Bolsa Indeferida - Conclusão do curso fora do período estabelecido

Rui_S

Membro Caloiro
Matrícula
3 Dezembro 2019
Mensagens
2
Boa noite, deparei-me com o indeferimento da minha candidatura pelo seguinte motivo:

"Conclusão do curso fora do período estabelecido (estudante em regime de tempo integral)"

"f) Possa, contabilizando as inscrições já realizadas no nível de ensino superior em que está inscrito, concluir o curso com um número total de inscrições anuais não superior a n + 1, se a duração normal do curso (n) for igual ou inferior a três anos, ou a n + 2, se a duração normal do curso for superior a três anos."

Encontro-me actualmente no 3º ano do curso, sendo esta a minha 3ª matrícula no ISCAL até à data, com aproveitamento a 100% a todas as cadeiras, logo não consigo entender os critérios deste indeferimento. São contabilizadas também candidaturas a bolsa antigas ou somente as matrículas nas respectivas universidades?

Tenho no total 5 candidaturas a bolsa de estudo, sendo que numa delas estava numa instituição diferente e foi em 2010/2011 e outra (em 2016/2017) não me recordo sequer de a ter pedido, porque nesse ano acabei por não conseguir entrar para nada e esta nem sequer foi submetida... (meti imagem em anexo para ajudar)

Peço por favor que alguém me ajuda a perceber esta situação confusa e me dêem o vosso feedback se já estiveram em situação semelhante.

Muito Obrigado desde já!
 

Attachments

Alexandra S.

Membro Dux
Colaborador Editorial
Matrícula
10 Março 2015
Mensagens
2,784
Curso
Mestrado CCTI
Instituição
ISCTE-IUL
Boa noite, deparei-me com o indeferimento da minha candidatura pelo seguinte motivo:

"Conclusão do curso fora do período estabelecido (estudante em regime de tempo integral)"

"f) Possa, contabilizando as inscrições já realizadas no nível de ensino superior em que está inscrito, concluir o curso com um número total de inscrições anuais não superior a n + 1, se a duração normal do curso (n) for igual ou inferior a três anos, ou a n + 2, se a duração normal do curso for superior a três anos."

Encontro-me actualmente no 3º ano do curso, sendo esta a minha 3ª matrícula no ISCAL até à data, com aproveitamento a 100% a todas as cadeiras, logo não consigo entender os critérios deste indeferimento. São contabilizadas também candidaturas a bolsa antigas ou somente as matrículas nas respectivas universidades?

Tenho no total 5 candidaturas a bolsa de estudo, sendo que numa delas estava numa instituição diferente e foi em 2010/2011 e outra (em 2016/2017) não me recordo sequer de a ter pedido, porque nesse ano acabei por não conseguir entrar para nada e esta nem sequer foi submetida... (meti imagem em anexo para ajudar)

Peço por favor que alguém me ajuda a perceber esta situação confusa e me dêem o vosso feedback se já estiveram em situação semelhante.

Muito Obrigado desde já!
Acho que deves recorrer da decisão porque, por aquilo que percebi, estão a contabilizar esse ano lectivo 2016/2017.
 

Rui_S

Membro Caloiro
Matrícula
3 Dezembro 2019
Mensagens
2
Acho que deves recorrer da decisão porque, por aquilo que percebi, estão a contabilizar esse ano lectivo 2016/2017.
Obrigado pela tua resposta Alexandra.
Fui ao SAS do IPL onde me foi dito que a técnica responsável contabilizou 5 inscrições, passando a batata quente agora para o ISCAL rectificar a informação enviada...Nos serviços académicos do ISCAL pude confirmar no excel que tenho apenas 3 inscrições e provavelmente deve ter sido a informação que eles receberam também, logo essa técnica deve estar a contabilizar os pedidos à bolsa e não as inscrições/matrículas.