Bioquímica

 
Sou bastante ansiedade, tremo de crl ainda por cima a frente de pessoas (ansiedade social...) e portanto temo as aulas laboratoriais. Sei que não tens como saber mas achas que uma pessoa se habituaria a isso? Opa a cena nem é eu não gostarrrr de química mas mais este que te disse. Tb não há mais nada que eu goste portanto terei que enfrentar isto
Obrigadao mais uma vez
Tens de tentar ter calma a fazer os trabalhos. Nem todos têm jeito para estar num laboratório, mas também é algo que com o tempo vais ficando cada vez mais habituado e mais à vontade (é preciso também gostares, obviamente). Ajuda teres um bom grupo, comunicarem bem uns com os outros, e parecendo que não isso ajuda a sentires-te mais à vontade.
Em Maio, na FCUL, havia sempre um dia aberto e até era útil ires para falar comigo e outros colegas meus e até com pessoal de outros cursos que tenhas em mente. No entanto, devido a esta situação de certeza que não haverá dia aberto este ano. Aliás, as aulas presenciais na FCUL estão suspensas ate ao final do semestre.
De qualquer forma, sempre que precisares de alguma coisa estás a vontade para falar comigo 😉
 
Boa noite!
Acabei agora o 12 ano e estou a pensar entrar em Bioquímica na Universidade de Coimbra.
Gostaria de ter alguma ideia mais especifica do curso, das disciplinas e até mesmo da sua saída, de alguém que frequente o mesmo...
 
Boa noite!
Acabei agora o 12 ano e estou a pensar entrar em Bioquímica na Universidade de Coimbra.
Gostaria de ter alguma ideia mais especifica do curso, das disciplinas e até mesmo da sua saída, de alguém que frequente o mesmo...




Olá, Camila

Acabei o primeiro ano da licenciatura em bioquímica na UC. Vou tentar responder às tuas perguntas mesmo só tendo a experiência do primeiro ano.

No primeiro semestre as cadeiras já mais gerais, é muito no sentido de te dar “bases” e normalmente os alunos não gostam tanto: física geral e química geral (quem teve física e/ou química no 12º ano dizia ser muito semelhante), matemática e modelação, introdução à biologia e introdução ao laboratório de bioquímica. Esta última sem dúvida, que embora não seja a única, é a cadeira do primeiro semestre com maior componente prática. As cadeiras do segundo semestre já são mais específicas e achei mais interessantes do que as do primeiro semestre. No segundo semestre temos bioquímica física (não gostei muito, sendo sincera), química orgânica, que para além da parte teórica também tem aulas práticas (é considerada o cadeirão do curso), métodos estatísticos, fundamentos de fisiologia (o programa basicamente são os sistemas do corpo humano numa perspetiva mais de tentar perceber os processos que ocorrem no corpo humano-é uma cadeira mais teórica), e ainda,a cadeira mais prática, laboratórios de bioquímica analítica. É um curso muito abrangente e com uma forte componente prática como podes reparar pelas cadeiras. Quanto a saídas profissionais diria que depende muito do mestrado que tirares. O que mais vais ouvir é que é um curso muito direcionado para a investigação, mas também tem saídas mais ligadas à indústria (indústria farmacêutica, alimentar…).

Espero ter ajudado. Se tiveres mais alguma questão estás à vontade.
 
Olá! Eu estou com uma dúvida em relação ao curso de Bioquímica que, se me conseguirem tirar, agradeço. A questão é a seguinte: com este curso é possível ter bases suficientes para trabalhar num laboratório para descobrir, por exemplo, curas para doenças, trabalhar com genética, vírus e bactérias e até chegar a produzir vacinas ou medicamentos? Também estou com a mesma dúvida em relação aos cursos de Biologia Celular e Molecular, Ciências Biomédicas Laboratoriais e Ciências Farmacêuticas. Pela minha pesquisa e, pelo que eu entendi, o curso de Ciências Farmacêuticas é o mais indicado para a produção de medicamentos. Já o curso de Ciências Biomédicas Laboratoriais é mais indicado para doenças o que, talvez, fosse o mais indicado, mas fiquei de pé atrás com algumas cadeiras que tenho visto face a este curso. O curso de Biologia Celular e Molecular também parece ser indicado, mas talvez menos que o anterior. Mas, parece que o de Bioquímica fica praticamente no mesmo patamar que o de BCM. Por isso, precisava mesmo de uma resposta de alguém que já tenha tido contacto com o curso, ou, mesmo que não tenha tido, me saiba responder com alguma certeza porque eu nunca tive contacto com a universidade nem com os cursos e não conheço ninguém que já os tenha frequentado. Muito Obrigada de coração ^_^
 
  • Like
Reactions: Rita Plaza
Hey! Desde o meu 11º ano que tinha a certeza que queria o curso de bioquímica mas agora que tenho de fazer a candidatura à faculdade fiquei com imensas dúvidas... Estou indecisa principalmente entre bioquímica e ciências farmacêuticas (ambos na UL)
Se calhar é um bocado cedo para me preocupar com isto mas já vi neste fórum alguns testemunhos da dificuldade em encontrar emprego enquanto bioquímico e gostava que me ajudassem a perceber qual seria a melhor área para mim.
Caso escolha bioquímica quero tirar mestrado e afastar-me da área da investigação, que também li ser vida complicada cá em Portugal.
Agradecia imenso a vossa ajuda, tanto de estudantes destes cursos como pós-graduados (estão a trabalhar? se sim, onde? recebem "bem"?)
obrigada :)
 
  • Like
Reactions: Rita Plaza
Pessoal que está a pensar ou entrou em bioquímica, vocês escolheram este curso com objetivo de ser empregado em quê?
Apenas na área de investigação?
Que outras áreas de emprego/mestrados dá acesso o curso de bioquímica?
Post automatically merged:

Hey! Desde o meu 11º ano que tinha a certeza que queria o curso de bioquímica mas agora que tenho de fazer a candidatura à faculdade fiquei com imensas dúvidas... Estou indecisa principalmente entre bioquímica e ciências farmacêuticas (ambos na UL)
Se calhar é um bocado cedo para me preocupar com isto mas já vi neste fórum alguns testemunhos da dificuldade em encontrar emprego enquanto bioquímico e gostava que me ajudassem a perceber qual seria a melhor área para mim.
Caso escolha bioquímica quero tirar mestrado e afastar-me da área da investigação, que também li ser vida complicada cá em Portugal.
Agradecia imenso a vossa ajuda, tanto de estudantes destes cursos como pós-graduados (estão a trabalhar? se sim, onde? recebem "bem"?)
obrigada :)
Pelo que li, BQ será uma boa opção para qualquer investigação, quanto a outras áreas tb n te sei dzr!
No curso de CF, para além de ser mais fácil arranjar emprego em relação à licenciatura de BQ, também tens mais áreas fora da investigação!
 
Olá! Eu estou com uma dúvida em relação ao curso de Bioquímica que, se me conseguirem tirar, agradeço. A questão é a seguinte: com este curso é possível ter bases suficientes para trabalhar num laboratório para descobrir, por exemplo, curas para doenças, trabalhar com genética, vírus e bactérias e até chegar a produzir vacinas ou medicamentos? Também estou com a mesma dúvida em relação aos cursos de Biologia Celular e Molecular, Ciências Biomédicas Laboratoriais e Ciências Farmacêuticas. Pela minha pesquisa e, pelo que eu entendi, o curso de Ciências Farmacêuticas é o mais indicado para a produção de medicamentos. Já o curso de Ciências Biomédicas Laboratoriais é mais indicado para doenças o que, talvez, fosse o mais indicado, mas fiquei de pé atrás com algumas cadeiras que tenho visto face a este curso. O curso de Biologia Celular e Molecular também parece ser indicado, mas talvez menos que o anterior. Mas, parece que o de Bioquímica fica praticamente no mesmo patamar que o de BCM. Por isso, precisava mesmo de uma resposta de alguém que já tenha tido contacto com o curso, ou, mesmo que não tenha tido, me saiba responder com alguma certeza porque eu nunca tive contacto com a universidade nem com os cursos e não conheço ninguém que já os tenha frequentado. Muito Obrigada de coração ^_^
 
Olá. Eu tenho a intenção de pôr Bioquímica na UP como 1ª opção por múltiplas razões (p.e: tem o plano de estudos que mais me agrada (pois parece abortar mais matéria e aprofundar mais que os outros cursos de bioquímica, mesmo nas cadeiras comuns (se bem que o plano de estudos da NOVA não me parece mau de todo), é o que tem uma maior média (eu sei que isso não devia de importar, maaaaasssssss......), etc).

Mas depois de ouvir muitos testemunhos sobre como os conectes estabelecidos na universidade são extremamente importantes no mercado de trabalho, eu estou a começar a pensar se seria melhor ir para Lisboa, pois eu não tenho intenções nenhumas de viver e trabalhar no Porto (acho que a ideia de emigrar até me atrai mais, pois se é para viver longe de casa (eu sou do distrito de Santarém) mais vale ser com um bom salário) e também, como eu no futuro gostava de viver e trabalhar em Lisboa, se calhar até mais valia tirar o curso em Lisboa, pois mesmo que o curso (a meu POTENCIALMENTE ERRADO ver) seja menos completo em Lisboa do que no Porto, pelo menos teria 3 anos de conectes com alfacinhas🥬. Ou será que os potenciais conectes que eu poderei fazer no Porto também poderiam ser muito úteis em arranjar um bom emprego em Lisboa? Ou será que o melhor seria chegar a um compromisso e fazer uma licenciatura no Porto e um Mestrado em Lisboa (tendo em conta que tanta gente diz que é indispensável realizar um mestrado para quem vai para Bioquímica) ?

Se calhar nem me devia de estar a preocupar pois como sou uma pessoa muito introvertida e por causa da COVID-19 não devo de fazer quaisquers conectes em ambas as cidades🤷‍♂️.

What do you think I should do?

BTW/ side-notes:



Para que conste, se a cidade em si fosse o único critério eu escolheria Lisboa pois:
-eu gosto mais de Lisboa
-eu vivo a 80 km de Lisboa e a 230 km do Porto
-em Lisboa tenho muita gente conhecida, incluído a minha irmã que esta na UL, enquanto que eu não conheço ninguém no Porto

Mas como é óbvio a cidade não é a coisa que mais importa, sendo que se me dissessem que o curso na UP me dá uma probabilidade de mais 15% de conseguir um bom emprego, eu sem dúvida que escolhia o Porto.

Quanto ao dinheiro que eu gastaria, eu não acho que isso seja muito importante pois o que gastaria mais com a renda em Lisboa poupava nos transportes.


Para que conste eu ACHO (com muito ênfase no ACHO pois estou naquela idade onde ainda não tenho muitas certezas) que não quero ir para investigação universitária (que pelo que eu li parece ser um dos maiores esquemas em pirâmide legais por ai), e preferia ir para industria ou I&D/R&D em companhias onde a situação laboral parece-me ser mais estável e os salários maiores.


Para que conste se eu fosse para Lisboa, eu iria para Bioquímica na UNL-FCT
 
Boa tarde, pessoal,
Um dos cursos que em princípio tenho interesse em candidatar-me seria em bioquímica com especial interesse na FCUP, uma vez que ouvi bastante bem sobre este e encontra-se dentro dos meus interesses, contudo também estou a ponderar cá em Lisboa(maioritariamente na FCT uma vez que na UL não me pareceu muito sugestivo) e gostaria de saber se alguém conseguia dar-me uma opinião relativamente a estas duas unis e o que se distingue entre elas, tanto em nível e método de ensino, como instalações, reconhecimento internacional, ambiente, etc...

Outro curso que, realmente, também ainda ponderei foi em biologia molecular e celular na FCT, mais por uma questão da média ser mais alta e mesmo assim encontrar-se dentro da minha área de interesse, todavia, acabei por mudar de ideias, porque é já muito específico(algo que não pretendo para licenciatura) e direcionado para investigação(tenho interesse nesse âmbito, contudo não pretendo restringir-me já até porque não vejo como algo que me tenho de me ver a fazer obrigatoriamente). Acabei por trazer este curso também "à baila" para saber se afinal o que estou a ter em consideração é correto ou não, portanto, caso me possam ajudar ficaria bastante agradecida
Obrigada pela atenção!!
 
  • Like
Reactions: Gabriela Borges
Boa tarde, pessoal,
Um dos cursos que em princípio tenho interesse em candidatar-me seria em bioquímica com especial interesse na FCUP, uma vez que ouvi bastante bem sobre este e encontra-se dentro dos meus interesses, contudo também estou a ponderar cá em Lisboa(maioritariamente na FCT uma vez que na UL não me pareceu muito sugestivo) e gostaria de saber se alguém conseguia dar-me uma opinião relativamente a estas duas unis e o que se distingue entre elas, tanto em nível e método de ensino, como instalações, reconhecimento internacional, ambiente, etc...

Outro curso que, realmente, também ainda ponderei foi em biologia molecular e celular na FCT, mais por uma questão da média ser mais alta e mesmo assim encontrar-se dentro da minha área de interesse, todavia, acabei por mudar de ideias, porque é já muito específico(algo que não pretendo para licenciatura) e direcionado para investigação(tenho interesse nesse âmbito, contudo não pretendo restringir-me já até porque não vejo como algo que me tenho de me ver a fazer obrigatoriamente). Acabei por trazer este curso também "à baila" para saber se afinal o que estou a ter em consideração é correto ou não, portanto, caso me possam ajudar ficaria bastante agradecida
Obrigada pela atenção!!
Olá, boa noite :)
Eu também estou indecisa entre esses dois cursos. Apesar de nem ir para a faculdade este ano, nem ter tido contacto com os cursos anteriormente, pelas minhas pesquisas e pelas respostas que vou recebendo às minhas dúvidas, posso dizer-te que, realmente, BQ parece ser mais abrangente ao início e, depois, nos anos seguintes, vai-se tornando cada vez mais específico e acho que até podes escolher cadeiras que gostes. Já BCM, parece-me ser mais específico (o que, também, não me agradou). Penso que te atiras de cabeça para matérias específicas, enquanto que, a BQ, aprendes um pouco de tudo ao início. Já os mestrados, penso serem praticamente iguais, mas parece que BQ prepara-te melhor para a tua escolha de mestrado e abre-te mais portas, apesar de, com BCM, ser praticamente igual, mas acho que, por ser mais específico e puxado, torna a escolha mais difícil. Em geral, segundo os meus gostos, gostei mais das cadeiras de BQ do que BCM (consultei algumas universidades, especialmente as de Lisboa). Mas penso que, no geral, os cursos preparam-te para o mesmo - investigação - e abrem-te variadas portas para o teu futuro. São muito parecidos, mas BQ fala-se de tudo um pouco - Genética, Vírus, Bactérias, Proteínas, DNA, RNA, Células, Moléculas... - já BCM trata quase do mesmo mas mais especificamente. Tal como o nome indica, foca-se mais em células e moléculas.

Bem, não posso dizer que aquilo que escrevi seja totalmente correto, mas é o meu ponto de vista e não quis deixar de partilhá-lo contigo, até pode ser que ajude nalguma coisa 😁
Já vi que leste a resposta da @mariaigouveia à minha pergunta (que me ajudou imenso). Vou também deixar-te uma outra resposta à minha mesma pergunta, que foi respondida pelo @rodrigoalves20 (que também me ajudou imenso) 😊 Link: Bioquímica, Química ou Engenharia Química

No final de contas, todas as respostas ajudam na escolha 😄

Espero ter ajudado alguma coisa e, seja qual for a tua escolha, desejo-te imensa sorte 🍀
 
Olá, boa noite :)
Eu também estou indecisa entre esses dois cursos. Apesar de nem ir para a faculdade este ano, nem ter tido contacto com os cursos anteriormente, pelas minhas pesquisas e pelas respostas que vou recebendo às minhas dúvidas, posso dizer-te que, realmente, BQ parece ser mais abrangente ao início e, depois, nos anos seguintes, vai-se tornando cada vez mais específico e acho que até podes escolher cadeiras que gostes. Já BCM, parece-me ser mais específico (o que, também, não me agradou). Penso que te atiras de cabeça para matérias específicas, enquanto que, a BQ, aprendes um pouco de tudo ao início. Já os mestrados, penso serem praticamente iguais, mas parece que BQ prepara-te melhor para a tua escolha de mestrado e abre-te mais portas, apesar de, com BCM, ser praticamente igual, mas acho que, por ser mais específico e puxado, torna a escolha mais difícil. Em geral, segundo os meus gostos, gostei mais das cadeiras de BQ do que BCM (consultei algumas universidades, especialmente as de Lisboa). Mas penso que, no geral, os cursos preparam-te para o mesmo - investigação - e abrem-te variadas portas para o teu futuro. São muito parecidos, mas BQ fala-se de tudo um pouco - Genética, Vírus, Bactérias, Proteínas, DNA, RNA, Células, Moléculas... - já BCM trata quase do mesmo mas mais especificamente. Tal como o nome indica, foca-se mais em células e moléculas.

Bem, não posso dizer que aquilo que escrevi seja totalmente correto, mas é o meu ponto de vista e não quis deixar de partilhá-lo contigo, até pode ser que ajude nalguma coisa 😁
Já vi que leste a resposta da @mariaigouveia à minha pergunta (que me ajudou imenso). Vou também deixar-te uma outra resposta à minha mesma pergunta, que foi respondida pelo @rodrigoalves20 (que também me ajudou imenso) 😊 Link: Bioquímica, Química ou Engenharia Química

No final de contas, todas as respostas ajudam na escolha 😄

Espero ter ajudado alguma coisa e, seja qual for a tua escolha, desejo-te imensa sorte 🍀
Sim, ajudaste! Qualquer ajuda é sempre bem vinda e agradeço ainda mais esse pormenor de citares respostas que te deram relacionadas com este tópico!
Muito obrigada e igualmente!!
 
  • Fabulous
Reactions: Gabriela Borges
Eu já tenho que ter uma bata para o primeiro dia? é que foi uma pessoa que me disse que era preciso comprar bata (eu não sabia) e só soube hoje...

Eu já tenho de levar bata ou eles vão me dar um desconto e explicar tudo o que preciso de comprar?
 
Olá! Eu estou com uma dúvida em relação ao curso de Bioquímica que, se me conseguirem tirar, agradeço. A questão é a seguinte: com este curso é possível ter bases suficientes para trabalhar num laboratório para descobrir, por exemplo, curas para doenças, trabalhar com genética, vírus e bactérias e até chegar a produzir vacinas ou medicamentos? Também estou com a mesma dúvida em relação aos cursos de Biologia Celular e Molecular, Ciências Biomédicas Laboratoriais e Ciências Farmacêuticas. Pela minha pesquisa e, pelo que eu entendi, o curso de Ciências Farmacêuticas é o mais indicado para a produção de medicamentos. Já o curso de Ciências Biomédicas Laboratoriais é mais indicado para doenças o que, talvez, fosse o mais indicado, mas fiquei de pé atrás com algumas cadeiras que tenho visto face a este curso. O curso de Biologia Celular e Molecular também parece ser indicado, mas talvez menos que o anterior. Mas, parece que o de Bioquímica fica praticamente no mesmo patamar que o de BCM. Por isso, precisava mesmo de uma resposta de alguém que já tenha tido contacto com o curso, ou, mesmo que não tenha tido, me saiba responder com alguma certeza porque eu nunca tive contacto com a universidade nem com os cursos e não conheço ninguém que já os tenha frequentado. Muito Obrigada de coração ^_^

Olá Gabriela,

Eu terminei a licenciatura em Bioquímica na FCT-UNL em 2019 e estou atualmente no mestrado em biotecnologia na mesma universidade. A biomedicina é um ponto comum em muitos dos cursos nas áreas biológicas. Todas as possíveis saídas que referiste são possiveis de realizar com qualquer dos cursos.
No passo em que te encontras (pré-universitária) eu acho que te deves preocupar mais com o que te interessa aprender. Com isto quero dizer que, se tens mais interesse em formar-te com elevado foco nos processos celulares, cursos de biologia (como BCM) são mais indicados. Se o que te interessa é um contexto mais molecular, perceber a química envolvida nos processos celulares etc. um curso com maior componente química é mais adequado, como bioquímica.
Voltando às questões que colocaste, na I&D de vacinas por exemplo, qualquer um dos cursos dá-te insights e torna-te útil no processo. Um biólogo celular está mais por dentro dos processos celulares que decorrem na produção do bioférmaco em questão. Um bioquímico pode envolver-se no processo de desenho da vacina, pois tanto percebe de genética, como de proteínas (que é a expertise geral de qualquer bioquímico e fator diferenciador pois todo o bioquímico deve terminar o curso sabendo como produzir e purificar uma proteína, desde o desenho da sequência genética, ao modelo biológico a utilizar e todo o passo de purificação). A parte downstream do processo também é muito importante e não é muito referida, mas o processo de purificação de uma vacina é o ponto crucial da produção. Com este pequeno e redutor exemplo podes ver como qualquer licenciatura te permite chegar à área que quiseres.

Continuando, no panorama atual é suposto que a licenciatura te dê as bases cientificas necessárias para prosseguires os teus estudos e aí irá haver afuniação de conhecimento e expertise. No mestrado começarás a especificar-te mais na área que realmente queres seguir, tendo em conta a formação que tiveste anteriormente e com a qual ficaste mais elucidade com o percurso que queres seguir. Tornando isto numa metáfora de simples compreensão, as licenciaturas vão dar-te as letras, no mestrado começas a conjugá-las, e na tua prática profissional (com ou sem doutoramento) irás escrever as palavras e texto que quiseres. A licenciatura é o passo inicial e que, a meu ver, deve ser o mais generalizada possível, para teres conhecimento em diversas áreas, por forma a seres uma cientista versátil.

Como conselho final, aconselho-te a olhares para os planos curriculares dos cursos em que tens interesse, ver qual possui as áreas que mais te interessam, e acima de tudo, que te vão dar os conhecimentos úteis para o que queres seguir.

Espero ter sido útil, e qualquer duvida que tenhas estou à disposição.
 
Olá Gabriela,

Eu terminei a licenciatura em Bioquímica na FCT-UNL em 2019 e estou atualmente no mestrado em biotecnologia na mesma universidade. A biomedicina é um ponto comum em muitos dos cursos nas áreas biológicas. Todas as possíveis saídas que referiste são possiveis de realizar com qualquer dos cursos.
No passo em que te encontras (pré-universitária) eu acho que te deves preocupar mais com o que te interessa aprender. Com isto quero dizer que, se tens mais interesse em formar-te com elevado foco nos processos celulares, cursos de biologia (como BCM) são mais indicados. Se o que te interessa é um contexto mais molecular, perceber a química envolvida nos processos celulares etc. um curso com maior componente química é mais adequado, como bioquímica.
Voltando às questões que colocaste, na I&D de vacinas por exemplo, qualquer um dos cursos dá-te insights e torna-te útil no processo. Um biólogo celular está mais por dentro dos processos celulares que decorrem na produção do bioférmaco em questão. Um bioquímico pode envolver-se no processo de desenho da vacina, pois tanto percebe de genética, como de proteínas (que é a expertise geral de qualquer bioquímico e fator diferenciador pois todo o bioquímico deve terminar o curso sabendo como produzir e purificar uma proteína, desde o desenho da sequência genética, ao modelo biológico a utilizar e todo o passo de purificação). A parte downstream do processo também é muito importante e não é muito referida, mas o processo de purificação de uma vacina é o ponto crucial da produção. Com este pequeno e redutor exemplo podes ver como qualquer licenciatura te permite chegar à área que quiseres.

Continuando, no panorama atual é suposto que a licenciatura te dê as bases cientificas necessárias para prosseguires os teus estudos e aí irá haver afuniação de conhecimento e expertise. No mestrado começarás a especificar-te mais na área que realmente queres seguir, tendo em conta a formação que tiveste anteriormente e com a qual ficaste mais elucidade com o percurso que queres seguir. Tornando isto numa metáfora de simples compreensão, as licenciaturas vão dar-te as letras, no mestrado começas a conjugá-las, e na tua prática profissional (com ou sem doutoramento) irás escrever as palavras e texto que quiseres. A licenciatura é o passo inicial e que, a meu ver, deve ser o mais generalizada possível, para teres conhecimento em diversas áreas, por forma a seres uma cientista versátil.

Como conselho final, aconselho-te a olhares para os planos curriculares dos cursos em que tens interesse, ver qual possui as áreas que mais te interessam, e acima de tudo, que te vão dar os conhecimentos úteis para o que queres seguir.

Espero ter sido útil, e qualquer duvida que tenhas estou à disposição.
Olá, boa noite, Ruben!
Desde já, muito obrigado por me ter respondido! Agora já fiquei muito mais esclarecida! Qualquer dúvida, entrarei em contacto contigo novamente! :)
 
Olá!
Alguém tem o livro D.L. Nelson e M.M. Cox (2017) Lehninger Principles of Biochemistry: International
Edition, 7th ed., W.H.Freeman & Co Ltd em pdf, que possa fornecer-me?
Obrigado.
 
Olá!
Alguém tem o livro D.L. Nelson e M.M. Cox (2017) Lehninger Principles of Biochemistry: International
Edition, 7th ed., W.H.Freeman & Co Ltd em pdf, que possa fornecer-me?
Obrigado.

Olá!
Alguém tem o livro D.L. Nelson e M.M. Cox (2017) Lehninger Principles of Biochemistry: International
Edition, 7th ed., W.H.Freeman & Co Ltd em pdf, que possa fornecer-me?
Obrigado.
Olá David, eu tenho! como queres que te envie?