Bolsa de Estudo - Dúvidas gerais

CatarinaLiz

Membro Caloiro
Matrícula
6 Abril 2019
Mensagens
5
Olá estudantes,

Li um artigo aqui no site relacionado com a atribuição de bolsas a alunos do ensino superior e tenho algumas dúvidas, as quais ficaria bastante agradecida a quem me as pudesse esclarecer, visto que vou-me candidatar este ano pela primeira vez ao ensino superior:

A minha situação é a seguinte: Sou da área metropolitana de Lisboa e vou-me candidatar ao Mestrado Integrado de Ciências Farmacêuticas, porém será muito difícil entrar na faculdade de Lisboa (se não impossível), mas se me candidatar à faculdade do Algarve ou da Beira Interior, a minha entrada é quase certa.

Posto isto, irei candidatar-me também à atribuição de uma bolsa de estudo. As bolsas de estudo diferem o seu valor consoante eu me candidate ao ensino público ou privado? (isto porque teria preferência de frequentar uma faculdade pública, uma vez que não consigo pagar uma faculdade privada)

Poderei requerer a bolsa +Superior caso seja colocada no Algarve ou na Beira Interior por ex.? Quais os critérios para a atribuição desta bolsa?

As bolsas de mérito podem ser atribuídas a alunos que se vão candidatar ao ensino superior pela primeira vez?

As bolsas são cumulativas ou só me irá ser atribuída uma bolsa (por exemplo caso seja colocada no Algarve, poderei receber a bolsa de estudo "normal" e a +Superior?)?

E por fim, quando são divulgados os resultados de atribuição das bolsas? Isto porque, por exemplo, será impossível ir para a faculdade do Algarve caso não me seja atribuída a bolsa +Superior.

Muito obrigada!!
 

Lifesarr

Membro Caloiro
Matrícula
2 Dezembro 2017
Mensagens
2
Boa tarde
Estou este ano no 12º ano, vivo no distrito de Viseu e estou a pensar ir para o Porto (FEUP) ou para Lisboa (IST) estudar.
Vou provavelmente acabar este ano com média superior a 18,5, mas os rendimentos do meu agregado familiar não são baixos.
Existe alguma bolsa (atribuída por uma destas faculdades ou por outro órgão externo) que tenha apenas em conta as notas, e não os rendimentos?
Obrigada desde já
 
  • Like
Reactions: Alentejanaindecisa
Matrícula
10 Março 2015
Mensagens
94
Curso
Mestrado em Ensino em História
Instituição
Universidade do Minho
Boa tarde
Estou este ano no 12º ano, vivo no distrito de Viseu e estou a pensar ir para o Porto (FEUP) ou para Lisboa (IST) estudar.
Vou provavelmente acabar este ano com média superior a 18,5, mas os rendimentos do meu agregado familiar não são baixos.
Existe alguma bolsa (atribuída por uma destas faculdades ou por outro órgão externo) que tenha apenas em conta as notas, e não os rendimentos?
Obrigada desde já
Olá no site das universidades que referis-te podes encontar informação acerca das bolsas de mérito que estão ligadas aos resultados que tiveres na universidade.
"As bolsas de estudo por mérito são atribuídas anualmente, por cada instituição de ensino superior, aos que, no ano lectivo anterior, nela tenham tido aproveitamento excepcional." Despacho n.º 13531/2009 Artigo 9º

Sei que algumas câmaras municipais oferecem bolsas de estudos aos seus melhores alunos, podias tentar saber de mais informações na tua escola.

Boa sorte
 

Attachments

  • Like
  • Love
Reactions: davis and Lifesarr

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
18,016
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @CatarinaLiz
Posto isto, irei candidatar-me também à atribuição de uma bolsa de estudo. As bolsas de estudo diferem o seu valor consoante eu me candidate ao ensino público ou privado? (isto porque teria preferência de frequentar uma faculdade pública, uma vez que não consigo pagar uma faculdade privada)
O cálculo da bolsa de estudos entre em conta com o valor da propina, logo teoricamente o valor seria diferente, sim.
Poderei requerer a bolsa +Superior caso seja colocada no Algarve ou na Beira Interior por ex.? Quais os critérios para a atribuição desta bolsa?
Se essas universidades estiverem dentro das que atribuem, sim. Tens uma explicação aqui:
As bolsas de mérito podem ser atribuídas a alunos que se vão candidatar ao ensino superior pela primeira vez?
As do estado, não. Só são atribuídas conforme as notas da universidade, logo só a partir do 2º ano. Existem, no entanto, pontualmente, instituições com bolsas de mérito próprias para alunos que entra no superior e/ou isenções de propinas.
As bolsas são cumulativas ou só me irá ser atribuída uma bolsa (por exemplo caso seja colocada no Algarve, poderei receber a bolsa de estudo "normal" e a +Superior?)?
Essas duas podem ser acumuladas.
E por fim, quando são divulgados os resultados de atribuição das bolsas? Isto porque, por exemplo, será impossível ir para a faculdade do Algarve caso não me seja atribuída a bolsa +Superior.
Não há uma data fixa. Os processos vão sendo analisados e os resultados começam a sair em meados de Outubro. Mas no mês passado ainda havia ~10% dos alunos à espera da decisão do resultado, para teres uma ideia...
 
  • Like
Reactions: CatarinaLiz

Beatrizaalves

Membro
Matrícula
3 Abril 2019
Mensagens
18
Boa tarde, não sei se este é o típico certo para esta minha dúvida, mas não encontro mais nenhum. Como funcionam as bolsas de mérito nas universidades privadas?
 

zephyrot

Membro
Matrícula
8 Junho 2017
Mensagens
15
Olá, estando atualmente no 2º ano de curso, começar a trabalhar num part-time durante o verão irá afetar a probabilidade de conseguir renovar a bolsa para o próximo ano ou o seu valor?
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
18,016
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @zephyrot
Olá, estando atualmente no 2º ano de curso, começar a trabalhar num part-time durante o verão irá afetar a probabilidade de conseguir renovar a bolsa para o próximo ano ou o seu valor?
Se for legal entrará no IRS do agregado familiar, logo entrará nos cálculos da bolsa do ano seguinte, sim.
 

zephyrot

Membro
Matrícula
8 Junho 2017
Mensagens
15
Olá @zephyrot

Se for legal entrará no IRS do agregado familiar, logo entrará nos cálculos da bolsa do ano seguinte, sim.
Do seguinte ano letivo ou só no ano seguinte? É que se não estou em erro quando renovei a bolsa o ano passado embora as certidões emitidas tenham sido do ano em questão, o que era avaliado era o ano anterior.
 

Kat9878

Membro
Matrícula
11 Junho 2017
Mensagens
46
Curso
Engenharia da Energia e do Ambiente
Instituição
FCUL
Do seguinte ano letivo ou só no ano seguinte? É que se não estou em erro quando renovei a bolsa o ano passado embora as certidões emitidas tenham sido do ano em questão, o que era avaliado era o ano anterior.
Há de ser no ano letivo seguinte porque, quando fizeres a renovação a partir de Julho, os dados que irás introduzir serão referentes ao dia 31 de Dezembro de 2018.
 
Última edição:
  • Like
Reactions: davis

TMartins87

Membro Caloiro
Matrícula
4 Maio 2019
Mensagens
3
Olá a todos.

Se eu já estiver a receber um bolsa é possível candidatar me também a bolsa +superior?
 

joanacalves

Membro Caloiro
Matrícula
13 Julho 2017
Mensagens
7
Boa tarde. Uma das condições para atribuição de bolsa é que o aluno possa terminar o curso com um total de n (numero de anos do curso) inscriçoes anuais mais um. Essas inscrições sao relativas apenas ao curso em que o aluno se está a candidatar ou ao total de inscricoes no ensino superior, mesmo se ja tiver estado noutro curso (e desistido, como é o meu caso)?
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
18,016
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @joanacalves
Boa tarde. Uma das condições para atribuição de bolsa é que o aluno possa terminar o curso com um total de n (numero de anos do curso) inscriçoes anuais mais um. Essas inscrições sao relativas apenas ao curso em que o aluno se está a candidatar ou ao total de inscricoes no ensino superior, mesmo se ja tiver estado noutro curso (e desistido, como é o meu caso)?
Conta o total de inscrições. Mas como mudaste de curso podes acrescentar 1 unidade a esse cálculo.
 

Zipora

Membro Caloiro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
9
Instituição
Politécnico de Leiria
Boas. Candidatei-me ao M23 este ano e também vou-me candidatar à bolsa de estudo. Sendo que na zona onde resido não há a possibilidade de fazer uma Licenciatura pós laboral, não vou poder continuar a trabalhar, pelo menos não a full time.
Vivo sozinha e pago renda de casa. Disseram-me que a bolsa é uma ajuda não só para propinas, mas também para outras despesas, alimentação etc, caso se justifique.
A minha questão é, também terei ajuda para pagar a renda de casa, caso não tenha fontes de rendimento necessário? A minha senhoria não passa recibo, mas tenho o comprovativo das transferências bancarias.
Caso contrario terei que ir viver para casa dos meus pais...
Se alguem me puder elucidar agradeço bastante! Obrigado
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
18,016
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá @Zipora
A minha questão é, também terei ajuda para pagar a renda de casa, caso não tenha fontes de rendimento necessário?
Tens o complemento de alojamento, que não é dependente do que pagas de renda. Mais info aqui:
A minha senhoria não passa recibo, mas tenho o comprovativo das transferências bancarias.
Btw, isto não serve de prova de nada. Apenas de que tens um arrendamento ilegal. 😬
 

Zipora

Membro Caloiro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
9
Instituição
Politécnico de Leiria
Olá @Zipora

Tens o complemento de alojamento, que não é dependente do que pagas de renda. Mais info aqui:

Btw, isto não serve de prova de nada. Apenas de que tens um arrendamento ilegal. 😬
Olá, obrigado pela resposta.
Pois, a minha senhoria não quer passar recibos. Enfim...
Já agora, o que é o complemento de alojamento?
 

joanacalves

Membro Caloiro
Matrícula
13 Julho 2017
Mensagens
7
Olá @joanacalves

Conta o total de inscrições. Mas como mudaste de curso podes acrescentar 1 unidade a esse cálculo.
ultrapasso esses valores por um ano, entao...

"Possa, contabilizando as inscrições já realizadas no nível de ensino superior em que está inscrito, concluir o curso com um número total de inscrições anuais não superior a 2n + 2, se a duração normal do curso (n) for igual ou inferior a três anos, ou a 2n + 3, se a duração normal do curso (n) for superior a três anos. 2 — Para os fins da condição a que se refere o número anterior, quando um estudante transite do regime de tempo integral para o regime de tempo parcial, as inscrições realizadas no regime de tempo integral são multiplicadas por dois."

ja tenho 4 inscriçoes e vou precisar de mais 2 para o curso novo. isso significa que nem em parcial consigo a bolsa, certo?
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
18,016
Curso
Eng. Aeroespacial
Instituição
IST - ULisboa
Olá, obrigado pela resposta.
Pois, a minha senhoria não quer passar recibos. Enfim...
Já agora, o que é o complemento de alojamento?
Leste o artigo? Está lá explicado.

ultrapasso esses valores por um ano, entao...

"Possa, contabilizando as inscrições já realizadas no nível de ensino superior em que está inscrito, concluir o curso com um número total de inscrições anuais não superior a 2n + 2, se a duração normal do curso (n) for igual ou inferior a três anos, ou a 2n + 3, se a duração normal do curso (n) for superior a três anos. 2 — Para os fins da condição a que se refere o número anterior, quando um estudante transite do regime de tempo integral para o regime de tempo parcial, as inscrições realizadas no regime de tempo integral são multiplicadas por dois."

ja tenho 4 inscriçoes e vou precisar de mais 2 para o curso novo. isso significa que nem em parcial consigo a bolsa, certo?
1) De onde retiraste o que estás a citar?
2) Tiveste bolsa nessas 4 matrículas? De quantos anos era o curso em que estavas?
3) De quantos anos é o novo curso?
 

Zipora

Membro Caloiro
Matrícula
25 Abril 2019
Mensagens
9
Instituição
Politécnico de Leiria
@davis, sim já li. Pelo que percebi, só se aplica a quem esteja em residências e afins.
Apesar de ter lido acerca da bolsa, continuo com algumas duvidas...
Caso a situação do aluno seja complicada a nivel financeiro, por exemplo, além das propinas, precisar de ajuda para despesas de alimentação e etc, há mais algum apoio a que me possa candidatar? Ou a bolsa pode já incluir isso tudo?

No meu caso, como não vou poder trabalhar porque o meu curso é diurno (só se conseguir arranjar um part- time ao fim de semana).
Peço desculpa por tantas perguntas, mas preciso de saber se vou ter ou não condições para levar a licenciatura para a frente.