Bolsa de Estudo - Dúvidas gerais

Olá a todos.
Este ano vou-me candidatar à faculdade e queria saber como funciona a bolsa de estudo, principalmente com esta questão da Covid. Obrigado
 
Olá a todos.
Este ano vou-me candidatar à faculdade e queria saber como funciona a bolsa de estudo, principalmente com esta questão da Covid. Obrigado
Se te candidatares ao ensino público, na altura da candidatura assinalas a opção que desejas Bolsa de Estudo para te mandarem as credenciais. Se for numa privada, tens de pedir nos Serviços Sociais após a matrícula e inscrição. Com essas credenciais, entras na plataforma BeOn, onde preenches com os teus dados.
Vou-te deixar dois link para saberes mais informações:
Estes são os apoios disponíveis aos estudantes do Ensino Superior | Uniarea ( O IAS ainda não foi atualizado. Este ano, tem o valor de € 438,81.)
Bolsas de Estudo | DGES
 
  • Like
Reactions: Daniel F.Soares
Se te candidatares ao ensino público, na altura da candidatura assinalas a opção que desejas Bolsa de Estudo para te mandarem as credenciais. Se for numa privada, tens de pedir nos Serviços Sociais após a matrícula e inscrição. Com essas credenciais, entras na plataforma BeOn, onde preenches com os teus dados.
Vou-te deixar dois link para saberes mais informações:
Estes são os apoios disponíveis aos estudantes do Ensino Superior | Uniarea ( O IAS ainda não foi atualizado. Este ano, tem o valor de € 438,81.)
Bolsas de Estudo | DGES
Muito obrigado, vou analisar bem esses links, porque no site da UP (e, principalmente, no da FLUP) a informação é um bocado confusa
 
  • Like
Reactions: Edgar H
Boa noite,
Tenho uma questão relativamente à atribuição de bolsas.
De acordo com a simulação não teria direito à bolsa Universitária. No entanto, o meu pai foi recentemente despedido e a minha mãe encontra-se de baixa à vários meses, recebendo muito pouco. Há situações especiais em caso de despedimento? Não sei se devido ao Covid-19 foi lançado algo mas poderia já haver uma lei permanente, estou em dúvida.
Se alguém me soubesse responder ficaria super agradecida :))
Obrigada!
 
Olá @Dani.Silva
De acordo com a simulação não teria direito à bolsa Universitária. No entanto, o meu pai foi recentemente despedido e a minha mãe encontra-se de baixa à vários meses, recebendo muito pouco. Há situações especiais em caso de despedimento? Não sei se devido ao Covid-19 foi lançado algo mas poderia já haver uma lei permanente, estou em dúvida.
Suponho que numa primeira análise o teu pedido poderia ser rejeitado, mas poderias pedir recurso pedindo que esses elementos fossem considerados na avaliação. Fica depois ao critério dos serviços sociais avaliar a tua situação.
 
Olá! Este ano letivo entrei no ensino superior e candidatei me a bolsa. Como nao entrei no curso que queria, acabei por anular a minha matricula e a bolsa resultou num indeferimento, uma vez que faltavam documentos e eu nao os mandei. No site do DGES continua a aparecer que frequento a faculdade e como eu pretendo voltar a candidatar me ao ensino superior e a bolsa, e necessario fazer alguma coisa para que essa informacao seja atualizada?
Obrigada
 
Olá! Este ano letivo entrei no ensino superior e candidatei me a bolsa. Como nao entrei no curso que queria, acabei por anular a minha matricula e a bolsa resultou num indeferimento, uma vez que faltavam documentos e eu nao os mandei. No site do DGES continua a aparecer que frequento a faculdade e como eu pretendo voltar a candidatar me ao ensino superior e a bolsa, e necessario fazer alguma coisa para que essa informacao seja atualizada?
Obrigada
Essa informação é actualizada quando te matriculares no novo curso e instituição.
 
Olá.
Vou concorrer, no próximo ano letivo, ao curso de História. Apesar de já ter perguntado algumas dúvidas acerca da bolsa de estudo, com o aproximar da candidatura, tenho mais algumas questões. No geral, como é que funciona a candidatura, a simulação da mesma, os pagamentos, etc?
Obrigado, desde já.
 
Olá.
Vou concorrer, no próximo ano letivo, ao curso de História. Apesar de já ter perguntado algumas dúvidas acerca da bolsa de estudo, com o aproximar da candidatura, tenho mais algumas questões. No geral, como é que funciona a candidatura, a simulação da mesma, os pagamentos, etc?
Obrigado, desde já.
Olá!
1) Recebes as credenciais para a candidatura. Normalmente, começam no final do mês de Junho. Aquilo funciona numa plataforma da DGES, é preencher com os dados pessoais todos, dados do agregado e no final eles pedem para anexares umas declarações assinadas em como autorizas que tenham acesso aos teus dados da segurança social e dados fiscais.
2) Depois disso, vais esperar muuuuito tempo (especialmente se fizeres logo a candidatura em Junho), porque eles demoram bastante tempo a começarem a pedir mais declarações, caso seja necessário: extractos das contas bancárias, declaração de IRS, declarações sob compromisso de honra caso tenhas de clarificar alguns dados e coisas do género. Isto tudo costuma ser pedido já por volta do mês de Setembro. As decisões mais rápidas costumam sair por volta de Outubro, mas o mínimo que conseguiram responder-me foi já no mês de Novembro. No meu primeiro ano, recebi resposta em Janeiro, mas isto varia mesmo muito de situação para situação e da própria aleatoriedade dos serviços de acção social da universidade que frequentares.
3) Sobre simulação: a simulação é feito por ti próprio e dá-te só uma ideia de quanto poderás vir a receber. Sinceramente, nunca usei muito, posto que comigo a situação não ficava clarificada o suficiente, então não me atribuíam valores coerentes com o que realmente tenho vindo a receber.
4) Os pagamentos costumam ser feitos as 20 e tal de cada mês (22-25) para o NIB da conta que fornecerás na candidatura. Sempre que te é feita uma transferência, recebes e-mail a dizer que recebeste. O dinheiro costuma demorar uns dias a estar disponível. Na plataforma das candidaturas podes consultar lá qual foi o valor que te atribuíram e consultares todos os pagamentos que já te fizeram e em que valores. Sobre atrasos na resposta: por exemplo, partindo do princípio que só recebes resposta da bolsa em Novembro. Nesse caso, recebes as prestações de Setembro, Outubro e Novembro todas juntas.
5) Mais sobre a candidatura: podem pedir-te entrevista nos serviços de acção social, caso queiram clarificar alguma situação pessoalmente. Não é nada de assustador, fazem perguntas simples sobre o teu agregado e tens de estar à vontade para responder sobre coisas como o dinheiro que possam receber, coisas do género. Sempre que te pedem documentos novos, recebes e-mail a dizer que tens notificação (também acontece quando receberes o resultado), por isso é muito fácil ficares a par de quando precisas entregar documentos e tudo mais.

Acho que é tudo o que acho útil dizer. Boa sorte 😊
 
  • Love
Reactions: Diana Valença
Olá!
1) Recebes as credenciais para a candidatura. Normalmente, começam no final do mês de Junho. Aquilo funciona numa plataforma da DGES, é preencher com os dados pessoais todos, dados do agregado e no final eles pedem para anexares umas declarações assinadas em como autorizas que tenham acesso aos teus dados da segurança social e dados fiscais.
2) Depois disso, vais esperar muuuuito tempo (especialmente se fizeres logo a candidatura em Junho), porque eles demoram bastante tempo a começarem a pedir mais declarações, caso seja necessário: extractos das contas bancárias, declaração de IRS, declarações sob compromisso de honra caso tenhas de clarificar alguns dados e coisas do género. Isto tudo costuma ser pedido já por volta do mês de Setembro. As decisões mais rápidas costumam sair por volta de Outubro, mas o mínimo que conseguiram responder-me foi já no mês de Novembro. No meu primeiro ano, recebi resposta em Janeiro, mas isto varia mesmo muito de situação para situação e da própria aleatoriedade dos serviços de acção social da universidade que frequentares.
3) Sobre simulação: a simulação é feito por ti próprio e dá-te só uma ideia de quanto poderás vir a receber. Sinceramente, nunca usei muito, posto que comigo a situação não ficava clarificada o suficiente, então não me atribuíam valores coerentes com o que realmente tenho vindo a receber.
4) Os pagamentos costumam ser feitos as 20 e tal de cada mês (22-25) para o NIB da conta que fornecerás na candidatura. Sempre que te é feita uma transferência, recebes e-mail a dizer que recebeste. O dinheiro costuma demorar uns dias a estar disponível. Na plataforma das candidaturas podes consultar lá qual foi o valor que te atribuíram e consultares todos os pagamentos que já te fizeram e em que valores. Sobre atrasos na resposta: por exemplo, partindo do princípio que só recebes resposta da bolsa em Novembro. Nesse caso, recebes as prestações de Setembro, Outubro e Novembro todas juntas.
5) Mais sobre a candidatura: podem pedir-te entrevista nos serviços de acção social, caso queiram clarificar alguma situação pessoalmente. Não é nada de assustador, fazem perguntas simples sobre o teu agregado e tens de estar à vontade para responder sobre coisas como o dinheiro que possam receber, coisas do género. Sempre que te pedem documentos novos, recebes e-mail a dizer que tens notificação (também acontece quando receberes o resultado), por isso é muito fácil ficares a par de quando precisas entregar documentos e tudo mais.

Acho que é tudo o que acho útil dizer. Boa sorte 😊
Olá, Ariana.
Obrigado por explicares tão claramente esta questão. Já vi que vai demorar para me responderem, mas é por uma boa causa.
Muito, muito obrigado, a sério. Para ti também😀
 
  • Like
Reactions: Ariana_
Boa tarde, tenho uma questão relativamente a renovação da bolsa de estudo da DGES. Para fazer a renovação da bolsa é necessário ser aprovada em 36 ECTS e então estar matriculada no próximo ano letivo, ou seja, só poderei fazer a renovação quando o presente ano letivo terminar (no meu caso, só no dia 31 de Julho) ou posso fazer antes? Muito obrigada pela atenção!
 
Boa tarde, tenho uma questão relativamente a renovação da bolsa de estudo da DGES. Para fazer a renovação da bolsa é necessário ser aprovada em 36 ECTS e então estar matriculada no próximo ano letivo, ou seja, só poderei fazer a renovação quando o presente ano letivo terminar (no meu caso, só no dia 31 de Julho) ou posso fazer antes? Muito obrigada pela atenção!
Podes fazer antes, assim que as candidaturas começarem (costuma ser no final de Junho).
 
Olá!
Eu já tive bolsa de estudo da DGES nos anos de 2017-2019, no entanto não concluí essa lincenciatura (está congelada) e vou-me candidatar a outra. Vocês sabem se posso voltar a ter bolsa de estudo?
(Sei que este ano letivo não vou ter porque fiz menos de 30 ECTS.. mas no próximo?)
Obrigada ☺
 
Olá @Mica_dsilva
Eu já tive bolsa de estudo da DGES nos anos de 2017-2019, no entanto não concluí essa lincenciatura (está congelada) e vou-me candidatar a outra. Vocês sabem se posso voltar a ter bolsa de estudo?
(Sei que este ano letivo não vou ter porque fiz menos de 30 ECTS.. mas no próximo?)
Na próxima matrícula não terias bolsa, mas poderias recuperar no ano lectivo seguinte se tiveres o aproveitamento mínimo.
 
  • Like
Reactions: Mica_dsilva
De 2017 a 2018 tive bolsa de estudo, neste ano letivo 19/20 saí do curso em que estava para repetir os exames nacionais. Posso candidatar-me à bolsa de estudo no próximo ano lectivo? (20/21)
 
De 2017 a 2018 tive bolsa de estudo, neste ano letivo 19/20 saí do curso em que estava para repetir os exames nacionais. Posso candidatar-me à bolsa de estudo no próximo ano lectivo? (20/21)
Podes, sim, desde que tenhas obtido aprovação em, pelo menos, 36 ECTS no curso em que estavas inscrita.
 
  • Like
Reactions: Sandra Cristina
Boa tarde pessoal, pediram-me para enviar o seguinte documento : Consentimento para tratamento de dados (segurança social) mas não o consigo encontrar no site. onde posso encontrar este documento? Obrigado, sinto que já me pediram uns 3000 documentos e nunca são o suficiente.
 
Boa tarde pessoal, pediram-me para enviar o seguinte documento : Consentimento para tratamento de dados (segurança social) mas não o consigo encontrar no site. onde posso encontrar este documento? Obrigado, sinto que já me pediram uns 3000 documentos e nunca são o suficiente.
Olá! Isto foi retirado de uma FAQ da DGES e coincide com o que tive de fazer quando me candidatei, também:
"No separador «Documentos» imprime os referidos formulários.

Todos os elementos do agregado familiar identificados nos formulários deverão assinar os mesmos. No caso de elementos do agregado menores de idade, a assinatura deverá ser feita pelo representante legal.

Após a assinatura de todos os elementos deve digitalizar cada um dos formulários num único ficheiro, no formato PDF, TIFF ou TIF. Cada ficheiro não pode exceder 500KB de tamanho.

Seguidamente procede ao seu carregamento, nos campos associados a cada autorização."