Candidatos a Medicina Veterinária 2020/2021

Olá! A minha primeira opção é UTAD, dei uma olhada no plano de estudos e achei muito interessante a abordagem de animais exóticos.
A minha média de candidatura é de 190.3.
Boa sorte a todos, se também vão para Vila Real feel free to DM me
Eu vou para o 4º ano, se tiveres alguma dúvida em relação ao curso, é só perguntar :)
 
Olá estou indeciso entre colocar Medicina Veterinária na UTAD ou no ICBAS em primeiro lugar...sei que o curso é mais conceituado na UTAD mas tenho receio quanto à cidade em si...tenho média de 17.45 🙂
Olá!
Quais são os teus receios relativamente a Vila Real? Claro que não se compara com um Porto, mas é uma cidade acolhedora, tens shopping, terminal, supermercados, bares, discotecas... Normalmente quem vai para Vila Real, gosta do ambiente que se vive por lá. Eu, pelo menos, não a quero deixar!
Qualquer dúvida, dispõe :)
 
Boa noite, estou indecisa em estudar medicina veterinária na UTAD ou no ICBAS, alguém me pode ajudar?
Olá! Posso falar-te do curso na UTAD. Quanto ao ICBAS, seria ótimo se encontrasses alguém que te pudesse explicar como funciona o curso lá.
 
Olá!
Quais são os teus receios relativamente a Vila Real? Claro que não se compara com um Porto, mas é uma cidade acolhedora, tens shopping, terminal, supermercados, bares, discotecas... Normalmente quem vai para Vila Real, gosta do ambiente que se vive por lá. Eu, pelo menos, não a quero deixar!
Qualquer dúvida, dispõe :)
Olá!
É so mesmo relativamente ao facto de se tratar de uma cidade mais pequena...eu sou de Braga e estudei em Coimbra por isso nunca vivi numa cidade como Vila Real.
 
Olá!
É so mesmo relativamente ao facto de se tratar de uma cidade mais pequena...eu sou de Braga e estudei em Coimbra por isso nunca vivi numa cidade como Vila Real.
Muito honestamente, se vais para medicina veterinária, não vais ter tempo para explorar a cidade. A nossa vida é muito UTAD-casa e vice-versa, e passas muito tempo em aulas porque temos um horário pesado. No início do semestre ainda consegues passear um bocado, ir para o parque Corgo (toda a gente adora está lá e é bastante amplo), mas vai durar pouco tempo. Se optares por viver perto da UTAD, vais ter tudo o que necessitas por perto. Não há trânsito, não há confusões. Tens bares e discotecas fixes, consegues estar mais próximo das pessoas à tua volta.
Mas claro, se achas que precisas de estar numa grande cidade, então Vila Real não é nada disso. A maioria dos estudantes são de fora, de cidades, inclusive de Coimbra e do Porto (muita gente do Porto), e apesar de terem notado diferença, adaptaram-se super bem e não trocam a cidade por nada.
Na minha opinião, o facto de ser uma cidade pequena não é um fator muito importante, porque se fosse uma cidade grande, não terias oportunidade de a explorar muito pois o tempo em veterinária é escasso. Mas claro, a decisão é tua. Espero ter ajudado de alguma forma :)
 
Olá!
É so mesmo relativamente ao facto de se tratar de uma cidade mais pequena...eu sou de Braga e estudei em Coimbra por isso nunca vivi numa cidade como Vila Real.
Hello!
Eu sou de Coimbra e, embora ainda não esteja em Vila Real, das vezes em que lá fui adorei!
Não achei que ficasse atrás de Coimbra, muito pelo contrário! Achei que Vila Real tinha tudo (o shopping equivale aos 3 grandes shoppings de Coimbra tanto em tamanho como em variedade de lojas) com a vantagem de ser mais pequena, o que facilita imenso o andar de um lado para o outro.
Adoro Coimbra e vou ter imensas saudades, mas não acho que Vila Real seja assim tão diferente! Honestamente, estou super ansiosa por mudar de ares!

Mas, como é óbvio, cada pessoa é uma pessoa, por isso espero que entres naquilo que for o melhor para ti! Boa sorte!!
 
A minha situação é um bocadinho diferente, acabei a licenciatura em enfermagem veterinária à alguns anos e este ano repeti os exames nacionais, a minha média ficou em 154,3 e como sou açoriana a universidade dos Açores foi a minha 1ª opção para medicina veterinária, o ano passado o ultimo aluno a entrar tinha 14,8 de média, contudo este ano com todas estas incertezas estou sempre a duvidar da minha possível colocação!
 
Ok, agradecia imenso!
Na UTAD o 1° ano é introdutório, não temos contacto com animais exceto nas aulas de anatomia, em que estudamos os ossos com modelos reais e fazemos dissecação também de animais reais. Temos também uma ou outra cadeira que ninguém percebe bem porque as temos, que são introdução a medicina veterinária, biofísica e bioestatística.
No 2° ano temos o 1° estágio, com duração de 4h, com animais de campo (vacas, cabras, ovelhas, cavalos, e até coelhos e pintos). Temos também exognosia, em que temos também prática com animais de campo. De resto, as práticas passam por observar lâminas, observar parasitas, portanto são práticas mais viradas para o laboratório e não diretamente com animais.
A partir do 3° ano entramos no mundo da clínica (cirurgia, anestesia, imagiologia, farmacologia...), então praticamente temos as aulas práticas todas no hospital veterinário (localizado a uns 5 minutos a pé, ou até menos, do polo onde temos aulas), e é também aqui que começamos a lidar mais com animais de companhia, no nosso caso, os nossos beagles.
O 4° ano continua continua a clínica, onde temos cadeiras de cirurgia, medicina interna e a continuação de anatomia patológica (temos a I no 2° semestre do 3° ano). É também no 4° ano que temos o 2° e o 3° estágios. Não posso falar-te muito, pois eu vou agora para o 4° ano.
Quanto ao 5° ano, é o mais chill, é basicamente à base de trabalhos.
Outra coisa é que nós temos cadeiras opcionais. Estás cadeiras são cadeiras "fora" do programa, isto é, existem uma lista para cada semestre do 3 e do 5 ano, portanto temos direito a escolher 4 opcionais. Quando cada semestre chegar, tens uma lista de 4 cadeiras opcionais para aquele semestre, e escolhes aquela que mais te interessar. Por exemplo, nós não abordamos animais exóticos e selvagens até ao 4° ano, mas no 3° ano temos a opcional direcionada para esses animais, o que é ótimo para quem quer seguir esta área e não a abordou em nenhuma outra cadeira obrigatória.
De momento, é isto que me estou a lembrar de falar. Se tiveres alguma dúvida em específico, é só perguntar :)
 
Na UTAD o 1° ano é introdutório, não temos contacto com animais exceto nas aulas de anatomia, em que estudamos os ossos com modelos reais e fazemos dissecação também de animais reais. Temos também uma ou outra cadeira que ninguém percebe bem porque as temos, que são introdução a medicina veterinária, biofísica e bioestatística.
No 2° ano temos o 1° estágio, com duração de 4h, com animais de campo (vacas, cabras, ovelhas, cavalos, e até coelhos e pintos). Temos também exognosia, em que temos também prática com animais de campo. De resto, as práticas passam por observar lâminas, observar parasitas, portanto são práticas mais viradas para o laboratório e não diretamente com animais.
A partir do 3° ano entramos no mundo da clínica (cirurgia, anestesia, imagiologia, farmacologia...), então praticamente temos as aulas práticas todas no hospital veterinário (localizado a uns 5 minutos a pé, ou até menos, do polo onde temos aulas), e é também aqui que começamos a lidar mais com animais de companhia, no nosso caso, os nossos beagles.
O 4° ano continua continua a clínica, onde temos cadeiras de cirurgia, medicina interna e a continuação de anatomia patológica (temos a I no 2° semestre do 3° ano). É também no 4° ano que temos o 2° e o 3° estágios. Não posso falar-te muito, pois eu vou agora para o 4° ano.
Quanto ao 5° ano, é o mais chill, é basicamente à base de trabalhos.
Outra coisa é que nós temos cadeiras opcionais. Estás cadeiras são cadeiras "fora" do programa, isto é, existem uma lista para cada semestre do 3 e do 5 ano, portanto temos direito a escolher 4 opcionais. Quando cada semestre chegar, tens uma lista de 4 cadeiras opcionais para aquele semestre, e escolhes aquela que mais te interessar. Por exemplo, nós não abordamos animais exóticos e selvagens até ao 4° ano, mas no 3° ano temos a opcional direcionada para esses animais, o que é ótimo para quem quer seguir esta área e não a abordou em nenhuma outra cadeira obrigatória.
De momento, é isto que me estou a lembrar de falar. Se tiveres alguma dúvida em específico, é só perguntar :)

Na verdade no 1º ano tens Etologia e Bem-estar Animal e Exognosia, nos quais entras em contacto com os animais; no 2º ano só tens estágio no 1º semestre, não tens Exognosia como aqui está descrito, o que eu acho que é uma mais valia uma vez que tens contacto com os animais logo desde o 1º ano, que motiva imenso, pelo menos a mim motivou!
 
Na verdade no 1º ano tens Etologia e Bem-estar Animal e Exognosia, nos quais entras em contacto com os animais; no 2º ano só tens estágio no 1º semestre, não tens Exognosia como aqui está descrito, o que eu acho que é uma mais valia uma vez que tens contacto com os animais logo desde o 1º ano, que motiva imenso, pelo menos a mim motivou!
Tinha ideia que era no 2° ano, peço desculpa pelo erro
 
Na boa, só corrigi porque uma das razões pela qual eu acho que o nosso curso na UTAD é muito bom é o facto de nos permitir ter o contacto com os animais desde o primeiro ano, o que, como disse anteriormente, considero uma motivação enorme quando nos deparamos com as anatomias e as bioquímicas ☺
 
Na boa, só corrigi porque uma das razões pela qual eu acho que o nosso curso na UTAD é muito bom é o facto de nos permitir ter o contacto com os animais desde o primeiro ano, o que, como disse anteriormente, considero uma motivação enorme quando nos deparamos com as anatomias e as bioquímicas ☺
Sem dúvida! Obrigada pela correção, estava mesmo na ideia que era só no 2° ano não sei porquê 😅