Biologia e Geologia - Dúvidas, apontamentos e discussões

MeatBalls

Membro Veterano
Matrícula
1 Setembro 2018
Mensagens
252
Sobre a osmose ser a favor ou contra o gradiente de concentração, segundo o exame de 2016, 1 fase, grupo 2, diz que é contra o gradiente de concentração, mas eu também não percebi...
"contra o gradiente de solutos"
vai do meio hipotónico para o hiper logo é contra o g. de solutos. Seria a favor do gradiente da água mas não se costuma falar em concentração de água
 
  • Like
Reactions: Luís_Sousa

floater3

Membro Veterano
Matrícula
15 Julho 2018
Mensagens
186
Curso
Ciências e Tecnologias
A fotossíntese é um processo anabólico e a respiração celular e a fermentação são processos catabólicos certo? que mais processos catabólicos/anabólicos sabemos ?
a
A Fotossíntese é um processo anabólico.
Para além de saberes as reações de anabolismo e catabolismo, considero importante fazer a distinção entre reações exoenergéticas e endoenergéticas da fotossíntese (até porque é bem provável que saia algo sobre isso).
Basicamente a fase fotoquímica é exoenergética porque ocorre produção (aka "libertação") de energia (ATP), enquanto que a fase química é endoenergética (ocorre o consumo dessa energia). É importante olhar para cada processo individualmente (apesar do que o que eu disse não estar relacionado com ser ou não uma reação anabólica, mas é importante ☺).

Boa sorte para o exame! 😀
Mensagem fundida automaticamente:

Sobre a osmose ser a favor ou contra o gradiente de concentração, segundo o exame de 2016, 1 fase, grupo 2, diz que é contra o gradiente de concentração, mas eu também não percebi...
Sim, é contra o gradiente de concentração de soluto. Porque se movimenta dos locais com menor quantidade de soluto (meio hipotonico tem menos soluto) para os que possuem maior quantidade (meio hipertonico).

Temos de pensar que a osmose está associada ao movimento da água e não ao movimento dos solutos, portanto, quando se fala de ser contra ou a favor do gradiente (de solutos), é contra! Espero não ter ficado confuso! ☺
 
Última edição:

floater3

Membro Veterano
Matrícula
15 Julho 2018
Mensagens
186
Curso
Ciências e Tecnologias
Ciclo de krebs, consideram ser muito necessário para o exame em termos de pormenores?
Olá! Acho que é importante saberes:
- O número de moléculas de cada produto formado por ciclo de Krebs;
- Onde ocorre cada uma das etapas (presta atenção à glicólise que podemos dizer citoplasma ou hialoplasma, same thing. Isto não faz parte do ciclo de Krebs mas é importante saber no âmbito da respiração aeróbia);
- Ter uma ideia geral de como se inicia o ciclo e das etapas.

Ainda assim, mais importante do que isso é saberes bem todo o processo de respiração aeróbia: perceber por exemplo em qual das fases ocorre libertação de CO2 e este tipo de coisas. É importante saber bem as moléculas que se formam em todas as fases, porque não seria de todo surpreendente se saísse um grupo sobre isso!

Boa sorte! 😀
 

Catarina263

Membro
Matrícula
10 Julho 2018
Mensagens
64
a
A Fotossíntese é um processo anabólico.
Para além de saberes as reações de anabolismo e catabolismo, considero importante fazer a distinção entre reações exoenergéticas e endoenergéticas da fotossíntese (até porque é bem provável que saia algo sobre isso).
Basicamente a fase fotoquímica é exoenergética porque ocorre produção (aka "libertação") de energia (ATP), enquanto que a fase química é endoenergética (ocorre o consumo dessa energia). É importante olhar para cada processo individualmente (apesar do que o que eu disse não estar relacionado com ser ou não uma reação anabólica, mas é importante ☺).

Boa sorte para o exame! 😀
Olá, podes explicar isso de uma ser exoenergética e outra endo? não deviam ser ambas endoenergéticas porque formam produtos mais complexos?
 

floater3

Membro Veterano
Matrícula
15 Julho 2018
Mensagens
186
Curso
Ciências e Tecnologias
Olá, podes explicar isso de uma ser exoenergética e outra endo? não deviam ser ambas endoenergéticas porque formam produtos mais complexos?
Ok, posso não me ter expressado da melhor forma!
O que eu quis dizer é que as reações necessárias durante a fase fotoquímica para dar origem ao ATP e NADPH são exoenergéticas porque libertam energia (oxidação da água, por exemplo). A produção do ATP em si não, mas sim as reações que estão por trás disso. (Desculpa por não me ter expressado corretamente).

Em relação às formação da glicose, não há dúvidas que é endoenergética porque se formam produtos mais complexos, que possuem energia armazenada. 😄
 

Rafa&L

Membro Caloiro
Matrícula
25 Junho 2019
Mensagens
9
Exame 2012 1º fase Grupo 1

7. Um ciclo oceânico completo implica o processo de abertura e fecho de um oceano, com a consequente formação de uma cadeia orogénica.
Ordene as letras de A a E, de modo a reconstituir a sequência cronológica dos acontecimentos associados a este ciclo. Escreva, na folha de respostas, apenas a sequência de letras.

A. Início do alargamento de um oceano primitivo.
B. Estiramento de crosta continental.
C. Início de subdução de crosta oceânica, geralmente mais antiga e mais densa.
D. Formação de cadeias montanhosas de colisão.
E. Instalação de vulcanismo andesítico em margens continentais ativas.

Resposta: B, A, C, E, D

Alguém me explica porque é que o estiramento de crosta continental é primeiro que o inicio do alargamento de um oceano primitivo?
E a diferença entre estiramento e espessamento? não me lembro de ter visto isto nos livros.

Obrigado
 

Sofia122

Membro Veterano
Matrícula
31 Março 2018
Mensagens
156
Curso
Ciências e Tecnologias
Alguém me explica o porquê de na parte cinzenta desta imagem na B não haver propagação de ondas S e P ?
8364
 

RodrigoA5

Membro
Matrícula
29 Maio 2018
Mensagens
43
Curso
Ciências e Tecnologias
Alguém me explica o porquê de na parte cinzenta desta imagem na B não haver propagação de ondas S e P ?
Ver anexo 8364
Porque nessa região o material do nucleo externo está no estado liquido e por isso só há refração das ondas P (103-143 graus), não existem ondas S depois dessa região porque as ondas S não atravessam rochas no estado liquido.
Mensagem fundida automaticamente:

Logo não existem ondas diretas nessa zona.
 
  • Like
Reactions: Sofia122

Sofia122

Membro Veterano
Matrícula
31 Março 2018
Mensagens
156
Curso
Ciências e Tecnologias
Exame 2012 1º fase Grupo 1
7. Um ciclo oceânico completo implica o processo de abertura e fecho de um oceano, com a consequente formação de uma cadeia orogénica.
Ordene as letras de A a E, de modo a reconstituir a sequência cronológica dos acontecimentos associados a este ciclo. Escreva, na folha de respostas, apenas a sequência de letras.
A. Início do alargamento de um oceano primitivo.
B. Estiramento de crosta continental.
C. Início de subdução de crosta oceânica, geralmente mais antiga e mais densa.
D. Formação de cadeias montanhosas de colisão.
E. Instalação de vulcanismo andesítico em margens continentais ativas.
Resposta: B, A, C, E, D
Alguém me explica porque é que o estiramento de crosta continental é primeiro que o inicio do alargamento de um oceano primitivo?
E a diferença entre estiramento e espessamento? não me lembro de ter visto isto nos livros.
Obrigado
Penso que o facto de B ser antes do A se deve a ser o estiramento a condicionar o início do alargamento do oceano primitivo e não o contrário. Estiramento eu costumo pensar que está associado a um limite divergente e também a um rifte e espessamento está associado a um limite convergente e também à formação de cadeias montanhosas.
Mensagem fundida automaticamente:

Porque nessa região o material do nucleo externo está no estado liquido e por isso só há refração das ondas P (103-143 graus), não existem ondas S depois dessa região porque as ondas S não atravessam rochas no estado liquido.
Mensagem fundida automaticamente:

Logo não existem ondas diretas nessa zona.
Isso das S eu já tinha percebido mais ou menos mas a imagem dá a entender que de 103º a 143º não há propagação de ondas P e como é possível sendo que estas se propagam em sólidos, líquidos e gases?
 

MeatBalls

Membro Veterano
Matrícula
1 Setembro 2018
Mensagens
252
Penso que o facto de B ser antes do A se deve a ser o estiramento a condicionar o início do alargamento do oceano primitivo e não o contrário. Estiramento eu costumo pensar que está associado a um limite divergente e também a um rifte e espessamento está associado a um limite convergente e também à formação de cadeias montanhosas.
Mensagem fundida automaticamente:


Isso das S eu já tinha percebido mais ou menos mas a imagem dá a entender que de 103º a 143º não há propagação de ondas P e como é possível sendo que estas se propagam em sólidos, líquidos e gases?
Como a velocidade diminui muito ao entrarem no núcleo externo sofrem um grande desvio e não aparecem nessa zona
 

AndréPinto

Membro
Matrícula
30 Outubro 2016
Mensagens
61
Alguém me pode confirmar isto: ondas sismicas internas têm velocidade constante, ondas superficiais têm velocidade variável?
 

RodrigoA5

Membro
Matrícula
29 Maio 2018
Mensagens
43
Curso
Ciências e Tecnologias
Penso que o facto de B ser antes do A se deve a ser o estiramento a condicionar o início do alargamento do oceano primitivo e não o contrário. Estiramento eu costumo pensar que está associado a um limite divergente e também a um rifte e espessamento está associado a um limite convergente e também à formação de cadeias montanhosas.
Mensagem fundida automaticamente:


Isso das S eu já tinha percebido mais ou menos mas a imagem dá a entender que de 103º a 143º não há propagação de ondas P e como é possível sendo que estas se propagam em sólidos, líquidos e gases?
Porque estas são refractadas.
Mensagem fundida automaticamente:

Alguém me pode confirmar isto: ondas sismicas internas têm velocidade constante, ondas superficiais têm velocidade variável?
Acho que não está correto as ondas Love são mais rapidas que as R e as ondas P são mais rápidas que as S.
 
Matrícula
4 Maio 2018
Mensagens
30
Ok, posso não me ter expressado da melhor forma!
O que eu quis dizer é que as reações necessárias durante a fase fotoquímica para dar origem ao ATP e NADPH são exoenergéticas porque libertam energia (oxidação da água, por exemplo). A produção do ATP em si não, mas sim as reações que estão por trás disso. (Desculpa por não me ter expressado corretamente).

Em relação às formação da glicose, não há dúvidas que é endoenergética porque se formam produtos mais complexos, que possuem energia armazenada. 😄
Catabolismo é Produção de energia, sendo uma reação de degradação por exemplo respiração celular , e Anabolismo é consumo de energia certo ? ou estou todo trocado ? 😅
 

floater3

Membro Veterano
Matrícula
15 Julho 2018
Mensagens
186
Curso
Ciências e Tecnologias
Catabolismo é Produção de energia, sendo uma reação de degradação por exemplo respiração celular , e Anabolismo é consumo de energia ?
Catabolismo está associado a degradação, como por exemplo a glicólise. Ou seja, é "pegar" em moléculas (por ex) complexas e "simplificá-las".
Anabolismo está associado a reações de síntese com a formação de compostos complexos a partir de compostos mais simples.

Ou seja:
CATABOLISMO: +complexo ---------> +simples
ANABOLISMO: +simples -------------> +complexo
 
  • Like
Reactions: Rafa&L

FiFeFa

Membro Caloiro
Matrícula
22 Janeiro 2018
Mensagens
6
Olá! Tenho uma dúvida no exame da 2ª fase de 2018...

Grupo I
2. Para a formação de magmas pode contribuir
(A) o aumento da idade de formação das rochas.
(B) o aumento da temperatura de fusão das rochas.
(C) a diminuição do teor em água das rochas.
(D) a diminuição da pressão exercida nas rochas

A resposta correta é a D, mas não percebo porquê. Agradecia se alguém me explicasse.