Bolsa de estudo indiferida por instrução incompleta

Paula C

Membro Caloiro
Matrícula
31 Dezembro 2020
Mensagens
1
Olá,

Desde já desejo um Bom Ano.

Estou no 5º ano de curso (Mestrado Integrado) e nos anos anteriores sempre tive direito a bolsa de estuda da DGES. E tenho uma irmã também na faculdade e ela já teve aprovação ao pedido da Bolsa de estudo em outubro, no entanto o meu pedido da bolsa foi indiferido hoje.

No meu curso, no último ano, temos 3 cadeiras de Opção Livre que são cadeiras obrigatórias, mas tenho a possibilidade de escolher as cadeiras que prefiro, dentro de uma lista.

Neste primeiro semestre estou a fazer 31,5 ECTS e tensiono fazer no próximo semestre a tese (30 ECTS) e ainda mais uma cadeira de opção livre (6 ECTS), que sou obrigada a fazer para conseguir fazer os 300 ECTS e terminar o curso.
No total até agora já tenho 234 ECTS completos.

No início deste ano, o coordenador do meu curso demorou mais de 2 meses a aprovar a inscrição numa dessas cadeiras de opção livre e por isso a minha faculdade tinha comunicado à coordenação da bolsa de estudo que apenas estava inscrita a 25,5 ECTS. Em novembro, enviaram-me uma notificação onde pediam para regularizar esta situação e enviar um comprovativo da faculdade. Falei com o meu coordenador, ele resolveu a situação na secretaria e eu submeti como documento a comprovar que a situação estava atualizada, o meu currículo do sistema Fénix com todas as disciplinas que já tinha feito e as em que estava inscrita e a explicação da situação, porque não consegui falar com ninguém da secretaria que me desse o tal comprovativo.

Não foi aceite e voltaram a pedir o mesmo documento mas diziam :
"ter atenção as optativas não são contabilizadas pela escola e pelo
regulamento. Ter atenção aos ECTS que está inscrita, e aos ECTS que já
efetuou, terá de regularizar esta situação e enviar comprvativo da
faculdade."

Desta vez consegui falar com a secretaria da minha facudade e eles enviaram um email para a coordenadora do núcleo de bolsas, Zélia Abegão, para informar que o número de ECTS estava atualizado e indicavam que estava a fazer os 31,5 ECTS. Eu estava em cc no email. Depois, voltaram a deixar de me responder, da secretaria da faculdade quando pedi o documento para poder submeter novamente e decidi, enviar no comprovativo um print do email a comprovar.

Hoje recebi uma notificação que diz o seguinte:

1609426553852.png

Não faz qualquer sentido dizerem que não estou inscrita num mínimo de 30 ECTS, quando a própria faculdade enviou um email a comprovar que estou a fazer 31,5 ECTS, por isso está a contabilizar todas as cadeiras incluindo as de Opção Livre. Eu enviei o comprovativo do meu currículo e a explicação de toda a situação...
Eu penso que eles devem estar a fazer confusão e como eu referi "Cadeira de Opção Livre" estejam a pensar que não são cadeiras obrigatórias, apesar de eu no segundo documento ter explicado o que significava.

Eu gostaria de perceber se a minha candidatura foi inferida, porque não entreguei o documento da secretaria, ou seja, tudo o que eu enviei explicado ao detalhe não foi suficiente, ou se de facto eles podem ter entendido que as cadeiras Opcionais não eram obrigatórias, e por isso não fazem parte do mínimo de 30 ECTS? (o que seria ridículo porque sou obrigada a fazer as cadeiras para terminar o curso)
Faz sentido perante este cenário, que a minha candidatura tenha sido indiferida?

Eu vou inserir uma oposição, mas será preciso pedir mesmo um documento assinado pela secretaria? E explicar, enunciando as alineas e artigos do regulamento, que estou a cumprir todos os requisitos?

Alguém consegue ajudar-me?

Obrigada e um Bom Ano.
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,450
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
quando a própria faculdade enviou um email a comprovar que estou a fazer 31,5 ECTS, por isso está a contabilizar todas as cadeiras incluindo as de Opção Livre. Eu enviei o comprovativo do meu currículo e a explicação de toda a situação...
Eu penso que eles devem estar a fazer confusão e como eu referi "Cadeira de Opção Livre" estejam a pensar que não são cadeiras obrigatórias, apesar de eu no segundo documento ter explicado o que significava.
Olá! Sim, é possível que eles tenham confundido o conceito de Opção Livre com uma cadeira extra-curricular. Reclama o resultado, pede o comprovativo da tua inscrição aos Serviços Académicos e submete na reclamação. Na reclamação deves explicitar todo esse mal-entendido pelo qual passaste. Em princípio, sim, a tua candidatura foi indeferida porque não entregaste um documento autenticado que comprovasse que estás inscrita em mais de 30 ECTS.
Eu vou inserir uma oposição, mas será preciso pedir mesmo um documento assinado pela secretaria? E explicar, enunciando as alineas e artigos do regulamento, que estou a cumprir todos os requisitos?
Sim, diria que é a melhor maneira de conseguires reclamar o resultado, caso contrário eles podem sempre alegar que não têm nenhum documento que comprove o número de ECTS, uma vez que o email não pode ser levado como equivalente a um comprovativo de matrícula actualizado.

Boa sorte e boas entradas!