em que fazes ilustrações de carros , de liveries (Sean Bull Design de liveries), e afins. Ou seja neste caso in fact poderás desenhar carros, mas irás trabalhar de uma forma muito mais ilustrativa, e therefore, também harder to make a living, porque aí terás de fazer design side-jobs que poderás gostar menos.
Muito obrigado pela resposta! Enverdando pela engenharia mecânica, tornou a sua formação bastante mais abrangente, mas as engenharias não são a minha praia. Parece-me um caminho interessante, mas ao pesquisar descobri que a ESAD apenas oferece "estudos avançados" (uma espécie de formação ou pós-graduação (?)). Pelo design seria sempre mais um side job, e dessa forma talvez fosse mais lógico manter o meu curso e tentar a minha sorte em algum concurso, pois muitos arquitetos tentam também a sua sorte no design. De qualquer das formas, a opção que conheçes dessa pessoa parece-me muito o meu dream job xD
 

Imperador

Membro
Matrícula
27 Julho 2016
Mensagens
65
Curso
Arquitectura
Instituição
FAUP
Muito obrigado pela resposta! Enverdando pela engenharia mecânica, tornou a sua formação bastante mais abrangente, mas as engenharias não são a minha praia. Parece-me um caminho interessante, mas ao pesquisar descobri que a ESAD apenas oferece "estudos avançados" (uma espécie de formação ou pós-graduação (?)). Pelo design seria sempre mais um side job, e dessa forma talvez fosse mais lógico manter o meu curso e tentar a minha sorte em algum concurso, pois muitos arquitetos tentam também a sua sorte no design. De qualquer das formas, a opção que conheçes dessa pessoa parece-me muito o meu dream job xD
As far as I know, aquilo no fundo é quase como um mestrado que fazes a seguir a tua licenciatura, mas not sure, se tiveres mesmo a certeza infirma-te porque poderei estar a dizer alguma asneira. Um outro exemplo, tenho a friend que foi estudar física teórica para Inglaterra, ficou em segundo lugar na final mundial da F1 in Schools, tornou-se embaixadora da Autodesk (empresa que desenvolve o AutoCAD, Revit, 3DS Max) e entrou no programa de engenharia da Williams. Aí há uma ligação mais próxima ao mundo do desporto motorizado, mas contínua a ser ligado muito à engenharia, porque ao contrário da arquitectura, o design automóvel adapta-se à engenharia; e na arquitectura é a engenharia que se tem de adaptar ao projecto de arquitectura.