Biologia e Geologia - Dúvidas, apontamentos e discussões

Olá, alguem tem a correção deste teste? nlstore.leya.com/asa/2015/biologia/images/3_periodo/05_Teste_11_6.pdf
Mais propriamente do grupo II
 
Olá, alguem tem a correção deste teste? nlstore.leya.com/asa/2015/biologia/images/3_periodo/05_Teste_11_6.pdf
Mais propriamente do grupo II

Eu não tenho mas tens alguma dúvida especifica? Ou é mesmo pelos critérios?
 
  • Like
Reactions: Ricardo Vidal
  • Like
Reactions: Ricardo Vidal
Só estava em dúvida na 2 e 3
Desculpa o tempo que me levou a responder mas estive a tentar ter o máximo de certezas.
Ora, sem 100% certeza absoluta, e peço que alguém mais faça e verifique, diria que 2. (b) e 3 (a).
Ora, para a 2:
será sempre anatómicos e morfológicos, pois estás a olhar para a morfologia e anatomia de uma família, logo ficamos com A e B. Estamos a olhar para uma estrutura morfo-anatómica apenas, desligando da genética e da evolução das famílias, logo fenética (pensa: filética vem de filogenia, que vem de filogene, se tem a palavra gene e tu não estás a analisar genes, é fenética)

3.
(B) fica excluída e escolhi A só porque como diz que a investigadora utilizou o DNA, seria a mais correta (as outras estariam corretas, dependendo das teorias usadas e mesmo assim, por essas teorias não serem usadas/aceites na comunidade científica, não estariam muito corretas.
 
  • Like
Reactions: dvdtores
Desculpa o tempo que me levou a responder mas estive a tentar ter o máximo de certezas.
Ora, sem 100% certeza absoluta, e peço que alguém mais faça e verifique, diria que 2. (b) e 3 (a).
Ora, para a 2:
será sempre anatómicos e morfológicos, pois estás a olhar para a morfologia e anatomia de uma família, logo ficamos com A e B. Estamos a olhar para uma estrutura morfo-anatómica apenas, desligando da genética e da evolução das famílias, logo fenética (pensa: filética vem de filogenia, que vem de filogene, se tem a palavra gene e tu não estás a analisar genes, é fenética)

3.
(B) fica excluída e escolhi A só porque como diz que a investigadora utilizou o DNA, seria a mais correta (as outras estariam corretas, dependendo das teorias usadas e mesmo assim, por essas teorias não serem usadas/aceites na comunidade científica, não estariam muito corretas.


Só vi agora, esse não é o grupo II, mas nao faz mal, deixa estar, ja tiveste mt trabalho a explicar essas duas
 
Última edição:
  • Like
Reactions: dvdtores
Só vi agora, esse não é o grupo II, mas nao faz mal, deixa estar, ja tiveste mt trabalho a explicar essas duas

Ai desculpa vi mal!!! Mas digo já!!
--- Post atualizado ---
Só vi agora, esse não é o grupo II, mas nao faz mal, deixa estar, ja tiveste mt trabalho a explicar essas duas

Epah... Realmente aquele 2... Deixa-me dúvidas... Mas vamos por partes, não consegui perceber muito bem mas F4 parece-me estar a atingir NF, um lençol de água, por isso, a meu ver, iria sempre fornecer água, logo A e B é o que nos resta. Ora, A não está tecnicamente incorreta, mas, neste caso, não nos interessa pois a argila, apesar de ser bastante porosa, é muito impermeável (faz parte das exceções à regra), retendo muita água, o que faria com que o furo desse água, logo B, que está correta pois é o facto da água ter reduzida velocidade que diz que o furo não vai fornecer água. Não sei se me fiz entender...

Na 3, mais uma vez ou A ou B (sendo que posso estar redondamente errada). D não porque argila, C não porque argila... De entre A e B, talvez B... Mas não te consigo dar 100% certezas... O porque de não dar a A? Tens arenitos, que embora tenham alguma permeabilidade (maior que argilas), é bastante reduzida em comparação com conglomerados
Alguém pode ajudar?
 
Só vi agora, esse não é o grupo II, mas nao faz mal, deixa estar, ja tiveste mt trabalho a explicar essas duas
Eu diria que na 2 a resposta é a B, pois o furo está a atingir uma zona de sedimentos impermeáveis (argilas), logo, mesmo que exista alguma água acumulada, como as argilas são tão pouco permeáveis, não permitiriam a sua extração.
Em relação à 3 eu diria que é a B também, pois como a contaminação é proveniente da lixiviação da ganga (escombreiras), quanto mais próximo o aquífero estiver do foco de contaminação, maior é a probabilidade de possuir água contaminada.
 
Olá mais uma vez.

verdade_corr.gif
falso_wrong.gif
No Homem, a regulação da concentração da urina é realizada por uma hormona sintetizada no hipotálamo.

A correcção está certa ?
A hormona referida não é a ADH que é produzida na hipófise "sob ordem" do hipotálamo ?
 
  • Like
Reactions: Andreia C.
Olá mais uma vez.

verdade_corr.gif
falso_wrong.gif
No Homem, a regulação da concentração da urina é realizada por uma hormona sintetizada no hipotálamo.

A correcção está certa ?
A hormona referida não é a ADH que é produzida na hipófise "sob ordem" do hipotálamo ?

hmmm.... Eu ia dizer que o fator aí é a palavra sintetizada mas mesmo assim... A hormona é produzida no hipotálamo, logo é aí sintetizada, pelos neurónios. Por isso a correção está incorreta a meu ver.
@Root confirmas? (isto sem contar com o mecanismo Renina-Angiotensina-Aldosterona)

Edit: pergunta é um pouco... meh. Porque podem estar só a referir-se à permeabilidade das paredes do tubo cont. distal e do tubo coletor mas a permeabilidade é controlada pela ADH, que é sintetizada no hipotálamo, libertada pela hipófise. O que eles podem dizer é que é produzida especificamente nos osmorrecetores hipotalámicos mas still, hipotálamo. Não estou a dizer nenhum disparate, pois não?

Edit 2: tens atenção onde dizes que a hormona é produzida!! A hormona é libertada pela hipófise mas não é sintetizada lá!
 
  • Like
Reactions: Carlos Correia
Há duas hormonas sintetizadas no hipotálamo: ADH (vasopressina) e oxitocina. Estas hormonas, embora sintetizadas no hipotálamo, são libertadas ao nível da neuro-hipófise (hipófise posterior).
Todas as outras hormonas deste sistema são sintetizadas na hipófise anterior, sob controlo do hipotálamo.

Então, pronto a correção está errada, certo? A ADH (a única hormona falada a nível de secundario no que diz respeito a controlo de concentração da urina) é sintetizada no hipotalamo e libertada pela hipófise.
 
A correção está certa. A hormona é sintetizada no hipotálamo, logo, a resposta é V e não F. :)
Pois é! Raciocinei bem, mas li a pergunta mal. Oops!
 
Olá, alguém consegue explicar isto?

Numa falha normal, o teto desce em relação ao muro. Nas imagens que costumo ver, o teto fica posicionado do lado direito da imagem. Olhando para aqui, vejo do lado direito da imagem da falha de Naica o tal bloco com as mineralizações... Porém, a resposta certa seria: A: o teto desceu em relação ao muro sendo por isso uma falha normal.
A minha questão é: olhando para a imagem se o bloco à direita da falha for o das mineralizaçoes e se dizem que esse é que subiu, não deveria ser uma falha inversa então?
 

Attachments

  • IMG_0135.jpg
    IMG_0135.jpg
    79.2 KB · Visitas: 22
  • IMG_0136.jpg
    IMG_0136.jpg
    182.8 KB · Visitas: 21
Olá, alguém consegue explicar isto?

Numa falha normal, o teto desce em relação ao muro. Nas imagens que costumo ver, o teto fica posicionado do lado direito da imagem. Olhando para aqui, vejo do lado direito da imagem da falha de Naica o tal bloco com as mineralizações... Porém, a resposta certa seria: A: o teto desceu em relação ao muro sendo por isso uma falha normal.
A minha questão é: olhando para a imagem se o bloco à direita da falha for o das mineralizaçoes e se dizem que esse é que subiu, não deveria ser uma falha inversa então?

(Primeiro que tudo adoro o teu avatar. Fellow Ravenclaw here)
Tens de ver a "linha da falha" Normalmente as falhas que vemos têm a linha a apontar para a esquerda, neste, pelo que vi, tens a linha da falha para a direita, logo, pela lógica, tens de inverter o processo.
Alguém que me corrija se estiver enganada porque falhas também não é o meu forte...
 
  • Like
Reactions: Margot
Olá, alguém consegue explicar isto?

Numa falha normal, o teto desce em relação ao muro. Nas imagens que costumo ver, o teto fica posicionado do lado direito da imagem. Olhando para aqui, vejo do lado direito da imagem da falha de Naica o tal bloco com as mineralizações... Porém, a resposta certa seria: A: o teto desceu em relação ao muro sendo por isso uma falha normal.
A minha questão é: olhando para a imagem se o bloco à direita da falha for o das mineralizaçoes e se dizem que esse é que subiu, não deveria ser uma falha inversa então?
Basta identificares o muro e o teto ( o teto é o bloco do lado esquerdo) logo se dizem que o muro subiu ( o bloco das mineralizações) então o teto desceu logo a falha é normal.
 
  • Like
Reactions: Margot
Basta identificares o muro e o teto ( o teto é o bloco do lado esquerdo) logo se dizem que o muro subiu ( o bloco das mineralizações) então o teto desceu logo a falha é normal.

Mas como saber se o teto é o do lado esquerdo? Aqui nestas imagens é do lado direito..... Só se for como a Andreia estava a explicar, vendo a linha da falha
--- Post atualizado ---
(Primeiro que tudo adoro o teu avatar. Fellow Ravenclaw here)
Tens de ver a "linha da falha" Normalmente as falhas que vemos têm a linha a apontar para a esquerda, neste, pelo que vi, tens a linha da falha para a direita, logo, pela lógica, tens de inverter o processo.
Alguém que me corrija se estiver enganada porque falhas também não é o meu forte...

Ravenclaw pride! Creio que deves ter razao em relação à linha da falha, obrigada :smiley:
 

Attachments

  • IMG_0137.jpg
    IMG_0137.jpg
    240.2 KB · Visitas: 10
Mas como saber se o teto é o do lado esquerdo? Aqui nestas imagens é do lado direito..... Só se for como a Andreia estava a explicar, vendo a linha da falha
--- Post atualizado ---


Ravenclaw pride! Creio que deves ter razao em relação à linha da falha, obrigada :smiley:
O teto é o do lado esquerdo! Está sempre por cima da linha de falha.
 
  • Like
Reactions: Margot
Exato, se a falha está "ao contrário" (do que normalmente vemos nas imagens, que costuma ser a apontar para a esquerda), então o bloco é do lado esquerdo!
 
  • Like
Reactions: Margot